Adeus, Michael Beale…

O auxiliar técnico e braço direito de Rogério Ceni, Michael Beale, pediu demissão do São Paulo. Nesta sexta-feira, o inglês deixou a comissão técnica do clube alegando problemas familiares. O pedido de demissão foi aceito.

Ele ficou pouco mais de seis meses na comissão técnica, deve voltar à Inglaterra e ficar mais próximo da família. Beale estava com dificuldades para se adaptar e tinha pouco contato com os outros membros da comissão técnica. Pessoas ligadas à diretoria sugerem que ele possa ter sentido a pressão pelo mau momento do clube, que tem apenas um ponto acima da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Rogério Ceni conheceu Michael Beale, técnico da equipe sub-23 do Liverpool, durante o estágio que fez no clube inglês antes de assumir o comando do São Paulo. Atuar no futebol brasileiro foi visto com um desafio para sua carreira. Coincidentemente, ele deixa o clube no mesmo dia em que o volante Thiago Mendes anunciou a sua saída para o Lille, da França.

Nesta semana, o zagueiro Maicon foi vendido ao Galatasaray, da Turquia. Somente em 2017, o São Paulo negociou David Neres, Augusto Galvan, Lyanco e Luiz Araújo.

Estadão

Anúncios

124 comentários

      • Rogério Ceni fica, mas por compromissos com o poder,
        até ser frito, abandonado ou até mesmo “imolado” pelo grupo que somente tem por objetivo o controle absoluto do futebol tricolor.

        Somente isso explica a cláusula da multa …, inimigos íntimos ou
        absoluto conhecimento de tudo.

        Curtido por 2 pessoas

      • Somente especulações por que você não sabe quais as razões reais da demissão ou sabe?
        Não sei se você teve alguma experiência com vida fora de seu país, mas posso te afirmar que adaptações não são fáceis

        Curtido por 4 pessoas

        • Beale mostrava-se “encaixado” e apaixonado com a real possibilidade no futebol brasileiro.
          Encantado e otimista …, sua saída demonstra uma única alternativa: mudança de rumo.
          O brilho no olhar justificava
          sua presença aqui no SPFC.

          Só não viu quem não quis.

          Curtido por 4 pessoas

        • O futebol brasileiro sempre foi e será assim. A diretoria deve receber críticas se vender ou comprar mau. Qdo o jogador quer sair não há contrato que o segure. O inglês deveria ter estudado essas e outras situações antes de vir pra cá.

          Curtir

          • Tenho certeza de que na maioria dos clubes os jogadores ficam mais de 1 ano. No SP quem tem mais de 1 ano de titular? Renan ribeiro pegou vaga neste semestre, Araruna, Militão e Jr.Tavares subiram neste semestre, Jucilei e Pratto chegaram neste semestre e um pouco depois Thomaz e Marcinho. Arboleda, Petros e Gomez, que podem pegar vaga neste time acabaram de chegar. Não isso não é normal e nem sempre foi assim. Teve gente sendo tricampeão brasileiro pelo São Paulo, pois naquela época os caras ficavam no clube mesmo após serem campeões!
            Rodrigo Caio é o titular com mais tempo de clube e só não foi vendido porque não chegou a proposta esperada ainda. Mas é o nome mais forte a ser vendido nesta janela europeia. O Cueva completou 1 ano de clube neste mês e já especula-se que ele também pode ser vendido!

            Curtir

        • A Alemanha quando perdeu a copa de 2002 partiu para uma reformulacao total. Chegaram a conclusao de que o modelo tinha sido esgotado.

          Investiu na base em todos os clubes. Projeto de longo prazo que da resultado agora. 10 anos depois.
          Criou uma formula de remuneracao que dividia melhor os ganhos da TV.
          Nao espanholizou. Criou incentivos para a molecada ir treinar e jogar nos clubes de futebol. Os melhores fariam carreira.
          Qualquer campeonato de segunda divisao na Alemanha da mais publico do que no Brasil.
          Resultado – Campeao Mundial e com chances de ganhar a confederacoes com o sub-23 deles que quase ganha a olimpiada. Tem time para os proximos 12 anos, 3 copas.

          Projetos de LONGO prazo.
          Perdeu a copa em casa ficando em terceiro, entao eh tudo lixo. NAO, faz parte do processo de renovacao.
          Perdeu a olimpiada sendo vice, entao eh tudo lixo. NAO, faz parte do processo de renovacao.
          Pode perder as confederacoes entao eh tudo lixo. NAO, faz bla bal bla parte do processo.
          Ganhou a copa entao eh tudo mito. NAO, fim do processo, maioria nao vai para a proxima copa. Se tem maioria participando de 2 a 3 copas, renovacao nao funcionou.

          Curtir

          • Voltando ao Ingles

            O cara chega, trabalha com LA cinco meses e eh vendido.
            Trabalha com TM seis meses e tambem eh vendido.

            Para quem quer fazer trabalho serio pensando em longo prazo nao eh normal.
            Eh uma necessidade do clube, PRECISAMOS vender, mas nao eh normal de grande clube.
            Trabalhei na roca e a gente sabe que as arvores frutiferas levam anos para produzir em abundancia.
            A manga na semente leva quase uma decada e jabuticaba mais de uma decada. Mudas levam menos tempo.
            Eh como se trabalhasse a arvore e quando comecasse a produzir a gente vendesse pro vizinho.
            Trabalhei tambem com equipes de trainees. Era desanimador quando depois de um ano investindo na garotada, ve-los indo para concorrente a baixo custo, sendo que o investimento para isso foi meu e de outros gestores.

