São Paulo e a Guerra do Fogo

A partida entre Botafogo e São Paulo representou mais uma explicação sobre o porquê futebol, antes do jogo, é teoria; mas, quando a bola rola, é metafísico. O São Paulo, combalido, na zona de rebaixamento, foi ao estádio Nilton Santos enfrentar o organizado Botafogo, muito bem treinado por Jair Ventura. E, contrariando a razão, como assim funciona a lógica na filosofia da bola, venceu por 4 a 3, depois de estar perdendo por 3 a 1, até os 39 do segundo tempo.

A partida pareceu o roteiro do filme “A Guerra do Fogo”, de Jean-Jacques Annaud, quando os homens compreendiam o fogo como algo sobrenatural e, diante do fato de apagar sua chama, partiam em sua busca em outras terras. O São Paulo reencontrou o fogo no Rio.

O São Paulo entrou em campo em 18º na tabela, com 16 pontos, em 16 partidas, estreia de Hernanes, apoio da torcida, que enviou mais de 40 ônibus ao Rio de Janeiro, e a esperança por dias melhores.

O Tricolor que, no Morumbi, havia arrancado um empate contra o Grêmio, mais na base mais da vontade do que na organização, contra o Botafogo foi uma equipe mais coesa. Isso não se reflete pelo placar final, mas pelo futebol desenvolvido.

Ao contrário do time voluntarioso, o São Paulo fez a bola correr entre as linhas.  A entrada de Hernanes no meio campo, ao menos nesta partida, pareceu ter resolvido um problema que se arrasta desde o início do ano no Tricolor, que é um meio-campo que não consegue fazer a bola chegar ao ataque.

Outro ponto do Profeta no meio que alterou o sistema Tricolor: Cueva, que no México não era um camisa 10, mas um meia-atacante, com chegada de Hernandes foi posicionado corretamente por Dorival, entre o meio e a ponta-esquerda. Seu futebol, com a posição (aliada à disposição), cresceu. Mesmo perdendo um pênalti – que não existiu – por uma cobrança displicente, não alteraria a boa partida do peruano.

O São Paulo fez a bola correr, mas não abriu mão de correr, na busca por intensidade com técnica. Desta forma, pressionando o adversário, o São Paulo abriu o placar aos 17/1T, com Cueva, que aproveitou a falha da defesa e só empurrou para as redes. Era tudo o que o Tricolor precisava: sair na frente.

No entanto, um velho problema reapareceu. O São Paulo não consegue administrar o placar positivo, levando um gol logo na sequência. Dois minutos após, 19/1T, cruzamento na área, a defesa Tricolor afastou, a bola sobrou para Pimpão, livre, na esquerda, tocar para Marcos Vinicius receber e bater no canto de Renan.

Tomar um gol na sequência repetiu um padrão negativo do São Paulo, no entanto, o que mudou foi que o time, com o empate não entrou em parafuso. O time não desgovernou nem quando o Botafogo marcou o segundo gol, aos 25/1T, com um peruzão de Renan Ribeiro. Marcos Vinícius recebeu a bola na meiuca, bateu de longe, a bola quicou na frente do arqueiro Tricolor, que aceitou a bola encobrir-lhe vadiamente.

O Tricolor não esmoreceu. Mesmo perdendo, continuou jogando bola. Essa já parece ser um grande avanço para o São Paulo da Era Dorival. Compreender que, ganhando ou perdendo, há que se ter um padrão de jogo.

O time voltou para o segundo tempo com a ingrata missão de se superar e buscar o empate, para conquistar um ponto no Rio. Mas a partida prometida mais ao Tricolor.

Dorival retornou para a segunda etapa com a mesma formação inicial: Renan, linha de defesa formada por Bruno, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar. No círculo central Jucilei e Petros. No meio, Hernanes. No ataque, Cueva pela esquerda, Pratto no centro e Marcinho na direita.

