O feitiço do tempo e o São Paulo FC

Não escreverei sobre o momento atual, mas dos últimos 8 anos do São Paulo FC.

Feitiço do Tempo, título desse texto, foi tirado de um filme de 1993, estrelado por Bill Murray. Ele interpreta Phil, um arrogante meteorologista de um canal de TV, que ao cobrir a saída anual de uma marmota de seu buraco, é pego m uma nevasca não prevista e fica preso em uma espécie de túnel o tempo, condenado a reviver o mesmo dia até que mude suas atitudes.

O tri campeonato brasileiro tornou a diretoria e parte da torcida arrogante. O símbolo disso foi a utilização do termo  cafona ”Soberano” em detrimento do simpático ”Clube da Fé”. Depois foi a contratação de jogadores de qualidade duvidosa ou com problemas físicos. Quando indagados diziam: ”sabemos fazer”.

Aproveitando a omissão da maioria da torcida e a simpatia da maioria da imprensa, Juvenal Juvêncio deu um golpe no estatuto com apoio quase que irrestrito do Conselho Deliberativo. Aos poucos, profissionais experientes e competentes foram demitidos.

Fizemos um bom brasileiro em 2009 e uma boa Libertadores em 2010, mas o preço do declínio começou a aparecer forte em 2011, quando deixamos de disputar a competição que mais amamos depois de 7 anos. Contratações midiáticas, como a de  Rivaldo, foram feitas. Colocamos 50 mil na apresentação de Luís Fabiano, 60 mil no jogo mil de Rogério Ceni e passamos mais um ano em branco.

Juvenal colocou Adalberto Batista, homem rico, para dirigir o futebol do clube, mas sua inexperiência nos levou ao caos. Brigamos para não sermos rebaixados, contratamos jogadores problemáticos, como Lúcio, aumentamos a dívida, perdemos força nos bastidores, sendo prejudicados cada vez mais pela arbitragem. Aidar, o mentor do golpe de Juvenal, foi premiado com a presidência. Os dois romperam e o nome do clube foi jogado na lama. Escândalos foram expostos, desmanches no time foram feitos, vexames no campo se tornaram frequentes.

Leco assumiu e em meio ao caos, conseguimos fazer uma Libertadores decente e só. Brigamos pra não cair em  2016 , fomos eliminados por times pequenos como Osasco e Juventude. Fora de campo a falta de transparência é enorme. Escolheu como executivo de futebol um jovem rico e inexperiente, tal qual JJ fizera em 2012.

Infelizmente vivemos o feitiço do tempo, todos os dias são iguais. Contratam ídolos do passado para serem usados como escudo e depois descartam como já foi feito com Autuori, Murici e Rogério Ceni. Temos vitórias efêmeras e vexames sucessivos. Comemoramos recorde de público, recorde de acessos em redes sociais entre outras conquistas laterais, e não comemoramos títulos.

Temos jogadores medianos, como Rodrigo Caio disputando 240 jogos, enquanto jovens com potencial de craques como Neres, vendidos por trocados após disputar 8 jogos. O Reffis, antes referência, virou depósito de jogadores bichados. A propósito, o que ocorre com Maicossuel?

Nesses anos todos, uma figura passa incólume: Leco. Passou por vários departamentos e sempre fazendo um péssimo trabalho. Foi mal no futebol, apoio os seguidos golpes de JJ e ao contrário do que vendem na mídia, ajudou a aumentar a dívida do clube. Distorceu o novo estatuto, escolhendo e remunerando amadores ao invés de colocar executivos, pensando apenas em poder.

O roteiro dos próximos meses já está desenhado: alguns vexames, dramas, diminuição do preço do ingresso, Marco Aurélio Cunha fazendo visitas ao CT, recordes de público, saída do rebaixamento, Leco dizendo que estamos no caminho certo, Lugano se despedindo numa festa emocionante, Kaká sendo contratado e Leco dando entrevistas  prometendo títulos. Em janeiro, Brenner e Militão serão vendidos e dirão que é pra pagar a dívida e com que esse dinheiro, outros jovens serão mantidos. Em julho de 2018, outros jovens serão vendidos, Bruno, Wesley continuarão e comemoraremos recorde de público numa segunda fria de junho.

