Com risco de ficar “sem dinheiro” no final do ano, São Paulo procura Lille e Globo

Vinicius Pinotti, diretor de futebol, e Leco durante treino do São Paulo no CT da Barra Funda, em São Paulo SP 27/06/2017 Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O São Paulo se arma para fechar a temporada 2017 com as contas em dias e o caixa em ordem. Como acontece em todo fim de ano em qualquer empresa, os gastos aumentam nos meses de novembro e dezembro por conta de despesas com funcionários e atletas, como o 13º salário e férias. Por isso, o departamento financeiro tenta traçar uma estratégia para para saldar todos os seus débitos sem precisar fazer um empréstimo bancário com juros elevados.

Por ter superado as expectativas com vendas de jogadores, o clube não precisou pedir R$ 70 milhões a instituições financeiras, como era previsto no início do ano para evitar apertos no fim da temporada, e ainda conseguiu diminuir as dívidas bancárias geradas por empréstimos antigos. Ainda assim, no entanto, ocorreu um descompasso entre os recebíveis e os compromissos financeiros do São Paulo. O valor de algumas negociações, por exemplo, não entrou integralmente nos cofres do clube, o que interfere nas contas.

No total, em 2017, o clube movimentou aproximadamente R$ 181 milhões com a venda de jogadores. Foram negociados David Neres, Lyanco, Luisão, Galván, Maicon, Luiz Araújo e Thiago Mendes. Parte desse valor foi diluído com empresários, outros clubes que tinham porcentagem ou novas transações – como no caso de Luisão, que foi para o Porto como parte do pagamento de Maicon. Mesmo a parte que cabe ao São Paulo não está necessariamente nos cofres tricolores. Como o valor das negociações às vezes é parcelado, em alguns casos a diretoria só recebeu parte do montante total a que tem direito.

Justamente por isso, uma das alternativas estudadas é uma tentativa de acordo com o Lille, da França, para antecipar prestações das vendas de Luiz Araújo e Thiago Mendes. O atacante foi negociado por 10,5 milhões de euros (R$ 40,11 milhões), sendo que o São Paulo tinha direito a 8 milhões de euros (R$ 30,56 milhões); o volante saiu por 9 milhões de euros (R$ 34,38 milhões), com cerca de 7,2 milhões de euros (R$ 27,5 milhões) para o Tricolor.

Outra possibilidade seria acertar com a Globo o pagamento de luvas pelos direitos de transmissão do Brasileirão em TV aberta de 2019 até 2024. O clube havia recebido uma proposta de R$ 20 milhões no ano passado, mas a oferta foi recusada pelo Conselho Deliberativo tricolor. No jogo entre São Paulo e Fluminense, na última semana, no Rio de Janeiro, dirigentes paulistas abriram conversas com representantes da emissora.

UOL

Anúncios

62 comentários

  1. Esta ai a diferença entre geração de receitas e fluxo de caixa

    entender essa diferença é essencial pra entendermos o caos financeiro que o são paulo se enfiou nos ultimos anos

    Nao foi falta de receitas propriamente dita, mas sim, o descompasso entre receitas e despesas, que forçaram o clube a recorrer demasiadamente a emprestimos bancarios. e estes, com os juros altissimos, quebram qualquer clube.

    é obvio que o a recuperação financeira de um clube em frangalhos nao se faz em 1 ou 2 anos, mas é necessario que o São Paulo evolua nesse sentido.

    a diminuiçao das dividas é o primeiro bom passo dado pela diretoria ( talvez, o unico ponto a ser elogiado, caso confirmado).

    espero, sinceramente, que nao façam burradas

    Curtido por 2 pessoas

  2. Isso nao quer dizer nada, se vc deve 100,entra 50 em maio e em dezembro vc precisa de 20, o que vc faz?

    A) Paga 30 deixando 20 aplicado para usar em dezembro

    B) Paga 50 para nao pagar juros desses 20 até dezembro e lá faz outro emprestimo ou arruma outra receita.

    Pessoal sofre por antecedencia, tem que esperar o balanço…

    Curtir

  3. O “descompasso entre os recebíveis e os compromissos” se chama aumento da folha salarial ao negociar atletas jovens para contratar medalhões que ganham três, quatro vezes mais.

