“O dia em que quase enfartei”

Olá amigos tricolores!

Você abdica do seu sábado à noite. Afinal, não sou mais nenhum menino. Com 18 eu “varava direto” como diria um amigo meu. Mas com 37 é melhor ficar em casa de boa. Mesmo assim você não dispensa um bom papo no whatsapp e as horas passam num piscar de olhos. Lá pras tantas da madrugada você se despede da galera porque tem que acordar cedo no domingo. Domingo, aliás, que se tratava de uma folga minha, ou seja, uma rara oportunidade de dormir até mais tarde. A maioria dos jogadores de futebol não sabe o que o torcedor passa para ficar 90 e poucos minutos ali torcendo nas arquibancadas.

Se os profissionais soubessem, o mínimo que eles teriam seria vergonha na cara e correriam feito louco a cada segundo. As derrotas até aconteceriam, mas só a custo de sangue. Voltando, no domingo o relógio despertou às 6h da madrugada (pra mim pelo menos é madrugada). O motivo? Excursão para o Morumbi! São Paulo e Sport se enfrentariam às 16h. Mas como moro em Cedral (ao lado de São José do Rio Preto, interior paulista) só saindo muito cedo porque são cerca de 450km até a capital. Por volta de 7h35 já estava sob o pontilhão esperando o ônibus, que partiria de Rio Preto.

Perto das 8h embarquei, já fiz novos amigos. Realmente eu falo pelos cotovelos. Mas, no fim das contas, melhor do que ficar calado. Uma parada em Catanduva e o micro-ônibus lotou. Aí para os gordinhos como eu complica. Pouco espaço para mexer as pernas, medo de incomodar quem está ao lado. Que aliás, sempre é um magrinho (ainda bem!). Para amenizar, foram muitas as paradas para esticar as pernas e, claro, o famoso xixi. Chegamos ao Morumbi por volta de 15h15 da tarde. Um mar tricolor era o que se via do lado de fora do estádio pelas ruas que circundam o palco do sofrimento que viria a seguir.

Entrei no Morumbi e o locutor no sistema de som anunciou o hino nacional. A fila para ser revistado e entrar era enorme, daí o “atraso”. Os times já estavam perfilados. Mas ainda deu tempo tirar a famosa selfie e de fazer dois novos amigos da capital, trocar whats, facebook, etc, e até deixar meio que combinado uma cervejinha no futuro. O Tricolor estreou a nova terceira camisa de cor preta. Mas os calções e meias vinho proporcionaram uma combinação bizarra e totalmente distante das tradições do Clube da Fé. Será que era muito difícil colocar tudo preto de uma vez? Deixa pra lá. Esse fardamento, que me lembrou mais um time da sexta divisão da Inglaterra do que o SPFC, mereceria um post à parte.

Bola rolando e o primeiro tempo já não foi muito bom. Time parecia ter almoçado feijoada ou ter ficado conversando no whatsapp como eu até de madrugada. As exceções, pra mim, foram Sidão, Rodrigo Caio, Marcos Guilherme e Lucas Pratto. Pelo menos surgiu o gol do jogo, muito mais por méritos de Hernanes, que ganhou uma bola no chão com muita raça e sorte de Edimar que jogou na área e só torceu, mas viu a zaga pernambucana se atrapalhar, do que por méritos do São Paulo. Marcos Guilherme pegou a sobra abriu o placar aos 35 minutos. O Morumbi explodiu. Mas o que parecia que não poderia piorar piorou. E bastante. Na etapa final durante quase todos os 50 minutos parecia que estávamos na Ilha do Retiro em Recife e não no Cícero Pompeu de Toledo, na capital paulista.

O São Paulo durante a etapa final inteirinha marcou com os 11 jogadores atrás da linha divisória, atraindo o Sport para dentro do próprio campo, buscando um contra-ataque para matar o jogo. Não bastasse isso, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo tocava tranquilamente a bola e se aproximava com perigo da meta são-paulina. Um único mísero chute em todo o segundo tempo foi o que o São Paulo fez. Desnecessário. Não precisava do sufoco que foi o finalzinho com dois milagres feitos pelo arqueiro Tricolor, que salvou o resultado, a saída da zona de rebaixamento, a semana, o mês, tudo.

Lucas Fernandes deve sair urgente do time. Jogamos em 10. Cueva, sempre ele, precisa se dedicar mais, além de parar de ser substituído por “cansaço” todo jogo. Ainda demos azar de presenciar Hernanes e Petros em uma tarde não inspirada. Apagados, erraram quase tudo que tentaram. Dorival Junior “pede” pra ser criticado quando, por exemplo, coloca em campo a interrogação Jonatan Gomez e não a certeza Jucilei. Quando dá chance ao inconstante Marcinho e não a Maicosuel, por exemplo, que se não tem ainda um primor físico, pelo menos tem mais capacidade técnica.

