O São Paulo trabalha forte para deixar a zona de rebaixamento. Nesta quinta-feira, o técnico Dorival Júnior comandou treino em dois períodos, e focou no posicionamento e na marcação sob pressão. Apesar das baixas, o treinador esboçou a equipe que pode entrar em campo no próximo dia 9 de setembro, contra a Ponte Preta, no Morumbi.

O Tricolor paulista possui três jogadores defendendo suas seleções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018: Christian Cueva, Rodrigo Caio e Robert Arboleda. Para agravar ainda mais a delicada situação de Dorival, o comandante não poderá contar com o zagueiro equatoriano, que está suspenso. Por isso, realizou mudanças no time que vinha sendo considerado titular.

No treino desta quinta, a zaga são-paulina foi composta por Éder Militão, volante atuando na lateral direita, Diego Lugano e Aderllan fazendo a dupla de zagueiros, e Edimar pela lateral esquerda. A linha de três volantes foi mantida por Dorival, com Petros, Jucilei e Hernanes. No ataque, Marcos Guilherme jogou ao lado de Lucas Fernandes, que ficou com a vaga de Cueva, na seleção peruana, e Gilberto, substituto de Lucas Pratto, liberado para realizar exame de raciocínio.

Na atividade, o time titular tinha como objetivo atacar a defesa reserva. Petros iniciava as jogadas, que contavam com passes rápidos e muita movimentação. Após alguns minutos, Dorival entregava a bola para a linha defensiva, pressionada pelos titulares e obrigada a rifar a bola para o meio-campo, onde as jogadas voltavam a acontecer.

Após cerca de meia hora, os titulares partiram para outro campo, realizando atividade em campo reduzido com o auxiliar técnico Lucas Silvestre. Dorival seguiu comandando o mesmo treino, dessa vez com os reservas. A atividade desta quinta-feira também contou com a presença do jovem volante Araruna. O jogador se recupera de estiramento na coxa direita e fez trabalho separado dos companheiros.

Com 23 pontos, o São Paulo é o 19º e penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro. O Tricolor tenta se livrar da incomoda posição no dia 9 de setembro, quando encara a Ponte Preta, no estádio do Morumbi, às 19h00 (de Brasília).

GE

Anúncios