Até quando viveremos esse feitiço do tempo? Até quando todos os dias serão iguais para o nosso SP. Luther King disse certa vez que o que lhe preocupava não era o grito dos maus, era  o silêncio dos bons.  Os bons precisam gritar.

Rafael de Albuquerque

https://twitter.com/rafa_sjc1930?lang=pt

Anúncios

65 comentários

  1. Bom dia a todos, sempre escrevo algumas coisas no site, algumas muitas vezes com ego ferido de quem perdera mais uma batalha ou mais uma vez um classico para um arquirival.
    Verdade é que muita vezes sinto vontade de chingar chutar o balde, mais a educação não deixa, so queria ver os jogadores dão raça em campo sujando a camisa o calção, mais o que vejo e muitos jogadores sem vontade que ganham salario enorme. Dirigentes corruptos igual aos políticos e todos acham isso normal jeitinho brasileiro ridículo, sou do tempo onda a palavra ja era o suficiente, onde o que era acordado era cumprido, infeslimente uma pessoa como de origem humilde que ralou para fazer uma simples faculdade e comprar um apartamento em 25 anos tem que ver presidente roubar milhoes e achar que e normal. A única alegria era ver o meu São Paulo ganhar poder bater no peito com orgulho e dizer sou campeão, mais ate isso estão tirando de nós.
    Infelizmente uma pessoa como eu não tem o poder para trabalhar em um clube como São Paulo sonho de infância poder montar um esquadrão como RAI, MULLER, CARECA e o guerreiro Dinho que saudades, fica um apelo tratem o São Paulo com o respeito que ele merece, honre suas dívidas e paguem sua contas com seu dinheiro não com o dinheiro do clube.

    Curtir

  2. Até o final da janela ainda teremos novidades:

    – sairão nossas melhores alternativas que valham algumas moedas,

    – chegarão “trambolhos” caros que não serão reforços para o time, pois nem chegam para jogar.

    – E nossas dívidas aumentarão, na mesma medida do desaparecimento do futebol no SPFC.

    Curtir

    • Paulo, isso é intuição?
      Não sobrou ninguém pra vender…
      Como você disse em um outro post, o SPFC é nossa alegria triste. Ficamos remoendo a derrota do fds, esperando o próximo jogo e nos iludindo com perspectivas e expectativas que nós mesmos criamos. Aí vem o próximo jogo é o ciclo recomeça. Acorda SPFC!

      Curtir

      • Um desses trambolhos é MicoSuel. E essa contratação é estranhíssima, ela coloca em suspeição não só lero-Leco como todo o departamento médico e de fisiologia do SPFC. Como foram trazer uma droga dessas, que não joga nunca? Por que trouxeram o Jonathan Gomes, que já se sabia que não sabe fazer gols? Por que em nenhum momento pensaram em trazer um goleiro de qualidade, como o Armani, do nacional? Por que não trouxeram um LD , tinha um bom nome no Botafogo de RP ( Samuel). Por que trazer jogadores como denilson e Marcinho, são de série B, não resolvem e nunca irão resolver.

        Curtir

    • Paulo concordo com você, mormente em relação a possível chegada de “trambolhos” como tem ocorrido ultimamente. Merece lembrar que o SPFC tem vários jogadores emprestados e com o retorno deles no final dos respectivos empréstimos a folha de pagamento vai continuar inchando.

      Curtir

  3. Por muito que alguns queiram e por menos do que efetivamente possa ser:

    – a culpa nunca foi de funcionarios.

    A soma das culpas é muito maior do que esta risível “divisão “.

    #ReageSPFC
    #Mostra teus nomes

    Curtir

  4. ” Calma, calma, não criemos pânico “.

    ” E agora, quem poderá nos salvar ” ?