Finalmente explicando o título desse post, quando Sidão salva a cabeçada a queima roupa aos 50 minutos do segundo tempo, o árbitro apita o final do jogo na sequência e a torcida comemora mais que o gol, me sento na arquibancada. Olho para o céu, penso nas horas e horas sem se alimentar direito (comendo porcarias), na dor nas pernas, nas cãibras, no dia todo sem escovar os dentes, nas mais de seis horas da viagem de volta e respiro fundo. O ar nem vem direito. Lágrimas correm. Pensava “passar por tudo isso para ver esses caras andarem em campo assim não faz sentido”. Se tirar o sentimento realmente não faz. Mas como diz o velho clichê “não é só futebol”. E não é mesmo.

Não morri de enfarte neste domingo, dia 1 de outubro de 2017, não morro mais. De enfarte não. Por isso que eu repito: se esses caras soubessem o que passa o torcedor por causa deles, só para ver um jogo, o mínimo que fariam era “se matar” em campo toda partida, todos os minutos, os segundos, a cada jogada. O São Paulo do jogo contra o Corinthians não cai para a série B. Este, principalmente o do segundo tempo do jogo contra o Sport não sei. Tenho dúvidas.

Postado por Rafael Rossi

Anúncios

44 comentários

  1. Incluí esse jogo no meu “top three” de sofrência no morumbi. Esse atmosfera só quem estava lá pode descrever, principalmente nos dez minutos finais.
    Era surreal. Aquele time de preto ( ??) lá “embaixo” não podia ser o São Paulo.
    Acabou o jogo e os torcedores a minha volta se abraçavam entusiasticamente. Que loucura.
    Muitas emoções pela frente, só que agora no Pacaembu. Isso me preocupa.
    Parabéns Rafael pela aventura. Abs.

    Curtir

  2. Entendo a crítica ao Lucas Fernandes, mas o garoto é muito bom, só está na posição errada. Maicossuel e Shaylon poderiam ser testados ali (Marcinho nunca mais).

    Curtir

  3. Eu assisti somente os últimos 03 minutos de jogo e já foi uma tensão daquelas, imagine assistir a um jogo desse inteirinho, sabendo que a atuação do time foi ruim.

    Curtir

  4. http ://espn.uol.com.br/video/732103_juca-kfouri-se-eu-tiver-que-apostar-eu-corto-um-braco-se-o-atletico-mg-nao-ganhar-do-sao-paulo

    Nessa luta pra sair da parte de baixo da tabela, estímulo é o que não falta. Vem de todos os lados.

    Curtir

    • Esse Juca aí é um idiota … esquerda caviar …
      Esse aí e aquele Cosme odeiam o São Paulo …
      Esses caras estão esperando nosso rebaixamento igual hiena esperando a presa, mas, apesar de todo sofrimento não terão esse prazer.

      Curtir

  5. Cara, parabéns pela aventura.
    Quem tiver a oportunidade, vá ao menos 1 vez na vida até o Morumbi. Não existem palavras para para explicar o sentimento.

    Só uma dica, quando for ao Morumbi, viva o momento, se divirta, não fique procurando defeitos, sei que tem muuuuuita coisa errada no SPFC, mas não existe nada ao nosso alcance que possa mudar a situação, só nos resta torcer, e nossa torcida está calando a boca de muitos.

    Ou você é feliz, ou você tem razão…

    Curtir

    • Penso a mesma coisa. fui apenas 2 x ao sacrossanto.

      Caras, só consigo ter boas recordações. Isso pq a primeira vez que fui, dei azar e perdemos uma quartas de libertadores.

      A segunda vez, dei sorte. Ganhamos do River.

      A primeira vez foi correria. Não deu pra curtir muito.

      A segunda vez, cheguei com 4 horas de antecedência no estádio.

      Andei em volta dele. Tomei breja com uma galera que também vinha de fora… Foi bem legal.

      Entrei cedo no estádio, pois como não conhecia o “itinerário”, não sabia bem a hora do Ônibus chegar e fiquei com receio das filas após isso. Não vi o ônibus chegar, portanto. Deveria ter visto. Mas teve seu lado bom, entrando cedo, pude filmar com os olhos cada detalhe do nosso espetacular estádio. Como é bonito. Não me canso de pensar: “que puta estádio temos…” Além disso, ver aos poucos a torcida chegando… o estádio ficando cheio… aa não tem preço. Muito massa.

      Aproveitar o momento, tomar uma breja do lado de fora, curtir o jogo, depois um lanche ali no entorno.

      Perfeito.

