Quantidade de estrangeiros no São Paulo mostra uma realidade

Amigos São Paulinos.

Uma coisa tem me preocupado com relação ao futebol brasileiro. Vivemos uma época de jogadores mimados e ruins, onde qualquer um se torna craque do dia para a noite. Se pegarmos os principais times, seus craques passaram dos 30, ou seja, são de gerações passadas. Fred e Robinho no Atlético, Diego e Conca no Flamengo, Luis Fabiano e Nenê no Vasco, Jadson no Corinthians e por ai vai. O São Paulo, não tem ídolos acima dos 30, mas só tem ídolo “gringo”: Cueva, Pratto, Lugano…

Vendo o São Paulo “ir as compras” me mostra essa realidade no país. Certa vez, um comentarista de uma rádio – que por mais que tenha razão me recuso a falar seu nome para não ter 7 anos de azar – disse, em 2014, que no Brasil não se faz uma seleção brasileira de 11 jogadores só com quem joga por aqui. E ele está certo! Temos bons goleiros por aqui, um ou outro zagueiro, um volante, um meia e dois ou três atacantes. E só. Arriscaria um time com Fernando Prass, Fagner, Rodrigo Caio, Maicon e Guilherme Arana. Jucilei, Felipe Mello, Diego e Lucas Lima. Robinho e Fred. E nem seria a seleção dos sonhos e provavelmente não chegaria a nenhuma conquista, o São Paulo está provando essa tese.

Das possíveis contratações do São Paulo para o meio do ano, pouco se vê de jogadores brasileiros. Talvez o Petros, mas os outros são estrangeiros. Jonathan Gómez, meia colombiano e Robert Aborleda, zagueiro equatoriano. Maiconsuel chegou, brasileiro, assim como apostas de Morato e Marcinho, mas esses não chegam como titulares – Maiconsuel sim – não são as contrações de peso que o time precisa, essas, estão vindo de fora. O São Paulo ficará com um elenco recheado de estrangeiros, nada contra, mas isso mostra a decadência do futebol nacional. Sonho Calleri, se tornou muito distante, mas seria mais um estrangeiro no time. Buffarini, Aborleda, Gómez, Cueva, Pratto, Lugano é quase um time. Isso porque ainda não vazou mais nada do São Paulo indo atrás de outros jogadores dos países vizinhos.

Quando São Paulo e Palmeiras brigaram por Dudu e Alan Kardec acendeu uma luz amarela no meu cérebro. Participei ao vivo do Na Geral (105 FM) na época, na Rádio Bandeirantes, onde debati com eles sobre isso. E os 3 concordaram, nenhum desses caras tem futebol para jogar em times como SPFC e Palmeiras. Ricardo Oliveira, 36 anos, “sonho do São Paulo ainda”. Joga muito, honrou a nossa camisa em suas passagens, mas não é mais o mesmo. Lucas Lima é craque! Jadson é craque! A imprensa ama idolatrar esses caras. Craque para mim: Zico, Pedro Rocha, Raí, Gerson, Sócrates, Cerezo, Neymar.

Rumo a 2018, vamos ver na Rússia não teremos um novo 7X1 porque aqui no Brasil a coisa está bem feia para os times…

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Coordenador do MBA de Marketing Digital e do MBA de Gestão Estratégica de E-commerce da Faculdade Impacta de Tecnologia. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova). Me siga facebook.com/plannerfelipe

Anúncios

148 comentários

  1. Além de outras coisas, os jogadores sulamericanos tem valor de aquisição muito convidativos, fora os seus salários tbm estarem mais acessíveis.

    Os bons jogadores brasileiros vão para outros centros, repatriá-los é caríssimo.
    Peguem o exemplo do Maicon… custou mais de 30 MI para trazermos, enquanto os Porcos trouxeram aquele Mina por muito menos e agora trouxemos esse Arboleda que tb custou pouco e tem muito a oferecer, inclusive com possibilidade de ganho futuro… A venda do Maicon, pelos valores mostrados foi um achado.
    O Cueva é outro exemplo… custou 8 MI, a prazo…

    Por essas e outras que bato na tecla sobre esses jogadores espalhados pelos clubes sulamericanos…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Bom dia à toda legião tricolor do planeta.

    Em relação ao tema proposto tenho algumas ideias, que dizem respeito à certas tendências consolidadas no mercado global de jogadores.

    O futebol brasileiro virou um grande embrião de jogadores, que batem e voltam algumas vezes na Europa …, ou giram em mercados menores.

    Antecipamos etapas e exportAmos jovens, e em muitos garotos …, que nem chegam a subir ao profissional no Brasil.

    O mesmo digo em relação à Cotia …, sua missão é o abastecimento do mercado global de jogadores e não o time do SPFC.

    Curtido por 1 pessoa

    • E no caso dos estrangeiros, viramos um grande entreposto, mercado experimental …, estoque de pé -de-obra , reserva técnica ou qualquer coisa neste sentido.

      Perdemos jogadores para Índia, Vietnã, Polônia …Cazaquistão e outros mercados i nexpressivos.

      Curtir

    • Concordo. Mas isso decorre da lei do mercado. Na Europa as negociações giram a casa dos 30m de euros por jogadores medianos.

      Então, compensa comprar mais barato aqui. E, para nós, compensa formar ou comprar mais barato para vender pelo que o europeu nos paga.

      Infelizmente, a desproporção financeira é absurda. O que precisamos é negociar bons valores e manter nossos melhores pelo máximo de tempo possível, formando uma espinha dorsal, esse é o grande desafio.

      Concordamos em alguns pontos, discordamos de outros, mas estamos unidos pelo amor ao São Paulo.

