2018 no São Paulo: Planejamento apresenta dificuldades

Permanência no Z4 faz com que clube deixe decisões congeladas, mas assunto promete ser discutido em próxima reunião de Conselho Administrativo; Dorival fala em escapar antes

A luta do São Paulo contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro atrapalha os planos do clube para a temporada 2018. Isso porque o planejamento para o ano que vem, que já deveria estar sendo elaborado, não sai do papel enquanto o time não estiver salvo. A situação gera preocupação no Conselho de Administração, órgão fiscalizador e de criação de diretrizes, que promete discutir o assunto na próxima reunião, prevista para o início de outubro.

Há uma corrente no clube que defende a antecipação de muitas discussões sobre o ano que vem para que o atraso não prejudique tanto a temporada. Outra frente defende que não é hora de discutir qualquer coisa que não seja a saída da zona da degola, até porque o planejamento teria de ser alterado caso o time fosse rebaixado para a Série B, na visão desses.

Fato é que muitas decisões que provavelmente já seria tomadas se o time não estivesse em crise estão congeladas. A diretoria ainda não discutiu contratações com o técnico Dorival Júnior ou quais atletas poderão ser dispensados, embora já haja uma ideia de mudanças que deverão ser feitas. O comandante, por sua vez, admite o problema, mas pondera e defende que o objetivo agora seja escapar logo do Z4.

– Temos um problema que é muito mais sério, a curto prazo. Não temos o mínimo direito de estar pensando lá na frente. Ainda que no Brasil o planejamento seja discutido, mas é pouco colocado em prática na hora mesmo. De repente esse planejamento não deva ser tão quebrado para o ano seguinte, em razão de muitas situações já terem sido adiantadas, e o restante no momento em que tenhamos um refresco dentro da competição, o que espero que aconteça em um momento ou outro – afirmou o treinador, que tem sido bancado pela diretoria.

Dorival Júnior tem contrato até dezembro de 2018 e a ideia da diretoria, pelo menos no discurso, é que ele toque o planejamento para a próxima temporada. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva já adiantou que não será possível contar com o volante Jucilei, por exemplo. Leco disse que não há condições de manter o jogador, emprestado pelo Shandong Luneng (CHN) até o fim do ano. Há outros nove jogadores com situação indefinida neste fim de ano.

Denis, Lugano, Edimar, Wellington Nem, Marcinho, Morato, Denilson e Gilberto possuem contrato apenas até o fim do ano. Denis, Lugano, Edimar, Wellington Nem e Denilson não devem ter o vínculo renovado. O empresário de Gilberto já anunciou que ele sairá ao término do vínculo. Já Marcinho e Morato têm situações indefinidas e serão avaliados ao fim da temporada. Esse último se recupera de cirurgia no joelho direito e só volta a jogar em 2018.

L!

62 comentários

  1. O planejamento tem que passar pela demissão dos diretores responsáveis e renuncia de LECO boca mole! Só dessa forma teremos 2018 tranquilo.

  2. Foco total em tirar o time dessa situação…depois vem o planejamento.

    É até melhor pq o que essa diretoria põe a mão faz besteira!!!

  3. Série A ou série B temos a obrigação de termos um time forte. Série B também tem as suas dificuldades, não é tão simples assim cair e voltar.
    De qualquer forma vamos disputar a Copa do Brasil e esse torneio exige um time competitivo.No mínimo a permanência de quem está dando certo hoje.

      • Lembro de ter lido em algum lugar q o contrato do Hernanes acaba no final do ano que vem. No meio do ano, se for isso mesmo, pode assinar pre contrato conosco. Nao deve ser dificil entao conseguir uma liberação antecipada dos chineses. Logico, contando q o atleta queira ficar e que diminua o seu salario, se adequando ao clube.
        Lembrando q o calendario no ano q vem tem paralisação pela copa do mundo e, ao meu ver, se ele mantivesse esse ritmo e qualidade de jogo, deveria ser convocado (excluindo o fator Tite e suas amizades q tem prioridade)

  4. No final do ano sairão 9 jogadores (contando com Jucilei) até 10 se o R. Caio também sair. Se nas próximas 5 rodadas, vencermos três e empatarmos duas, já podemos nos dar ao luxo de pensar em 2018.

