Menon: Diretoria do São Paulo tem mais culpa que Rogério Ceni

Escrevi esse texto sobre a saída de Ceni do São Paulo. Muitos amigos, através do twitter, me criticaram. Diziam que o texto passava a impressão de ser o ex-treinador o único culpado pela má fase do São Paulo. Reli o texto e dou razão às críticas. Meu erro foi acreditar que o que é tão explícito não deveria ser repetido. Todos sabem da fragilidade da diretoria do São Paulo, pensei que não fosse preciso ressaltar. Principalmente porque, aqui no meu blog, já deixei isso claro muitas vezes. Mas, quem lê agora, não é obrigado a ter lido antes, não é mesmo?

O grande erro da diretoria foi permitir o desmanche total do elenco montado para o início do ano. Mesmo precisando de dinheiro, era possível ter feito coisa melhor do que feito. Lyanco, por exemplo. O correto era manter o jogador e vender Lucão. Mesmo com erros contumazes, Lucão tem um currículo impecável nas seleções de base. E mais de 80 jogos pelo clube.

O São Paulo deveria ter sido agressivo e buscado um clube no mercado europeu. Lyanco seria titular agora. Outro erro, o maior de todos, foi a saída de Thiago Mendes. Ceni não queria e pediu para que ele ficasse. Insistiu e não adiantou. E o São Paulo atendeu aos pedidos do  jogador e não do treinador. Não era obrigado a vender. A não ser pela multa, que não foi o caso. Deveria ter tido uma atitude parecida com a do Liverpool no caso Philippe Coutinho.

Houve ainda a contratação de muito jogador ruim, como Douglas, Denílson, Edimar, Marcinho, Thomaz e Sidão. Não interessa quem indicou, não deveriam ter sido contratados. Principalmente Sidão. Não que ele seja pior que os outros citados e sim porque o gol era a situação mais grave. Denis não deu certo e era preciso uma grande contratação. Um goleiro como Weverton ou Danilo Fernandes. A solução foi Sidão? Vejam como o Botafogo se deu bem com Gatito Fernandes.

Eu acho que Ceni deveria ter ficado até o final do turno, pelo menos. E o pior de todos os erros de Leco foi dizer, em entrevista coletiva, após a queda de Ceni, que não tinha culpa de nada. Um vexame. Tudo isso eu havia escrito Mas vocês não eram obrigados a terem lido. A queda do São Paulo, se houver, terá muitas digitais. Não apenas a de Rogério Ceni

Menon

Anúncios

59 comentários

  1. “…Descobriu a pólvora …” .
    E agora é capaz de “descobrir o Brasil”.

    Mas sempre é tempo de refletir.

    Parabéns Menon, desta vez ficou um pouco menor seu erro anterior.

    Bom dia à toda imensa legião tricolor do planeta.

    Curtir

  2. Meio inútil ficar achando culpado agora já que o principal objetivo é achar solução. No final do ano teremos tempo suficiente pra malhar a diretoria e seria um bom momento pra quem quer realmente fazer diferença juntar todas as provas que tiver e todo o apoio que conseguir e fazer bastante barulho.

    Sem querer desmerecer a boa vontade de quem fez, mas o SPFC precisa de muito mais atitude dos seus conselheiros do que fazer petição online pra pedir coordenador de futebol.

    Curtido por 1 pessoa

    • Ouso discordar, passou o momento ruim, escapou do rebaixamento ?! Já era, não existe pressão. Pressão quando ? Na véspera do Natal ? Ou ja em janeiro na preparação da temporada ?! Se não fritarem os incompententes que vem destruindo o time agora, vai tudo pra debaixo do tapete como tem ido ano após ano e esse grupelho continua mandando no SPFC.

      Curtir

  3. Tive a impressão de que estão querendo preparar o terreno, para em “caso” de rebaixamento(sigo pensando que vamos escapar) o culpado seja o Rogerio Ceni.