            Entendo esse desalento. Talvez ele esperasse um projeto serio de longo prazo comuns em paises de primeiro mundo da Europa, Asia e America.

            Curtir

            • MAS a situacao do clube exige decisoes nao normais e desempenhos nao normais por conta disso.

              Se isso servir para a DIVIDA realmente cair, sacrificio e desalento de torcedores tera valido a pena.
              Se escoar para o ralo, que essa diretoria va a .
              So aceito essa instabilidade e essa troca com troco se for para pensar a longo prazo, sem essa divida escorchante. Tem que parar com essa sangria. Parar com esse negocio de nao conseguir pagar obrigacao trabalhista de fim de ano, ferias e 13. e outras cositas ocorrido em janeiro(crise no elenco) em dezembro.2016(emprestimo para pagar 13. etc). Talvez principal razao para nao ter trazido tecnico de alto salario. Jogador de alto salario so veio depois da venda do Neres. Antes estavamos na pindaiba pior ainda.

              Detalhe 1 – Rodriguinho tambem queria sair em janeiro para o Lille. Ve se ele esta la na Franca. E eles estao financeiramente na pindaiba tambem. Mas devem mais pro governo que para banco privado. E governo eh mae para todos os clubes. ^Cruzive^ pro ^tricolo^.

              Detalhe 2 – O FLA ficou dois a tres anos de saneamento seguindo um plano gestor onde nao ganhou nada relevante no periodo. Ano passado com melhores valores da TV e patrocinios, comecou enfim a gastar com jogadores de renome e comecar a montar elenco para titulos. Nao sei se vao ganhar mas seguiram um plano de medio e longo prazo. O Palmeiras do Nobre idem com o fundo PN (Paulo Nobre). Sanearam e agora devem pouco. E tem time e elenco. Mas custou um a dois anos de saneamento.

              Detalhe 3 – Esperava que o tricolor tambem fizesse esse plano de saneamento e avisasse a galera que esse plano estava sendo feito e que justificasse um ou dois anos de sacrifico mas que ficasse transparente e visivel que estava sendo executado. Vender o Neres me pareceu isso. Comprar o Pratto me pareceu o contrario, bom futebolisticamente falando mas ruim financeiramente para quem tinha meta de vender 70mi em 2017. Defendi o Pimenta por causa do fundo de investimento com notaveis para custear a estabilidade financeira do clube.

              E agora jose, ou melhor, e agora Pinotti Que plano eh esse.

              Curtir

              • Mas se a situação era essa, que fosse explicada.
                Se alguém fala pra você que precisava vender 60 milhões de patrimônio pra pagar dividas, mas no fim acabasse vendendo quase o triplo disso, você acharia normal?

                Curtir

      • Pessoal realmente acha que estrangeiros aceitam passivamente essa zona?
        Só brasileiro pra achar normal esse monte de promessas vazias, mentiras, corrupção, desculpas esfarrapadas…
        Beale viu que o projeto era uma falácia, e viu a diretoria vender mais um titular depois de todo o discursinho de que não ia vender mais ninguém… E se cansou dessa novela.
        Certo ele.
        Enquanto tivermos uma diretoria amadora, não dá pra esperar um projeto e um planejamento decentes, né?
        É que nem botar um sapo barbudo analfabeto e uma guerrilheira fanática na presidência de um país e esperar que esse país vá pra frente…
        Ops… Coisa de brasileiro acreditar nessas coisas. Kkkk

        Curtir

  1. Postei no outro post, mas faz mais sentido vir pra esse aqui…

    Michael Beale é o grande exemplo de como brasileiro dá mais valor ao que tá fora do que o que tá aqui. O que esse cara fez pra ser tudo isso que falavam? Escreveu 9 livros? O Paulo Coelho escreveu sei lá quantos livros, vende pra caramba e os livrodele são puro lixo. Muita teoria pra pouca prática e pouco resultado. Quem é a Inglaterra no futebol? Os técnicos ingleses são fraquíssimos, até a seleção inglesa até pouco tempo atrás tinha técnico estrangeiro, depois que começaram os ingleses o time só fracassou com resultados pífios em Eurocopa (inclusive não se classificando pra uma delas) ou caindo na fase de grupos da Copa do Mundo. Quem são liverpool e chelsea nas categorias de base? Quem foram os últimos jogadores bons que esses caras revelaram ou o que esses caras sequer conquistaram na base?

    E mesmo que esse cara seja todo esse talento, o futebol praticado lá é diferente do daqui, os jogadores são outros, o estilo é outro. O Rogério poderia ter tido uma experiência muito melhor se trouxesse pra perto de si o Jardine como auxiliar, por exemplo. Assim como acho que o Rogério só tem a ganhar com a saída do T. Mendes, também só vejo benefícios na saída desse cara.

    Curtido por 3 pessoas

    • Não vou nem contestar a análise do profissional que foi embora, mas penso que nacionalidade num mundo globalizado não diz muito sobre talento. Não acredito nesse argumento nem pra exaltar, nem pra desmerecer um profissional. Pra mim você caiu numa retórica bem parecida com a que você acabou de criticar. A saída do Bale e do TM dizem muito sobre o ambiente de trabalho no São Paulo atual é a capacidade do clube atrair e manter profissionais com base num projeto de carreira. Você pode achá-los dispensáveis, mas a atitude deles certamente reflete a maneira como os demais profissionais enxergam o São Paulo atual. Um trampolim sem ambições esportivas.

