Volta meu São Paulo, volta

Amigos tricolores.

Muitos de nós vimos times quase imbatíveis do São Paulo. Temos idades diferentes, muitos viram, outros, não: Menudos do Morumbi, Pedro Rocha e Gerson, o São Paulo FC de Telê Santana, Tricampeão com Muricy Ramalho. Isso para citar os mais recentes de 1970 para cá. Vimos times horríveis como o de 2003 de Oswaldo de Oliveira, por exemplo, mas foi um pequeno lapso, uma vez, que em 2004 Cuca montou a base para no ano seguinte, com Leão e Paulo Autuori darem sequencia e ganharmos tudo. Veio 2006, 2007 e 2008 com Muricy e parece que uma maldição caiu no Morumbi. São quase 10 anos do nosso ultimo titulo importante. Ok, em 2012, Sulamericana, invicto, mas sejamos sinceros, o São Paulo Futebol Clube é time de disputar Paulista, Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores e Mundial. Resto é torneio caça-níquel que até podemos disputar, mas a torcida fica feliz com título importante. Quem conta Copa Caninha 51 como mundial e Torneio de Verão como mundial, são times desesperados por ter aquilo, que o São Paulo já ganhou em campo diversas vezes.

Ultimamente só comemoramos, de forma tímida, títulos da base, como a Libertadores de 2016. Dizendo que o time estava endividado, nosso querido Leco, vendeu as joias da base, desmontou aquele time, que se bem treinado e com tempo, colocando alguns jogadores mais experientes entre eles poderia dar muitas glórias. Em 1985, por exemplo, quem era Muller, Silas, Sidney? Juntou com Careca, já experiente e com uma “Copa nas costas”, Falcão, fim de carreira, gênio e experiente, Gilmar, Oscar com sua experiência dos EUA e um jovem meia uruguaio contestado que virou um dos maiores zagueiros da história: Dario Pereyra. Um pouco de paciência com a “molecada” mescla com experiência e pronto, formado, o que eu considero, o maior time que o São Paulo já teve, os “Menudos” questão de opinião claro, uns concordarão, outros não. Fico imaginando se esse time tivesse jogado mais 2 ou 3 anos juntos e nas mãos do Telê… enfim, cada momento, um momento.

Feita a introdução, percebam que o São Paulo passou por diversos ciclos e sempre voltando por cima. Década de 1980, ganhou muita coisa, o time foi desmontado, Telê montou outro e no início da década de 1990 ganhamos tudo nos primeiros 3 anos da década. E batemos na trave em 1994 com o Tri da Libertadores e por que não do mundo?? Saiu Telê, vários jogadores, 1995 e 1996 reformulação e em 1997 chegamos a uma final, 1998 campeão, 1999 outra final, 2000, campeões. Amargamos um jejum até 2005, mesmo em 2003, disputando finais. Em 2004, fomos 3o na Libertadores,

E agora? Comemoramos a saída do Z4, comemoramos saída de jogadores. Até contusão de jogador é motivo de comemoração, comemoramos queda de técnico como se fosse título! Mas calma! Vamos voltar ao conceito do futebol, onde se comemora vitórias e títulos. O São Paulo tem uma história de sucesso, linda, um passado cheio de glórias! Passamos 13 anos sem titulo com um propósito, construir a nossa casa, mas hoje, estamos há 10 anos e parece que com outro propósito: destruir a nossa casa.

Desde a saída do saudoso Marcelo Portugal Gouvêa, que o São Paulo não tem comandantes de peso e que conhecem futebol. Juvenal Juvêncio, que Deus o tenha, foi péssimo para o São Paulo. Mania de grandeza endividou o São Paulo com reformas caras, jogadores ruins a peso de ouro e má gestão.