    – Nós temos a resposta, vamos criar uma empresa, terceirizamos a gestão do futebol, separando-o do clube …, continuamos no comando de tudo, como sempre.

    – E se tudo der errado, já teremos os culpados.

    #AcordaSPFC

    Curtir

  5. Leco só sairia se alguém descobrisse uns podres dele, é arrogante tal qual Aidar, a diferença é que evita as câmeras sobretudo nas derrotas. Comparando não com um filme e sim com um desenho, o leco é o Mestre dos Magos… aparece quando lhe convém e some rapidinho quando as perguntas surgem. Os bons, os realmente bons ainda têm esperança e infelizmente talvez não dê tempo “gritar” porque já vai ser tarde. O São Paulo nem oposição efetiva tem, aliás nem sei quem é oposição lá. Agora sim cito um filme que remete ao São Paulo: À Procura da Felicidade. Não esperamos do Leco pois se depender dele a série b é bem ali, só um milagre e boa vontade dos jogadores salvará. Digo boa vontade porque muitos parece que jogam por favor, não justifica os milhões pagos para vencer 5 de 19 jogos, perder de times ridiculamente inferiores que jogadores recebem beeeem menos e ainda sim jogam com vontade. Deus nos Acuda.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Eu sou um torcedor, mas só conheço a vida política do SãoPaulo pelo blog.
    Pergunto a vcs que são os nomes da oposição que poderia (futuro do pretérito) nos representar (nos salvar)?
    E qual a atitude?

    Dale Tricolor

    Curtir

    • A oposição não existe, se existe alguém , é do tipo folclórico, como o newton do Chapéu, que gostaria de estar no lugar dos outros apenas para se aproveitar do SPFC. Há homens probos no Conselho , honestos, competentes, mas eles não têm poder. Uma pena.

      Curtir

  7. Para adicionar um aspecto ao post, ontem assisti entrevista do centroavante Roger, hoje no Botafogo, que jogou pelo spfc, em que ele reconhece que sua passagem pelo spfc não deu certo pq ele, jogador, pensava em tudo menos futebol. Quer dizer, o cara vem ganhando um caminhão de dinheiro e que se dane. Aí no final do contrato, lembra do futebol e resolve se dedicar. Cansei de ver essa situação, relatada pelo jogador, nos últimos anos. E isso é reflexo da diretoria que não sabe fazer contrato, acompanhar de perto o cotidiano dos treinos, cobrar jogador etc

    Curtir

  8. Bom dia.

    Tirando a expressão “trocados”, referente ao valor do D. Neres, gostei bastante da coluna.

    É exatamente a mesma sensação que tenho em relação ao clube: estamos acordando sempre no mesmo dia…

    Curtir

  9. Nos ultimos 5 anos brigamos no Z4 em 3. Obvio que isso é problema de gestão.

    A questão é: o que precisa acontecer pros conselheiros do SPFC se levantarem pra fazer algo ao invés de se vender pra esse grupo político que domina o clube há décadas?

    De qualquer maneira, esse é o tipo de coisa que precisa ficar pra dezembro. Agora o momento é apoiar esses jogadores, independente de quem seja, pq enquanto eles vão embora o clube fica.

    É pelo clube que eu vou gritar na arquibancada domingo.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Tudo que eu penso, e maravilhosamente bem colocado. Clube que coloca 50 mil torcedores no estádio em dia de semana pra pedir vitória, coloca isso ou mais na porta da diretoria pra pedir respeito.

    Curtir

  11. Texto perfeito , todas essas situações citadas e as atrocidades realizadas por JJ, Aidar e o Sr Rolando LECO Lero , nos levam hoje a esse poço sem fim , a ser o clube mais esculaxado no pais , ninguém respeita mais o SPFC, perdemos a vergonha de passar vergonha, e como citado , nos ultimos anos só comemoranos recorde de público, apresentação ou despedita de jogador e qdo falei isso ano passado nesse espaço que era hora de deixar de se vangloriar dessas situações abaixar um pouco a bola qto questão de SOBERANO e tomar um rumo com mais humildade , uma pessoa influente aqui do blog me hostilizou dizendo que eu não era São Paulino.
    Fica a dica e a reflexão, passou da hora de ter humildade dar um passo pra trás pra poder dar 2 pra frente.
    Devolvam meu SPFC.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Teremos uma semana de treinos pra enfrentar o Cruzeiro né