      Curtido por 2 pessoas

      • Kkkkk você tem toda a razão. Do mesmo jeito que não deviam exalta-lo por ser estrangeiro, eu não devia desmerece-lo por ser estrangeiro, mas mantenho todo o resto do minha opinião.

        As saídas do Beale e do T. Mendes são completamente diferentes. T. Mendes já tem 26 anos, dificilmente conseguiria um transferência para um centro europeu como a França, com o avançar da idade as chances dele cada vez mais diminuiriam (óbvio que não se esgotariam, mas diminuiriam). Foi a oportunidade da vida dele e não existe projeto que segure a vontade desse tipo de jogador. O que difere é a postura do clube com relação a esse interesse, pq o clube não é refém da vontade do atleta como tentam pregar. O Corinthians segurou o Rodriguinho. O SP poderia muito bem segurar o cara (a nao ser que o Lille pagasse a multa), mas achar que o cara ficaria se houvesse outro projeto, se o time fosse lider do brasileiro ou qualquer outra coisa é forçar a barra. Quantos jogadores que estão em times campeões não vão pra China, Arabia, Russia e Ucrania por dinheiro? R. Goulart, Diego Tardelli e Everton Ribeiro jogaram no lixo uma chance pela seleção por conta de dinheiro. O T. Mendes pelo menos ainda tá indo pelo futebol. Além de que ele chegou falando “em 1 ou 2 anos quero ir pra Europa”.
        Beale saiu por uma relação desgastada, por ambiente, pelo trabalho, mas também não podemos achar que o SP é o vilão e ele o mocinho, o desgaste era bilateral:

        “Por outro lado, o auxiliar era tido no CT como uma pessoa extremamente fria, sem comunicação com funcionários e outros membros da comissão técnica. Havia reclamações sobre essa conduta.”

        Curtido por 3 pessoas

        • Bom, não concordo com sua análise mas respeito. Você mesmo deu exemplo de um atleta que poderia ter ido embora e não foi. O cruzeiro mesmo segurou seus atletas por dois anos e foi bi campeão brasileiro, inclusive alguns que você citou em seu argumento. Projetos influenciam decisões sim, caso não fosse assim metade das práticas de gestão de pessoas poderiam ser descartadas seguindo sua visão. Quer um exemplo? Por que o Messi não vai pra China ganhar 10x mais que ele ganha no Barcelona? Será que eles não convenceram ele de um projeto de glória ao invés de dinheiro? Trazendo pra nossa realidade não vejo como impossível segurar atletas por no mínimo 2 anos, principalmente os recem formados na base.

          Curtido por 1 pessoa

          • Mas calma lá, quando você disse no seu comentário anterior “A saída do Bale e do TM dizem muito sobre o ambiente de trabalho no São Paulo atual é a capacidade do clube atrair e manter profissionais com base num projeto de carreira.”. Você coloca no clube a culpa pelo jogador querer sair, destaque para o “querer”. O Rodriguinho falou publicamente que queria sair do Corinthians. Na minha opiniao, pouco importaria qualquer projeto do SP, o T. Mendes chegou com um projeto na vida dele, estar na europa em 1 ou 2 anos e a oferta chegou e ele ia querer sair de qualquer jeito. Que o clube poderia segurar, isso eu concordo e muito, poderia ter segurado o T. Mendes (não acho que deveria) e deveria ter segurado o Lyanco e ou o David Neres (apesar de que sua saída viabilizou a chegada do Pratto que no nosso momento atual é mais importante) ou o Luiz Araujo.

            Essa comparação do Messi não fez muito sentido pra mim. É outra realidade. Começa pela parte cultural. Todo jogador de futebol quer sair do Brasil, qualquer entrevista que fazem pra moleque de base eles já falam em Real Madrid, Chelsea, Barcelona, enquanto que na Europa não há esse sonho de ir pra outro lugar… Fora a parte financeira, o salário do Messi era o maior do mundo até esses dias, pro Messi pouco vai importar se ele recebe o que ele recebe na Espanha ou 10x mais na China enquanto que pra um jogador que recebe 200 mil por mês aqui, receber 1milhão lá já muda totalmente pro cara. E em nenhum momento também eu quis dizer que todo jogador vai trocar um projeto de futebol por dinheiro (e nem que esse foi o caso do T. Mendes), só citei alguns jogadores que fizeram isso.

            Ir pra fora por conta de dinheiro também é um projeto de vida do jogador, não condeno os caras não, tem que fazer o pé de meia mesmo, não falei num sentido perjorativo. O seu exemplo foi bem específico do Messi que não teria nada a ganhar nem financeiramente nem esportivamente indo pra lá, mas existem exemplos de jogadores que trocam projetos na Europa pelo dinheiro chinês como o Oscar que era sempre especulado em PSG e Juventus, mas fechou com a China ou o Alex Teixeira que preferiu a China ao Liverpool.

            Também acho que há sim exceções, não acho que todo jogador do mundo vai querer sair com qualquer proposta. Tem, por exemplo, jogadores que não querem se esconder, o R. Caio mesmo não quis ir pro Zenit, pq enterraria qualquer chance de seleção indo pra lá e ele já teve interesse de outros clubes da Espanha e Itália. Mas o caso do T. Mendes é diferente e a idade foi um dos fatores.