    Só reiterando a minha opinião não achava que o Rogerio estava preparando para ser técnico, mas mantenho sempre a postura de apoiar todos os técnico…

    Como também não era a favor de Dorival Jr, mas sigo apoiando seu trabalho…

    Mas esta claro que o Sr Leco esta atrás de jogar a culpa nas costa de alguém.

    Estou querendo ver esse balanço em quanto realmente reduzimos as dividas…

    Curtir

    • O Rogério cumpriu bem seu papel: Ganhou 5 milhões pra servir de cabo eleitoral pro Leco, aguentar a venda de vários jogadores e receber a culpa pelo erro de planejamento de uma diretoria amadora. No fundo, por mais inepto que o Leco seja, ele sabia que qualquer coisa além disso que viesse do RC seria lucro.

      Curtir

  4. Quando o time é bom até um técnico inexperiente consegue ser campeão .
    Poy , Formiga , Pepe e muitos outros .
    Quando o time é fraco e ainda assim é desmontado e remontado mês a mês no meio de uma competição não tem técnico que sobreviva .
    Difícil é que aqui mesmo no blog tem um monte de gente que defendia o Osório mesmo ele tomando um monte de chacoalhadas só porque o Aidar vendeu uns 4 ou 5 que também não eram titulares .
    A diferença é que esse ano não venderam só 4 ou 5 , venderam uns 20 , venderam o time inteiro .

    Curtido por 1 pessoa

  5. Respeito, porém……..discordo do Menon….

    Leco e sua trupe é o padrão dirigentes de futebol no Brasil, basta analisar e procurar investigar as gestões dos clubes brasileiros….

    Rogério iniciou sua trajetória na Flórida Cup. salários rigorosamente em dia, estrutura e logística de excelente qualidade, pediu a contratação de 2 gringos, com bons salários e hospedagem de hotel.

    Teve boa parte dos pedidos de contratação aceitos, lógico que Éverton Ribeiro e um ou outro foi descartado, pois eram atletas fora dos padrões financeiros em questão de salários. Todos seus pedidos não vingaram no clube, Gatito foi oferecido, mas ele preferiu o Sidão por saber jogar com os pés, o Cícero seu pedido custou muito ao São Paulo, além de não jogar nada por aqui, é desagregador, como foi em outros clubes, Neílton foi uma piada de mau gosto, enfim, somando tudo tivemos um prejuízo de mais de 10 milhões.

    Teve o Campeonato Paulista após a Pré-Temporada (uma das maiores dos últimos anos), não conseguia acertar um time competente em campo, apenas uma vitória excelente contra o Santos na Vila e só. Depois disso assistimos um festival de bobagens, insistia no Dênis no gol, o Renan pediu oportunidade via mídia, insistia no João Schimidt, foi eliminado de forma vexatória contra o Defensa y Justicia, depois apanhou 2 vezes do Corinthians pelo Paulista também de forma vergonhosa e com um time totalmente desarrumado, foi eliminado pelo Cruzeiro na Copa do Brasil, escala seu pupilo Neílton e no dia seguinte o dispensa, 3 eliminações e um imenso prejuízo ao clube.

    Depois das 3 eliminações, ficou mais 18 dias treinando, e mais vexames, time era um amontoado de jogadores.

    Suas entrevistas coletivas eram ridículas, foi deselegante com o Rodrigo Caio e com o Tite no Programa “Bem Amigos”, sempre reclamava nas entrevistas que precisava de reforços, estava perdido e confudo em suas convicções, enfim, eu tenho fonte forte dentro do clube, que afirma, e essa fonte não é puxa saco do Leco não, Ceni deixou legado zero em “todos” os aspectos, tático, financeiro, de ambiente, etc. Terra arrasada.

    A tá, coitado, perdeu muitos jogadores, não procede, 90% das vendar foram pedidos dos próprios jogadores e seus empresários, e outra, de titular mesmo foi o Luis Araújo e bem depois das eliminações que o Thiago Mendes saiu, essa desculpa não procede.