    Desde que eu me entendo por torcedor do São Paulo não me lembro de essa tal “semana de treinos” fazer o time jogar bola

    Lembro de ela ter feito o caminho inverso muitas vezes

    Vou torcer pra que funcione

    Curtido por 2 pessoas

      • Essa semana de maratona de jogos vai acontecer mais pra frente, mas esse é um momento importante pro Dorival mostrar o que pode fazer de diferente já que ele disse que “alguma coisa tem que mudar”. Talvez seja uma das ultimas oportunidades que terá pra fazer essa reviravolta interna.

        Curtir

        • Coitado do Dorival…
          Tem boa vontade, profissional sério, mas é mais uma vítima do sistema.
          Pode mudar, mas dificilmente vai ter algum resultado. Basta analisar as opções que lhe sobraram.

          Curtir

          • Concordo. Mas apesar de mto descrente acho que é mais acertar umas 2 vitórias seguidas pra tudo mudar. Realmente acho que falta mais confiança do que técnica ou tática. Time não chuta a gol pq ninguem confia que o chute vai pro lugar certo. Não tocam rapido de primeira pq tem medo de errar e ai preferem pentear a bola. O técnico treina, orienta e posiciona mas no calor do jogo parece que os jogadores esquecem tudo.

            Curtir

            • Isso acontece mesmo man por isso que eu sou contra a manutenção da equipe titular nesse primeiro momento
              Tem que jogar quem tá bem psicologicamente ainda que seja inferior tecnicamente que o titular
              Primeiro os resultados depois o desempenho
              Porém o DJ que acho bom treinador pensa de forma diferente, em manter a mesma equipe mesmo que não estejam rendendo
              acho que quando você dá um descanso a um jogador voce recupera o psicologico
              Exemplo JT perdeu a vaga de titular e entrou bem contra o Bahea eu achei, pra mim é o titular de longe, acho importante manter a competição pela vaga em todas as posições, só que isso não existe no São Paulo faz alguns anos, só importa o titular o reserva é lixo.

              Curtir

              • Um exemplo de jogador que eu acho que tem que jogar porque está bem psicologicamente mas é ruim que dói, o Denilson.

                No atual scenario que estamos onde quase ninguem chuta a gol por medo, só o Marcinho chuta, o Denilson, por não ter vergonha de ser ruim, não tem medo de errar, não tem medo de ser feliz, pelo menos ele faz algo que os demais sofrem pra fazer que é chutar a gol, dessa forma quem sabe você instruindo o Pratto a ficar atento e buscar o rebote possa sair o gol que precisamos. O problema é que o Pratto não acredita mais nos companheiros, o pessoal as vezes faz a jogada mas ele não acredita e fica atrás da marcação, por isso volto a dizer dá um descanso psicológico ao jogador pra ele voltar acreditar que ele não terá que ser o salvador mas que ele pode contribuir.

                A situação atual demanda mudanças na minha opinião pois a parte psicologica tá imperrando a parte técnica, exige também o básico do futebol pra quebrar linhas, tabela, tabelas e mais tabelas, e linha de fundo.

                Curtir

    • Só que não adianta treinar com Bruno, marcinho, pode treinar 1000 anos que o resultado não mudará. Já chega. Se Dorival insistir com esses lixos vou começar a pedir a cabeça dele.

      Curtir

  13. Quando penso no SPFC stual e no seu futuro, me dá uma angústia profunda. É como olhar para o leito de um hospital e ver um ente querido agonizando e desenganado.
    Pode parecer extremismo, mas nao vejo futuro para o SPFC.
    O SPFC que conhecemos não existe mais.