            Curtir

            • Eu acredito que todo e qualquer exemplo bem sucedido de administração pode e deve ser olhado e adptado às condições locais. Não descarto nenhuma experiência, até porque a principal arma do Barcelona inclusive na disputa com seus concorrentes é seduzir pelo projeto. Pela mística da camisa. Cada qual disputa com seus pares. O Barcelona pode ter certeza tem seus concorrentes na própria Europa. Não acredito nesse pensamento conformista e derrotista de que estamos fadados ao fracasso porque os europeus têm mais dinheiro. Claro que não, se acreditarmos nisso pode fechar o clube e ficar só com a categoria de base. Aí a gente assume nosso papel de mercadão da dona xepa.

              Curtir

              • Você tá desviando completamente o foco da discussão, a discussão começa com você responsabilizando o clube pela vontade (já frisei várias vezes que estamos falando da vontade, do que o jogador quer) do jogador de sair e eu falando que na maioria das vezes, o jogador vai ter vontade de sair seja por dinheiro, seja pelo sonho de jogar na europa, seja por qualquer outro motivo e isso independe da situação do clube em que ele se encontra. Agora você tá com discurso de que o clube não tem que vender, não pode ficar a mercê de vontade de clube europeu e que não deve virar mercadão e isso foi exatamente o que eu falei no início da discussão: “O que difere é a postura do clube com relação a esse interesse, pq o clube não é refém da vontade do atleta como tentam pregar. O Corinthians segurou o Rodriguinho. O SP poderia muito bem segurar o cara (a nao ser que o Lille pagasse a multa)”. Esse não era o foco da discussão. O clube não tem mesmo que aceitar qualquer proposta (apesar de que essa especificamente eu era a favor) e eu critico essa postura do SP de vender todo e qualquer jogador e se esquecer do futebol do clube. Ninguém aqui demostrou qualquer pensamento derrotista e conformista, pelo contrário. Se o Luiz Araujo queria ir pro Lille, problema dele, cabia ao São Paulo segurá-lo e manejar a situação de uma maneira que ele entendesse o pq o SP estava o mantendo. Mas achar que vai chegar uma proposta europeia aqui e o T. Mendes vai falar, supondo que houvesse um projeto e que ele estivesse dando certo: “Ah, o projeto aqui é muito bom, vamos pra libertadores ano que vem, estamos montando um bom time, provavelmente em 2018 ganharemos alguma coisa, dane-se a Europa” é utópico demais.

                Curtir

    • Ele veio aqui pra ser auxiliar do Rogério Ceni. Era responsável pelos treinamentos e dava pitacos no time (ele era um defensor do R. Caio como volante, coisa que o Rogério testou no início do ano). Ele não veio aqui pra lidar com base. Voce achou que ele fazia outra coisa ou você ficou com a impressão que eu achei q ele fazia outra coisa? (não to sendo ironico, to perguntando de boa mesmo kkk)
      Existe mesmo. Associar treinador brasileiro a puro e simples rachão é preconceito. Esse tipo de treinador cada vez mais tem perdido espaço para os treinadores brasileiros que estudaram.
      O seu último parágrafo quer dizer o q? Não to falando que ele tinha que mudar o jeito dele, mas não deu certo ué, do mesmo jeito que eu posso ir trabalhar numa empresa amanha, não ser bem visto pelos meus companheiros e isso acabar desgastando a relação. O fato de ingleses e alemães serem frios não tem relevância nenhuma pra categoria de base deles. Tanto que um possui uma categoria de base excelente e a outra horrível.

      Curtir

    • Meu Deus…
      Essa xenofobia dos brasileiros é simplesmente ridícula.
      Enquanto esse pessoal não assumir que o Brasil está muito atrasado em relação aos outros países em tudo, não só no futebol, vamos continuar nessa lama…
      Depois não sabem porque qualquer um que não seja entregador de coletes dá certo e vira gênio no Brasil.
      Tite, Mano, Renato Gaúcho, Roger…
      É só fazer gestão de pessoas, fazer treinos melhores e mais completos, parar de centralizar a gestão da equipe, e pronto. Esses caras se destacam.

      Curtir

      • Mano e Roger gênios kkkkkkkkkkkkkkkkk
        Acho que você não entendeu meu comentário. Em nenhum momento falei que o que se faz aqui não precisa ser mudado, o que eu falei é que o cara veio como gênio por ser estrangeiro sendo que existe gente aqui que pode fazer o que ele faz e até melhor, como o Jardine. Os que estão aqui sabem a realidade brasileira, como funciona o futebol aqui o que é fundamental. O Renato Gaucho que você mesmo citou é um exemplo de técnico que sabendo das suas capacidades trouxe alguém pra ajudá-lo e quem ele trouxe não escreveu 9 livros, mas entende de futebol na prática. O Renato Gaucho escala e motiva os jogadores, só. Não dá treinos. Em nenhum momento eu sequer dei a entender que o Rogério não precisava de um auxiliar, só critiquei a pompa que esse Beale veio sendo que a Inglaterra no futebol é puro dinheiro, categoria de base lá (parte que o Beale trabalhava) é fraquíssima, principalmente em Liverpool e Chelsea, e isso reflete muito na seleção que acumula vexame após vexame após vexame e no papel é pior que o Uruguai e o Chile. Não revela ninguém, só traz de jogador e técnico de fora. Não acho que tá errado olhar pra Europa não, mas tem que ter critério. É a mesma coisa de trazer o Osorio e o Bauza. Trouxeram simplesmente por ser estrangeiro, em nenhum momento sequer foi considerada a filosofia de trabalho de ambos que são 2 opostos em termos de futebol. E a imprensa sempre tratou Osorio e Gareca como se fossem grandes potencias como treinadores sendo que entre os 2, eu prefiro que venha um Vagner Mancini pro meu time.