  5. Planejamento pra já eh ganhar e ganhar, não tem outra.
    A melhor coisa a fazer eh esses diretores incompetentes não atrapalharem o elenco e a comissão técnica até Dezembro.

  6. Eu só acredito no planejamento pra 2018 quando 2018 terminar, pois como vimos em 2017, com essa diretoria, planejamento é só uma palavra vazia, assim como transparência, competência, etc.

  7. Um dos efeitos da má gestão:

    “São Paulo, que em 2010 teve a 2ª marca mais valiosa, manteve-se na 3ª posição até 2015, sendo suplantado pelo Palmeiras em 2016, caindo para a 4ª posição e nela se mantendo. Preocupante e um claro demonstrativo da péssima gestão do clube nesses anos é o fato de o valor de sua marca apresentar crescimento pouco mais que vegetativo, com um decréscimo em valor absoluto de 2014 para 2015. Aqui temos um claro exemplo do trabalho e importância da gestão ao fazer uma comparação com o líder do ranking, o Flamengo.”

    Para variar, mais uma excelente matéria do Emerson Gonçalves no globo esporte.com
    Para quem gosta do tema e quer ler todo o conteúdo, segue:
    http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/olhar-cronico-esportivo/1.html

  8. Não acredito em rebaixamento do SPFC …, sempre falei aqui.

    Mas também não acho o “possível” rebaixamento tricolor o pior e mais cruel dos nossos problemas.

    Nossos piores inimigos são aqueles que estão no comando do clube e futebol.

    # ReageSPFC

  9. Meu papel é apenas torcer. mas se fosse para dar algum pitaco, deviria ser feito dois planejamentos, depois do resultado do ano estabelece qual seguir. Afinal é planejamento não execução dele.
    Conversa fiada, não sabem planejar nala além de x%.
    Vamos São Paulo

    • Você realmente falou algo q fez sentido.
      Acho q o unico problema q poderia acontecer nesse caso, seriam as conversas para contratação, ja q nao tem como ir atras de jogador sem saber oq ira desputar.
      De resto, tudo ficaria adiantado. Deveriam fazer isto.

  10. Alguém tem que mostrar para o Leco que a instituição SPFC não pertence a ele, e sim a essa imensa torcida Tricolor. Chega de desmandos no Tricolor.

  11. Uma das prioridades deveria ser reduzir drasticamente a folha salarial, um absurdo gastar quase 10 milhões por mês com um time com esse rendimento, fazendo campanhas pífias já a alguns anos, deveria voltar com a politica de contratações de 2004, prezar pela qualidade e não contratar pelo nome. garimpar em times pequenos.

    • De 2004 pra cá isso tem sido feito. Muito. É só pegar todas as contratações do SPFC nesse período.

      O grande problema está em quem contrata, os olheiros sem um pingo de sensibilidade pra avaliar o perfil do jogador, a mentalidade, a dedicação em outros times. O SPFC não consegue nem contratar jogador sem lesão pq até nisso eles se atrapalham (ou então dizem se atrapalhar mas na verdade é tudo jogo de empresário).

      Contratamos jogadores baratos de times pequenos mas nossa taxa de acerto é baixissima e a maioria não se encaixa. Vários chegam e quase nem jogam.

  12. O principal nome para deixar o clube e as coisas melhorarem se chama Safado LECO que destruiu o ano de 2017 por causa de uma merda de eleição e com sua Covardia tenta queimar o Rogério Ceni com o torcedor Tricolor,coisa que jamais ele conseguirá…

    • Ceni se queimou sozinho… um dos piores técnicos que ja passaram por aqui.

      Não tinha esquema e nem time titular… até entendo um revezamento mas ele mudava tanto que os jogadores – que são meios burros – não entendiam.

