Planejamento ou Plano Eleitoreiro? A máscara caiu…

Em cinco meses, o planejamento do São Paulo para o ataque foi por água abaixo. Rogério Ceni contava com quatro peças de velocidade que se revezariam ao longo da temporada: Wellington Nem, David Neres, Neilton e Luiz Araújo. Hoje, duas delas já nem estão mais no clube, uma acaba de ser vendida e a quarta sofre tanto com lesões que não consegue engatar uma sequência de partidas.

David Neres nem sequer participou da pré-temporada, realizada nos Estados Unidos. Convocado para a seleção brasileira sub-20, o jogador chamou a atenção do Ajax, da Holanda, e acabou negociado por R$ 50 milhões. Na mesma época, o Lille, da França, apresentou uma proposta de R$ 20 milhões por Luiz Araújo. Mas Rogério Ceni agiu nos bastidores e conseguiu garantir a permanência do camisa 31.

Luiz Araújo ganhou aumento salarial, renovou seu contrato até dezembro de 2021 e virou peça importantíssima na equipe titular. Porém, os franceses voltaram à carga nas últimas semanas e, na sexta-feira, acertaram a contratação do atleta, pelo qual desembolsarão R$ 38,3 milhões. Desse valor, R$ 30,6 milhões entrarão nos cofres do clube do Morumbi – o restante ficará com o Mirassol, equipe que revelou o garoto. A tendência é que o camisa 31 faça sua despedida do São Paulo na partida deste domingo, contra a Ponte Preta.

Já Neilton pode ser tratado como um tremendo fiasco. Destaque com a camisa do Botafogo no ano passado, ele acabou envolvido em uma troca com o Cruzeiro, que ficou com o volante Hudson – hoje titular e peça importantíssima no esquema do técnico Mano Menezes. No entanto, o ex-santista não se adaptou no Tricolor. Tinha dificuldades para fazer o que Ceni pedia e, tecnicamente, também deixou a desejar. Acabou rescindindo o contrato após dez partidas, nenhum gol marcado pelo São Paulo e apenas uma assistência dada. Fez as malas e foi parar no Vitória.

Por sua vez, Wellington Nem, uma das grandes apostas da diretoria, vem sendo, por enquanto, uma decepção. As lesões perseguem o rápido atacante. Primeiro reforço a ser anunciado para 2017 – foi contratado ainda em 2016 -, ele começou a temporada como titular e, já na estreia do Campeonato Paulista, contra o Audax, sofreu uma lesão muscular na coxa que o tirou de combate durante um mês.

Quando voltou, havia perdido espaço no time titular para Luiz Araújo. Em um clássico contra o Corinthians, disputado no dia 16 de abril, pelo Campeonto Paulista, ganhou a oportunidade de começar jogando, mas se contundiu mais uma vez. Sofreu uma lesão no joelho direito e precisou realizar uma artroscopia. Já recuperado, tem realizado treinos físicos e atividades com bola à parte, para recuperar sua melhor forma. A tendência é que volte no jogo da próxima quinta-feira, contra o Vitória, no Morumbi, ou no clássico do dia 11, diante do Corinthians, em Itaquera.

Uma quinta alternativa também se encontra fora de ação por lesão: trata-se de Morato, que veio do Ituano após se destacar na primeira fase do Campeonato Paulista. Ele disputou a partida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, deixou ótima impressão, mas, durante um jogo-treino diante do Oeste, no dia 6 de maio, torceu o joelho direito. Operado, ficará sete meses em recuperação e só voltará aos gramados em 2018. Como seu contrato de empréstimo termina em dezembro, será preciso um novo acordo entre os clubes para que ele permaneça.

Sobrou a Rogério Ceni apenas Marcinho, reforço contratado junto ao São Bernardo, que se destacou nas últimas duas partidas, quando jogou improvisado como ala. Léo Natel, cria da base de Cotia, ainda é uma aposta. Chávez, que seria uma alternativa, recupera-se de contratura muscular na coxa direita. Mas, de qualquer forma, o atacante também está se despedindo do Tricolor, pois seu empréstimo termina no fim deste mês e o São Paulo não vai contratá-lo em definitivo.

E, como notícia ruim nunca vem de uma vez só, não é apenas nas pontas do ataque que Ceni deverá ter problemas. Lucas Pratto, o camisa 9 dos sonhos do treinador e da torcida tricolor, está na mira da concorrência. Segundo o representante do atleta, há uma proposta do Veracruz, do México, pelo centroavante argentino.

ge

Anúncios

27 comentários

    • Enquanto o Leco estiver na presidência do SPFC só acumulatemos insucessos.
      O Leco e sua diretoria são o maior câncer dentro do SPFC, só teremos sucesso após 2020 qdo essa corja for afastada do clube.

      Curtir

  1. Saíram David Neres, Neilton, Chàvez e Luiz.
    Chegaram Pratto, Thomaz, Morato, Marcinho e Centurión.
    Se é para ser justo, vamos colocar quem chegou também. Além da contratação e promoção do Natel.

    Curtir

  2. Caros, como disse em um post de ontem, ainda há meia dúzia que aparece aqui para fazer a defesa dessa diretoria incompetente, para se dizer o mínimo! É defender o indefensável! Sob qualquer aspecto que se analise é péssima. É praticamente uma década de lambanças!

    Criam um conselho, que não apita nada! Vendem vários jogadores da base quando estes deveriam compor o time!

    Me digam uma coisa: para que esse Leco quis continuar sendo presidente do SPFC? Para fazer esse monte de cagada!

    Que coisa! Estão tentando acabar com o SPFC! Um clube que antes era modelo e exemplo para todos, agora continua, mas no sentido inverso (negativo), ou seja, de como não fazer!