    Curtir

    • A institituição é muito grande,ela sobreviverá a todos nós,a leco, JUJu e seus séquitos. Passará por maus momentos, como os de agora, mas resistirá porque a alma Tricolor é mais forte do que tudo. E Deus não nos abandonará.

      Curtir

  14. ha quem se iluda em acreditar que a culpa era do técnico ou em herança maldita. como era do jogador x ou y, da preparação física…. façam me o favor, enquanto isso os verdadeiros responsaveis seguem firmes na tarefa de levar o tricolor a ruína.

    Curtir

  15. Artigo 124 do “novo” estatuto do SPFC “Os membros da diretoria executiva serão contratados do SPFC dentre profisdionais que tenham notório conhecimento em suas perpesctivas área de atuacao” E ai Leco o que o Pinoti, Rai e outros estão fazendo ali sem currículo que a função pelo novo estatuto exige??????? Por que o senhor não cumpre o novo estatuto?????? E você conselheiro por qir Nao cobra o Leco pra cumprir o “novo” estatuto?????? E você conselheiro pra que fez um “novo” estatuto se não é pra por em prarica????? Esse conselho é a vergonha do SPFC é como uma corrente os gomos estão todos presos, são todos coniventes com a atual situação do SPFC.

    Curtido por 1 pessoa

  16. A palavra que falta pra fim é “unidade”. Nesse período todo citado, não temos um time, mas sim um grupo de jogadores. O SPFC tenta há um bom tempo fazer planejamento, só que realizando uma ciranda de técnicos. Não se dá tempo para um diagnóstico ou material humano para desenvolver o trabalho.
    Falei há quase um mês aqui, Jucilei e Petros não se complementam, mesmo os vendo em apenas dois jogos. Agora, com o Hernanes, fica claro que os três não podem jogar juntos. O Dorival está batendo na tecla da “confiança”, que realmente é um problema, mas não é só isso. As peças colocadas não fazem o jogo fluir. O que acontece com o Shaylon que nunca joga? Falta leveza ao meio-campo.
    Eu “descansaria” Pratto e Jucilei por uns jogos. Tentaria o Denilson (Giba se estiver bem fisicamente) ou Brenner no ataque. Militão na volância.
    Por que não se vê o time reserva fazer jogos treinos? Araruna foi titular, sendo que estava há vários jogos sem jogar e isso influencia muito para o jogador.

    Curtir

    • Muito bem, Júnior, penso igual. Jucilei, petros e hernanes juntos são muito lentos, não funciona, pelo menos por enquanto não funcionou , eu também já havia observado isso. Eu não tiraria Jucilei, eu o deslocaria para a zaga e jogaria com 3 zagueiros: Rodrigo Caio, Jucilei e Arboleda. Acho que precisamos fechar a casinha de qualquer jeito, chega de tomar tanto gol. Como volantes , jogariam Hernanes e Petros , mas poderia experimentar também, o Militão. E colocaria Shaylon para jogar, precisamos de um meia rápido ao lado de Cueva:
      Renan ( até que venha outro), Araruna, Jucilei, Arboleda, Rodrigo caio, Junior, Petros, Hernanes, Shaylon, Marcos Gulherme e Pratto. Pronto, defesa reforçada, meio campo mais leve e criativo e dois atacantes matadores. Pode não dar certo, mas gostaria de ver esse time jogando.

      Curtir

      • É uma boa opção também com Cueva no lugar do Petros e o Hernanes sendo substituído por ele em alguns jogos.
        Só que ainda acho que, quando o jogador joga todos os jogos do campeonato, ele cai de rendimento. Até o Thiago Mendes, que tinha três pulmões, virava uma tiriça. É o processo natural de fadiga. O corpo não responde e as decisões ficam mais lentas. Jucilei foi o melhor em campo contra o Atlético-GO, mas acho que dois jogos por semana é pesado para um jogador que precisa ter energia e vem de sequencia longa como titular. Pratto é outro que entrega muito em campo e paga o preço da fadiga.
        Vamos ver se agora com essa semana “livre” esses dois se recuperam.