Assim seguiu até dos 18/2T, quando Dorival resolveu arriscar. Sacou Marcinho, que não foi bem, para dar lugar a Nem. Tirou o volante Petros, para promover Marcos Guilherme. Com isso, buscou melhorar as jogadas pela ponta direita com Nem, abdicou de um volante, deixando o time com apenas Jucilei no círculo central, abriu Marcos Guilherme na ponta esquerda e recuou Cueva mais para o meio, formando dupla com Hernanes.

Funcionou. Dois minutos depois das substituições, aos 20/2T, Hernandes, do meio campo, lançou de primeira em direção a Nem, que partiu com tudo para a área e sofreu pênalti. Em realidade, infração pela visão do árbitro, pois, de fato, não foi nada.

Cueva bateu mal, quase displicente, e o bom Gatito defendeu com facilidade. Mas a ducha maior viria um minuto depois de perder a chance de empatar. Em contra-ataque fulminante, que contou com a falha de marcação de Edimar, e deixou o setor livre para o lateral do Fogão, Luis Ricardo, receber, tocar para trás, na chega de Guilherme bate de primeira e fazer um belo gol no canto esquerdo de Renan.

O placar de 3 a 1, depois do pênalti, já passado metade da segunda etapa, aparentava decretar o final da partida. A torcida do Botafogo começou a cantar: “Arerê, o São Paulo vai jogar a Série B”. No entanto, futebol, como diz a filosofia popular, não se explica enquanto não se encerra.

Dorival sentiu, mas não se entregou. Aos 31/2T, sacou Pratto e colocou Gilberto. O time seguia jogando e lutando.

Quando tudo caminhava para mais uma derrota do São Paulo, eis que o jogo virou. Aos 39/2T, Cueva cobrou escanteio, Arboleda desviou de cabeça e Marcos Guilherme empurrou para as redes, diminuindo para 3 a 2, fazendo o “Sobrenatural de Almeida” entrar em campo.

Dois minutos depois, aos 41/2T, Hernanes recebeu na área, bateu com a direita, a bola voltou, o camisa 15 insistiu, e, ambidestro, bateu de esquerda para empatar a partida. 3 a 3.

Nessa partida-redemoinho de gols e emoções, quando novamente tudo se encaminhava para o final, eis que Cueva fez um lançamento primoroso, em profundidade, para a velocidade de Marcos Guilherme, que avançou e bateu na saída de Gatito.

Gol da virada Tricolor, para catarse de milhões e milhares de apaixonados, que partiram em caravana de São Paulo ao Rio, para ocupar as arquibancadas do Nilton Santos.

Além dos evidentes três pontos a mais na tabela, chegando a 19 e subindo para 15ª, mas ainda podendo descer dependendo dos resultados dos adversários direto neste momento de luta evitar a degola, tão bom quanto o resultado final foi o futebol apresentado.

Os números, quando contextualizado e interpretados, para não recairmos na numeralha, revelam muito desse novo São Paulo que se forma nas mãos de Dorival.

Segundo o Footstats, o Tricolor teve 63% de posse de bola, contra 37%. O que antes era somente posse de bola sem produtividade, desta vez não foi bem assim: o São Paulo construiu 12 cruzamentos certos contra 2 do Fogão, 8 finalizações certas, contra 4 (o dobro), e 526 passes certos, frente a 235. (Confira as estatísticas completas da partida no blog Num3r0s da Bol4, de André Schidmt)

Ainda que o tempo deva favorecer Dorival para mais ajustes, é nítida a linha da defesa está se posicionando melhor. Salvo o terceiro gol do Fogão, em que Edimar não recompôs e assim acontecia muito com Júnior Tavares. Hernanes tem capacidade suficiente para ser um 10, problema que se perpetua desde a saída de Ganso e muitas vezes apontada pelo blog.

E, por fim, um ponto importante: o time, ao contrário de muitas outras vezes, não perdeu a cabeça diante de um gol ou placar adverso.

O Tricolor voltará a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, no Morumbi, frente ao Coritiba e já como promessa da torcida de ultrapassar o recorde de público contra o Grêmio e colocar mais de 60 mil torcedores.