JJ ainda colocou Aidar. Histórico da família era ótimo, seu pai, Henry Aidar, foi um grande presidente, ganhou títulos com o São Paulo, mas Carlos Miguel, foi um desastre, expulso do cargo onde a maioria dos mais de 20 milhões de tricolores já sonharam estar.

Leco era o substituto natural, seu vice. Veio, fez algumas coisas boas nas finanças e na estrutura do clube, mas para o time, só deu tiro no pé. Manteve Gustavo Oliveira, Athaide Guerreiro ao seu lado, nunca mostraram competência, mantidos. Vieram Kieza, Centurion, Chavez, Jonathan Cafu, Cañete, Clemente Rodriguez, Piris, Negueba e por ai vai. Jogadores que todos já sabiam que não dariam certo no São Paulo, mas vieram. Isso é gestão? Nada conta a pessoa do Gustavo Oliveira e agora do Pinotti, não colocaria em xeque sua credibilidade, mas sim, sua competência como homens do futebol.

Pintado conhece 100 vezes mais de futebol do que esses 2, mas foi demitido porque Pinotti não quer uma pessoa entre ele e os jogadores, ele faz a gestão, ele tem o “time na mão” como gosta de dizer. Dá para ver mesmo, Cueva, Renan Ribeiro, Rodrigo Caio, Jr Tavares e Jucilei caindo de produção, Cicero afastado, Gilberto querendo sair do time. Tem na mão, está sob controle, pena que na nossa visão, esse controle será direto para a série B.

Vou torcer, vou gritar, nunca abandonar o São Paulo, acreditar até o apito final do ultimo jogo do campeonato! Vou ao estádio, vou torcer onde e como der, mas infelizmente, a torcida, que está fazendo um papel memorável, não entra em campo e dependemos ainda dos jogadores que lá estão, mesmo que 90% deles não tenham a menor condição de vestir a camisa do São Paulo!

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Coordenador do MBA de Marketing Digital e do MBA de Gestão Estratégica de E-commerce da Faculdade Impacta de Tecnologia. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova). Me siga facebook.com/plannerfelipe

 

Anúncios

72 comentários

    • Isso não é verdade. leco e seu grupo não são imortais, eles vão perder o poder. Até espero que Rogério Ceni seja o próximo presidente do SPFC, tenho certeza de que isso passa pela cabeça dele depois do que aconteceu a ele como treinador

      Curtir

    • Para de patrulhar o que os outros pensam e falam.
      Voce entra aqui só para isso.
      Nunca vi voce emitir uma opinião ou participar de algun debate sadio, mesmo que não concordando com a opinião alheia.
      Faça da sua presença aqui algo mais produtivo e agradável para voce e para os outros.

      Curtir

    • Futebol e futuro são uma caixinha de surpresas. Em 2013 quase caímos, em 2014 quase fomos campeões. Então é esperar. Se a queda ficar no quase, quem sabe no ano que vem a sorte vira de novo. Agora quanto aos comentários, eu digo que somos incaíveis e inacabáveis, rs

      Curtir

    • Justiça seja feita: em termos de técnica, o time dos “Menudos” era superior ao time de 91-92-93. E Cilinho, assim como Telê, era um técnico que prezava pelo futebol técnico, insinuante, vertical e ofensivo. Aliás, Cilinho parecia o Telê dos anos 70 e início dos 80, enquanto Telê, quando veio para o SP no ano de 90 já era um pouco mais voltado ao futebol de resultado (provavelmente pelo fracasso na Copa de 82) mas sem obviamente abrir mão de um futebol bem jogado e sem violência.
      De qualquer forma, 2 grandes mestres. Telê foi mais privilegiado em termos de conquistas, mas o futebol daquele time de 84 até 87 era de
      encher os olhos de qualquer Tricolor.