      Um abraço.

      Curtir

  3. Bom dia…

    Entendo o post mas não concordo muito (em alguns aspectos sim, em outros, maioria, não).

    Jogador brasileiro é mais caro que jogador de outro país Sulamericano e isso se dá por diversos motivos, em especial: a) nossa economia é melhor que a da maioria dos países daqui; b) os valores financeiros movimentados pelos clubes brasileiros é muito superior aos demais, o que reflete no montante cobrado aos clubes; c) nossos jogadores são mais cobiçados nos outros mercados e os valores pagos aqui não deixam de servir como “proteção”.

    Comprar bem é possível por aqui, mas depende de análise de mercado, especialmente vendo talentos novos e a dificuldade financeira de seu clube de origem.
    Se contratamos Arboleda por um bom valor, a Crefisa contratou Luan e Juninho também por valores próximos. Ou seja, quem estiver com dinheiro em mãos consegue fazer bons negócios.

    Utilização da base é essencial, seja para auxiliar na composição do time (vide grêmio com SETE titulares da base – e olhe que todos o Júnior Tavares deles – e fazendo uma reorganização financeira), seja como fonte de receita relevante (Flamengo com muito dinheiro por causa do Vinícius Júnior, Crefisa por causa do Gabriel Jesus, São Paulo tendo recursos para pagamento de dívida e reforços com as vendas de David Neres, Lyanco e Luiz Araújo).

    Curtido por 1 pessoa

  4. Não acho que o futebol brasileiro está em decadência. O campeonato brasileiro é que é decadente desde que a Europa mudou as regras e abriu as portas para os jogadores estrangeiros. Isso foi o marco divisório. Assim nossa mão de obra qualificada se mudou para onde tem o din din.
    Sobre a grande quantidade de jogadores sulamericanos no Brasil, ocorreu porque finalmente abrimos os olhos para essa oferta. E apesar da draga que o país vive, ainda temos a oferecer salários muito melhores que nossos vizinhos. E viramos escala para a Europa, ou, se o cara não atrai os tubarões do outro continente, fica aqui jogando seu feijão com arroz, mas com muito mais obediência tática e entrega do que os brasileiros.

    Curtir

  5. Serginho, essas reportagens que vc postou mostram bem o tamanho do ego desse cara que FOI um grande ídolo da torcida e hoje transformou se em um técnico inexpressivo e perdedor dentro do mesmo clube.
    E muito triste porém é a realidade. Por isso que o Marcão do Palmeiras continua como ídolo deles.

    Curtir

    • Marcão, ídolo? Há Há Há! Marcão é ídolo da torcida do Manchester United. Lá ele é celebrado como São marcos I e único mão de alface, há, há, há!

      Curtir

    • Quanta besteira voce fala. o badalado mano menezes está afundando o Cruzeiro com um elenco muito mais numeroso que o nosso. O Cuca não consegue acertar o Guarani.. Ganharam do patético Goianense na bacia das almas. Ceni é iniciante, começou muito bem, tem errado, é verdade, mas quem não errou depois de Muricy 2006-2008?

      Curtido por 1 pessoa

    • Marcos é ídolo do Palmeiras!!!! E onde está Marcos neste momento. O Palmeiras nem lembra dele.

      RC é odiado e tratado como arrogante por parte da mídia e até da torcida (a mídia influencia nisto) por não bajular a imprensa com respostas politicamente corretas, piadinhas, contar causos, etc.

      RC é idolo sim do São Paulo e isto é incontestável, assim como Zetti, Rai, Pintado, etc. Seus nomes estão na história do clube e formaram a grandeza do clube. As pessoas podem gostar ou não dos ídolos do clube, isto é gosto pessoal, mas daqui a 100 quando alguém contar a história tricolor, RC vai estar lá.

      Como técnico ele está como outros tentando achar a melhor formação, errando e acertando. E se até no Barcelona tem técnico que não dá certo (contratando todos os melhores do mundo) imagine no tricolor onde trocamos mais de 1 time por ano.

      Curtir

  6. Pra mim peder Maicon vai ser uma perda muito grande pela personalidade e futebol dele (mesmo em na fase) e vai ser difícil de repor. Prevejo problemas serissimos na defesa a partir de agora. Vai ficar um time sem personalidade, estilo do Adilson Batista, tomara que esteja errado, mas o que estava ruim vai ficar pior, não vai ser fácil sair dessa situação.

    Curtir

    • Concordo com vc Wagner, o Maicon não estava em boa fase, porém o seu comportamento de liderança dentro do time e dos jogos irão fazer muita falta.
      Vamos esperar que os novos jogadores que estão chegando possam suprir essa lacuna.

      Curtir

    • Mas, com toda essa movimentação de elenco, o foco da diretoria está no dinheiro. Estao pouco se lichando com título, time respeitável etc. Só não ser rebaixado para que a “banquinha” de jogadores funcione de novo daqui 6 meses que tá tudo certo.

      Curtir

    • Bobagem, Maicon pode ter sido bom jogador no início de SPFC, mas depois decaiu muito. Ele é bem inferior ao Rodrigo Caio. O Arboleda fará uma boa dupla com o Rodrigo e nem lembraremos da passagem do Bode of zaga

      Curtir

    • Jura, que você acha isso do Maicon?

      Porque ele foi banido do Porto?

      Porque em um dos jogos mais importantes da Libertadores foi expulso por agredir sem necessidade?

      E seus lançamentos, ele se achava o Gerson?