Ricardo Flaitt

Anúncios

58 comentários

  1. Vamos São Paulo.
    Agora, definitivamente, fora da zona de rebaixamento. Podemos, no máximo, perder uma posição em caso de vitória do brisa. E, ainda estamos empatados com o Bahia, perdendo por um gol de saldo.

    Curtir

  2. Foi uma semana de grandes viradas. Na copa paulista teve o 3×2 (tava 0x2 até o intervalo) contra o desp. Brasil na terça, teve a do sub 17 (valeu o titulo) na quinta, teve a de ontem contra o Botafogo e teve a de hj novamente pela Copa Paulista por 2×1 (gols aos 42 e 43 do segundo tempo). Semana espetacular dentro de campo.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Mas as estatísticas q postaram aqui outro dia se confirmaram nesse jogo.

    Quem tem maior posse de bola E chuta mais vezes ao gol, corretamente, tem mais chances de sair com a vitória.

    O SPFC teve mais de 63% de posse de bola e chutou 21 vezes ao gol contra 6 ou 8 do botafogo

    Curtir

  4. acho que agora não voltamos mais para o Z4, é só manter essa pegada que a tendência é crescer, e cada vez mais os jogadores pegarem confiança.

    manter os dois pés no chão,e continuar aprimorando a parte técnica e corrigindo as falhas.

    Curtir

  5. SPFC tem que jogar sério contra o Coritiba, outro time históricamente encardido de se jogar no Morumbi. A torcida vai estar presente e os jogadores tem que estar concentrados. Não pode dar aquela bobeira como contra o goianiense. O tricolor precisa desses 3 pontos.

    Curtir

  6. Contra o Grêmio fizemos um gol com cruzamento pela esquerda.

    Ontem um gol com cruzamento pela direita.

    Até gol de escanteio fizemos de novo.

    Gol de cabeça também.

    A movimentação do Marcos Guilherme ontem foi muito intensa e determinante. Mostrou muita vontade e determinação, correndo e se entregando demais. Muito inteligente no deslocamento se apresentando para o passe magistral do Cueva.

    Curtir

  7. A dancinha do Jairzinho ontem quando fizeram o terceiro gol pode ter sido o ponto determinante para a virada.

    Eles no geral davam o resultado como consolidado, tanto é que o treinador ousou colocando mais um monte de atacante no time.

    Pode até ser que o Profeta tenha se referido às gozações e a dancinha, quando bater no peito tão enfurecidamente, bradando Aqui é SP “piiiiiii” !

    Pode ser bom treinador mas vem se mostrando muito juvenil com essa estória das dancinhas.

    Curtir

    • Antes de mais nada, essa dancinha eh ridicula neh?! Ele vive querendo fazer isso pra aparecer.
      Enfim, continuando….acho q ele achou q ia sacolar. Pelo q li por ai, ele fez testes durante o jogo, jogadores novos etc, depois q fez o 3° gol. Torcida ficou bem brava com isso, ja q acabaram perdendo o jogo.

      Curtir

  8. Estava vendo o gol do Kaka nesse último jogo dele, esta com a direitinha calibrada, que Golaço. Segundo turno poderia tentar traze-lo. A parte física não é mais a idela, porém a liderança e técnica agregariam muito. Seria demais ver: Renan, Bruno, Caio, Arboleda, Edimar, Jucilei, Petros, Hernanes, Kaka, Cueva e Pratto.

    Curtir

    • Kaká ainda dá caldo, poderia encerrar por aqui. Esses dias tinha lido uma critica do Cosme Rimoli, dizendo que o tricolor vive de passado e adora repatriar ídolos prestes a aposentar, pura bobagem, os jogadores identificados com o clube fazem muito bem ao time, fora que agregam muito aos novos que estão subindo para o profissional.
      A última passagem do Kaká deixou um gostinho de quero mais, fomos vice no brasileiro.
      Hoje estava lembrando da libertadores 2010, semi contra o inter, desclassificamos pelo regulamento (gol fora de casa) naquele jogo o Ceni saiu chorando, quem o carregava era o profeta, acho que aquele havia sido seu ultimo jogo antes de ir pra Europa, seu retorno foi coroado com uma virada sensacional.