    Veja o Renato Gaúcho Sábado, perdeu 7 jogadores, 2 vendidos, 2 com cirurgia grave e 3 por convocações por seleções, ganharam de 5 do Sport em casa, há 1 mês foi demitido seu auxiliar de confiança, o Espinosa (por questões políticos), alguém viu o Renato reclamar na mídia por tudo isso ou fazer mimi mimi ???

    Posso garantir que se o São Paulo FC tivesse aproveitado esse tempo na pré temporada com um treinador de qualidade, posso apostar com qualquer um que não estaríamos nessa situação, Leco e cia tem sim suas parcelas de culpa, mas não ao ponto de estarmos nessa situação.

    Curtido por 2 pessoas

    • Que pode garantir o que, seu zé ruela. Lembro de uma frase tua, na época que postavas comentários diários de ódio ao Ceni, que garantia que se Dorival chegasse em um mês ele consertava esse time. O tempo passou e ele não ajeitou nada. Deve ser filho do Leco, esse infeliz.

      Curtido por 1 pessoa

  6. Bom dia, pessoal!

    Vou nem comentar mais nada do Menon pois já falei o que gostaria no último post. Minha opinião quanto a ele é a mesma.

    E que vençamos contra a Ponte. Temos que achar a solução o mais rápido possível já que culpados temos vários.

    Curtir

  7. http ://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/fornecedor-de-camisas-quer-pagar-menos-para-o-sao-paulo-rescisao-nao-e-descartada.ghtml

    “…Nesse cenário, a fornecedora sinaliza um acordo para pagar R$ 16 milhões, e o Tricolor quer receber R$ 24 milhões.”

    Curtir

  8. Acho impressionante a capacidade de alguns de fazer avaliação de cenários sem informações precisas e, com base exclusivamente em sentimento, julgar e condenar os outros. Particularmente, acho de uma arrogância extrema e/ou lastimável oportunismo (para não ser mais crítico).

    Em um cenário como o nosso não é possível atribuir um culpado ou percentuais de culpa. Há vários erros que isoladamente poderiam não resultar no momento atual, mas que no conjunto nos colocou na situação vivida. Negar isso é distorcer a realidade em benefício próprio (para se vangloriar como dono da razão) ou de terceiros.

    A culpa do Ceni pode ser atribuída a diversos aspectos: inexperiência, dificuldade na relação com os jogadores (que não entendiam ou não aceitavam suas orientações), insegurança na definição do esquema tático, erros de escalação (que nos custaram uma eliminação vergonhosa na sulamericana, uma eliminação na Copa do Brasil e péssimos jogos no paulista e brasileiro), erro de planejamento, seja liberando jogadores que poderiam ser importantes (Exemplo de Breno, Hudson, Reinaldo e Matheus Reis – ficando sem outras opções para lateral esquerda) e indicações fracas e dispendiosas (Neilton, Cícero, Sidão, Marcinho, Thomaz, Edimar …). Enfim, está circunscrito a montagem de elenco e desenvolvimento de padrão de jogo.

    Todavia, mesmo com essa experiência negativa, poderíamos estar BEM MELHOR, para tanto, bastaria que o clube estivesse organizado, que o treinador atual tivesse encontrado uma forma de aproveitar melhor as características do elenco etc.

    A culpa da diretoria se divide em dois aspectos: Indiretamente, ela responde pelos erros do Ceni (e agora do DJ), pois se foram eles que contrataram e deram o respaldo na montagem do elenco, assumiram o risco de que um iniciante poderia não se sair bem. Então, o responsável pela contratação não pode ficar imune. Diretamente, ela responde pelos atos que lhe são atribuíveis, ou seja, para os problemas de gestão que refletem no futebol e são vários os casos: setor médico, fisiológico e fisioterápico deficitário. Ausência de proteção maior no “vestiário do clube”. Quanto à corrupção, crimes ou outras coisas tão propagadas por alguns, é preciso prova para acusações sérias como essa. Enquanto não as tiver, não serei leviano de proferir tais acusações.