        Curtir

    • Segue o texto, sem cortes.
      existe notícia de que o Presidente do São Paulo assinou uma multa de 5 milhões de Reais para o Rogério Ceni como técnico ( que apesar de ídolo, é um técnico em início de carreira ) para ter uma performance de time de Segunda Divisão. Muito provavelmente o Rogério Ceni NUNCA ganhou mensalmente como jogador e ídolo maior do São Paulo em tantas campanhas vitoriosas, o mesmo que ganhou como técnico por um período curto e uma performance medíocre.

      Curtir

      • Vc gosta de distorcer fatos.
        O salario era baixo. Fato.

        Bastava nao ter mandado embira ou ter eaperado dois jogos.
        Ou teria tido esse pesssimo resultado do Dorival e saido de graça. Nao teria multa.
        Ou teria feito mais.pontos e ficado.
        Ficando nao teria multa.

        Se for para nao mudar nada nos resultados, Ceni teria resultados melhores. Duvido que aeria.pior.

        Olha o Inter, trocou 4 tecnicos na mesma temporada.
        Ja estao querendo trocar o Dorival, outro erro.

        Tivessem esperado estariamos melhor na tabela.

        Curtir

  17. existe notícia de que o Presidente do São Paulo assinou uma multa de 5 milhões de Reais para o Rogério Ceni como técnico ( que apesar de ídolo, é um técnico em início de carreira ) para ter uma performance de time de Segunda Divisão. Muito provavelmente o Rogério Ceni NUNCA ganhou mensalmente como jogador e ídolo maior do São Paulo em tantas campanhas vitoriosas, o mesmo que ganhou como técnico por um período curto e uma performance medíocre.

    Curtir

  18. O grande culpado disto está hoje enchendo o saco do capeta. Pena que seus comparsas ainda estejam por aqui, enchendo o saco da gente. Gostaria de ver gente jovem e profissional dirigindo nosso time. Um nome me vem à cabeça: o Leonardo, que foi nosso lateral e foi diretor no PSG.

    Curtir

  19. Sou a favor que após estarmos longe dessa zona em que o SPFC se encontra hoje… que a torcida cobre os Conselheiros e o Conselho Deliberativo do Clube pois são eles que elegeram o Leco e teriam a obrigação de fiscalizar seu mandato…

    Quem sabe assim não fiquem acomodados…

    Isso também vale para os nossos deputados e senadores da república.

    Não adianta só questionar o Leco temos que questionar os Conselheiros e o Conselho Deliberativo, como fez um sócio do Clube.

    Curtir

  20. eu ainda confio que não iremos ser rebaixados, mas confesso que essa pífia campanha pela primeira vez tá me dando um certo calafrio, que nas outras dos anos anteriores não deu.

    Se o SPFC escapar do rebaixamento esse ano, temos que ser muito gratos ao Santo Paulo, pq vai provar que o santo do clube é forte mesmo, só não sei por quanto tempo ele aguenta, pq é anos após ano de péssima gestão.

    Se acontecer o pior, não vou mentir, eu iria adorar ver a TO invadir a sede do clube e arrebentar com a cara desses diretores e conselheiros safad#$ que temos lá dentro.

    Curtir

    • Mas em péssimo momento, correm riscos de verem até a classificação para a Libertadores ameaçada. Leco fazendo escola. cadê a administração de primeiro mundo do Fla, tão decantada pela mídia nojenta?

      Curtir

  21. “O roteiro dos próximos meses já está desenhado: alguns vexames, dramas, diminuição do preço do ingresso, Marco Aurélio Cunha fazendo visitas ao CT, recordes de público, saída do rebaixamento, Leco dizendo que estamos no caminho certo, Lugano se despedindo numa festa emocionante, Kaká sendo contratado e Leco dando entrevistas prometendo títulos. Em janeiro, Brenner e Militão serão vendidos e dirão que é pra pagar a dívida e com que esse dinheiro, outros jovens serão mantidos. Em julho de 2018, outros jovens serão vendidos, Bruno, Wesley continuarão e comemoraremos recorde de público numa segunda fria de junho.