        Curtir

        • E do mesmo jeito que pedem Jubero e Rueda sem saber absolutamente nada da capacidade de ambos como técnicos, do jeito como seus times jogam, de como trata a base, de resultados anteriores simplesmente por serem estrangeiros.

          Curtir

        • Não sou advogado da Inglaterra, mas a seleção sub 20 inglesa é a atual campeã mundial. Atropelaram Argentina e Itália. Muitos jogadores são do Chelsea e Liverpool. O grande problema da Inglaterra é ter uma liga milionária onde os clubes compram jogadores de vários países e acabam não dando espaço para os atletas da base. Quando ao São Paulo, acredito que a solução além de uma mudança radical na gestão, passa por ampliar os investimentos na base é dar oportunidade aos jogadores. Exemplos atuais do Santos e Grêmio. Sobre o técnico Rogério Ceni, eu gostei muito do início do campeonato paulista, onde o time partia para cima do adversário e praticava uma marcação alta. Reveses acontecem, mas a filosofia não pode ser mudada. Sou a favor do time com dois zagueiros e dois meias.
          Os jogadores do meio campo tem que marcar, mas devem ter bom toque de bola, saber avançar e principalmente saber chutar de fora da área. Os laterais tem que saber cruzar com eficiência, os nossos são medianos. Com tantos jogadores despontando na base não temos “um centroavante”. O São Paulo devia se espelhar em trabalhos feitos no Barcelona, na seleção de base da Alemanha. Investir em preparação física, fisiologia. Desde a saída de Carlinhos Neves e do Doutor Turibio Barros o São Paulo morre em campo, além das contusões. Enfim a diretoria precisa reciclagem, cabeças novas, gestão corporativa, investimento sério na base. Time jogando no ataque e com “raça”, independente de posição no campeonato. A torcida vendo que o time joga sério, com vontade no ataque sempre dará apoio. Boa tarde Hugo. Abraços a todos!

          Curtir

  2. Tinha tudo pra não dar certo… europeu, outra cultura, outros métodos etc…

    Chega aqui, se vê frente a diretores amadores, time num entra e sai de jogadores igual a rodoviária em época de natal, jogadores pouco profissionais, descompromissados, time que se segura na rabeira do campeonato, treinador inexperiente… vai aprender o que e com quem aqui? vai agregar o que em seu currículo?

    Tem que voltar mesmo… aliás, só na cabeça do treinador pra ter esperança que desse certo… mais uma bola fora.

    Curtido por 6 pessoas

    • Márcio, nessa eu concordo integralmente com você! Mas, se o Ceni fez isso o fez de boa-fe, querendo mudar os rumos de como as coisas são feitas por aqui, por isso foi bola dentro e não for. Ótima intenção.

      Curtir

      • Antes dele querer mudar os rumos de alguma coisa no ambiente ligado aos treinadores no Brasil, ele primeiro esperasse se tornar um, de preferência bem experiente, para depois vir com as novidades. As chances de acerto seriam maiores.

        Curtido por 2 pessoas

        • Discordo. Quem falou que ele não pode e não consegue treinar o time? Essa história de treinador experiente não se sustenta, haja vista a grande quantidade de técnicos experientes aqui, mas técnicos pifios. A experiência, por si só, não é garantia de nada. Probabilidade é mera probabilidade e não certeza. O Ceni fez o correto saindo mesmice. Dará certo e terá sucesso no SPFC para azar da torcida contra.

          Curtir

          • Azar da torcida contra só na sua cabeça que desrespeita e procura desmerecer as pessoas que são contra o péssimo trabalho que o treinador está fazendo até agora. Essas pessoas que vc diz estarem torcendo contra, tem visto a posição na tabela, as derrotas sequentes, as três eliminações, uma delas bisonha, coisa de clube amador, e faz críticas ao treinador, que não consegue fazer o time jogar, mas isto não quer dizer que torcem contra, ao contrário, essas pessoas torcem pelo clube e não por uma pessoa.

            Curtido por 2 pessoas

            • Márcio, não precisa se aborrecer, pois está claro que alguns são absolutamente contra o técnico e o são meramente por ser. Ah, mas teve 3 eliminações… Ora, quantas eliminações teve Murici, Tele, entre outros ? Mas, para o Ceni não há tolerância e o resultado tem que ser para ontem. Há momentos em que se deve ter ao menos um pouco de racionalidade e prudência para julgar um trabalho em 6 meses em um clube cujo elenco está em uma metamorfose continua. Aliás, o time não joga ha tempos e não só de hoje, sendo que pelo menos uns 10 técnicos “experientes” também não tiveram exito, o que demonstra que o problema não é esse! Outra coisa, não desmereci ninguem, apenas relatei que, para azar de alguns, o trabalho dará certo. Pois, não é segredo, que muitos não gostam e torcem contra o técnico, pedindo que seja demitido. Isso é o que?

              Curtir

    • O Rogério viajou mesmo! Era mais fácil um auxiliar romeno! A Inglaterra é um país que não tem nada a haver com o nosso! Nada! Em relação ao futebol, pior ainda! Ele achou que ia implantar o estilo de futebol europeu no Brasil em 3 meses e tudo ia ser mil maravilhas. Forçou um pouco a barra.

