Os confrontos do Tricolor frente os maiores do mundo, New York Cosmos

Uma das grandes equipes da história do futebol mundial.

Foi assim que o New York Cosmos passou para a história a partir da década de 1970, principalmente, quando contratou ninguém mais ninguém menos que o Rei Pelé.

Jogar na equipe norte-americana chegou a ser símbolo de status.

Além do Rei, cabe destacar Beckenbauer, Chinaglia, Carlos Alberto Torres, Romerito, Oscar e Johan Cruyff.

Enfrentar o Cosmos era um desafio para poucas equipes.

Pois bem, contra o tricolor foram 3 partidas.

Foram duas vitórias do São Paulo e um empate.

O primeiro confronto aconteceu em 5 de março de 1981, no maior estádio particular do mundo, o Morumbi.

Naquele dia, o técnico Carlos Alberto Silva escalou a equipe com Valdir Peres, Getúlio, Oscar, Dario Pereyra, Marinho Chagas, Almir, Everton, Renato, Paulo César, Serginho e Zé Sérgio.

Com dois gols de Renato e um de Paulo César, o Tricolor venceu por 3 a 1 o Cosmos de craques como Van Der Elst, Romerito e Chinaglia.

Alguns meses depois, em 4 de junho de 1981, a partida aconteceu no estádio do Giants.

Com um gol de Tatu, lembra dele (rs rs) que tinha entrado no lugar de Valtinho, aos 46 minutos do segundo tempo, o Tricolor empatou por 2 a 2 com o Cosmos.

O outro gol tricolor foi de Renato.

Convém destacar a diferença da escalação com relação a primeira partida, 5 alterações.

O São Paulo entrou em campo com Toinho, Nei, Oscar, Dario Pereyra, Gassem, Almir, Renato, Heriberto, Paulo César, Serginho e Valtinho.

A última partida com o Cosmos faz 30 anos esta semana.

Novamente no estádio do Giants, o tricolor enfrentou um Cosmos que contava com dois dos maiores jogadores da história do futebol mundial, Beckenbauer e Neeskens.

O técnico era Mário Travaglini.

O tricolor jogou com Valdir Peres, Getúlio, Oscar, Dario Pereyra, Marinho Chagas, Zé Mário, Renato, Humberto, Paulo César, Careca e Zé Sérgio.

Para não deixar dúvidas, mais uma vitória tricolor, 3 a 2.

Com três gols de Careca.

Inesquecível!!!

Vale a pena rever: http://www.youtube.com/watch?v=0rzIEAek-ak

Por: José Renato Santiago

Anúncios

74 comentários

  1. Ontem assistindo o jogo do Lanus na Libertadores me lembrei do Marcinho nesse lance do gol, aquele lance ridiculo contra o Coritiba poderia ter mudado tudo…

    https
    ://www.youtube.com/watch?v=KY7DsQaAxHI

    Curtido por 2 pessoas

  2. Vídeo fora do ar. A conta do YouTube foi encerrada pq tem gente reclamando por causa dos direitos autorais….
    É o jeito esperar o jogo com o Cruzeiro e assistir a realidade atual mesmo.
    Mesmo nessa situação vou sempre apoiar o Maior do Mundo. Diretoria, comissão técnica, jogadores, todos esses passam maa meu tricolor seguirá imortal.

    “Como eu te amo tricolor”

    Curtir

  3. Uma coisa interessante nesta coluna, a escalação dos times, vários jogadores se repetem, algo que hoje em dia não ocorre, talvez esteja ai , parte desta draga que estamos. Note bem que mudou o treinador mas ainda estavam lá os mesmos jogadores.

    Curtir

  4. Bom dia!

    Hoje às 07:00 vários carros da Polícia Civil deixaram o portão principal do Morumbi em alta velocidade.

    Se não estavam usando o clube de base para alguma operação na Paraisópolis, alguma coisa fedeu por lá…rsrsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

  5. http ://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/veja-o-que-dorival-junior-pode-fazer-no-sao-paulo-com-um-jogo-a-cada-oito-dias.ghtml

    6 jogos em 48 dias. Tempo suficiente pra corrigir tudo o que precisa ser corrigido sem usar isso como desculpa depois.

    Curtir

    • Boa!
      Tendo só Brasileirão para disputar, o DJ não só pode como deve melhorar a equipe.
      Tem de acreditar que esse tempo de treinos será ótimo para os ajuestes necessários.
      Estaremos na divisão principal em 18.
      Não será desta vez que as trapalhadas lequianas nos afundarão.

      Vai São Paulo!

      #EuAcredito
      #SãoPauloParaSempre
      #ForaLecoForaForaFora

      Curtir

  6. Pintado ontemo falou que no São Paulo se contrata sem analisar o perfil do jogador, nem dentro e nem fora das campos.
    Disse que tentou mudar isso mas não conseguiu. Jogador chega sem se encaixar no que o clube e o treinador precisam.