    Perfeito.

    Curtir

    • Roberto,

      Se a torcida não fizer o seu papel de cobrar o Sr Leco o Conselho Deliberativo e os Conselheiros… e exatamente o que vai acontecer… Lamentável mas concordo com você..

      Curtir

      • É o que penso.
        Essa trégua da Torcida organizada não me cheira bem.
        Como disse antes: logo logo o SPFC se distancia da zona de rebaixamento, o LECO anuncia uma contratação marketeira e todos nós passaremos a vivier da expectativa de um ano melhor, que não vai acontecer.

        Curtir

        • Concordo em apoiar o time tenho ido a quase todos os jogos no Morumbi… Mas esse presidente e esses conselheiros já passaram da hora…

          E o tal “Fato Novo” e não duvido da contratação do KaKa… para fazer esse barulho… e igual o lance do mágico… chama a atenção por cima da mesa e por baixo dela esconde o truque…

          Curtir

  22. bom dia galera
    eu vejo alguns falando q o flamengo vai atras do Rueda e tal.
    acho que vai ser como o palmeiras, gastar caminhão de dinheiro pra não ganhar nada.
    pegou praticamente de graça o goleiro Diego Alves, e o cara só fez cagada ate agora kkkkkkkk ta explicado porque pagaram pouco, joga nada.

    Curtir

  23. Caro Rafael de Albuquerque e demais irmãos sao paulinos.. Não vejo luz no túnel. A quadrilha que se instalou no clube a partir de JJ é irreversível. Temos 160 velhacos chamados de conselheiros vitalícios que escolhem o presidente que obrigatoriamente tem que ser um deles Esse novo estatuto como eu disse não serve para nada. É só para ajudar legalizar a incompetÊncia e gastos desnecessários no clube. Em 2016 dei prazo de 20 anos para o São Paulo acabar se nada for feito. Estamos em 2017 e portanto temos mais 19 anos de vida com muito otimimismo para o nosso fim. Só vejo uma solução. Libertar o clube. Eleição direta e livre com votos dos sócios torcedores. É mudar para não morrer.

    Curtir

  24. SPFC e o Feitiço do Tempo
    09/09/13

    O São Paulo Futebol Clube está parado no tempo, aprisionado na armadilha do “Groundhog Day” (Feitiço do Tempo). O juiz apita o início do jogo e a história recomeça.

    Lá está o Rogerio Ceni no gol, o 10 invertido, orientando os zagueiros e os volantes, orientando o juiz, o bandeira e os gandulas, decidindo se vai ou não bater a falta, ou dizer quem deve, orientando o técnico sobre quando e qual substituição deve ser feita, dizendo ao treinador qual sistema de jogo é mais apropriado, prepara a trilha musical para o Morumbi, controla a entrevista coletiva. No CT Rogério também decide como o treinador deve conduzir os treinamentos, escolhe aliás, qual treinador deve ser contratado e quando deve ser dispensado, contrata e dispensa jogadores. Dá palpites sobre o passado, o presente e o futuro do clube, critica diretores, derruba alguns, e faz alianças com cardeais. Outros modos de agir e pensamentos divergentes não sobrevivem em seu universo.

    Lá na frente está o Luis Fabiano, rodando a camisa e cantanto “é tricolooorr, é tricoloorr!”, fazendo a alegria dos fãs, chutanto o vazio, vendo a bola passar a 30 centímetros de sua bela chuteira, matando a bola na canela, interrompendo a jogada de ataque, reclamando dos passes dos colegas, brigando com os zagueiros, discutindo, é claro, com o juiz, pedindo amarelo, vermelho, sentindo o peso da idade no musculo posterior da coxa.

    Lá está também o Juvenal Juvêncio, onipresente, onipotente, bebericando um malte 12+, saboreando as cadeiras vermelhas, planejando aplicação de botox no Morumbi, negociando uma agência funerária no concept hall, concentrado no CFA Cotia, onde viceja a stretzia reginae que acabou de plantar, e dribla o novo “Kaká” recém contratado do empresário amigo.
    Intrigado com a existência da voz dissonante, que não compreende suas conquistas e liderança. Dando uma entrevista, com a voz pastosa e claudicante, debocha do mundo dizendo que o São Paulo é “incaível”.