      Zagueiro mediado de cabeça fraca, ate mostrou uma certa liderança nada mais alem disso…

      Como também não acho o Rodrigo Caio tudo isso, nosso ultimo excelente zagueiro foi o Miranda.

      Curtir

  7. Eu tenho minha consciência tranqüila como torcedor São Paulino, sei diferenciar o Rogério goleiro com o Rogério treinador.

    Hoje minha forte crítica é ao Rogério Ceni treinador, pois o goleiro ficou no passado, acho sim ele hoje um dos maiores problemas da temporada, um fiasco sem precedentes, sendo um dos piores inicios de temporada dos últimos anos e pior, não vimos perspectiva de qualquer melhora.

    Curtido por 1 pessoa

      • Você tem todo o direito de não gostar do trabalho dele como técnico (e tem razão nisso), mas não precisa chamar de mico um dos maiores ídolos do clube, que sempre honrou nossa camisa. Falta de respeito total.

        Curtido por 1 pessoa

        • Respeito é o que essa molecada hoje em dia menos tem, Marcelo. Infelizmente temos um monte de torcedores agindo assim. mas são insignificantes na massa São Paulina

          Curtir

    • Mas é isso mesmo FBN parabéns por saber separar, infelizmente existe uma cultura no Brasil de não separar nada, põe tudo no balaio e joga no lixo. Separar o joio do trigo dá muito trabalho rsrs

      Curtir

    • Separar é essencial.
      Mas, a grande maioria das críticas é feita ao treinador. Seu despreparo, incompetência e desempenho.
      O problema é que a defesa dele mistura treinador e goleiro.

      Particularmente, ainda não vi um único aspecto positivo do trabalho dele nestes seis meses. Não tem nada que se tire de legado.

      Curtir

      • Se bola no pé fosse crendencial pra ser técnico, Pelé e Maradona treinariam as seleções do seus países e teriam varias Copas do Mundo ganhas como técnico.

        Ter sido craque nao te torna um técnico top e nem quer dizer que vc tem caráter.

        Fanatismo cega, RC continua arrogante como era na época de goleiro e como tecnico é legado zero.

        Curtir

  8. Espero sinceramente que a previsão do Wagner não se realize, pois personalidade ja vem faltando a tempos no time do São Paulo, muito tempo, mesmo na época do Rogerio Ceni goleiro( o que não falta é personalidade nele) o time ja se ressentia. Eu nunca vi o Maicon com esta personalidade toda, inclusive me parecia um cara que se abatia muito facilmente, quando estava bem , fazia até gracinha, mas quando errava não tinha força para dar a volta por cima, portanto não acho uma perda enorme, grande mas não enorme.

    Curtir

    • RC limava novas lideranças na época que era jogador, imagina agora que é técnico.

      Desde o Mundial que o time não tem jogadores com cancha do nível do Ceni. Naquela época ainda tinha Lugano, Amoroso, Junior, etc.

      Veja as declarações do Nem Franco que dizia que o RC era paneleiro.

      Depois, tecnico e jogador sempre abaixou a cabeça pro RC. Independente da pessoa, o clube não pode virar refém de ninguém.

      Escrevam aí, se ele não cair logo, vai virar um Wenger.

      RC nao vai ser um Ferguson, que levou o United a grandes conquistas, mas vai virar sim um Wenger, que vai nos transformar num time médio feito o Arsenal.

      Curtir

  9. Tricolores perto de SP, em São Roque tem um outlet chamado Catarina, tem uma loja da Under Armour, manja aquelas blusas top …vinho, preta e amarela….tudo baratinho…150, 170 reais…to fazendo propagando não…até pq não ganho nada com isso..kkkkk…mas é uma oportunidade pra quem acha bonito os agasalhos da ultima coleção do SP ….poderem comprar por um preço decente…são fantasticos…fica a dica…(fui la ontem e fritou o pobre do cartãozinho..kkkkk)

    Curtir

  10. Bom dia,

    O grande problema é que o futebol brasileiro já não consegue nem segurar mais a molecada de base. Hoje sonho de qualquer menino que começa no futebol e jogar nos grandes da Europa. São poucos que querem se profissionalizar no clube e chegar na seleção brasileira. A geração 7×1 está aí pra mostrar, muito mimimi, badalação, dinheiro e pouco futebol.
    Então sobrou olhar para os mercados vizinhos onde se encontram bons jogadores com valores condizentes com a realidade.

    Curtir

  11. Concordo com o escriba, ressaltando que as promessas brasileiras, antes de se tornarem craques já são vendidos, vide, Vinicius Jr., David Neres, Luiz Araújo, acho que Vinicius, que as pepas estão emprestando pro Barcelona. Philippe Coutinho foi vendido pelo Vasco com uns 15 kg a menos do que tem hj.

    A verdade é que o último craque que realmente jogou no futebol brasileiro foi o Neymar, Gabriel Jesus e mto bom jogador, mas pra mim ainda não chegou nesse estágio, mas ainda assim ficou praticamente 2 anos no palmeiras.

    Esse é o triste retrato do futebol brasileiro, se vão as promessas e retornam os medalhões.

    Curtir

  12. O futebol brasileiro acabou quando todos os times , principalmente os pequenos recheiam seus elencos de jogadores velhos ao invés de lançar novos talentos. O futebol brasileiro acabou quando não se preocupar talentos pelo Brasil a fora, simplesmente se espera que eles batam na porta para fazer “teste”. O futebol brasileiro acabou quando a renda principal e venda de jogadores não títulos,pois se recebe muito pouco sendo campeão.