      Curtido por 1 pessoa

      • Típico pensamento retrógrado.
        Se mudar fosse fácil, todo mundo fazia. Tem que começar de algum lugar.
        É nitido que o futebol brasileiro está estagnado há anos. Aí quando alguém tenta mudar, tem que ouvir uma idiotice dessas de que tentar mudar é forçar a Barra…

        Curtir

  3. Desses jogadores os únicos que eu lamento são: Neres, Araújo e principalmente o Lyanco.
    Tiago Mendes não marca, não sabe chutar, tem uma péssima saída de jogo é um jogador viluntarioso somente isso. essa venda foi um achado.Sem falar que um jogador encrenca.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Para o jogo contra o Flamengo perdemos Lucas Fernandes, mas o Gomez ta regularizado. A venda do T.Mendes vai fazer o Cícero voltar ao time (Petros ainda não reúne condições físicas). Por isso prevejo: Renan Ribeiro, Araruna, Lugano (ou Militão), Rodrigo Caio, Jr.Tavares, Jucilei, Cícero, Gomez, Marcinho, Cueva e Pratto.

    Curtir

  5. O cara saiu do que há de mais profissional no futebol mundial pra um clube gerido por amadores que se preocupam mais com interesses pessoais do que qualquer outra coisa, esperavam o que? Até que durou muito!

    Estranho seria se ele permanecesse aqui elogiando tudo e todos, essa zona sem critério nenhum.

    Curtido por 2 pessoas

  6. Não conheço o trabalho dele na inglaterra , mais por várias vezes vi ele frustrado no banco , não era ele que conduzia o trabalho , difícil saber até que ponto sua opinião e conhecimento era levado em consideração e aproveitado no trabalho , fora o ambiente péssimo que se tornou o são paulo , quando não é crise , tem problema com jogador , quando não é o jogador é a diretoria vendendo alguém e em campo um time desarrumado sem esquema de jogo .

    Curtido por 2 pessoas

  7. No início pensei que pudesse dar certo. Mas realmente o futebol brasileiro é diferente do inglês, em todos os sentidos. A bagunça que é o clube pesou pra ele, mas acho que o ponto principal, que é a filosofia de jogo, não casa com o futebol daqui. Quem sabe agora sem a influencia do ingles vai cair a ficha do Rogerio e ele vai deixar de achar que estamos na Europa e cair na real. Se isso acontecer a saida do Beale até que vai ser benéfica.

    Curtido por 2 pessoas

  8. No instagram do spnews, esta dizendo que ele saiu nao por problemas familiares, mas sim pq estava tendo um desentendimento com o Rogerio Ceni. Ou seja, o cara que era considerado braço direito, e cuidava da parte de treinamentos pediu pra sair, algo de ruim/estranho tem nesse negocio.

    Curtir

  9. Ficou claro que a proposta inicial do projeto dentro do campo mudou após 3 meses de trabalho com as sucessivas mudanças de jogadores, o que convenhamos mina qualquer trabalho já que não existia uma base ou espinha dorsal montada ou deixada pela comissão técnica que antecedeu esta.
    Certamente que o comprometimento e seriedade do inglês e o modus operandi do futebol brasileiro dificilmente combinariam se tratando de um projeto à médio e longo prazo.
    Eu já achava e agora acho mais ainda que o Rogério deve ter algum mentor técnico para auxilia-lo com o comando da equipe, algum ex-treinador ou ex – jogador com experiência em gestão de grupos de pessoas, além claro de futebol tático e de bastidores, claro que não precisa ser alguém diplomado na UEFA mas sim com conhecimento de campo dentro da realidade do futebol brasileiro.

    Curtir

  10. Tem que ser muito inocente, para não dizer outra coisa, afirmar que o R. Ceni foi enganado/iludido pela diretoria, ele sempre fez parte desse grupinho, conhece cada um deles como a palma da mão, manda mais que Leco e Pimotti juntos… Quem não se lembra dele jogando com camisa amarela que era a cor da situação e próximo das eleições…

    Curtido por 1 pessoa

  11. Curioso ver gente que nunca pisou dentro do clube reclamar que o time não tem “padrão de jogo” e ao mesmo tempo desmerecer a metodologia de alguém que é renomado na área.

    Talvez seja saudades dos “coletivos” do Mumu…

    Curtir

    • Mumu é o tal que foi tricampeão brasileiro consecutivo, saiu do tricolor e foi campeão brasileiro com o Fluminense, saiu do Flu e foi campeão da Libertadores com um Santos que estava praticamente eliminado na fase de grupos? E no fim veio nos tirar de um rebaixamento certo, coisa que o aprendiz de mágico vai conseguir? Este é o Mumu? Ah! sei, bom é o papai Joel!

      Curtido por 3 pessoas

  12. o negócio aki no Brasil é na base do rachão, esse negócio de treino diferenciado não dá certo aki !

    jogador brasileiro é muito mimado, ae vc coloca alguém sem experiência alguma no ramo de treinador, uma diretoria que seu principal “planejamento” é vendas, é nitroglicerina pura !!

    Curtido por 1 pessoa

  13. Acho que o cerco está se fechando cada vez mais contra o Ceni, e alguém da diretoria vai ter que ter “aquilo roxo” pra demiti-lo, pq senão a tendência é piorar para o SPFC (quero estar errado)

    Eae se acontecer o “óbvio” terão que trazer alguém com experiência, e de preferência brasileiro, pois eu duvido que alguém de fora aceitaria isso de boa, é só ver os casos do Osório e Bauza, na primeira oportunidade que tiveram picaram a mula do clube.

    Curtir

  14. Está tudo tão contra e desfavorável, que domingo o SPFC ganha, o time sem cor perde e o Palmeiras no máximo empata com o Grêmio , além claro de empate entre os baianos que estão na bota.
    Vamos SPFC!!!!

