Janela agressiva assusta e São Paulo tem dificuldade de encontrar reposições

Luiz Araújo, Thiago Mendes, Júnior Tavares, Rodrigo Caio… São muitos os de atletas de destaque do São Paulo que despertam o interesse do futebol europeu. Com o atacante já vendido para o Lille-FRA, o Tricolor já busca no mercado peças de reposição para essa e outras eventuais saídas.

“O mercado sempre oferece possibilidades de reposição, mas precisamos do lado financeiro. Se você está vendendo, obviamente não vai trazer um jogador mais caro do que o que foi negociado. Se alguma venda for feita, tenho certeza de que o São Paulo vai repor”, afirmou o técnico Rogério Ceni.

Conforme apurado pela Gazeta Esportiva, a negociação total por Luiz Araújo é de 10 milhões de euros (R$ 36,4 milhões), o que deixaria sete milhões de euros para o São Paulo. O Tricolor, no entanto, convenceu o Mirassol, dono dos outros 30% dos direitos econômicos de Luiz Araújo, a abrir mão de parte do valor para que a venda fosse realizada. Uma parte do valor será benéfico para a busca de reforços, como apontou Rogério Ceni.

No início da temporada, o São Paulo vendeu o atacante David Neres para o Ajax-HOL por R$ 50,7 milhões. Pouco depois, em estratégia para pagar dívidas e acalmar a torcida ao mesmo tempo, o presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, usou parte do valor para contratar o argentino Lucas Pratto. Assim, por conta das dificuldades financeiras do clube, Rogério admite que a equipe do Morumbi pode ter que vender mais jogadores.

“Eu acho que há necessidade, na maioria dos clubes brasileiros, de ser efetuada no mínimo uma venda no ano para equilibrar as contas, e isso não é exclusividade do São Paulo. Tem algumas exceções no Brasil, mas sempre trabalhamos com essa possibilidade. Asim, não posso dizer quantos jogadores sairão. Se algum atleta deixar o São Paulo, vamos ir no mercado rapidamente atrás de outro jogador”, completou Ceni.

Além de Luiz Araújo, o volante Thiago Mendes é outro tricolor que interessa ao Lille e pode ir para a França. As negociações pelo meio-campista, porém, não estão tão adiantadas e o São Paulo ainda não recebeu uma proposta oficial pelo atleta. O Tricolor detém 80% dos direitos do jogador, e aguarda uma proposta na faixa de seis milhões de euros (R$ 21,8 milhões).

O volante, que tem 20% de seus direitos ainda vinculados ao Goiás, é titular absoluto da equipe de Rogério Ceni, e já disputou 141 jogos pelo clube, anotando 11 gols. Atualmente, se recupera de uma lesão no joelho direito e iniciou os trabalhos com bola na última quinta-feira.

Outro atleta na mira da Europa é o lateral-esquerdo Júnior Tavares. O ala interessa ao Ajax-HOL, que já levou o atacante David Neres, mas o negócio até o momento não passa de sondagens da equipe holandesa.

A equipe do Morumbi ainda vive o risco de perder Rodrigo Caio nesta janela de transferências internacionais do meio do ano. Na última terça-feira, a Gazeta Esportiva já destacou com exclusividade uma conversa entre o zagueiro, o técnico Rogério Ceni e o advogado do clube, Alexandre Pássaro. Na ocasião, o trio passou alguns minutos isolado dos demais atletas e comissão técnica após o treinamento. Além disso, a renovação de Diego Lugano está indefinida e Breno foi emprestado ao Vasco da Gama.

Reposições complicadas

Já prevendo as possíveis saídas de Rodrigo Caio e Thiago Mendes, o São Paulo foi ao mercado para buscar ao menos um zagueiro e um volante, porém, a habilidade que o Tricolor demonstra em vender atletas, não se repete nas contratações.

Para a zaga, dois atletas foram analisados: Luiz Otávio, da Chapecoense, e Cléber, do Santos. O primeiro chegou ao Verdão junto ao Luverdense e se firmou como titular da equipe, desbancando o antes capitão Douglas Grolli. Com prioridade de compra, a Chape agiu rapidamente e adquiriu o jogador.

Já o defensor santista chegou a ser consultado pela diretoria do São Paulo, que nem sequer fez uma oferta oficialmente devido aos altos valores envolvidos a transação.