    Curtir

    • ae depois vem gente aki no blog dizendo que a diretoria não tem parcela culpa nos resultados em campo, pois é, como não tem se eles não tem planejamento em gestão de futebol ?

      contrata um medalhão apenas pra agradar a torcida, e o treinador que se lasque pra encaixa-lo no time, só pra justificar a folha salarial que ficou mais cara, enquanto outras posições mais carente no time fica lá entregue a própria sorte

      é dose viu !!

      Curtir

  7. Vendo esta escalação do SPFC de 1981 dá vontade de chorar, gritar, sumir, quando a comparo com o time atual. Eu tive o privilégio de ver um jogo do Cosmos no Giants Stadium e foi realmente um show (com Pelé em campo). Eles golearam outro time lá dos USA e o “negão” deitou e rolou. Engraçado é que a própria torcida do Cosmos sempre vaiava quando o Chinaglia pegava na bola. Vai entender.

    Curtir

  8. Presidente do Bahia foi até o vestiário reclamar com o árbitro. O leco , esse aí vai a essas viagens , leva alguns bajuladores , se hospeda em bons hotéis , e fica com aquela cara de quem sofreu paralisia cerebral e vive em estado vegetativo , é um parasita que não transmite bem a imagem de alguem que tem discernimento de administração de uma banca de vender frutas , a cara dele é de quem reza para empatar e se perder que não seja de muito para não sair nos jornais o vexame , como nós podemos esperar algo diferente de um clube dirigido por esse parasita???

    Curtir

  9. Muitos dizendo que o futebol brasileiro está mais competitivo, concordo porém o nível do nosso campeonato é fraco, todos os times estão equiparados inclusive o líder, repara nos jogadores que jogam essa competição, fora os grandes jogadores que chegaram para o nosso campeonato é um plus mas para a maioria dos clubes eles não tem espaço mais nos grandes centros europeus.

    Curtir

  10. Ao ver este tópico, impossível não pensar que nossa diretoria está com o manual, a cartilha e o guia do rebaixamento em mãos, mentes e almas.

    Confrontos com os maiores do mundo …, saudade das boas.

    Hoje sofremos contra Penapolense, Bragantino, Ponte Preta, Avaí, Figueirense, Audax …, entre outros.

    Mas apesar de tudo e contra todos, não iremos cair.

    Nossa diretoria de 5.a categoria não conseguirá derrubar o gigante tricolor.

    Sofrer, torcer e rezar até o final.

    E retomar o verdadeiro SPFC que tanto nos fez felizes.

    SPFC nossa alegria triste.

    Curtir

  11. Algo de podre acontece no SPFC, o Prato que hoje não esta jogando nada, quando chegou era uma tanque trombava e derrubava zagueiros no corpo a corpo, hoje não derruba nem o Rodrigo Caio. O JUcilei veio nal fisicamente, melhorou muito com o tempo roubava muitas bolas nao estava tão lento como agora, seu aspecto físico caiu drasticamente ele bem fisicamente poderia ser uma espécie de Rincon pra nos, mas por que os jogadores relaxam eis o misterio….

    Curtir

  12. “A presença de Maicosuel em condições seria importante porque Dorival, neste momento, tenta dar mais velocidade ao ataque do São Paulo. O treinador perdeu Wellington Nem e Morato, que fizeram cirurgias no joelho e não jogam mais neste ano, e vê Marcinho viver mau momento técnico. Além deles, Marcos Guilherme, contratado recentemente e que seria uma alternativa, ainda não tem condições de atuar os 90 minutos”

    é um misto de azar com más escolhas.

    Curtir

    • Uma era de azar, uma nuvem “negra” que paira sobre nosso SPFC há anos, “estacionada”.

      Enquanto nossas dívidas disparam, nosso futebol desapareceu e nossa diretoria continua firme e forte …, de mãos dadas com o azar.

      Deus salve o SPFC.

      Curtir

      • A sim, Paulo.

        Mas há situações que não podem ser controladas.

        Lesão de lucas fernandes, morato, nem – não dá para por na conta direta da diretoria. Há a possibilidade de discutir se os profissionais que compõem o REFFIS são capacitados, mas não entro nesse mérito, pq não tem como avaliar a comissão nova. Além disso, Morato e Nem foram lesões por trauma…

        Agora, Contratar marcos guilherme agora, e maicosuel também no meio do campeonato e ambos não terem condição de atuar plenamente, ai sim, é falta notória de planejamento.
        Não discuto a qualidade dos atletas, mas sim, o momento da negociação.

        Curtir

        • É o que normalmente escrevi aqui:

          Quem comprou, vendeu, emprestou e demitiu, pensou no clube, futebol ou time …, ou sequer considerou elenco ?

          Jogadores vieram fora de forma ou com lesões …,
          e pensar que hoje temos “scoult”…, mas contratamos sem levar em conta o perfil
          do jogador, que sempre notabilizou nosso SPFC.

          Paraíso dos empresários e cemitério de futebol, infelizmente …, nossa alegria triste.

