Projeto quer estender concess√£o p√ļblica da √°rea do CT do S√£o Paulo at√© 2072

O vereador Eduardo Tuma (PSDB), de S√£o Paulo, protocolou na C√Ęmara Municipal um projeto de lei que poder√° aumentar a dura√ß√£o da concess√£o p√ļblica do local onde se localiza o Centro de Treinamento do S√£o Paulo, na Barra Funda. Atualmente, o clube tem permiss√£o para utilizar a √°rea at√© 2022 e, se a concess√£o n√£o for prorrogada, o S√£o Paulo teria que buscar outro lugar para instalar seu CT.

Tuma quer que o S√£o Paulo possa utilizar a √°rea durante 90 anos, e n√£o por 40, como a atual legisla√ß√£o, de 1982, permite. Se a lei for aprovada na C√Ęmara e sancionada pelo prefeito Jo√£o Doria (PSDB), o S√£o Paulo ter√° seu CT garantido na Barra Funda at√© 2072

O vereador acusa as atuais concess√Ķes de tratar de forma desigual os principais clubes do munic√≠pio de S√£o Paulo. ‚ÄúO Palmeiras tem um prazo de concess√£o administrativa de 90 anos para ocupar uma √°rea p√ļblica, ao Corinthians Paulista, foi concedido os mesmos 90 anos‚ÄĚ, justifica Tuma, no projeto. ‚ÄúA desigualdade √© injustific√°vel e indica que n√£o h√° par√Ęmetro para definir o tempo que um clube pode permanecer em determinada √°rea. N√£o h√° explica√ß√£o cab√≠vel para isso‚ÄĚ.

A justificativa do projeto cita ainda o impacto negativo que o fim da concess√£o traria ao S√£o Paulo. “O encerramento do contrato provocaria a realoca√ß√£o do Centro para outra √°rea, exigindo, para tanto, a reestrutura√ß√£o do local, de forma a ser capaz, novamente, de atender a demanda de treinamento dos atletas. O clube entende a seriedade em ser refer√™ncia para os torcedores, incluindo crian√ßas e jovens, e, devido a isto, que o clube reconhece a sua responsabilidade social e educacional na sociedade, atrav√©s do apoio a projetos sociais, de interesse p√ļblico”.

Estad√£o