      Curtir

      • Jac, permita-me discordar. O time dos menudos era muito bom, é verdade, mas o time de Têlê era superior tecnicamente. Para mim, o SPFC de Têlê foi o melhor que vi jogar , acompanhando o time desde 1970. Aquele time do Têlê não perderia para o Real Madrid de hoje muito menos para o Barcelona

        Curtir

  1. Hoje eu consigo ver que o SPFC sempre foi do mesmo jeito e que as vitórias mascaravam sujeita dos bastidores. A diferença era que o clube tinha algumas poucas pessoas competentes em cargos de liderança e essas pessoas acabavam diminuindo os efeitos dos inúmeros incompetentes e parasitas ao seu redor.

    Eu vou torcer absurdamente pro time se salvar, se revolucionar como não tem conseguido e fazer esses 45, 46 pontos. Mas eu tenho certeza que se isso acontecer o Leco vai aparecer no dia seguinte pra amenizar os problemas, como se nada tivesse acontecido, e fará várias promessas pra 2018, falará da diminuição das dívidas e será aplaudido de pé. E como é final de ano, as coisas vão se acalmar, a torcida vai desencanar e a oposição vai ficar mansinha.

    Isso é mais fato do que saber que o Neilton não jogaria bola com a camisa do SPFC.

    Curtir

    • Não se deve dar sossego pro Leco.

      Leco, lixo, frouxo dos infernos.
      Fora do SP!!!

      Vai Tricolor!
      Pra cima do Vitória!
      Mas com inteligência e da forma que for possível para trazer no mínimo 1 ponto,
      na pior das hipóteses.
      Perder, nem sonhar!!!!!
      Vamos sair dessa.
      Com a luta de atletas e com o apoio da
      Torcida!

      Curtir

  2. A galerinha Hardy deveria, ao menos, saber distinguir gestão e instituição.

    Vou evitar xingamentos, embora algumas vezes pareça necessário para alguns entenderem, mas se não respeitam a instituição, procurem outro clube para torcer!!!

    Aproveita e muda de país também, pois como deve estar achando que o país morreu ou não presta, melhor ir para outro lugar.

    São Paulo nunca vai morrer. Crise ou dificuldade é normal na história de todos os clubes, mas podem servir para crescimento Institucional ou queda.

    Temos a terceira maior torcida do país, diversos títulos, base forte e time profissional com bons jogadores (que ainda não deram liga, mas que poderão Formar um bom time com reforços pontuais/estratégicos).

    Hoje, precisamos apoiar o time, precisamos de uma vitória para sair do incômodo z4 e temos mais talentos que os adversários dessa região.

    Derrotismo nunca ajudou ninguém, mas se você é do tipo que precisa depreciar os outros para se sentir bem, tenta fazer isso com o time adversário.

    Respeitem a instituição São Paulo!!!

    Curtir

    • Futebol é passional, alguns são ultra otimistas mesmo em meio a terra arrasada, já outros acreditam que mesmo que o rebaixamento não venha o clube já está rebaixado moralmente, pensamento do qual compactuo.

      São anos de administrações desastrosas com a participação nem sempre direta daquele que hoje comanda o futebol do clube, chegamos ao ponto de não suportarmos mais tais vexames e por conta disso rolar essa polarização dentro da nossa própria torcida.

      Ser otimista e pensar que o próximo ano será melhor é fácil, difícil é suportar eliminações para times inexpressivos e frequentar anualmente a zona de rebaixamento.

      Vamos rezar para que a péssima gestão não “mate” (eufemismo) a instituição, não acredito que isso aconteça, mas os danos ao final da gestão podem ser incalculáveis.

      Curtir

    • Acho que a torcida não precisa de mais um rótulo só pq se expressa diferente do que os que são ou se fazem de otimistas em meio ao caos.

      Cada um pensa da maneira como acha melhor pq as vezes é só um jeito mais efusivo de dizer algo e não uma agressão a imagem do clube.

      O clube é gigantesco e não é uma má gestão que vai destruir uma história toda.