    Esse “descompasso” também se chama vender a prazo e comprar a vista.

    Excelente domínio do fluxo de caixa. Administração profissional, do nível das grandes ligas americanas e grandes multinacionais. Só que ao contrário.

    É vergonhoso o trabalho desse cidadão (Leco) e seus asseclas.

    Duvido muito que os empresário$ parceiro$ com quem Leco negocia também vão receber suas comissões a prazo, como o clube.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Sobre o Post passado

    2018 com Copa do Brasil não traz a necessidade de contratarmos Jucilei (que considero um otimo jogador) ou Jean, jogadores caros demais para o ano que vem.
    Hudson, Araruna, Militão, Petrus e Arthur, precisa de mais? acho que não.
    Ate para Lateral Direita a volta do Hudson poderia ajudar

    Curtir

    • A torcida “soberana” do SPFC tem um sério problema, escolher os campeonatos que ela acha mais importante, que é a libertadores, e desmerecendo com isso o brasileiro, a copa do brasil, a sul-americana o paulista(como se nos ganhássemos títulos todos os anos) .O que eu discordo, todos os campeonatos são suma importância e bons de se ganhar.
      Sobre o Jucilei, caso financeiramente dê para compra-lo, tem que que comprá-lo sim!
      Tirando o Petros, o resto pode vender, dar emprestar, que juntando todos não da um Jucilei.
      Nada melhor do que nos montarmos um ótimo time para ganhar a Copa do Brasil no ano que vem, título esse que não temos, e que vai pagar 50 milhões na próxima edição.

      Curtir

  5. Alguém viu alguma reportagem do UOL falando sobre a crise dos travecos? Salários, prêmios e outras vendas atrasados???
    Não, ao contrário, a globo fez uma reportagem para afastar todo e qualquer comentário.

    Aqui, o povo babá por notícia ruim.

    Curtir

  6. O Maior Reforco para o Ano que vem não seria Neur, Ederson, Messi, Pogba ou Dani Alves,

    O Maior reforço seria o Fim dessa gestão ridicula e a real implementação de uma direção profissional e a separação do Social do Futebol, e isso ainda esta longe de acabar

    Curtir

  7. Gestão que contratou o Pratto, pagou uma fortuna por Maicosuel, acertou salários de W. Nem, e aceitou uma multa de R$ 5 milhões para um técnico iniciante, não tem condição nenhuma de se justificar perante dificuldades financeiras.
    Sem-vergonhas, caras-de-pau e incompetentes.

    Curtido por 1 pessoa

  8. Fluminense quebrado financeiramente que mal consegue pagar salários de 20 mil, Corinthians com salários atrasados, Santos com dividas astronômicas, Atl. Mineiro vendendo almoço pra comprar a janta, e por ai vai.

    Mas de quem a imprensa resolve falar? Sim, do São Paulo!

    As vezes penso que é má vontade da imprensa para querer tumultuar o ambiente torcendo pelo rebaixamento, ou então se é a incapacidade dos diretores de manter informações sigilosas dentro de casa.

    Curtir

      • O atlético MG não tem essa renda do shopping, moro em BH e eles não recebem nada do shopping, só passariam a receber daqui a alguns anos e por isso resolveram ceder 50% do patrimônio pra construir o estádio. É um dos times mais endividados do Brasil e que só está em atividade ainda por conta do BMG (Cujo dono é torcedor fanático desse clube) e pela MRV (Outro dono fanático). Ainda sim, a mídia adora focar no nosso SP gratuitamente, mas como já foi bem abordado ali em cima, UOL não tem a menor credibilidade pelo envolvimento com os marginais e a impressora gigante.

        Curtido por 1 pessoa

  9. Ah o São Paulo precisa de laterais. Quem viria sem a torcida pegar no pé?

    Diogo Barbosa (Cruzeiro) – muito difícil sair de lá
    Victor Luís (Botafogo) – muito difícil sair de lá
    Jean (Peppas) – muito difícil sair de lá
    Victor Ferraz (Sereias) – muito difícil sair de lá
    Arnaldo (Botafogo)
    Capa (Avaí)
    Sidcley (Atlético-PR)
    Marcos Rocha (Atlético-MG)
    Fábio Santos (Atlético-MG)
    Edílson (Grêmio)
    Gilberto (Vasco)
    Ramon (Vasco)
    Pará (Flamengo)

    Será que o Bruno é tão pior que a maioria desses nomes aí? Nino Paraíba (Ponte) é melhor que ele?

