Paulinho se soma à Brenner e pode ser surpresa de Dorival Jr

Esta semana vai ficar marcada para sempre na vida de Paulinho. Na quarta-feira, no Rio de Janeiro, no empate por 1 a 1 com o Fluminense, o atacante, de 19 anos, foi autor do gol que garantiu o São Paulo na semifinal do Campeonato Brasileiro Sub-20. Para completar, ele pôde treinar com os profissionais e deve ser relacionado por Dorival Júnior para o jogo deste domingo, contra o Vitória, pelo nacional.

Como não poderia deixar de ser, o garoto é só alegria com a oportunidade de pela primeira vez integrar o elenco principal do Tricolor em uma partida oficial. Para pessoas próximas, o treinador tem elogiado o jovem. Vale se destacar que Dorival sempre gostou em sua carreira de dar oportunidades para jovens talentos, tanto que foi um dos responsáveis por montar o time do Santos de 2010, com Neymar e Ganso.

Paulinho, que é conhecido pelos colegas de base como Boia, era destaque no sub-17. Porém, teve um pouco mais de dificuldade para se adaptar ao sub-20. Aos poucos, voltou a repetir o bom desempenho e chamou a atenção de Dorival, que pediu para o jovem treinar com os profissionais já na última semana.

Outra aposta da base que tem sido relacionada por Dorival entre os profissionais é Brenner – ele renovou o seu contrato com o São Paulo até 2022. No entanto, o jovem foi convocado para defender a seleção brasileira sub-17 que vai defender o mundial da categoria, a ser disputado na Índia, entre os dias 6 e 28 de outubro.

Curiosamente, Paulinho quase deixou o São Paulo na última temporada. O atacante não tinha contrato profissional e havia recebido proposta do Watford, da Inglaterra. Satisfeita com o desempenho do jovem, que está no clube desde os 15 anos, a diretoria tricolor acertou um acordo com Paulinho até dezembro de 2020.

UOL

Anúncios

30 comentários

    • Tem tudo pra sair nessa rodada. Dos resultados q precisam acontecer para isso acontecer, o mais dificil é a vitoria do SP. Chape e coritiba jogam fora, contra gremio e palmares. Bahia pega cruzeiro, mas precisa tirar uma diferenca de 4 de saldo.

      Curtir

  1. Bom dia a todos os queridos aqui do blog….todos mesmo.
    Já pensei, escrevi, “achei”, pensei de novo… o maior problema em campo, de todos…digo “todos” os jogadores, está sendo sem dúvida o vilão “fator psicológico”.

    Já perceberam que quando estamos ganhando, a maior responsabilidade fica por conta do goleiro?? Pois é, o time corre desordenadamente querendo pegar qualquer adversário nem que seja com os dentes, correm muito, mas, de forma desorganizada, deixando lacunas próximo a nossa meta, é um desespero para o goleiro e nós torcedores.

    O goleiro vê tudo aquilo, mas, está vidrado como todos os jogadores de linha, focam somente no bicho papão, a bola, que se torna uma verdadeira “bola de fogo”, todos ficam enebriados com aquela coisa bela, mas, ela pune… ela maltrata… castiga, como se fosse uma medusa, paralisam todos que fixam o olhar nela…e ela de novo, chega, cada vez mais meteórica, parece estar viva, parece que está contra nós, goleiro e zagueiros não enxergam o adversário, somente a bola, como que uma hipnose, nem goleiro nem zagueiro passam a enxergam nada, nem bola nem adversário, e está tudo acabado de novo, outro empate ou outra derrota.

    A cada gol nosso, se torna um tormento para a cabeça de todos em campo e fora dele, até jogador que não joga recebe cartões amarelo, entendem isso?? Dorival que sempre se mostrou calmo em outros times já começa com sinais de puro estres.