  13. Concordo com as dispensas, exceto a de Gilberto. SP vai sofrer procurando outro centroavante para ser reserva do Pratto. Já o Jucilei eu até entendo sua saída devido aos valores, e por ter muito mlk da base bom para o meio campo, como Araruna e Militão.

    Independentemente de ficar na série A ou B, tem de procurar laterais no mercado para ontem!

  14. Mesmo sendo contra citar nomes de jogadores para 2018 sem saber onde jogaremos, tem varios jogadores interessantes na serie A em clubes de menor expressão que podem vir a ser boas opções.

    Goleiros: Jean (Bahia)

    Zagueiros: Igor Rabelo (Botafogo), Marlon (Ponte Preta), Thiago (Bahia)

    Laterais: Capa (Avai), Arnaldo (Botafogo)

    Meio-campo: Zé Rafael (Bahia), Rithely (Sport), Jean (Vasco)

    Ataque: Lucca (Ponte Preta)

    De resto, subia garotos da base e fechava o elenco. Ninguém entra e ninguém sai.

    Mas o foco hoje mesmo é distanciar o máximo do z4.

    • Para não gastar muito e fazer uma base

      Goleiro:
      Contratação: Wilson (Coritiba – passe livre)
      Saídas: Denis e Renan
      Ficaríamos com: Wilson, Sidão e Lucas Perri

      Lateral Direito:
      Contratação: Marcos Rocha em troca por Buffarini
      Saídas: Bruno e Buffarini
      Ficaríamos com: Marcos Rocha (mais ofensivo), Militão (mais defensivo) e Lucas Farias.

      Zagueiros:
      Contratações: Marlon (Ponte Preta) e Thiago (Bahia) são boas opções. Com o primeiro poderíamos tentar alguma negociação com jogadores (especialmente Bruno e Reinaldo), com o segundo poderíamos tentar repassa jogadores como Thomaz e Gomez.

      Saídas: Lugano.
      Ficaríamos com: Arboleda, R. Caio, Bruno, Aderlan, Marlon e Thiago.
      Obs.: Se R. Caio for vendido acho interessante trazer um zagueiro mais experiente e com liderança.

      Lateral Esquerdo:
      Contratações: Renê (troca por Bruno ou Cícero) ou Capa (envolvendo jogadores também), além do retorno do Matheus Reis
      Saídas: Edimar
      Ficaríamos com: Junior, Renê/Capa e Matheus Reis

      Primeiro volante:
      Contratações: retorno de Hudson ou contratação de Rithely (Sport)
      Saídas: Jucilei
      Ficaríamos com: Petros, Hudson/Rithely e Araruna

      Meias e atacantes:
      Contratações: Kaka (passe livre e conversas adiantadas), Lucas Lima (passe livre e negociável) e Roger (Botafogo), que poderiam compor elenco e está com passe livre (e já manifestou que deseja voltar).
      Saídas: Cícero, Thomaz, Gomez, Marcinho, Morato, Gilberto, W. Nem e Denilson
      Ficaríamos com:
      Kaka*, Maicossuel e Murilo
      Hernanes, Lucas Fernandes e Base
      Cueva, Shaylon e Cipriano
      Lucas Lima*, Marcos e Natel
      Pratto, Brenner e Roger*

      Elenco 2018:
      Wilson*, Sidão e Lucas Perri
      Marcos Rocha*, Militão e Lucas Farias
      Arboleda, Bruno e Thiago*
      R. Caio, Marlon* e Aderlan
      Junior, Renê/Capa* e Matheus Reis
      Petros, Hudson/Rithely e Araruna
      Kaka*, Maicossuel e Murilo
      Hernanes, Lucas Fernandes e Base
      Cueva, Shaylon e Cipriano
      Lucas Lima*, Marcos e Natel
      Pratto, Brenner e Roger*

      • Boa!

        Renê acho dificil pq chegou recente ao Flamengo e o Rueda gosta muito do futebo dele. Lucas Lima acho desnecessário, Kaká é um bom nome só não sei em qual setor jogaria. Hudson seria uma boa para compor elenco. Os demais jogadores concordo com todos.