      Curtir

      • Ok, tanto é que digo várias vezes: apesar desse frouxo do Leco, da megalomania do Pinotti, da incompetência quase que geral, esse clube não cai!!
        Tem que fazer muuuuuuuuuuita coisa errada por muito tempo pra cair!!
        Continuo entendendo que, na pior das hipóteses, temos um elenco pra fazer, no mínimo, o suficiente pra estar fora do Z-4. No mínimo!!!

        Curtir

  3. “…Enquanto isso, Leco tenta ficar longe dos holofotes. A última entrevista coletiva do dirigente foi no dia 25 de julho, na apresentação do meia Hernanes, a grande cartada para tirar o time da zona do rebaixamento. O presidente também desapareceu do Twitter. Sua conta oficial, criada pouco antes da eleição e bem ativa no início, está abandonada. A última postagem foi em 19 de julho, anunciando a contratação do Profeta. ”

    http ://www.lance.com.br/sao-paulo/com-crise-leco-torna-populista-criticas-aumentam.html

    É um grande líder que merece ser aplaudido de pé. Parabéns conselheiros!

    Curtir

  4. Calmaaaaaa!!!!Fazem oito meses que não gritamos “é campeão”!!!!Fomos campeões em cima dos travecos na Flórida Cup e ganhando nos pênaltis do Cassio,rs.Sulamericana conto como meio título,se fosse os rivais a maioria aqui falaria que não era importante, tem muita hipocresia.O último título de verdade conto de 2008.A questão não é nem se ganhar ou não títulos.A questão é como um clube que tem estrutura,torcida e arrecada tanto financeiramente(está entre os mais que arrecadam no Brasil) pode ser administrado como um clube de pelada de Vila,tão amadoristicamente.Antigamente éramos até fregueses de time Grande daí veio a fama de pipoqueiro,mas chegávamos nas finais,más hoje em dia até de times pequenos estamos perdendo.A rachadura foi iniciada em 2009 e hoje está chegando no seu ponto crítico ou final.A sorte é que temos torcida,estrutura e recursos pra se reerguer.O problema é como tirar as pessoas que comandam o clube,(incluindo aquelas múmias do Conselho),não me iludo sai Leco e entra outra porcaria.Apesar de estarmos na lama,temos totais condições viáveis pra se reerguer.Mas o problema maior é que os mesmos que nos jogaram no atoleiro são os mesmos que terão que nos tirar,esse é o maior problema.

    Curtir

  5. Em um momento exalta os titulos de 2005, 06, 07 e 08 e depois fala q, depois de MPG, nao tivemos mais comando no futebol. Mas como assim?? JJ, apesar dos pesares, entendia muito de futebol. Nao atoa, fez parte da montagem do time campeao da libertadores e muldial e, posteriormente, tri brasileiro. Problema do JJ nao foi falta de entendimento de futebol, foi a fome de poder e a loucura q esta mesma fome traz consigo.
    Sera q alguem trocaria tudo q o JJ trouxe nos tempos q estava no comando para apaga-lo da historia do time? Eu duvido.

    Curtir

  6. Enquanto leio aqui e ali, que a presidência é culpada pelo que acontece, que o Pinotti não sabe nada, que as organizadas são isso e aquilo, e os torcedores recentes advindos dos fartos títulos dos últimos anos se desesperando li duas notícias que muito me preocuparam. Sabemos que temos no Brasil treinadores top, que podem pegar um trabalho no meio da temporada e conseguem tirar o máximo do elenco que recebe. Outros não. Para mim um desses com provas pelo seu currículo passado é o Dorival Junior. Li uma entrevista em um blog do Adilson Batista e perguntado sobre erros no passado ele foi claro dizendo que um deles foi aceitar pegar um time no meio da temporada com jogadores que não encaixavam na filosofia (tática) dele. Dai volto ao Dorival Junior. Leio no jornal a manchete: “Dorival tenta achar um lugar para o Cueva”. Meu Deus, a continuar com este incompetente o São Paulo vai cair para a série B. O cara é muito ruim e para piorar está totalmente perdido.