    O ambiente vem sendo preparado pra isso a anos. Acharam a formula para derrubar um colosso, minando sua força psicológica. A torcida faz sua parte, mas é uma faca de dois gumes essa presença maciça, tem dois sentidos isso, amparo ou pressão, mas como assim???
    A cabeça do ser humano é interessante, alguns podem enxergar como positivo a presença, outros podem se sentir acoados ou até pressionados. Eu penso de forma diferente, adorava quando meu pai assitia meu jogos…o que??? eu??? nunca, detestava, ele me cobrava muito, quando ele não estava na arquibancada, eu jogava pra caramba. Uma outra vez minha namorada foi me ver jogar, estava eu jogando bem, quando a vi…fui substituído. Portanto, penso que esse lado emocional pesa muito de pessoa para pessoa, não podemos avaliar todos num todo.

    Precisamos urgente sim, de um cara que converse com cada jogador, um cara que tenha futebol na veia e na alma, que tenha histórias com glórias, que seja reconhecido por quase o mundo todo.

    Chega por ora, desculpe o texto longo, mas, sonhei acordado e escrevi, é a vontade de ver nossa camisa subir novamente ao pódio e juntar-se a um pedaço de metal, significativo até, por qualquer que seja, um título ao SPFC.

    Sonhei dormindo… 3×1 pra “nóis”.

    Curtir

      • É, ultimamente quase não temos bons sonhos com o SPFC. Sempre vem aquela imagem de Leco com camisa listrada, tipo a imagem do Márcio…rsrsrsrsrs… Jasonleco, deve ter algum sentido isso que associei, Jason e Leco, esse cara não some nunca.

        Curtir

    • Cara, muitíssimo bom dia prá vc e aos demais do Blog.
      Tem que pedir desculpa não, rapaz…
      Externou uma idéia, um sentimento e um pressentimento seu…Só isso!
      Rsss

      Esse time está claramente afetado psicologicamente, por isso minha insistência crônica
      em xingar o leco por não ter colocado um Coordenador, um MAC, ou Luiz Cunha , enfim…
      um cara que conhece o clube já, que tem experiência em lidar com essa boleirada e fazer
      os caras acordarem e se sentirem mais seguros e motivados. A chegada de Muricy ajuda?
      Ajuda… não nego… mas a questão é na atual circunstância haver de fato a necessidade
      de ter um cara diariamente no CT, apoiando mas também cobrando atitude de jogador!!

      Luiz Cunha e MAC fizerem isso muito bem e sempre repito que os 2 grandes momentos
      da equipe em 16 foram quando esses 2 estiverem nos bastidores, trabalhando… qualquer
      pessoa mais atenta percebeu isso!

      De qualquer forma, apesar do orgulho, do ego inflado (maldito ego) do nosso presida,
      apesar de tudo… vou torcer como nunca!!
      Apoio ao time, sem conversa!

      Infelizmente, apesar de torcer por uma vitória (mesmo porque o empate do último jogo
      sabotou minhas projeções e agora só faço contas… Rsss), creio que o jogo amanhã empata.
      É triste, mas mesmo que joguemos bem (o time deu uma melhorada, sim, mas o emocional
      está ainda traindo a gente). Aposto em 2 vitórias contra Gambazada e Sport.

      Mas, torçamos, que é o nosso papel.
      Uma vitória amanhã será espetacular e ajudará a amenizar a perda de pontos contra a Ponte!
      Que o time possa jogar bem, seguro, e trazer 3 pontos.
      Mas prá mim vai ser complicado (ainda) amanhã…

      Sangrando junto com nosso Tricolor, mas sairemos dessa!

      #GiganteNãoCai
      #SãoPauloPraSempre

      Sds!

      Curtido por 1 pessoa

      • Valeu Jac, cara legal você. Sempre bom seus comentários, somos torcedores de um “time” que é de todos….menos nosso. rsrsrsrsrs. e ainda nos achamos donos dele, cobramos os dirigentes como se trabalhassem pra nós…kkkkkkkkkkk. Ah se eu tivesse esse poder… A “interessância” dessa coisa que se chama futebol, poderia ao menos se chamar futfoda-se, talvez não sofríamos tanto, talvez dormíssemos melhor, talvez não houvesse tanta discordância ou quem sabe viveríamos na mesma toada. Então, fod…..eu sou spfc até em outra encarnação….vaaaaamos sãopaulooooooooooo….3×1…2×1…1×1…0x0…estou contigo sempre. Até nas segundas…op’s…feira….abraço brother.