    Curtir

  13. A verdade é que qualquer perebinha vira craque para a imprensa e passa a custar trocentos milhões de dólares. Vide o caso do novo Negueba do Flamengo (Vinícius Junior). Os estrangeiros além de custar mais barato, normalmente tem mais garra. Jogador brasileiro é cheio de mi mi mi. Pelo mesmo preço, prefiro mil vezes um estrangeiro que um brasileiro.

    Curtir

  14. Por mim o time seria metade estrangeiros e metade base. Jogadores razoáveis aqui no Brasil custam uma fortuna na compra e uma fortuna no salário, são sempre apostas. Os bons jogadores brasileiros estão na Europa e os oriundos da base sonham com a Europa e não em jogar nos grandes daqui. Jogador estrangeiro alia ao custo-benefício.

    Curtir

  15. Bom dia,

    Com esse elenco de hoje, com um técnico de verdade, não tenho dúvidas que alguma coisa boa viria…!!
    Dando uma olhada na tabela, a impressão é que o time vai ” passear ” naquela parte da tabela o primeiro turno…!!! se não melhorar é claro…!!
    Por mim, Dorival pra ontem…!

    Curtido por 1 pessoa

    • Toda a Comissão Técnica do Ceni é um desastre, ele próprio não sabe nada, dizem que seus dois gringos são puro marketing, o Zé Mário Preparador Físico é ruim, Preparador de Goleiros é da sua panela, sua indicações ídem…

      Cícero – inoperante e alto salário;
      Neilton – 1,5 milhão de prejuízo e ainda perdemos um bom volante, Hudson
      Sidão – Encostado
      Wellington Nem – alto salário, bichado, mal fisicamente e tecnicamente.

      Curtir

      • Procure um psicologo pra te ajudar a resolver essa rejeição com o Ceni?

        E o luis Araujo que o Rogério bancou e foi vendido por 10,5 vc não contabiliza isso não?

        O Marcinho hoje nosso melhor ponta que o SPFC pagou 200 mil de empréstimo e tem passe de 1 milhão vc não vai por na conta não?

        Vai se tratar FBN ..erros e acertos todos os técnicos tem torcedor de vitorias…..

        Eu torço pelo SPFC independente dos resultados sem me iludir com os erros que temos

        Curtir

  16. Contratação de estrangeiros também passa que eles são mais baratos que brasileiros do mesmo nível. Segundo que, por se tratar de outra escola de futebol, eles podem possuir algumas características que faltam aqui no Brasil. Já faz uns dez anos que não é revelado muitos centroavantes de excelente nível, a ponto do Diego Souza ser reserva da posição. Até acho que o Pratto hoje seria titular fácil da seleção se fosse brasileiro.

    Curtir

  17. A visão do post é limitada – o problema não é o futebol brasileiro – é a situação econômica e política do brasil – imagine se todo esse dinheiro que foi e vai para a corrupção fosse destinado a melhorias sociais e econômicas – economia forte – sociedade estável – salários altos – futebol forte!
    Quantos jogadores estrangeiros jogam na Alemanha e quantos alemães jogam fora da Alemanha? Argumento falho!!!

    Curtir

    • Todo esse dinheiro não iria pra isso que vc citou, iriam para o lucro das empresas e o superávit do governo, vivemos em um sistema capitalista onde gastar pouco com salários e melhorias é bom, apenas o suficiente pra manter tudo rodando, tudo é baseado em lucro.

      Curtir

  18. Tem muita gente falando do maiconsuel …calma muita calma esqueceram do Gilberto quando chegou ?
    Só ficava machucado e não jogava…depois virou nosso artilheiro…em falar nisso como anda a renovação dele e do Renan ? vão esperar chegar dia primeiro de julho pra eles assinarem pre-contrato com outros times?

    Curtido por 1 pessoa

    • Cara, você acredita que pensei nisso ontem também, eu particularmente gosto muito do futebol do Maicosuel, e me lembrei também do Gilberto nesse aspecto, acho melhor cuidar do cara 1 mês e tê-lo em boas condições no restante da temporada, do que perdê-lo a temporada toda, eu acredito sim nesse jogador, forte, guerreiro, boa finalização e experiente, exemplo do Sheik na Ponte sendo muito útil…..

      Curtir

  19. A culpa do brasil não formar mais jogador bom em uma escala maior é dos treinadores , desde a categoria de base até o profissional e dos empresários dos atletas , jogador que se acha claque sempre vai ter , mais o problema é justamente tratar o jogador como mercadoria e esquecer de lapidar e aprimora lo e orienta lo , um exemplo de jogador que tinha um grande potência que dificilmente é titular onde passa , o Henrrique Almeida que foi revelado aqui no são paulo , na primeira renovação já fez um monte de exigência , mesmo notando que não era um jogador que seria um titular absoluto e decisivo renovaram , oque falta a visão da maneira que se joga futebol hoje , o Henrrique tinha que ser treinado para ser um segundo atacante ou até mesmo um ponta como o Pato , sabia fazer gols mais como centravante era limitado , e agora como profissional não sabe jogar pelo lado de campo , então os times contratam ele porque faz gols , mais logo notam que ele não é centravante e não sabe jogar do lado de outro centravante , até colocam ele pra jogar com outro centravante , mais não consegue render e acaba indo pro banco , tinham que fazer com ele oque o Dorival fez com o Gabigol , ai nos vemos o Tiago Mendes , que todos concordam que com o Osorio jogando de primeiro volante jogou muita bola , mais ai ninguém coloca ele pra jogar ali , ai o time roda o mundo pra achar um primeiro volante , a ruindade dos jogadores é um problema na utilização do atleta e na sua formação , falta aqui no brasil também quem faça o jogador render , técnicos mais capacitados .