    Curtir

  3. Acho que o São Paulo como outros clubes brasileiros tem que ter fluxo de caixa por venda de jogadores, mas nunca pode superar mais que 2(dois) jogadores titulares por ano, senão nunca teremos um time base para disputarmos títulos. Sem chegar em grandes competições o time perde em marketing e em bilheterias.

    Curtir

  4. Reforços serão Wesley, buffarini improvisado, Thomas, ou seja, vamos nos salvar do z4 mais um ano meta atingida, e olha não me surpreende o leco fazer proposta tentadora ao volante Christian encostado nos gambás.

    Curtir

  5. Só o que me faltava o Cueva não jogar porque passou pomada/spray que não pode usar.

    Baita de um planejamento da comissão técnica, diga-se de passagem…

    Curtir

  6. Acreditar em Leco eh o mesmo que acreditar em Lula,Temer, Dilma, Aécio e Cia, são todos politiqueiros e só pensam no próprio umbigo.

    Pobre SPFC, vem passando um período nebuloso desde a volta daquele verme do Juvenal, que já havia arruinado o clube em 1990 e voltou pra terminar o serviço junto com esses escrotos que estão no poder.

    Curtir

  7. Leco só enganou e continua a enganar quem quer ser enganado, inclusive os Conselheiros, que deveriam ter vergonha de ter votado nesse cidadão.
    Independente de reforços, a temporada está perdida, será mta mas mta sorte uma vaga na libertadores. Na minha opinião tal desmanche nos leva mais perto da série B. Torcer pra ficar entre o 8 e 12 no campeonato, não correr riscos de rebaixamento e torcer pra acabar logo esse mandato do Lero Leco.

    Curtir

  8. Essa Turma do Leco, que deriva da mesma Turma do Aidar, que faz parte do mesmo Grupo do JJ, etc….etc…e etc… não é de fato o que se sonha e o que se espera em termos de Gestores para o Nosso SPFC !

    Mas, é o que se tem até a próxima eleição, ou pior, até que surjam novas e verdadeiras lideranças, pra fazer as coisas de um modo diferente !

    Aquele SPFC de 2005, daqueles áureos tempos, onde nossa supremacia prevalecia sobre tudo e sobre todos, por lá ficou, e o que nos restou, e juntar os cacos e reconstruir e reposicionar os rumos e caminhos desse GIGANTE que jamais se apequenará, independentemente de quem o dirige ou venha a conduzi-lo !

    O SPFC de 2005 não foi construído de uma hora para outra !

    A descontinuidade e os descaminhos que se sucederam de lá para cá, esses sim, implodiram tudo que havia sido edificado em termos de Gestão e Governança, degringolando por completo, o vanguardismo que norteava as ações de um Clube de Futebol, absoluta e verdadeiramente diferenciado !

    Não será, também, de um momento para o outro, que as coisas se reajustarão e serão reconduzidas para o Caminho da Gestão, indispensável para o reencontro de tudo o que se perdeu ao longo desses doze anos.

    Não será a política e nem tampouco a politicagem que reconduzirá o Nosso Glorioso Tricolor Paulista, àqueles tempos, de Espelho e de Modelo, que tanto nos favoreciam, em termos de diferencial competitivo.

    Nada, nenhum empreendimento, nenhuma corporação, empresa alguma progredirá, sem estabilidade econômica financeira, sem governança, sem um modelo de gestão, sério e profissionalizado !

    Não é coerente e nem sensato pensar em grandes times, em elencos fortes e competitivos, em ganhar títulos e mais títulos, ainda e a despeito de tantos anos de fila e de descontentamentos.

    Há que se ter juízo e responsabilidade, primeiro com o equilíbrio e a reconstrução da solidez das finanças, para depois, e somente depois, pensar e falar em competitividade e retomada do vanguardismo de outrora.

    O Estatuto é novo ainda, e ainda bem que fora reformado, o mesmo ocorrendo em relação a Estrutura e ao Organograma de Gestão, aos Conselhos.

    O que importa é saber, se os rumos e direções, são de fato aqueles que indispensavelmente terão que ser trilhados, para reencontrar aquele SPFC de 2005.

    Ainda bem, que temos uma Base que supre e retroalimenta o Time de Cima, com tantos e tantos valores, que se traduzem, ano após ano, em muita grana.

    O Caminha da Edificação foi longo, todos nós sabemos que sim, e o Caminho da Reconstrução, não será diferente !

    Não é a toa, que somos o Times da FÉ !

    Curtir

  9. Não temos gestão!
    Porque não temos administração!
    Administração compreende:
    1. Planejamento;
    2. Organização;
    3. Direção;
    4. Controle.
    Estão “tocando” um clube como nos anos setenta ou oitenta!
    Amadoristicamente!
    Pior qual é/foi a plataforma do Leco???
    Pretende e/ou vai fazer o que?
    Como?
    Quando?
    Qual é a dívida?
    Quando estará paga?
    O que vai fazer com o Morumbi? Estacionamento? Hotel?
    Como vai aumentar faturamento?
    Como vai diminuir despesa?
    Quando vai montar time pra ser campeão?

    Curtir

  10. Leco tá jogando muito mal, não consegue fazer gol, tá marcando pouco, parece ruim fisicamente. Tá sem raça e muito chinelinho.😂

    Um saco essa insistência em reclamar da diretoria. Agora a diretoria dos bandidos cariocas é sempre elogiada. Mesmo que a cada 3 meses um membro seja investigado pela Lava Jato. A pergunta é simples, quem será pior, a imprensa gambáfakenews ou a torcida que não apoia seu clube ? Aí está o segredo de Tostines.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s