    Curtir

  7. Cara, eu prefiro muito mais um título de sul-americana do que de Paulista, ótimo texto, mas esse é o único ponto do texto onde não concordo com o que vc colocou….no seu texto vc quis dizer que Paulista é mais importante do que sul-americana, me desculpa, mas o Paulista sim não vale nada..

    Curtir

    • Sem pé nem cabeça… a própria torcida denigre os torcedores inventando rótulos, os títulos falando que não nada e o próprio clube…

      Péssimo… sem comentários…

      Curtir

  8. Arquibancadas esgotadas para o jogo contra a gambazada. Mais uma vez teremos um público espetacular no jogo. Essa diretoria devia ter vergonha na cara e fazer só um ato em honra a esse Clube gigante e essa torcida fantástica: renunciar e nunca mais se envolver com o nosso Tricolor.

    Curtir

  9. Boa tarde, pessoal!

    Gente dizendo que o título da Sul-Americana não vale nada… só Libertadores que vale então? E como assim nosso time não vai mais “voltar”? Acabou o mundo? Quantos times passaram por crises? Só lembrarem um pouquinho da história dos nossos rivais da capital, nem precisa cansar o cérebro… “Ah, mas só sei a história do meu time”, então fica preso dentro de casa e não viva mais, pois mente pequena o mundo está lotado.

    Acho que vou voltar ao modo leitura por uns dias porque está bem complicado…

    Futebol não é racional nem lógico, por isso é apaixonante!

    Apesar de tudo, vamos sair dessa!

    Vitória 0 x 1 SPFC! Vamos, São Paulo!

    Curtir

  10. É uma baita força para não entender o que se posta aqui…
    Existe uma grande diferença entre dizer que o SPFC morreu e que o SPFC que conhecemos morreu.
    Talvez voces não tenham conhecido o SPFC dos anos 70, 80 e boa parte de 90. E nem as pessoas que o conduziam. Se tivessem, talvez concordariam.

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu conheçi e não acho que o SPFC morreu, porque existem muitos são paulinos tão dignos e competentes como estes que você mencionou. o SPFC passa um mau momento, mas diante da história do clube isso será superado

      Curtir

    • Pois é. E o mesmo que se referir só ao passado com relação a jogadores e o que era futebol nos anos 70/80. O Roberto Dias, Sérginho, Dario, Dom Pedro Rocha , e tantos mais que eu vi jogar da arquibancada. Eles já se foram assim como o tricolor de décadas atras – precisamos reinventar o clube considersndo a realidade atual em termos futebolísticos e administrativos.

      Curtir

    • Eu na verdade entendo bem oque vc quer dizer.Mas talvez a palavra mais apropriada seria “em coma” e não “morreu”.Você fala essa palavra “morreu” mais pela falta de perspectivas no clube,e pela falta de confiança em nossos gestores e o principal a falta também de confiança nos próximos gestores que são aquela turminha manjada do Conselho,por isso acredito eu seja essa sua descrença.Só troque a palavra em vez de “morreu” um “em coma ” é melhor…kkkk.Quem sabe aconteça um milagre e apareça um “Messias” no clube.Pra mim a história do SPFC é parecida com a do Lula.Enquanto era pequeno.queria ser diferente,começou a crescer,a fama,entrar muito dinheiro,virar um clube de massa,a cobiça,a ganância,o poder subiram a cabeça dos velhinhos que antes eram patinhos feios.O Lula metia o pau no Maluf dizendo que era ladrão e passou se o tempo e a ganância e o poder subiu a cabeça e viu que se tornou da mesma laia.Infelizmente o ser humano se perde no dinheiro,poder e mulher….