    Curtir

    • O auxiliar gringo do Ceni me deixou animado por causa disso.

      Achei que teríamos um cuidado melhor pra lapidar a base. Que finalmente teríamos um técnico com peito pra não se esconder atras de medalhões e lançar a molecada da base, que iria gerar mais frutos técnicos e financeiros.

      Mas vendo como o Ceni tem tratado a base … Moleque da base nunca entra, e quando entra é o primeiro a sair.

      É muita insistencia em Cicero, Wesley, Bruno, Lugano, Gilberto.

      Jogador caro tem que ser do nível do Pratto, que resolve. Pra ¨ fazer parte do plantel¨ traz jogador que está começando como o Marcinho e jogador da base. Esses moleques precisam ganhar grana pra dar casa pra mãe.

      Curtir

      • Luis Araújo não era da base?
        Militão, Júnior Tavares e Araruna?
        Shaylon, Lucas Fernandes e Brenner são veteranos?
        Tem torcedor que torce tanto para os garotos da base, que deveriam torcer apenas para o time da base, ja que a grande maioria dos garotos formados na base de qualquer time não dão em nada no time profissional.
        Parece uma tara por garotos que ninguém sabe se um dia vai ser um jogador mediano.
        Até pq está mais do que provado que quando o garoto é bom de bola, chega e joga sem sentir o peso, e isso são pouquíssimos que conseguem.

        Curtir

      • Wesley, Bruno, Lugano e Gilberto quase nunca jogam, ou pelo menos não são titulares, esse ano já tivemos, Luís Araújo, Militão, Brenner, Araruna, até Shaylon jogou, e ainda vamos ver o Lucas jogando. Em relação a base não vejo como criticar o Ceni

        Curtido por 1 pessoa

    • Pode ficar tranquilo, se for armador, gringo vai comer banco do Cicero =)

      Futebol moderno, sem armadores. Começa com 3 zagueiros pra tomar gol, depois põe 5 atacantes pra tentar o empate.

      Curtir

  20. Tem tantos estrangeiros (a maioria na faixa dos 25 anos, idade que já não interessa pra Europa) porque os diretores dos clubes brasileiros adoram uma comissão.

    Ganham comissão quando vendem as joias da base como o David Neres; ganham quando compram jogadores medianos como Petros e também ganham quando repatriam algum velho em final de carreira feito o Michael Bastos.

    Ao invés de incentivar a garotada da base, que ganha salários mais baixos, tem mais futebol que esses jogadores meia boca e que podem ser revendidos pra Europa por preços muito mais altos se amadurecerem aqui (veja o Luan do Grêmio).

    E isso não acontece só no SPFC. Veja o zagueiro Jemerson que hoje joga no Monaco. Quando era do Atletico MG foi emprestado pro Democrata, pegou banco de Rever e Leonardo Silva, ambos com idade avançada e cada vez jogando pior. No fim, jogou pouco pelo profissional e hoje está brilhando na Europa.

    Isso é pra acordar a torcida que comemora a venda do Boschillia e a vinda de Miguel Bastos. Traz o que a Europa não quer mais e manda a molecada a preços módicos.

    Curtir

  21. Felipe Morais. Indaga-se: Estaria certa a atual política de formação e venda de atletas do São Paulo Futebol Clube e dos demais clubes brasileiros?

    Temos a impressão de que seria muito melhor amadurecer os jogadores mais promissores (como já foi o caso do atacante Lucas, do São Paulo, vendido por 43 milhões de euros) e obter melhor preço de venda no mercado?

    Se um jogador bem formado pode chegar a ser vendido por 10 vezes mais, não seria melhor deixá-lo no clube para compor um bom time de futebol, como os da Europa, e depois vendê-lo? Afinal, bastaria apenas um jogador, dos muitos jovens valores, chegar ao ponto culminante para o clube recuperar o valor de 10 outros jogadores vendidos prematuramente; e, se os vendidos forem em número de dois, muito melhor – haveria a dobra da receita.

    Os clubes brasileiros, pela situação financeira difícil, fazem uma administração míope, sem visão de futuro. Preferem vender de imediato os jovens atletas, achando que não valeria a pena correr o risco de o jogador não vingar, quando seria possível amadurecer os jovens valores, montar grandes times de futebol e obter excelentes resultados financeiros com a venda de uma quantidade muito menor de jogadores. O importante seria vender, nos moldes europeus, não a “preço de banana” e de baciada, como vem ocorrendo no mercado brasileiro.

    Hoje, no São Paulo, o jovem Brenner que Rogério Ceni colocou em jogo, jovem de 17 anos e goleador nato, com a atual política será vendido prematuramente, mas a “preço de banana”. Se a política fosse outra, ele poderia ficar mais uns três ou 4 anos e ajudar na formação de um bom time de futebol, para depois ser vendido nos moldes de um Lucas, um Gabriel de Jesus, um Neymar. E da mesma maneira poderiam ficar mais tempo Júnior Tavares, Militão, Araruna, Lucas Fernandes, Shaylon, Léo Natel e outros, sem as vendas apressadas como as de Lyanco, David Neres e Luiz Araújo.

    Está na hora de as diretorias dos clubes brasileiros, em especial a do São Paulo Futebol Clube, tomarem jeito – É preciso mudar a política de amadurecimento e venda dos novos jogadores. Porque os dirigentes não sabem aproveitar os valores da base, não sabem lapidá-los (salvo raras exceções – Lucas, do Santos, Luan, do Grêmio) no time de futebol e tampouco sabem desfrutar dos verdadeiros grandes negócios na Europa.