      Curtir

  9. O Edimar estava no ataque na jogada do 3° gol, partindo em progressão pra receber a bola que possivelmente o Marcos Guilherme tocaria, porém quando este perdeu a bola o contra ataque foi de bate pronto, a falha na minha opinião fofinho foi da cobertura dos volantes.

    Curtir

  10. Lucas Farias vi que esta recuperado, e foi destaque do Estoril, poderia dar uma chance pra ver. Gostava de ver na base ele e o Henrique Miranda (esse nem sei que fim levou) . Tavares acredito que recupere a posição ainda, pois bola tem, o banco o fará bem. Gostando de ver tbm o Maidana, ganhou posição no Paraná, fez gol jogo passado, muito bom na bola aérea. Paraná perdeu o goleiro Léo, mas esse Richard tbm ex tricolor, pega muito. Bacana ver esses jogadores pegando bagagem, ano que vem podem ter oportunidades, ja que Dorival gosta de trabalhar com jogadores novos.

    Curtir

    • Richard nao é mais nosso. Mas valeria o investimento pra reserva do Renan ano q vem. O Maidana fez gol, mas vinha muito mal lá. Nos dois primeiros jogos como titular falhou em 2 gols. Vamos ver como se sai durante a serie B…
      Lucas Farias com muleta é melhor q o Bruno saudavel.

      Curtir

  11. Nao quero pegar no pe nem perseguir, ate pq gosto muito do Pratto, mas a melhora e os espaços apareceram ontem depois dele sair. Acho q poderíamos tentar o Gilberto no proximo jogo, descansar o Pratto um pouco.
    Acho q ajudaria todo mundo. Gilberto, ganhando uma moral(merecida, diga-se de passagem); Pratto descansaria, pensaria um pouco no momento q passa e poderia voltar melhor; E claro, o SP, q ta precisando somar pontos e pontos. Rs

    Curtir

  12. tá uma choradeira na imprensa do erro da arbitragem contra o corinthians e a favor do flamengo, acho que vai acabar respingando lá na frente em alguém.

    esses clubes são muito ajudados pela arbitragem, e quando erram contra, seus respectivos presidentes não deixa barato e usam muito a mídia pra chorar, e sabemos que depois são beneficiados de alguma maneira.

    é bom o SPFC abrir o olho, parece bobagem agora pq não tem nada haver conosco, mas essas coisas tem mania de dar mer#$ lá na frente, e só espero que não seja contra o SPFC

    Curtir

  13. Esse time do Botafogo não é grande coisa e levar 3 gols de um time desses é um sinal de alerta .
    O time sem cor é capaz de não tomar nenhum desses gols .
    Um bom lateral não teria permitido o cruzamento mas teve falha de marcação no primeiro gol porque o jogador que faz o gol estava sozinho dentro da área e tinha jogador que não sabia quem marcar e jogador que não estava marcando ninguém . Fora que um goleiro com o braço um pouquinho mais comprido pegava essa bola .
    Segundo gol mostrou que nosso goleiro precisa jogar de óculos ou lente de contato , como bem disse o Jairo .
    Terceiro gol também teve falha de marcação , faltou cobertura ao lateral que avançou .

    Curtir

  14. O Pratto é um ótimo centroavante, mas a fase não é das melhores, não tem chegado muitas bolas do jeito que ele gosta de jogar, e o posicionamento dele não tem estado legal.

    Aparenta inclusive estar meio desanimado, entregue, chegando atrasado.

    Ontem parece ter faltado um pouco de força pra marcar a saída de bola e incomodar os zagueiros contrários.

    Curtir

  15. Petros também chegou chegando, mostrando muita liderança e sendo bastante participativo tanto nas preleções, quanto nos posicionamentos junto a imprensa.

    http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2017/7/30/virada-historica-e-serie-positiva-embalam-reacao-tricolor/

    Tendo sido substituído, falou depois do jogo e enalteceu as substituições do Dorival Júnior.