      Curtir

  11. Problema foi Gestão, principalmente de elenco

    Contratam técnico de visão ofensiva (Osório) e muda-se o elenco para atendê-lo

    Aí trocam esse técnico por outro de visão defensiva (Bauza) e muda-se de novo o elenco para atendê-lo

    Aí trocam esse técnico por outro de visão ofensiva (Ceni) e muda-se o elenco outra vez

    Resumo: Trucidaram o elenco, que ficou todo desequilibrado e com jogadores de características muito diferentes……além do custo $$$$$ de ficar fazenda essas trocas

    Esse foi e continua sendo o problema maior

    Planejamento zero

    Curtir

  12. Sendo otimista ou não, sendo moderado ou não, não há como não ver que éramos de vanguarda e hoje somos uma verdadeira zona administrativa.
    Não sei em que momento isso se perdeu, provavelmente quando se passou por cima das tradições e do estatuto pra dar o 3 mandato pro Juvenal.
    Fomos os primeiros a ter um ct, hoje todos tem e não estamos mais investindo em melhorias há alguns anos.
    Fomos o primeiro a ter uma gestão semi-profissional do futebol, com profissionais que podem ser criticados como Mac, Milton Cruz, mas são profissionais, e hoje temos um cara que ninguém consegue explicar porque comanda o futebol a não ser pelo fato de ser rico e ter emprestado dinheiro.
    Tínhamos paz pra trabalhar, o famoso roupa suja se lava em casa e éramos quase a prova de crises e hoje temos mais crise que o nosso maior rival (tão famoso pelas crises).
    Os exemplos continuam e continuam, mas a paixão pelo time não diminui, pelo contrário. Quando a bola rola a gente esquece tudo isso e só torce.
    Mas sou otimista e acredito que voltaremos a ser o que fomos. Mas sem essa de ame-o ou deixe-o.

    Curtir

  13. O SPFC precisa de um novo presidente, não alguém que não tem a mínima consideração pelo clube, não alguém que foi cria do sujeito que instalou a corrupção no clube, alguém que sempre respeitou e amou a instituição e que tenha forças para varrer essa gentalha do comando do SPFC: Rogério Ceni.
    Faço um apelo a Rogério: pelo bem do SPFC candidate-se a presidente em 2012, sem fazer campanha você varre esse lixo que está na presidência e seus asseclas . E , com isso, o SPFC pode retomar sua caminhada gloriosa.
    #Fora Leco #Fora Pinotti

    Curtir

  14. Bom dia a todos.

    Esse estádio do Atlético de Madrid ficou muito bonito.

    Entendo tudo o que dizem sobre o Morumbi, que é um estádio de uma História incrível, que hoje atende a demanda do clube, que acomoda mais gente que as “Arenas”, que está pago, mas, se tivéssemos uma diretoria confiável, competente, Conselheiros desinteresseiros, não veria com maus olhos um novo estádio.

    http://www.lance.com.br/futebol-internacional/clube-espanhol-casa-nova-veja-arenas-que-estao-construcao.html

    Curtir

    • SP, veja a opinião de um jornalista que não é São Paulino , mas que é muito respeitado na mídia esportiva: ” O Flamengo adoraria ter um Morumbi, o Cruzeiro adoraria ter um Morumbi, o Atlético Mineiro adoraria ter um morumbi”. Pode parar , não é? A opinião é do flamenguista e jornalista Mauro Cezar pereira. O que o Morumbi precisa é de uma cobertura e um estacionamento.

      Curtir

  15. Domingo é vencer o Vitória e torcer para que Coritiba (pega o Palmeira fora), Bahia (pega o Cruzeiro fora) e Chapecoense (pega o Grêmio fora) perderem. Daremos um salto consideravelmente bom e ganhamos fôlego para o jogo contra o Corinthians no Morumbi com no minimo 50 mil torcedores.