    Assim, os clubes vivem num enforcamento financeiro perene, sem soluções criativas, sem visão de futuro e sem time de futebol à altura. Então vemos um campeonato brasileiro com times muito inferiores aos da Europa, com jogadores inexpressivos, veteranos que voltaram da Europa e estrangeiros cuja situação em seus países é pior que a nossa. A mudança depende da criatividade dos nossos dirigentes.

    Curtir

    • Os clubes não conseguem segurar os jogadores porque correm o risco dele simplesmente se recusar a renovar o contrato e ser levador de graça por um clube Europeu.

      Sem contar que hoje em dia todo jogador é fatiado e nem só o clube lucra com uma venda. O próprio Gabriel Jesus lucrou bem pouco para o Palmeiras que tinha uma porcentagem mínima do atleta.
      Por essas e outras que o Corinthians não se vê obrigado de lançar seus jogadores jovens no elenco principal…

      Curtir

  22. Do comentário acima, acho sim o Hudson “bom” volante, ano passado na Libertadores foi o volante que mais roubou bolas, para compor o elenco acho útil sim, entre péssimo, regular, bom e ótimo, eu classifico como bom tranquilamente.

    Curtir

  23. O texto não leva em consideração que hoje em dia o mundo e o futebol estão muito mais globalizados e existe a lei pelé que influencia em grande parte das negociações.

    Sem contar que ele é bem injusto ao comparar os jogadores de uma geração passada com os de hoje, acho difícil de competir com nostalgia e idolatria.

    Curtido por 1 pessoa

  24. Joaquim Paulino
    23 de junho de 2017 às 10:17 Responder
    Eu não apostaria, se fosse você. .Ninguém muda nada em 15 dias. A troca de treinador só pode ser em último caso, o que está longe de ocorrer.
    ————————————————————————–

    E como muda amigo, ambiente, motivação e metodologia de trabalho, etc.

    Tite assumiu a seleção na fogueira com os mesmos jogadores e rapidamente implantou seu método.

    Curtir

  25. Tenho certeza que os garotos lançados pelo Ceni (treinador) como Thiago Couto, Caique, Lucas Kal, Shaylon, Brenner e Léo Natel, é mais utilizado da sua parte como marketing do que própriamemente sabendo que vai aproveitá-los, até porque não se lança todos de uma só vez e uns em posições que há jogadores mais experientes que vão jogar, apenas para bater no peito e dizer “foi eu que os lancei ou eu fui o treinador que mais lancei garotos”, fica uma situação um pouco confusa.

    Curtir

    • Os jogadores que o Ceni lançou de fato foi (jogaram pelo profissional): Brenner, Shaylon, Natel. Porém Natel já voltou para a base para concluir a preparação profissional, Brenner também deve seguir o mesmo caminho. E tem o Perri também que foi integrado ao profissional.

      Quanto ao Kal, Thiago Couto e Caique foram apenas integrados aos treinamentos do profissional para completar o elenco reduzido por lesões e serem observados. Alguns ganharam chances de serem emprestados, outros voltaram para a base.

      Se eu estiver errado, peço que corrija.

      Curtir

      • Eu acho muito balela esse lance do retornar pra base pra concluir a preparação.

        Base é peneira, se mostrou qualidade, prorroga o contrato e sobe pro profissional.

        ¨Em teoria¨, o profissional tem melhor técnico, preparador fisico e o convívio com jogadores de maior gabarito só melhoraria o garoto. Estrutura melhor e ambiente mais competitivo só traziam benesses pro garoto.

        Até o Barcelona faz isso, dá rodagem pros garotos. Sergi Roberto e Bartha sempre iam jogando um pouco. Está goleando, entra pra jogar uns 15 min. Vai jogar contra o lanterna, põe um ou dois garotos de titular.

        Aqui moleque da base nunca joga. Não joga amistoso, torneio da Florida, Paulistinha. Não põe pra jogar contra os Avais e Atletico Goianiense.

        Curtir

  26. Foi divulgado nessa semana, um estudo independente dando conta que as finanças do clube, à despeito dos problemas estruturais existentes, melhoraram.

    O mesmo estudo aponta que a atual situação vivida pelo clube, fruto de todos os desmandos e bagunça protagonizadas nos últimos doze anos, impõe como alternativa de sobrevivência e única saída para recompor o fluxo de caixa, a necessidade de vender e vender, a todo momento.

    O grande problema nosso é esse, arrebentaram com o modelo e a estrutura que nos diferenciavam, e o que sobrou foi a necessidade de reconstrução total, e isso infelizmente, leva tempo e exige a adoção dos remédios, sempre amargos, e de conhecidos efeitos colaterais.

    Segundo matéria dessa semana, estaria o Pinotti promovendo aportes de recursos pessoais, propiciando a equalização do perfil dos juros da nossa dívida, o que certamente estaria contribuindo pra essa melhoria.

    E ainda assim, preferimos vê-lo como um playboyzinho mal intencionado, querendo aparecer e tirar vantagens.

    Fundamental a gente buscar entender o que fizeram com o nosso clube, e compreender o que de fato está sendo implementado para tirá-lo desse circulo vicioso.

    Estão vendendo porque há necessidade de vender, a situação impõe isso.

    O Maicon foi na mídia e disse que era mentira, que não tinha nada e não queria sair, e agora está de malas prontas.

    As informações dão conta que o Bielsa ligou para o Luiz Araújo, para atrai-lo e convencê-lo.

    A única saída do clube, no momento, é vender, e o grande desejo e objetivo dos bons valores, é claro, é fazer a independência financeira deles e suas famílias.

