Insatisfeito, Dorival continua testando e Bruno Alves, Militão e Jonatan Gomez são surpresas em treino

Está cada vez mais claro que Dorival Júnior não está nada satisfeito com o que sua equipe vem apresentando. Na tarde dessa quarta-feira, o técnico do São Paulo comandou mais um treinamento intenso, com muita cobrança e orientação. Além disso, novos testes no time titular foram feitos visando o duelo contra a Ponte Preta, sábado, no Morumbi, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Rodrigo Caio, que retornou da Seleção Brasileira, participou de toda a atividade no CT da Barra Funda normalmente. O zagueiro até chegou a assustar a comissão técnico ao cair se contorcendo de dor no gramado. Após um breve atendimento médico, porém, o camisa 3 levantou e voltou ao trabalho sem restrições.

Na primeira parte da atividade, os jogadores mais ofensivos do elenco foram separados em trios. Alternadamente, esses trios saiu em simulação de contra-ataque contra dois defensores com a missão de trabalhar a bola rapidamente para marcar os gols.

Na sequência, Lucas Silvestre, auxiliar e filho de Dorival, distribuiu os coletes para os titulares. As novidades foram Bruno Alves na zaga e Jonatan Gomez no meio de campo. O defensor, que ainda não estreou com a camisa tricolor, foi testado na vaga do suspenso Arboleda, mas o técnico já adiantou que só vai definir seu escolhido nessa quinta.

Já o meia argentino trabalhou no lugar de Jucilei. Após sofrer um trauma na coxa esquerda durante o treino de segunda-feira, o volante apareceu de tênis para uma leve corrida em volta do campo e não participou dos trabalhos com bola. Dessa forma, Jucilei segue sendo dúvida para encarar a Macaca.

Assim, os titulares foram escalados com: Sidão, Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Edimar; Petros, Marcos Guilherme, Jonatan Gomez, Hernanes e Lucas Fernanes; Lucas Pratto. Do outro lado, a equipe reserva contou com: Lucas Perri; Buffarini, Lugano, Aderlan e Júnior Tavares; Shaylon, Thomáz, Marcinho e Maicosuel; Gilberto.

 GE
Anúncios

37 comentários

  1. Mas tem que estar insatisfeito mesmo. Todavia, não basta mudar peças e preservar os mesmos problemas, eventualmente mudar o sistema tático pode ajudar mais e melhor aproveitar as características do elenco.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bom dia galera
    O negócio é ganhar da ponte e embalar de vez.
    Se está testando coloque o Lugano pois desses todos e o que joga com amor é raça .
    Precisamos ganhar de qualquer jeito.
    Chega de desculpas
    Torcida o time tem
    Agora é cada jogador honrar a camisa

    Curtir

    • Acho difícil ser verdade. Se for, a Under Armour que responda por esse golpe e fique BEM longe do tricolor.

      E o tal CMA/Cinira devem ser investigados também, que bela “oposição” nós arrumamos.

      Curtir

    • Pra mim o Aidar só não respondeu na justiça por tudo isso pq deve saber de muito podre de muita gente da situação e oposição. Botaram tudo debaixo dos panos, terminou em pizza, vao resolver a história mas ninguém será punido. É assim que funciona o SPFC, tomado por famílias tradicionais que mandam e desmandam no clube há décadas sem que mais ninguém possa entrar, a menos que tenha muitos milhões pra brincar de diretor.

      Curtir

    • Fico com sensação parecida, ele parece insistir nos erros, eventualmente mudando o personagem.

      Ao escalar laterais como Buffarini e Edimar, ele claramente renúncia à criação e à ofensividade. Ao substituir Buffarini por Militão ele “melhora” a marcação (pois está para nascer jogador pior que esse Buffarini), mas persiste ou agrava o problema ofensivo.
      O ideal seria ao menos um dos laterais com maior capacidade ofensiva (a meu ver, Júnior).

      O meio campo é lento e de pouca recomposição, trocar Jucilei por Gomez mantém a lentidão, mas enfraquece ainda mais a marcação embora “possa ganhar” finalização de fora da área.