    Curtir

  16. As folhas salariais dos times da serie A:

    1º Palmeiras: R$ 11 milhões por mês
    2º Atlético-MG: R$ 10,2 milhões
    3º São Paulo: R$ 9,5 milhões
    4º Flamengo: R$ 9 milhões
    5º Corinthians: R$ 8,1 milhões
    6º Cruzeiro: R$ 8 milhões
    7º Grêmio: R$ 7,2 milhões
    8º Fluminense: R$ 4,9 milhões
    9º Santos: R$ 4,5 milhões
    10º Vitória: R$ 4,1 milhões
    11º Vasco: R$ 3,9 milhões
    12º Botafogo: R$ 3,8 milhões
    13º Sport: R$ 3,7 milhões
    14º Atlético-PR: 3,5 milhões
    15º Coritiba: R$ 3,2 milhões
    16º Bahia: R$ 3 milhões
    17º Chapecoense: R$ 2,8 milhões
    18º Ponte Preta: R$ 2 milhões
    19º Avaí: R$ 1,5 milhão
    20º Atlético-GO: R$ 1,4 milhão

    https ://esportes.yahoo.com/noticias/penultimo-no-brasileirao-sao-paulo-tem-3a-maior-folha-salarial-pais-confira-o-ranking-com-os-times-da-serie-070346300.html

    Futebol envolve muitas variáveis, mas essa tabela é um bom exemplo pra utilizar em uma discussão sobre péssima gestão.

    Curtir

  17. AS FOLHAS SALARIAIS DOS TIMES DA SÉRIE A:

    1º Palmeiras: R$ 11 milhões por mês
    2º Atlético-MG: R$ 10,2 milhões
    3º São Paulo: R$ 9,5 milhões
    4º Flamengo: R$ 9 milhões
    5º Corinthians: R$ 8,1 milhões
    6º Cruzeiro: R$ 8 milhões
    7º Grêmio: R$ 7,2 milhões
    8º Fluminense: R$ 4,9 milhões
    9º Santos: R$ 4,5 milhões
    10º Vitória: R$ 4,1 milhões
    11º Vasco: R$ 3,9 milhões
    12º Botafogo: R$ 3,8 milhões
    13º Sport: R$ 3,7 milhões
    14º Atlético-PR: 3,5 milhões
    15º Coritiba: R$ 3,2 milhões
    16º Bahia: R$ 3 milhões
    17º Chapecoense: R$ 2,8 milhões
    18º Ponte Preta: R$ 2 milhões
    19º Avaí: R$ 1,5 milhão
    20º Atlético-GO: R$ 1,4 milhão

    Curtir

    • Esses valores estão errados…
      Flamengo e Palmeiras já ultrapassaram a casa dos 12 milhões. Possivelmente estão desconsiderando os valores relativos a “direito de imagem” e “luvas parceladas”.

      Curtir

      • Sem clubismo, mas ausência do Lucas Moura é um absurdo o ano passado foi muito bem no PSG e esse ano volta de contusão e quando joga vai bem, merecia uma oportunidade. Hernanes joga muito mais do que Renato Augusto, sorte nossa que também não foi. Alguma dúvida que ainda rola esquemas com empresários para convocações?

        Curtir

        • Nenhuma dúvida. Aliás, lucas Moura é perseguido há muito tempo na CBF. Algo aconteceu que nós não sabemos. Como o menino é muito honesto isso já pode ser um indício de alguma marucataia. Aliás, tudo começou com mano menezes, por isso jamais aceitarei a presença deste cara aqui no SPFC. Lucas Moura joga muito mais do que Firmino, Retardelli, taison. Aí eu paro para perguntar: Até tu, Tite?