    Falar que foi certo ou errado vender jogadores é muito cômodo, pois não se avalia a “necessidade de venda” e o “interesse do atleta”. Infelizmente, chegamos aqui a mais um culpado: a histórico das gestões anteriores e a “herança maldita” que deixaram, dificultando a administração do clube. Sem dinheiro há dificuldade para reforçar e facilidade para vender. É a lei do mercado, quem precisa vende.

    É óbvio que uma aposta maciça na base é uma alternativa de economia do elenco, mas nem sempre bem sucedida (Grêmio esse ano e Santos em outras épocas são exceções que confirmam a regra).

    E há também a questão relativa aos atletas, muito visivelmente abaixo do que podem render, seja por posicionamento equivocado, seja por desestimulo, seja por falta de profissionalismo, seja por ruindade. Eles também formam um elemento importante nessa equação.

    Acredito honestamente que o elenco atual tinha OBRIGAÇÃO de estar bem melhor, mas há deficiência em todos os pontos: “Herança maldita”, direção, comando técnico (pretérito e atual), formação do elenco, atletas individualmente considerados. Quisera que nosso problema fosse só de diretoria (não seria pouco, mas poderíamos ter um excelente desempenho esportivo mesmo com isso, vide o atual líder – até processo de impeachment teve – e outros casos semelhantes de direção fraca e time forte).

    Aliás, é até infantil acreditar que a diretoria é algo separado do Conselho/Sócios. A montagem de uma estrutura gerencial passa necessariamente pela acomodação dos grupos que dão sustentação eleitoral e governabilidade. Trocar nomes e se manter no poder é a especialidade desses grupos. Então, uma mudança na gestão sem o prévio enfraquecimento desses grupos somente os levará de volta ao poder com outros nomes.

    Já me alonguei demais, mas não consigo atribuir a um problema macro uma origem única, nem quantificar o percentual de participação de cada um. Acredito que enxergar o TODO e cobrar a responsabilidade DE CADA UM é essencial para sairmos disso.

    Curtir

    • Mas acho amigo que a opinião do torcedor é sim movido por sentimentos, pois futebol é emoção e não estamos vivenciando o dia à dia do clube, faz parte, hoje a torcida xinga, amanhã aplaude, isso nunca vai mudar, veja recentemente o Flamengo que é time de maior torcida, em uma semana protestaram e na outra apoiaram o time, quero ver o Corinthians perder a liderança, como será o comportamento da torcida.

      Agora o que me explica clubes com piores gestões que a do São Paulo, tipo, salários atrasados, brigas de jogadores internamente, diretores fazendo acusações, jogadores encostados ganhando 500 mil, estarem bem melhores dentro de campo ????

      Curtir

      • Como falei, são vários fatores.

        Vamos usar o exemplo do grêmio: uma direção forte, mas sem dinheiro, mesmo assim conseguiu montar um time forte mesmo com um elenco limitado (cheio de refugo e jogador da base, bem como com um treinador que era considerado fraco até bem pouco tempo). O segredo foi gestão? Não. Deram sorte com os garotos da base, pois sem dinheiro para contratar se encheram de refugos (Cortez, Léo Moura, Fernandinho, Barrios..), jogadores limitados e apostaram tudo na base. Deu certo, pois com as lesões de Douglas e Maicon o Renato se viu obrigado a encher o meio campo de garotos rápidos e habilidosos e o time rendeu. Foi planejado isso? Claro que não. Foi encontrado um caminho durante o percurso.

        O time sem cor, está liderando mesmo com uma disputa interna miserável (mas poupado pela mídia), apostou num treinador inexperiente (ah, mas já foi auxiliar, e dai? Isso não é garantia), montou um elenco limitado também (dificilmente vejo jogadores que poderiam ser contratados para cá – tirando os laterais, goleiro e zagueiro – um apenas) o resto é até de nível inferior tecnicamente aos nossos.

        O Palmeiras, cheio de dinheiro, apostou em contratações milionárias, elenco excessivo e treinador experiente e caro. Mas, não planejou o elenco com o treinador e, portanto, não possui o perfil desejado por ele. Precisa fazer experiências até achar a forma certa de jogar.