    Não citei Zeca (Sereias) e Fagner (Gaivotas) porque acho impossível virem.

    Curtir

  10. Parece até que paramos no tempo por pelo menos um 1ano. “O clube precisará antecipar receitas para pagar folha no final da temporada.”

    Certamente no planejamento para 2017 existia espaço para aumentos salariais e do teto do clube, esquecendo apenas de calcular se o clube possui recursos mensais que paguem a folha.

    Curtir

  11. É fácil meter o pau na. São ruins ? não, são péssimos, desde o primeiro mandato do Juvenal ninguém administrou direito o São Paulo. Mas a culpa não é só deles, administradores. É dos bandidos dos conselheiros que fecham acordos nos cantos escuros do clube para levar vantagem ou manter privilégios e eleger esses incompetentes. , essa que é a verdade.

    Curtir

  12. Vou deixar aqui uma sugestão, sei que não é fácil pq a maioria dos jogadores tem vínculos com outros clubes, muitos deles estão no meio da temporada europeia. Mas seria lindo (e rentável) fazer um jogo comemorativo de aniversário com o time atual do SPFC x o time de Jogadores declaradamente São Paulinos – Ceni, Dani Alves, Lugano, Fabio Santos, Kaká, Lucas, L. Fabiano, Calleri, Pato …

    Curtir

    • “A boa relação entre as diretorias permitiu até pedidos ousados dos paulistas, com bom humor, na hora de escolher um atleta dos mineiros. Nomes como Arrascaeta e Thiago Neves, considerados indispensáveis em Minas Gerais, foram pedidos em tom de brincadeira.”

      “O goleiro Rafael, visto no Cruzeiro como uma possível boa moeda de troca em virtude da busca do São Paulo por um atleta da posição, não interessa no Morumbi. A diretoria tricolor de fato quer um goleiro para 2018, mas internamente discute qual seria o jogador de consenso para disputar a vaga de titular.”

      Curtir

      • Concordo contigo, Allan. Devemos esquecer titulares como Fabio, Léo, Diego Barbosa, Henrique, Thiago Neves, Rafael Sobis e o reserva de luxo, Arrascaeta. Até o próprio goleiro Rafael acredito que eles não liberem. O zagueiro Manoel é reserva de Léo e Murilo. Poderia ser uma alternativa. O importante é a diretoria do São Paulo saber que está “por cima” nesta negociação e não se desfazer do jogador a troco de nada.

        Curtir

  13. Então KD o dinheiro? Não estamos passando por toda essa humilhação para ter as nossas finanças sanadas? Então além de ser zero a esquerda dentro de campo, as finanças continuam no vermelho? Ou venda público e reconhece ser extremamente incompetente ou será chamado de ladrão.

    Curtir

  14. Fico surpreso qdo vejo algumas pessoas que ao verem a noticia, preferem atacar a midia que fez a noticia do que debater o conteudo dela, por mais parcial que seja o veiculo de comunicação, nao consigo ver mentiras ou fantasias no que foi exposto, ha um claro erro de gestao na condução do fluxo de caixa do clube que interfere nas suas contas, qdo vc vende parcelado e compra a vista, tendem a acontecer isso, vc fica sem o valor necessario para fechar bem o balanço, tendo a recorrer a terceiros (emprestimos bancarios ou antecipação de receitas) oq se mostra prejudicial em medio prazo, tomara q essa renegociação com Lille resulte em algo bom (oq eu duvido, a nao ser q haja algo em contrato), pq se nao mais uma vez o tricolor tera q recorrer a outros pra fechar o ano, oq soa meio ridiculo depois de todas as vendas realizadas ao longo do ano.