          Curtir

  18. Vou explicar melhor o que disse mais cedo, para evitar ser taxado mais ainda.
    O São Paulo que conheci morreu, pois era um time organizado, não tinha essa lavação de roupa na mídia, oa jogadores queriam vir jogar, reffis era referência, jogadores respeitavam MUITO a camisa que vestiam, e principalmente era um time campeão.
    Isso temos hoje? Não 100%.
    Mas como falei, espero que um dia ver “nascer” o São Paulo campeão, organizado, respeitado, temido.
    Não “matei” a instituição e muito menos joguei a toalha.
    Espero que tenha sido mais claro agora.
    Vamos São Paulo

    Curtido por 4 pessoas

  19. É Rodrigo Caio foi a última viagem que vc fez com a seleção,a janela fechou,agora não Tite mão precisa convocar mais….Mas obrigado pela força Tite,mas nem assim deu,mas valeu a intenção.

    Curtir

    • Se ele não convocou foi por causa da má fase dele, assim como de todos os jogadores do SPFC, exceto hernanes. Mas renato Augusto merece ser convocado? Retardeli? Tite caindo no lugar comum. Francamente, vou torcer pela Alemanha na copa.

      Curtir

  20. Saudade daquele SPFC que era temido, respeitado, com times fortes e bons treinadores, que tinham totais condições de trabalho pois os diretores davam esse suporte. Vendo vídeos no YouTube daquele Tri Brasileiro, 2006 e 2007 com certa folga, 2008 uma arrancada sensacional, com Hernanes e Hugo (reclamamos muito dele mas jogou demais pelo SP) se destacando entre outros. Isso tudo se foi, quem sabe voltará.
    Domingo é necessário uma vitória, fora de casa, time desacreditado por todos, não será fácil, mas eles podem, não é um time ruim. Na próxima semana contra as galinhas também dá para vencer.

    Curtir

  21. Veja comentários diversos….

    Tem hora que o jogador tem que ser comprado de qualquer jeito. O mesmo jogador, daqui a pouco não pode vestir a nossa camisa?

    Se sai um post falando significados negativos dos dirigentes… Os torcedores, falam mau que não tem fim ( E eles merecem, com certeza). Se os mesmos dirigente conseguem dar uma dentro, por exemplo em uma contração descente… falam bem, agradecem, estão entusiasmados.

    O Tricolor ganhou, agora sim, agora vai, esse é o time ideal. Se o São Paulo perde, time de frouxo, não tem ninguém que se salva, pernetas, jogadores de m.., são todos um piiiiiiiiiiiiii !!!!!

    Quando sai um post tentando ou fazendo levantar a moral dos torcedores ou de alguns feitos históricos. Aí é só festa, tudo vai melhorar, O Tricolor vai sair dessa, é o time da fé.

    Um pouco antes do jogo, saiu um post… O São Paulo vai ganhar de 3 x 0, o Tricolor vai fazer isso, vai fazer aquilo…
    Antes disso, o time treina, treina, muda, muda, troca aqui, troca ali, tem reunião, tem palestra motivacional, tem uma semana para ajustar, tem duas semanas para refletir, fazer o posicionamento, arrumar a defesa, arrumar o ataque, acertar as falhas do goleiro…

    Aí chega o jogo…quanta decepção… não muda NADA, não acontece NADA de novo…

    É sempre esse ciclo vicioso… troca técnico, troca jogador, faz uma limpeza geral… no ano seguinte tudo a mesma situação, sai ano, passa ano e não muda NADA!!!!!!

    Não suporto mais….Quantos anos sem um campeonato expressivo?
    Ano que vem vai ser como?

    Sem Libertadores?
    Na série B?

    O que precisa mudar mesmo e que todos já sabem é:

    Um Presidente descente, com espírito de luta, com idéias novas e com garra.
    Uma Diretoria com as mesmas qualidade do presidente, mas que saiba dirigir, que saiba o que fazer.
    Conselheiros com os mesmo princípios do presidente e diretoria, mas que sejam TODOS São Paulinos.

    Fora Leco seu paspalho, fantoche e espantalho!!!
    Fora Diretoria incompetente!!!
    Fora conselheiros, que não servem para NADA!!!!

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s