        Enfim, não há receita de sucesso. há necessidade de correção de rumos. E essas correções passam, necessariamente, por compreender o cenário macro e identificar as deficiências de cada parte da estrutura.

        Curtido por 1 pessoa

        • Também acho isso .
          Até o nosso time com todas essas compras e vendas poderia por uma questão de sorte ter dado liga desde o primeiro momento e aí estaria todo mundo elogiando o trabalho do técnico anterior .

          Curtir

  9. Imaginem o Tite preocupado com as bagunças da CBF, investigações do FBI, jogadores cortados, pouco tempo de treinamento, pressão da torcida, tietagem no Neymar, politicagem nojenta internamente, pressão de empresários para convocar seus clientes.

    Ele blinda tudo isso e faz seu excelente trabalho, isso com 80% do mesmo grupo que era convocado pelo Dunga, e o que aconteceu, a seleção se organizou taticamente, isso é trabalho de campo….se o treinador é competente, ele blinda o de fora para dentro.

    Curtir

      • Até achava competente, mas tem se mostrado limitado, não está mostrando a energia que esperava dele.

        Enquanto não arrumar essa proteção da defesa vai ser muito complicado. Aliás, claramente o elenco pede um 3x5x2, mas ele insiste em uma formação inadequada às características dos jogadores.

        Curtido por 1 pessoa

        • Outro dia o Edmundo da Fox comentou que o time da marginal também não tem jogadores com caracteristica forte de marcação e mesmo assim é muito forte na defesa , tudo por uma questão de organização do time , que não vem sendo feita pelo Dorival .
          Dorival infelizmente me parece mais um daqueles técnicos ( a maioria ) que fica mudando a escalação até encontrar uma que obtenha os melhores resultados , tudo na base do empirismo , vai testando até achar , se não acha o time não chega em lugar nenhum como ja aconteceu com ele muitas vezes .
          Acho que o estrategista nem é ele e sim o filho .

          Curtir

    • Este ex. não cabe, porque este e o Tite e não o fraquíssimo Dorival, que muitos já sabiam antes de ser contratado.
      Mais a culpa da contratação dele e dos torcedores. Já que temos uma diretoria padrão todos os clubes, devemos
      continuar com o que temos, ou seja ninguém.

      Curtir

  10. Coutinho é um craque e thiago Mendes nunca foi unanimidade no sp alias muitos jogadores eram pouco escalado pelo Ceni. …como os grandes David Neres, Luiz Araújo. ..todos jogadores de nível mediano tanto que foram para times do segundo escalão europeus. Óbvio que para o futebol brasileiro eram bons jogadores pq o nível aq é fraco, em vista só olhar para quantos jogadores que atuam no Brasil defendem a nossa seleção. Um número pífio.

    Curtir

  11. Em todos esses últimos anos (diria que os últimos 6, 7 anos) estamos vivendo a mesmíssima situação.

    Foram trocados técnicos, jogadores em todos os setores, padrão tático… e nada se resolveu. Apenas uma coisa ainda não mudou para tentarmos voltar a estar entre concorrentes a título… o que seria?

    Curtir

  12. A culpa é do sapão enterrado no Morumbi,enquanto não achar vai ser complicado….Agora sei lá oque está faltando.Vamos falar que o elenco é ruim sendo que tem times com elencos piores e que fazem melhor campanhas.Sei lá…deve ser o sapão mesmo ou a presença do Rodrigo Caio que atua desde 2011 no clube….

    Curtir

  13. agora conta uma novidade??????????acho q todo mundo q tenha juizo sabe que o maior culpado pela situaçao do spfc eh a diretoria,seguida depois pelo rogerio q fez um pessimo trabalho indicou jogadores pessimos,sidao cicero,marcinho,thomaz e um monte de lixo.

    Curtir

  14. O Blog é muito parcial, e isso não é bom, quando o Menon publicou o texto esclarecendo alguns fatos semana passada, não teve espaço aqui, agora que ele volta ao assunto para colocar corretamente as culpas da diretoria, aí tem espaço. É assim que faz um bom jornalismo, apenas com um lado da moeda?

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s