    Curtir

  15. O “cara” que treinava com peteca e é mestre da literatura futebolística com 9 livros escritos já pediu para sair, falta o homem das selfies no metrô de Londres e com treinadores estrangeiros pedir demissão também.

    #foraceni

    Curtir

  16. Acordei hoje com mais um jogador indo embora, depois, no periodo da tarde, a entrevista desse inepto presidente no GE ( quanta desfaçatez) e para arrematar o dia, a saida do Beale. Tá dificil. Imagina o fds. Desse jeito…….haja gozaçao na segunda.

    Curtir

  17. O cara vem para outro país sozinho com uma cultura totalmente diferente da nossa, chega aqui vê a bagunça que é, ajuda no que pode, o time não corresponde e fisicamente é mal preparado, vocês acham que ele vai ficar até a coisa desandar de vez?

    Ele está certo, melhor pedir pra sair, voltar pro seu país e sua família e procurar coisa melhor.

    Agora se o RC for esperto chama alguém com rodagem como auxiliar e tenta salvar o time de não passar vergonha no fim do ano.

    Curtir

  18. O legal é que, muito embora, ele, fosse de outra cultura futebolística, tinha passagem e rodagem em outras categorias de base, seria um conselheiro para Ceni. Isso abala o treinador, homem de confiança saindo e1de se preocupar.

    Curtir

  19. Pelo jeito, agora é o recomeço.
    Novo elenco, sem o Beale.
    Vamos ver.
    Seis meses perdidos.
    Aguardemos.
    Em duas semanas vamos ter uma ideia de como será o resto do campeonato.
    Achei que fosse cair contra o Santos. Agora devido a tantas mudanças, talvez a diretoria pense que ele mereça mais tempo.
    Se perder do Atlético Goianiense no Morumbi, pra mim não se sustenta.
    Vamos aguardar e tentar inferir como está o clima do grupo.
    Vamos ver se ele “perdeu o vestiário”.
    Se os jogadores não confiam no comandante, já era.

    Curtir

  20. Vamos falar a verdade: o cara saiu da inglaterra pra vir pro Brasil. Dificilmente ia ficar mto tempo. O idiomar eh diferente, poucos falam ingles. Longe de casa. Penso que a ideia dele era se destacar rapidamente no sao paulo e ser convidado por um time da europa pra voltar. Como td deu errado, ele antecipou a saida

    Curtir

  21. Go with God! Goodbye!

    Aí vai a sugestão de um leigo: Tragam o Marcelo Oliveira como técnico e o Milton Cruz pra fechar com o Rogério Ceni na comissão técnica. Os caras se dão bem, são competentes.

    Curtir

  22. Engraçado que até que veio pra ajudar e que acreditou no R Ceni pediu pra sair!!

    Trabalhar com Roteiro e difícil mesmo no final das contas ele sabe de tudo é toma as decisões finais a sua maneira porquê o Michael Beale assim como boa parte do elenco que está saindo não acredita mais no trabalho do Rogério Ceni!!

    O Rogério não vai ser bom treinador o Rogério Ceni vai entrar pro time do Falcao, do Junior ex- Flamengo, Zetti, Dunga entre outros que foram a bons jogadores mais péssimos treinadores.

    Na boa Ceni pedi pra sair já deu!! Pinotti tem que recuperar o dinheiro do Centurion e pode sair também, Leco não vai longe agora que rachou com a turma do Natel, enfim esse grupo que vem dominando o SPFC nos últimos anos vai ruindo com Pinotti, Leco, Natel, Rogério Ceni, Ataíde entre outros!!

    Ceni acabou pra ti cara ninguém confia nas ruas idéias, vai virar comentarista que vc se sairá bem melhor, começa lá no SporTV, já que vc tem moral e conhece muita gente influente, ser líder e liderar um grupo de jogadores não é pra ti não , sua liderança vem da torcida do SPFC, mas o Rogério Ceni nao é um líder de grupo que consiga fazer com que os jogadores gostem dele e confiem em suas idéias, acabou!!

    Valeu Michael Beale por se propor a sair da Inglaterra e vir trabalhar nessa bagunça que é o SPFC e o futebol brasileiro!!

    Curtir

  23. Se veio pra ajudar…nao ajudou em nada…36% de aproveitamento… tchau 1

    Se foi embora pq ficou bravo com a venda do Thiago Mendes…ótimo…tchau 2

    Se estava montando junto com o RC as estratégias de campo, táticas e escalações…tchau 3

    Se acha que o SP tá uma zona…e tá mesmo..como 100% dos times nacionais (quando não são ajudados por milionários ou pelo governo)…tchau 4

    Vai ver a carapuça serviu quando o Pinotti disse q devia ficar quem tava com vontade…tchau 5

    Daqui a 50 anos vão lembrar…”vixe..lembra quando estávamos naquela draga danada e o RC trouxe um gordinho inglês q escrevia uns troços de tática lá…e ele vazou fora na primeira pressão….q piada…putz como era mesmo o nome do cara? Nem lembro”…tchau 6…tchau 7…e tchau 8

    Jardine auxiliar pra amanha já…

    Curtir

  24. Eu nao sei como ele era no dia a dia, mas acho que essa saída talvez soe mais como preocupante do que realmente seja na prática e digo isso pelo momento horrível que nós passamos. A saída do Beale deixa uma sensação de “estou saindo desse barco furado antes que afunde. Um abraço pra voces”. Ninguem quer fazer parte dessa zona que virou o SPFC e espero que isso nao pese negativamente para os atletas pq essa sensação é a pior possivel. De total abandono.