    Curtido por 2 pessoas

    • ninguém tá atacando a mídia, está expondo o conteúdo que foi comprovado em uma matéria em outro blog

      Até acho que pode ser verdade essa noticia do UOL, mas é interessante que o SPFC não é o unico clube com problemas financeiros, aliás está até bem perto de outros clubes que estão atrasando salários e deve mais de 1 bilhão de reais em dívidas, mas que o mesmo grupo de informação não expõe da mesma forma

      é só o SPFC ganhar que começa a chover matérias muitas vezes requentadas de meses atrás, pq será ?

      o são paulino tem que ficar mais atento com certos sites, e os verdadeiros motivos por trás de tantas matérias atrás da outra com o nosso clube, e quanto outros são omitidos

      alertar os outros torcedores não é atacar, e sim informar

      Curtido por 1 pessoa

  15. Os problemas financeiros e administrativos dos outros clubes do Brasil, de alguma forma, inibem ou diminuem os do SPFC?

    Porque, para mim, não diminuem em nada. A mim não importa se o Corinthians deve salários e lidera o Brasileiro. A mim interessa que o SPFC lidere o Brasileiro (e quaisquer outros torneios) sem dever salários, como o fez em 2006-07-08 e antes disso também.

    Até onde eu me recorde, se meu vizinho deve às Casas Bahia, à companhia de luz, de telefone ou deixou de pagar o financiamento do carro, isso não me dá o direito de deixar de pagar minhas dívidas ou isso faz de mim menos caloteiros se eu não pagar o que devo.

    Só me faz caloteiro junto com ele, o que não melhora ou piora em nada minha situação.

    A mim importa o SPFC, tão única e exclusivamente o SPFC que – antigamente, uma ou duas décadas atrás – se não era um primor administrativo (embora fosse superior a maioria dos rivais), não vivia nem de perto essas mazelas.

    Curtido por 1 pessoa

  16. Isso é uma das discussões mais previsíveis existentes, se na política que tem tribunais que controlam as contas e os deveres jurídicos, a corrupção é em níveis alarmantes, imagine no esporte que ninguém fiscaliza. São Paulo, assim como outros clubes e CBF são instituições privadas, para que agente torcedor possa interferir nessas falcatruas do clube, ele precisa se transformar em SA(Sociedade Anonima) com abertura de ações em bolsas de valores, aí cada um vai poderia comprar parte patrimonial. Para minimizar a corrupção e não roubarem também nossa paixão o minimo que poderiam fazer era um estatuto com voto aberto para o torcedor e a inclusão de responsabilidade patrimonial para os gestores.

    Curtir

  17. É mta incompetência num clube só… E pro ano que vem, como vai ser? Vão vender quem? O clube não se sustenta. Do que adianta vender jovens com salários baixos w contratar medalhões caríssimos que não rendem dentro do campo. Sinceramente, essa gestão é mto Ruim, extremamente danosa ao clube, tanto financeiramente, qto esportivamente.

    Curtir

  18. Salvo melhor juízo, acredito que o SP tem que negociar o Hudson pra evitar (ou minimizar) esse descompasso financeiro no fim do ano.
    Se o cruzeiro não dispõe dos 5 milhões, de repente outra equipe tenha.

    Curtir

  19. E a dupla PILECO evoluindo e mitando mais uma vez.
    Vende o almoço que tem file mignon em dez prestações, compra a janta que tem picadinho, em cash e pede empréstimo pra pagar o café da manhã que chamam de gourmet, mas é na verdade um pedaço de pão integral com duas fatias de queijo prato super estimadas.
    Final do ano abrirão o limpa estoque, saldão Casas SÃO PAULO. Confiram as promoções.
    Meia Cueva: 10 parcelas de R$ 2.500.000, 00 OU quinze milhões a vista.
    Rodrigo Caio, o zagueiro gentil. Somente dez milhões à vista. Isso mesmo, só dez milhões. E o primeiro que comprar leva de brinde uma pelúcia do Scooby Doo.
    Também temos os jovens Militão e Arboleda. Essa dupla ficaria muito bem na decoração do seu time. E quem falar a frase #Pilecorules, pode escolher um dos nossos dois laterais direitos como cortesia.
    Corra, que a promoção acaba até Cotia parar de fornecer as nossas jóias.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s