    Evidente que o certo é consolidar o processo de formação e transição, fazendo uso da base para qualificar o elenco principal e ganhar títulos.

    Obvio que o certo é manter e reter os bons valores, montando elencos balanceados e competitivos, trazendo sempre grandes jogadores.

    Mas, no momento, o SPFC precisa ser reconstruído, e o que mais nos importa é saber se existe um Projeto de Reconstrução que efetivamente esteja sendo implementado e conduzido.

    Não há a mínima condição de se pensar em reconduzir o clube para o vanguardismo de doze anos atrás, de fazer do Futebol Tricolor um Modelo e Espelho de Organização e de Gestão, sem antes promover uma completa reengenharia em nossas finanças.

    Sem antes arrumar a casa, nada se sustentará.

    Curtido por 1 pessoa

  27. A lei Pelé é de 20 anos atrás. Com ela os empresários deitaram e rolaram no futebol brasileiro. Agenciaram a quase todos os jogadores profissionais e depois os da base. Compraram ou criaram times de futebol. Abriram canais de comunicação com os principais mercados a nivel mundial, etc. Nesse período inicial, a moeda brasileira era forte. Alguns clubes começaram a se associar com empresarios e repatriar jogadores por salários quase nos níveis da europa. Depois disso, os salários nunca mais diminuiram. O que diminuiu foi o valor da moeda brasileira.

    Curtir

  28. Quem não gosta de ganhar uma grana a mais???? Isso não é exclusividade de brasileiro e não me venham falar em morar e um pais de primeiro mundo….. Se você pegar a seleção dos EUA tbm tem alguns jogadores que jogam na Inglaterra e na Alemanha…. Afinal aonde jogam Cr7, Bale ???? O Ibra é sueco que é um dos melhores países para se morar, pq ele não joga na suecia??? Todos são europeus e craques mas não jogam em seus países de origem, todo trabalhador almeja uma condição financeira melhor para sua família muito jogadores indo para a china… pq será???? O Dinheiro manda e o brasil não tem condições de bancar salários astronômicos…. por isso os grandes jogadores brasileiros passam pelo ápice da carreira jogando fora, para repatriar bons jogadores como Bruno Henrique(do santos ou do palmeiras) e Petros são gastas grandes quantias, o Jucilei será caro. No inicio dos anos 90 somente os melhores dos melhores saiam do brasil, em meados de 2000 os jogadores começaram a sair muito jovens, hoje em dia gastam milhões em jogadores como Maicon e Tiago mendes que são bons jogadores mas não conseguem ser protagonistas nem por aqui, mas são bons.

    Não sei dizer se o futebol brasileiro esta em decadência ou esta evoluindo ????

    Muitos dizem que o futebol europeu é o mais evoluído então peguei o melhor time da atualidade para dar uma analisada fria…..

    Real Madrid, time da final da champions… os caras tem 2 brasileiros e 1 costa-riquenho…. o real é espanhol mas no time são apenas 3 espanhóis sendo que apenas o Sergio ramos é top ???? Como um futebol anos lus a nossa frente depende de mais da metade de jogadores que não são espanhóis? Se for pegar o Braça nem se fala, a metade do time é sul-americano???

    Costa Rica – Keylor Navas
    Espanhol – Carvajal
    Frances – Varane
    Espanhol – Sergio Ramos
    Brasileiro – Marcelo
    Brasileiro – Casemiro
    Alemão – Kroos
    Croata – Modric
    Espanhol – Isco
    Portugues – Cristiano Ronaldo
    Frances – Benzema

    O Futebol lá é mais evoluído por causa da tática ou pq tem mais grana para contratar as grandes estrelas do mundo da bola???? Muda a escola, no brasil damos valor ao futebol mais ousado, no argentina o toque de bola e na europa a tática, não tem melhor ou pior escola.

    A uns 15 anos atras o Futebol italiano era o de ponta fato, o que aconteceu o futebol europeu não é o mais evoluído???? ou diminuirão o investimento por lá????

    O Futebol europeu é o melhor pq existem meia duzia de times bem administrados e com muita grana que podem contratar e escalar os melhores jogadores de toda a comunidade europeia fora alguns sul-americanos que conseguem dupla cidadania e não pq é mais evoluído ou coisa do tipo.

    Curtir

    • Se os Europeus pudessem ter apenas dois estrangeiros, jamais esses times seriam modelos de grandes times.
      E se a América do Sul conseguisse manter seus craques, teríamos sem dúvidas os melhores times na América do Sul.
      Sem contar que na Espanha os dois maiores recebem 10 vezes mais que os seus concorrentes , e isso faz diferença.

      Curtir

  29. Não só o São Paulo, mas o futebol brasileiro precisa ser reconstruído e isso faz tempo já, os jogadores mesmo da base preferem fazer carreira nos Chelseas, Barcelonas e PSGs da vida do que nos times daqui. E não se enganem, o único clube que (parece) ser bem administrado é a Chapecoense, pela reconstrução que teve, de resto, todos os times grandes estão uma zona!!!

    Curtir

  30. Se eu pudesse resumir os pensamentos escritos aqui eu diria temos que ganhar do fluminense no domingo eu não torço contra o SPFC e muito menos que está tentando fazer o melhor pelo time Rogério Ceni…..