    Parece ser jogador de grupo, com muita personalidade.

    Curtido por 1 pessoa

  16. Amigos, sabemos q em 2018 provavelmente ficaremos sem o Jucilei (salário de 1m + a fortuna que os chinas pedirão). O Felipe Melo está fora dos porcos. A despeito de ter ido jogar lá por causa da grana, é um bom jogador. Numa composição em que ele aceite diminuir o salário, será que valeria a pena tentar uma troca pelo Cícero?

    Com isso, para 2018, na minha opinião as necessidades seriam um l direito, renovar o contrato do Gilberto, um zagueiro pro lugar do Douglas (se vender o RC, ai mais um), e talvez um goleiro. Nas outras posições, na l esquerda pra mim o Reinaldo volta e disputaria posição com Junior Tavares, volantes ok (Hudson volta pra compor elenco), centroavante ok, meias ok, jogadores de lado no ataque ok (tem a volta do Morato, o Marcos Guilherme, o Cueva jogando por lá, o Marcinho pra compor elenco, e a molecada da base que vai chegar chegado – Brenner, Marquinhos Cipriano, Leo Natel).

    Ah, falo de 2018 pq pra mim não caímos de jeito nenhum, e ainda tenho esperança na Libertadores.

    Curtir

  17. Boa noite galera blza? Que vitória hein? Não imaginei uma vitória dessa , que veio em excelente hora ,isso vai dar uma moral tão grande, uma confiança absurda pra outras rodadas.
    O time é esse aí , só daria descanso pro Pratto, colocaria o Marcos Guilherme no lugar do Marcinho .

    Não voltaremos mais pro z4 , acredito que ganharemos do coxa ( que é chato de se enfrentar) e teremos uma bela sequência , acredito que conseguiremos um bom resultado tbm contra o Bahia.

    Curtir

  18. Quando joga o Bruno na lateral direita, eu sinto saudades do Buffarini.
    Quando joga o Buffarini, tenho saudades do Bruno.
    O negócio tá tão esquisito que já se pede colocar Wesley, Marcinho ou Araruna por lá.

    Curtir

  19. Rodada fantástica para o SP até aqui.

    Empate entre Vasco e Atlético PR amanhã e também entre Ponte e Fluminense na quarta feira, ficaria melhor ainda.

    Curtir

  20. Boa noite galera..sao paulo ontem me lembrou os grandes tempos de careca e muller..aquela final de 86 contra o guarani! esse é o sao paulo que a gente quer ver ! tem falhas..tipo o goleiro tem..mas a vitoria de ontem foi epica!

    Curtir

  21. Uma coisa bem colocada no post eh q o so tem HJ um padrao. Na epoca do ceni era sempre a mesma historia (o q nao deixa de ser um padrao): passavamos qs o jogo td naquele nheconheco. Ai Nada dava certo. E a solucao eh mudar no esquema no final Mandar pratto e Gilberto e tome chuveirinho. Agora nao, temos uma proposta Clara e faca chuva ou faca sol bola pra frente. O time mantem o ritmo mantem a estragtegia e joga igual.

    Existe confianca no trabalho. No time. No treino. Na estrategia.

    Meritos do dorival.

    Sp ainda cresce mto esse ano.

    Vamo sp. Mto otimista pro final do ano. E Se nao rolar um famoso saldao do lecao teremos uma base fantastica para 2018.

    Curtir

  22. Não acho que o Renan Ribeiro falhou. Houve o morrinho artilheiro que traiu os maiores goleiiros do mundo. Só pra não ir muito longe, cito o Gilmar dos Santos Neves. Precisamos entender que a profissão mais difícil é a de goleiro. O Renan Ribeiro tem todo o meu apôio.. Obrigdo São Paulo, mais uma vez semeando a felicidade de 20 milhões. Por isso faço um apelo. Se 30 reais por mea não lhe fizer falta, torne – se já sócio torcedor. O São Paulo precisa d sua ajuda.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s