      Curtir

  6. Realmente….o jogo pode ter sido uma porcaria.Mas pela dramaticidade e importância.É pelo final,foi um dos mais emocionantes dos últimos tempos.Foi adrenalina pura….

    Curtir

  7. Até o Luiz Fabiano estaria fazendo alguns gols salvadores e com isso estaríamos um pouco acima na tabela. O Pratto até agora vem decepcionando, tá na hora dele esquentar um pouco o banco. Por que não?

    Curtir

  8. Não vejo a hora de acabar esses hiatos na tabela. Não sei o que os jogadores pensam, mas eu quero mais é jogo de quarta e domingo.
    Principalmente quando o time parece que vai dar uma embalada.

    Curtir

  9. Vou um pouco na contra mão da geral.
    Evidente que as defesas do Sidão foram extremamente importantes, mas acho que tomaram mais importância pelas circunstâncias do que pela dificuldade.

    Curtir

    • Mas e o bom posicionamento que ele estava não Conta como qualidade????Se estivesse mal posicionado era gol na certa pois não chegaria nas bolas.Aliás goleiro tem que ter três requisitos,bom posicionamento,explosão e sorte.Sem essas três ta morto…,

      Curtir

      • Opa, conta sim…e muito.
        Mas defesa por defesa gostei mais daquela que ele saltou e espalmou no travessão.
        Quero deixar bem claro, não estou querendo tirar o mérito dele não.

        Curtir

  10. Pode até parecer nada a ver, mas antes dos jogos devido o gráu de tensão em um plélio, a melhor coisa é comer comida leve, tomar liquidos e lógico bem antes do evento estar fazendo atividades fisicas para diminuir o stress e a tensão.

    Curtir

  11. Parabéns pela força de vontade Rafael. Eu moro em SP, mas sou de Rio Preto. Conheço bem Cedral. e sei que é longe demais. Concordo totalmente com voce: com o Lucas Fernandes, jogamos com 10. Ele não ataca, não defende, não faz nada o jogo inteiro. O tal do Shaylon que poderia melhorar, entrou e perdeu um gol feito e errou outro monte de jogadas.

    Curtir

    • Lembrando que o Lucas Fernandes era quase unanimidade entre os torcedores, eu sempre achei ele bom de bola, mas para entrar durante as partidas para colocar fogo nos jogos, mas para se iniciar como titular acho ainda cedo.

      Curtir

  12. E eu reclamando da minha internet quando vejo transmissao “pirata” dos jogos do SPFC. Parabéns Rafael, apesar dos pesares, com certeza você nao se arrependeu da aventura. Ir ao Morumbi, ao menos uma vez, é uma peregrinação obrigatoria ao sao-paulino. É como ir a Meca.

    Curtir

  13. Caramba… tenho que parar o carro pra cuidar das duas criancinhas?????

    Que falta de respeito e educação heim!!!!

    E não tem protegido, não tem panela aqui… os dois estão errados…

    Comentários apagados e se tiverem mais um, só mais um de encrenca entre vcs, vão sair fora daqui…

    Falta de respeito…

    Curtido por 1 pessoa

    • Você só não me moderou agora por que teria que moderar seu amigo da panela das outras vezes eu tomei gancho por que tretei mais você tinha razão mais só não me tira agora por causa do seu amigo senão ia ficar muito chato me tirar e deixa ele. Vou ficar de fora sozinho já vi que aqui é panela.

      Curtir

      • Posso te garantir; vc está sendo injusto com a moderação.
        Se tem algo, entre tantas outras coisas, que merece todo o reconhecimento e respeito, é o trabalho da moderação.

        Curtir

        • Deixa ele, Paulo… ele está num caminho errado e quer permanecer nele, apesar de avisos etc…

          Deixa ele pra lá… ele está avisado de que na próxima está fora, independente de achar que tem panela, bule, chaleira, assadeira etc… tudo tem limite e ele atingiu o dele há tempos…

          Acho até que sou um pouco culpado, pois esse tipo de comportamento já era pra ter sido coibido há mais tempo.

          Curtir

      • Isso, panela… eu tenho meus protegidos aqui… quanta besteira…

        Vc já experimentou interagir? Mostre um comentário seu que não seja provocação, ofensa, ironia…

        Deixa de criancice e interaja… caso contrário saia, não fará falta quem vem apenas trazer confusão.

        Noutros tempos vc já estaria fora há muito tempo…

        Mas chegou pra vc… na próxima está fora. Chega, acabou, fim da linha.

        Curtir

  14. Já te desafiei a mostrar algum comentário onde eu cravei que cairíamos. Para de inventar.
    E continuo com o mesmo pensamento. Se bobear, cai.
    Não tem essa de time incaível.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s