      • Discordo…
        Marcos Rocha é fraco e esta em decadência…
        Matheus Reis e Tavares são boas opções pra testar no paulista… tem o Reinaldo e se precisar contratamos.
        Militão é uma ótima opção como volante e o melhor lateral improvisado era o Araruna…
        Hudson eu ate agora não entendo pq o estagiário deixou ir embora.

        Cueva vai sair..

        Pra zaga não precisamos de reforços, temos uma boa zaga hj e o Maidana deve voltar.

        Thomaz, Gomez, Marcinho, Morato ganham o mesmo que alguns da base, pq mandar embora?

        Sou a favor de montar um time B e usar os jovens e fazer tester… usando a primeira ligar e depois a Copa Paulista.

    • Pelas barbas do profeta, Edgar, esse que time que voce montou é bem pior do que o atual, seria time para a série C? O SPFC não pode prescindir de medalhões, a torcida não aceitaria esses zé ruelas

  15. O maior presente pro planjemento de 2018 Seria sumir com o monte de pereba q nao Faz jus a essa camisa e Fazer loucuras para manter o Hernanes.

    Feito isso eh trazer um ld e um le bons, um otimo goleiro e subir mais base.

  16. O planejamento do sp temq começar já! Não interesse em qual divisão vai estar ano q vem no brasileiro. Copa do Brasil a partir do ano q vem paga 50 mi pro campeão e 20 mi pro vice, fora q é o unico título q nos falta.

  17. Planejamento é algo que o Leco já mostrou que não sabe fazer, pior ainda, cometeu os mesmos erros cometidos ano passado, tanto é verdade que estamos vivendo um déjà vu de 2016.

    -Contratando errado, pagando caro e de baciada. Por isso temos um elenco desregulado/limitado e sofrível em algumas posições. Pela folha de pagamento do clube, poderíamos ter uma equipe muito mais estruturada em relação ao plantel.

    • Outro ponto, esse departamento de análise de desempenho deveria ter seus profissionais trocados ou extinto. Até hoje não me recordo de nenhum jogador indicado por eles que tenha dado algum resultado, pelo contrario, meros tiros n’água.

      • Aderlan é um suspense. Pelo jeito a questão física é mais grave do que se pensou, algo parecido com o projeto Conca (em relação ao tempo de espera para recuperação física – apenas neste critério)

        • Então seria mais um diagnostico errado, vide caso Maicosuel. No caso do Conca, o Flamengo sabia dos riscos/histórico e paga apenas 15% do salário do jogador.

          • Mas aí, se é questão física, é culpa do departamento de análise e desempenho ou do Departamento Médico que deu ok pra contratar ele, o Maicossuel, que receitou remédio errado pro Cueva?

  18. Mas.. O planejamento 2018 não começou?

    Aderllan Santos, foi contratado há quase 3 meses e ainda não estreou, não figurando nem entre os relacionados.

  19. Para que planejamento se a diretoria muda tudo sem respeitar nada? Se a diretoria vende 3 times no ano. É capaz do Leco vender até o planejamento.

  20. Planejamento é algo que pode ser muito bem feito a partir de cenários e priorização/antecipação dos acontecimentos.

    Se a gestão fosse competente já teria elaborado uma projeção financeira com alguns cenários (série B, Série A, Série A + Sulamericana, etc). Aí a partir daí vê os mais plausíveis, antecipa algumas coisas, prioriza outras e por aí vai.

    Maaas, se fossem bons assim não estariámos onde estamos..

  21. Eu traria um tecnico para 2018, mais do que estou falando, nosso diretor de futebol e mestre dos
    planejamentos, com certeza ele deve aplicar o planejamento 777, que consiste em: Ele sentado no
    aviao ao lado do leco, e a aeronave se deslocando para siberia, onde os 2 ficariam hospedados
    por 5 anos enxugando neve.

  22. Planejamento pra 2018 já pode ir sendo feito. Assim a diretoria tem algo mais importante para tratar a não ser falar m**** em frente aos microfones. Uma coisa é administrativa, outra é campo. Mas a ‘burrice’ ali parece não ter fim!

Deixe uma resposta