          Curtir

  13. Esse time com Nei na lateral direita e Gassem, na lateral esquerda é surreal. Nao lembro se em 2013 o SPFC chegou a jogar com uma linha com 4 zagueiros em 2013. O Nei veio do Botafogo de Riberao Preto, era o reserva do Oscar e o Gassem era o reserva imediato do Dario. O Gassem veio do paraná, nao lembro o time.

    Curtir

  14. Nao vi a entrevista do Pintado, mas que o tricolor contrata com critérios duvidosos, que nao satisfazem as necessidades do time, isso é visível e comentado amplamente aqui no blog..

    Curtir

  15. Essa de contratar jogador sem analisar o perfil para o clube, acontece na maioria dos clubes do país. Hoje quem manda é o empresário.

    Olha quantos jogadores o Palmeiras contratou e quantos deram certo. Imagina o prejuízo financeiro…

    Por isso eu sou a favor de metade do elenco ser da base, por ser jogadores “cria da casa” e ser mais fácil de analisar o seu perfil para o profissional.

    Hoje mais da metade do elenco, ou se não uns 3 jogadores, tem o perfil para o clube. O restante são catados, bichados, “sobra de empresários” e derrotados. A começar pelo gol, olha a diferença do Vanderlei do Santos para o Renan, Denis e Sidão…

    Curtir

  16. Marcelo Prado
    @marceloprado
    HÁ 12 MINUTOS
    Renan Ribeiro; Buffarini, Arboleda, R.Caio e Edimar; Petros, Gomez, Shaylon, Hernanes; Marcos Guilherme e Pratto. #trspfc

    DJ está no caminho certo se mantiver isso….
    como diz nosso honrado presidente, tem que manter isso, viu.

    Curtido por 1 pessoa

  17. O São Paulo precisa aproximar mais os jogadores.
    Deixar marcos guilher isolado, hernanes sem ter com quem jogar e
    Pratto vindo buscar a bola pelos flancos, não conseguiremos nunca mesmo.

    Eu viria de:
    —————–Sidão———————–
    Araruna-R.Caio-Arboleda-J.Tavares
    —————-Jucilei———————–
    ———-Petros—–Cícero—————
    —————-Hernanes——————
    ———–Pratto—-Cueva—————

    Protegendo o sistema defensivo e no decorrer do jogo, tem a velocidade do Marcos Guilherme, Jonathan Gomes, Thomas, Marcinho.

    Curtir

    • Esta na moda o famoso
      4-2-3-1
      Resgatar o famoso 4-4-2 com infiltração do Camisa 10
      Cueva jogando solto, podendo flutuar tanto pela esquerda quanto pela direita.
      tirando a responsabilidade de marcação de Hernanes e Cueva
      Formação pra sair do rebaixamento

      Curtir

  18. 4-2-3-1, 4-1-4-1… Que porra e essa? Temos dois meios de campo? Tudo igual, tudo 4-5-1. De uns tempos pra cá inventaram essa merda de separar o meio campo em dois, nunca vi isso.

    E como o colega disse logo acima: Resgatar o famoso 4-4-2 com infiltração do Camisa 10
    Cueva jogando solto, podendo flutuar tanto pela esquerda quanto pela direita.
    tirando a responsabilidade de marcação de Hernanes e Cueva.

    Curtir

  19. se abrir demais contra o cruzeiro perde !!

    to falando, fecha a casinha lá atrás e joga com inteligência contra esses times retranqueiros, e paciência será o fator chave.

    Curtir

  20. Vendo este time de 81, com o atual é uma diferença gritante, que se tornou o São Paulo.

    Tá certo, que o futebol do exterior não era tão agressivo, como é hoje. O futebol brasileiro, começou a exportar mais jogadores principalmente em 1980, quando Falcão foi para a Roma da Itália e depois da Copa de 82, que houve um exôdo, de jogadores brasileiros, para o mercado italiano.
    O futebol mudou muito, o mundo mudou também e o São Paulo, mudou para pior. O único jogador do São Paulo, que seria titular, neste time de 81, seria o Hernanes.
    Se comparar, a defesa de 81, com a atual é bizarra a diferença. No meio campo, a diferença não é tão gritante. O ataque, só o Pratto, que fazia um pouco de sombra para o Chulapa. Os pontas, nem se compara. Paulo César e principalmente Zé Sérgio era um craquaço, seria titular da atual seleção brasileira.
    A torcida do São Paulo, cresceu muito de 81, para cá, o São Paulo se estruturou bastante, mais o Morumbi diminuiu e principalmente o São Paulo, como gestão de dirigentes, piorou drasticamente.
    Os dirigentes de 81, pensavam na instituição São Paulo, no seu crescimento e time referência.
    Não em gordas comissões, negociatas e gente incompetente, que não é do ramo, para gerir o time como vemos hoje. Bem que o Fernando Casal de Rey, poderia voltar. Era 1000 vezes, melhor do que este Pinotti.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s