        Curtir

  2. Procede essa informação?

    Arnaldo Ribeiro‏Conta verificada @ArnaldoESPN 7 minhá 7 minutos
    São Paulo só joga no Morumbi contra Corinthians, Sport e Bahia, na última rodada. Outros 5 jogos no Pacaembu – onde define se fica ou cai

    Arnaldo Ribeiro‏Conta verificada @ArnaldoESPN 6 minhá 6 minutos
    Os 5 jogos do São Paulo no Pacaembu: Atlético-PR, Flamengo, Santos, Chapecoense e Botafogo

    Curtir

  3. Mais uma bola fora do Dorival, como esse técnico é horrível. Não questiono o potencial do Paulinho, mas é fato que o ano dele na base tem sido muito fraco e abaixo dos colegas de posição. Enquanto o Caíque e Marquinhos Cipriano estão voando com dribles, assistências e gols contra jogadores do sub-20 e do profissional, o Paulinho só tem mostrado velocidade e falta de inteligência pra definir as situações, seja pra driblar, passar ou finalizar, lembrando muito o Kelvin (tirando a meia duzia de jogo bom q ele fez). Até o Oliveira já teve momentos melhores que ele.

    Se Caíque, Léo Natel (antes da lesão) e Cipriano tivessem recebido a quantidade de chances que Thomaz (sim, jogou muitos jogos pelo lado do campo), Neilton, Marcinho e Denilson receberam desde o início do ano, se Araruna e Liziero tivessem recebido as chances que mereciam como volante ao invés de Schmit e Cícero, se o Auro tivesse ficado e sido o lateral direito, se o Tom tivesse subido e revezado com o Jr. Tavares ao invés de desgastarmos o Jr. e substituirmos com o Edimar, se o Shaylon jogasse quando Cueva e LF não pudessem, se Lyanco e LA nao fossem vendido a preço de banana e, principalmente, se o Jardine fosse o treinador desde o início do ano não tenho dúvidas que nossa folha salarial não seria o absurdo que é e o ano não seria a vergonha que está sendo.

    Curtir

  4. Tenho minhas dúvidas. O Dorival sé muito de escalar no SPFC nomes fracos porém tidos como medahões como Rodrigo Caio, jucilei, Petros ex Boa Esporte. Quem manda eu não sei. Ademais, é muito estranho um time quebrado como o SPFC pagar 22 milhões por 50% do passe do Prato e 9 milhões por 75% do fraco Petros.

    Curtir

  5. E ainda tem essa do Pacaembu…

    Meu palpite é de que estaremos matematicamente rebaixados já na 35ª rodada.
    Os três últimos jogos serão apenas para cumprir tabela.

    Curtir

    • O São Paulo está um pouco mais organizado, mas só fome não resolve. O time não tem entrosamento ainda e o ataque pouco agride o adversário (a bola mal chega no Pratto), ainda mais em defesas fechadas. E outro problema é a falta de velocidade no contra-ataque. Os pontas estão sumindo do jogo nessa hora e deixar Pratto puxando contra-ataque como aconteceu na última partida é bem ineficaz.

      Acho que qualquer treinador que for jogar contra o SP hoje se sente confortável para esperar o tricolor propor o jogo (já que está desesperado pela vitória devido a posição na tabela) e armar o time para o contra-ataque principalmente jogando bola nas costas dos nossos laterais.

      Se eu fosse o Dorival, entenderia este ponto fraco do time e focaria no ponto forte: Hernanes. Um cara foi discípulo de Muricy, já deveria há muito tempo ter mandado o Pratto cavar faltas próximas a área (como fazia Aloísio Chulapa) para o Hernanes cobrar (como Ceni fazia). É fazer 1×0 e fechar a casinha.

      Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s