    Lá no banco está o Milton Cruz, conselheiro-mor, imortal, presente em todos os momentos importantes da história do clube, inclusive nas 13 vezes em que perdeu a Libertadores. Nenhuma palha se move na Barra Funda sem seu conhecimento e concentimento. Impávido, ele sabe como sair de uma crise, como fazer contratações cirúrgicas, como lidar com o elenco, como conformar os inconformados.

    Lá nas tribunas está o MAC, à espreita de um coxilo do Juvenal, para assumir a poltrona número 1. Aí tudo vai encaixar como um passe de mágica, ajudado pela experiência acumulada ao longo de décadas no Bragantino, Guarani, Kashima, Verdy, Santos, Figueirense, Avai… Em brilhantes entrevistas para a Band, Gazeta, JP, ele esclarece com poucas palavras qual é o problema do São Paulo, e em menos palavras, como vai resolve-los, para delírio de sua claque.

    Lá está o Adalberto Batista de volta ao gabinete. Secretário ou diretor, volta a fazer declarações oportunas e edificantes, pronto para colaborar com a harmonia e fortalecimento do corpo de profissionais que tornaram o clube reconhecido em todo o mundo.

    Na vasta arquibancada laranja está a torcida mais independente de todas, que com valentes dragões empurram a sí próprios para os píncaros da glória. O futebol, ora o futebol.

    Lá está a sincera e verdadeira torcida sãopaulina nas cadeiras azuis, não no sofá, sem modismos. Sonha com a história repetida. Bom seria ter o Lugano espanando os adversários e enfiando o dedo no nariz do juiz e nos olhos dos atacantes. Saudades do Forlan, o pai, do Dario, do Pedro, do Chulapa, do Chicão, verdadeiros sãopaulinos como nós, ou daqueles que realmente resolviam, como o Ricardo Oliveria, Cicinho, Mineiro, e, claro, ninguem menos que o Telê. Sem estes, somos uma verdadeira caricatura. Falta também o 3-5-2.

    Para completar a turma na armadilha, finalmente foi resgatado o Muricy. Sim, ele voltou e já vai estar no banco junto com seu fiel escudeiro. O São Paulo está salvo. A família completa.

    Acaba o jogo, mas em breve o juiz vai ter que iniciar outro e a história reinicia.

    Quando será que o São Paulo reencontrará o seu caminho, e lutar diuturnamente contra suas imperfeições? Treinar os fundamentos do futebol, lembrar como se joga, ser competitivo, buscar a vitória, resgatar o espírito de equipe, compreender os companheiros, respeitar a instituição, derrotar a arrogância, valorizar o espetáculo, buscar a glória, deixar pequena a sala de troféus?

    Será que vai superar os seus vícios e conquistar o amor de uma Andie MacDowell, que o livrará da armadilha do tempo?

    Bento Cordeiro Filho

    Curtir

  25. Eu fico pensando a gente é “amador” e “sabe nada de futebol”, todo mundo conhecia o futebol água de salsicha do Cicero e vão contratar o cara de novo???? Agora fica com o cara encostado que nem o Weslley, Denis…. Mais o Rogério pediu…. puts ai fico mais em dúvida quanto a capacidade da sua capacidade. E lembro bem da frase do Marco Aurelio ” O Cicero será como Renato no Santos” e depois que o Leco faliu que não foi só ele que aprovou o contrato do Ceni e teve mais genre envolvida, vc vem que o buraco e maior que apenas o Leco. Olha esse Maicosuel…… E muita gente incompetente que só traçam as cadeiras, que criam esperanças vazias em nos e no final ja conhecemos o resultado. O leco é apenas a ponta do icebergue, a matriz do problema esta no conselho é um pior que o outro….

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s