      Ter um jogador como Cueva, muito técnico é decisivo em sua seleção e o isolar na ponta para marcar lateral é desperdício. Eventualmente trocar esse jogador pelo garoto Lucas Fernandes (muito bom) e fazer com ele a mesma coisa que está fazendo com Cueva (na ponta marcando lateral) só resultará na mesma consequência (desperdício de talento).

      Embora acredite que esse elenco rende mais no 3x5x2, nesse esquema tático dele (que não muda sei lá o motivo), deveria ter um lateral mais ofensivo e ter:
      A) Petros ou Jucilei (no um).
      B) Hernanes ou Gomez com Cueva ou Lucas (ao centro), que é onde rendem.
      C) Marcos ou Brenner com Maicossuel ou Shaylon/Marcinho/Denilson nas pontas, pois aqui precisamos de velocidade e poder de finalização.
      D) Pratto ou Gilberto no ataque.

      A meu ver, essas duas semanas não serviram para nada, só mudou nomes mas manteve os problemas, pois se recusa a modificar a forma de organização da equipe.

      Curtir

      • Discordo em alguns pontos:
        Não devemos ter memoria curta, o Tavares é fraquissimo na marcação e o problema do time é que levamos muitos gols pelas laterais. Então, colocar laterais ofensivos é repetir os erros do Ceni.

        Acho que tu deve ser um dos únicos que acha que Gomez é mais lento que jucilei… Gomez é mais dinamico com e sem a bola mas Jucilei é melhor no 1×1.

        Sobre desperdiçar o talento de Cuva marcando lateral.. é melhor desperdiçar o de Hernanes então?

        A equipe não ta rendendo com o esquema treinado e usado durante boa parte do ano (tu lembra o que acontecia quando Ceni mudava a escalação e o esquema em todo jogo né?) mudar o esquema que ta começando a dar liga estando na penúltima colocação é um tiro no pé; Porem, pra esse elenco o 3-5-2 seria melhor mesmo.

        Mas Hernanes não é o mesmo de 10 anos atrás, ele não é mais volante. Mineiro o motorzinho era o segundo volante daquele time, que tinha ainda Danilo que marcava no meio e dois alas que armavam e chegavam bem e Aloisio fazendo pivô com Amoro Livre a frente ( função que Cueva faz no Peru).

        Fato é que Cueva não esta jogando aqui pq não quer… no Peru eu vi jogos em que ele atua aberto (que é sua posição de origem) e corre atras de lateral e da carrinho. Aqui ele anda em campo…. o SPFc não pode mudar esquema pra privilegiar um jogador que só pensa em si.

        Curtir

  3. Dorival está mais perdido que cego em tiroteio, a cara simplesmente não consegue arrumar a zaga, tomou mais gols que o estagiário no Brasileirão e ainda não encontrou um time pra fugir do rebaixamento.
    Fora que vimos que o Cueva está jogando em posição errada no SPFC, diferente da seleção do Peru.

    Curtir

    • O time que o Dorival colocou no treino de ontem, pra mim, tem tudo pra dar certo SE o meio campo se dedicar a marcação com Petros, Hernanes e J.Gomez. Vamos jogar sem apoio ofensivo dos laterais e por isso tudo tem que ser resolvido no meio campo.

      Curtir

      • Ou seja, lento e sem infiltração. O coitado do Lucas vai ser queimado tal qual o Cueva está sendo (isolando-o na ponta, sem subida dos laterais e tendo que acompanhar o lateral adversário.

        Curtir

  4. Muito interessante a reportagem da globo (reproduzida em alguns sites) sobre a dívida tricolor. Se tudo o que foi dito for verdade, embora precisemos resolver essa receita remanescente em 2017, ao final de 2018 estaremos sem débitos e em condições de fazer grandes investimentos.

    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/sao-paulo-reduz-divida-pela-metade-mas-tem-de-captar-r-275-milhoes-ate-dezembro.ghtml

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s