    Curtir

  31. Vejo a maior parte do pessoal em dois extremos, ou querem a cabeça do Ceni, ou dariam a vida para ele seguir como nosso técnico. São apaixonados por futebol, apaixonados pelo São Paulo e além de tudo são seres humanos, diferentes e não podemos julgar nenhuma das partes. O que nos une é o amor pelo São Paulo e esperamos o melhor.
    Para mim, as primeiras impressões do Ceni foram ótimas e infelizmente em um clássico parece que tudo se perdeu. Se o primeiro Ceni voltar, merece continuar no cargo. Se continuar o Ceni de agora, talvez a troca seja melhor.
    Existem muitos e muitos casos, como a seleção que se recuperou após a chegada de Tite, ou ainda o Santos e sua melhora em tão pouco tempo, mas também casos como o próprio Tite que foi mantido no cargo e então foi campeão. Nenhum dos dois casos é certeza de sucesso, sempre será uma aposta.
    Gostaria de ver o Pintado como técnico, já que não temos muitas opções no mercado, ou até mesmo o Jardine. Gostaria ainda que o Ceni continuasse seus estudos, e no futuro, com mais preparo, tentasse mais uma vez. Afinal, o técnico do começo do ano deve estar estar em algum lugar, e ele tem futuro.

    Curtir

  32. Nos somos produtores de materia prima para o futebol. Essa é a realidade. Os mercados Europeus, chineses, asiaticos, etc tem maior capacidade de pagar , tem uma estrutura melhor e conseguem levar os melhores jogadores brasileiros com muita facilidade. Ficar resmungando contra as Diretorias dos clubes é bobagem. A lei de mercado impõe esse modelo de negócio.
    Lei Pelé – muita gente critica a lei Pelé, mais não tem a mínima idéia do que seja o teor da Lei Pelé. O modelo de contrato anterior era escravocata. Todos os direitos eram dos clubes. A Lei Pelé veio para colocar regras homogêneas entre as partes, até por que era obrigatório fazer isso , pois na Europa era o mesmo tipo de contrato, um jogador se rebelou contra o modelo, acho que foi conhecido coo a Lei Bosman, acionou a justiça , teve ganho de causa e a FIFA teve que reconhecer os direitos dos atletas .
    Atletas estrangeiros – Nos estamos contratando estrangeiros, não por que são melhores dos que jogam aqui, mais por que são mais baratos, essa é a realidade. Pode ser que no bojo das contratações aparecam algum acima da média, escondido aqui ou ali, mais se formos verificar na totalidade das contratações, o índice de acerto , considerando que veem pra serem titulares é de 2 em 10.. muitos ficam no banco de reservas e são descartados.
    Por que são tecnicamente iguais ou inferiores aos que estão aqui. por que o fenômeno de produção de jogadores para o futebol Europeu/chines e mundial. Mesmo dentro da Europa, somente os grandes centros absorvem os melhores . até os paises periféricos tem que se desfazer dos seus melhores atletas.

    Curtido por 1 pessoa

  33. Era tudo culpa do osorio
    Depois era tudo culpa do doriva
    depois era tudo culpa do bauza
    depois era tudo culpa do ricardo gomes
    agora é tudo culpa do rogerio ceni
    e se mudar, pode vir dorival junior, rueda, tele santana, vicente feola

    só vai mudar o nome que termina a frase

    Curtido por 1 pessoa

      • E muito torcedor que precisa torcer para o time indiferente de quem estiver no comando.
        Domingo passado, tempo ótimo , tarde ensolarada e só 22 mil no Morumbi com ingressos a 10 Reais.
        Domingo agora contra o FlorminenC vai ser por aí tb, o torcedor do SPFC só vai na boa, e isso faz tempo, na época dos primeiros Mundiais era a mesma coisa.
        E reclamavam do Telê bastante tb, inclusive pediam a sua cabeça quando perdeu o Brasileiro pra travecada, mas a diretoria segurou, não ouviu o burburinho de torcedores que nem torcer sabem, quanto mais definir quem é que serve pra ser técnico do SPFC, e deu no que deu, 2 Libertadores, 2 Mundiais, Brasileiro, Paulista, 2 Supercopas e etc.
        Torcedor bom é o que sabe torcer.

        Curtir

        • problema nao é torcer..o problema são alguns jogadores que o ceni nunca tira…mas espero que mude isso! ele omite o problema..por isso o problema continua..mas se ele começar a enxergar as coisas..é possivel…tudo pode mudar! o que nao pode é insistir no erro! sempre faz substituções ..a maioria equivocada..e escala alguns jogadores que só atrapalham! por isso o desempenho sempre fica a desejar!

          Curtir

  34. Fernando Prass, Fágner, Geromel, Rodrigo Caio, Arana, Jucilei, Felipe Melo(Douglas Silva), Diego, Robinho, Luan e Diego Souza.

    Quanto ao São Paulo…
    Só apertei o cinto e fechei os olhos, agora só estou esperando a pancada, tomara que no final do campeonato não sinta nenhum impacto.

    Curtir

  35. !967 foi a primeira vez que torci para o São Paulo ganhar um título, ue não acontecia desde 1959..torci para o São Paulo, para os jogadores que entraram em campo, Isso é torcer..o resto é querer ser critico de futebol, comentarista de resultados, desafeto de jogador ou de técnico.
    esse era o time em 1967 —Em pé: Renato, Edilson, Roberto Dias, Lourival, Jurandir e Picasso. Agachados: Walter Zum-Zum, Adilson, Djair, Nenê e Paraná.. Perdemos para a maquina de jogar futebol que era o Santos. fazer o que. ninguem ficou xingando jogadores, treinadores, diretores, etc. ficamos tristes porem a vida continua e o futebol e uma diversão, uma paixão,, nao pode ser o campo para destilar ódio.

    Curtir

  36. Triste realidade do futebol tupiniquim. Acho que tivemos grandes jogadores somente até a década de 90, onde dava gosto assistir até jogos dos rivais, hoje está dificil.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s