Hernanes voltou a profetizar que o São Paulo não será rebaixado no Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva nesta terça, o meio-campista acredita na força do elenco de Dorival Júnior e aposta na reação no segundo turno. O jogador pediu tranquilidade aos companheiros para tirar o Tricolor da incomoda posição no Z4

“Esse boing não cai. Eu já falei que vamos nos salvar, vamos sair dessa situação. Vamos reverter essa situação na tabela. Nunca resolvi problemas no desespero. Apenas com tranquilidade, lucidez. Não adianta ficar em um malabarismo. É trabalhar. Mas é uma turbulência. Na turbulência você continua acelerando, porque ela vai passar“, disse o Profeta.

Com 19 pontos em 19 jogos do Brasileirão, o Tricolor ocupa a 17ª posição, primeira do Z-4, mas pode deixar o grupo dos piores caso vença o Cruzeiro no domingo (12), às 11h (de Brasília), no Morumbi, em jogo da abertura do segundo turno. “Temos um time bastante ofensivo. O interessante é que a gente tem um esquema definido de jogo e estamos conseguindo impor isso. É um jogo de toque, de posse de bola, de buscar o gol. Temos que melhorar nos detalhes. O que atrapalha é o que o momento não ajuda“, afirmou.

O camisa 15 foi questionado se concordava com a declaração do diretor de futebol Vinicius Pinotti – que após o revés de 2 a 1 para o Bahia apontou falta de comprometimento do elenco para tirar o São Paulo da zona de rebaixamento – e colocou panos quentes. “Não gosto de fazer análise assim.  Não sem embasamento.O que tenho visto nos treinos não me faz perceber isso. Às vezes, precisa entender o momento que se vive, a camisa que se veste, a importância de cada passe, de cada pequeno detalhe. Não podemos errar mais. Não acredito que seja falta de comprometimento. É mais uma ansiedade para se livrar dessa situação. Por isso, é preciso ter tranquilidade e lutar com garra”, enfatizou, e pediu reflexão para se corrigir os erros.

“[Precisamos de um] momento de reflexão. Quando as coisas não funcionam como deveriam, ter que se refletir, ver onde está errando. Temos o segundo turno inteiro para reverter essa posição na tabela. Tem de saber analisar a realidade. A realidade mostra o São Paulo em uma posição desconfortável. Estamos trabalhando, buscando. É ter tranquilidade para encontrar as soluções“, finalizou Hernanes.