    Agora, tentando ver ao menos 1 lado positivo, é bom que essa mudança toda esteja acontecendo com apenas 10 rodadas e com o SPFC fora do Z4 e perto do G6 pq se tivesse acontecendo na vigésima quinta, era a pá de cal pro time.

    Curtir

    • Só uma casa em condomínio fechado para gringo custa no mínimo uns 20 paus por mes de aluguel (e sei do que estou falando). Mais escola para as crianças, babá, tradutora, professora de português para a esposa…sei o que custa um expatriado em qualquer empresa. Tem que vender todo mundo mesmo para sustentar estes gringos inúteis.

      Curtir

  25. Bom dia.
    Quem sabe esse era pé frio igual um conterrâneo. ..
    Não sei se gostaria do jardine como auxiliar, para ser queimado junto com o ceni, e perdermos um bom profissional. Que venha ser técnico assim que o ceni sair.
    Vamos São Paulo

    Curtir

  26. Imagina um inglês que está acostumado com planejamento, disciplina, projeto levado até o final, vir trabalhar em um país que parece uma zona, tem ladrão pra todo lado, ainda por cima está em um clube que não tem qualquer tipo de planejamento, que vende quase todo elenco em 6 meses, que tem um preparador físico de várzea (com todo respeito à várzea que eh mais organizado) e um técnico que tem o ego maior que clube?

    Só poderia pedir o boné, veio iludido com o nome do SPFC que foi construído no passado,mas chegou aqui e viu como o clube eh bagunçado e cheio de politiqueiros na diretoria.

    Cidadão do primeiro mundo não se acostuma com essa zona que eh o Brasil é o SPFC atual.

    Curtido por 1 pessoa

  27. Por que será que ninguém mais quer ficar no SPFC? Ainda há pouco tempo era a mesma coisa no Palmeiras ou até pior, com jogador recusando ir pra lá e agora se matam pelo time. O SPFC precisa de um líder de verdade, experiente, firme que inspire o time e não precisa ser necessariamente o técnico.

    Curtir

    • Ué, mas o técnico não foi o maior ídolo e exemplo do clube nos últimos 25 anos? E não renovaram com o Diego Lugano, El Díos, que é conhecido como Rei do Vestiário? De líderes estamos muito bem!!! Ou não???

      Curtir

    • O trainee vai ficar ou você acha que o Leco colocou a multa de 5 milhões para torrar dinheiro? Na verdade já faz um tempo que o RC está pedindo para ser mandado embora e pegar este dinheiro para terminar os cursos de treinador na Europa e conseguir tirar fotos com o Mourinho, Guardiola e Conte.

      Curtir

  28. Respaldo total. Mas também, muita pressão – ter que ser campeão da B sem Pratto, Cueva, Rodrigo Caio, Petros, Jucilei (ou você acha mesmo que estes caras vão ficar para jogar em campinho de terra em Arapiraca, e outros confins..?.

    Curtir

  29. O inglês é estudioso, escreveu livros, etc. Mas na prática a teoria é outra, já dizia Joelmir. O futebol não é uma ciência exata, notadamente no Brasil, E o jogador brasileiro não é um boneco, passível de ser adestrado. Para um inglês, com sua fleuma, isso é terrível. Aqui não tem chá das cinco, pontualidade e coisas do tipo.
    Aqui impera a versatilidade, a ginga, a malandragem, o improviso. E um inglês não se adapta a isso.
    Rogério precisa de um auxiliar tarimbado em futebol. Que já esteve lá dentro e que conhece bem um vestiário brasileiro.
    Renato tem atrás de si Espinosa. No Atlético do Paraná, Lopes e Autuori. Carili aprendeu com Mano e com Tite, Luxa é uma raposa, Cuca sabe tudo, já esteve lá dentro. E assim vai. Tivesse aí um João Avelino, um Cilinho, um Minelli, Um Brandão, ai sim.

    Curtir

  30. Não sou advogado da Inglaterra, mas a seleção sub 20 inglesa é a atual campeã mundial. Atropelaram Argentina e Itália. Muitos jogadores são do Chelsea e Liverpool. O grande problema da Inglaterra é ter uma liga milionária onde os clubes compram jogadores de vários países e acabam não dando espaço para os atletas da base. Quando ao São Paulo, acredito que a solução além de uma mudança radical na gestão, passa por ampliar os investimentos na base é dar oportunidade aos jogadores. Exemplos atuais do Santos e Grêmio. Sobre o técnico Rogério Ceni, eu gostei muito do início do campeonato paulista, onde o time partia para cima do adversário e praticava uma marcação alta. Reveses acontecem, mas a filosofia não pode ser alterada. Sou a favor do time com dois zagueiros e dois meias.
    Os jogadores do meio campo tem que marcar, mas devem ter bom toque de bola, saber avançar e principalmente chutar de fora da área. Os laterais tem que cruzar com eficiência, os nossos são medianos. Com tantos jogadores despontando na base não temos “um centroavante”. O São Paulo devia se espelhar em trabalhos feitos no Barcelona, na seleção de base da Alemanha. Investir em preparação física, fisiologia. Desde a saída de Carlinhos Neves e do Doutor Turibio Barros o São Paulo morre em campo, além das contusões. Enfim a diretoria precisa reciclagem, cabeças novas, gestão corporativa, investimento sério na base. Time jogando no ataque e com “raça”, independente da pontuação no campeonato. A torcida vendo que o time joga sério, com vontade no ataque sempre dará apoio. Esse negócio de a cada ano trocar vários jogadores não funciona. Conjunto se forma com tempo e treino. Boa noite Hugo. Abraços a todos!

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s