Na volância, o nome de Fernando Bob, da Ponte Preta, já era dado como certo no Tricolor, mas um imbróglio na negociação que envolvia o Internacional, dono dos direitos econômicos do atleta, acabou melando a transação. Assim, o nome da vez é o ex-corintiano Petros, que pertence ao Real Betis-ESP, mas acabou de renovar seu contrato.

Com Luiz Araújo, Rodrigo Caio e Júnior Tavares, mas sem Thiago Mendes, que se recupera de uma lesão no joelho direito, o São Paulo volta a jogar no próximo domingo contra a Ponte Preta, às 16h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O Tricolor chega ao confronto embalado pelos dois triunfos seguidos, contra Avaí e Palmeiras, ambos em casa.

GE

Anúncios

79 comentários

  1. É melhor um reforço ótimo do que dois mais ou menos. O resto a base completa. Podemos ir pro resto do ano com Renan, Sidao, Perri; Maicon, R. Caio, Lugano, Douglas, Lucao e Militao (sinceramente nao acho que precisamos de zagueiro); Buffarini e Marcinho (deixa eles de ala, esquece o Bruno, libera ele), Jr. Tavares e Edmar (sobe o Liziero e prepara pq de janeiro o Jr nao passa), Jucilei, Araruna, Cícero, Militão (compra um volante que chegue pra brigar por posição e sobe mais alguém, o Tom ou o Luizão (tá certo com o Porto mesmo?)); Cueva, Thomas, L. Fernandes, Shaylon (tá ótimo de meia); Nem, Léo Natel e Caíque (ou chega um titular, ou não vem ninguém, aposta na molecada); Pratto e Gilberto.
    Resumindo, precisamos de um ótimo volante e um ótimo segundo atacante. Só.

    Curtir

  2. Reproduzindo minha observação do post anterior, é lamentável observar que há muitos ainda que apoiam esse comportamento varzeano da diretoria. Ora, a cada semestre é um time diferente, vende jogador a baciada e nunca regulariza as finanças. Estes são os mesmos que depois xingam jogadores e comissão técnica. Não há como ter um time minimamente entrosado, se é essa zona a cada 6 meses.

    Zanquetta, o Leco não está caminhando para ser o pior da história, já é! E pior, sem sombra de dúvidas, é o mais omisso! Triste o que estão fazendo com o São Paulo!

    Se a ideia era economizar, bastava deixar a molecada da base (multicampeã) jogar com alguns experientes, pois ao menos gastariamos pouco com salários e contratações e teríamos um time mais entrosado e organizado.

    Curtido por 1 pessoa

    • A mesma coisa eu fiz no post anterior:

      Se as contas do clube estivessem claras para todos nós e tivéssemos previsão de quando quitarão as dívidas e não precisaremos mais vender jogadores todo ano.
      Se a diretoria viesse a público esclarecer que o momento é de austeridade financeira e que a partir da data X será ano de investimentos e títulos.
      E se estivessem respeitando o novo estatuto, trazendo profissionais experientes para a profissionalização do clube…

      Se não fosse tantos “SEs” eu estaria apoiando as vendas, que não são valores ruins. Mas no momento parece mais a farra do boi. A oposição foi calada com cargos na diretoria mais uma vez. Esta todo mundo recebendo salários e comissões.

      Devolvam meu São Paulo!!!

      Curtido por 1 pessoa

    • Concordo, lembrando que todo ano o papo eh o mesmo, vender pra cobrir dívidas. Só que as dívidas eles mesmos que fizeram e nunca diminui, só aument.

      Tem caroço nesse angu.

      Curtido por 1 pessoa

  3. Volantes – Aranguiz do Leverkusen , Petros do Betis , Rafael Carioca do Atlético MG , Otávio do Atlético PR , Douglas do Vasco , Bruno Henrique do Palermo . Como assim estão encontrando dificuldades ??? Cadê a habilidade para contratar ???

    Curtir

  4. Diretoria amadora e incompetente​, se não há reposição entao melhor não vender, segurar até conseguir repor. Hoje o SPFC não consegue negociar com jogadores e ainda tem dificuldade em manter elenco.
    Alguns afirmam que precisa vender para quitar as dívidas, desde 2014 ouço essa história, com os anos seguintes se agravando. Se realmente pagassem as dívidas, seja quais forem, a torcida estaria menos descontente. Porém sabemos que todo esse dinheiro vai para algum lugar, e NAO para eliminar dívidas.

    Curtir

  5. Cara… pra mim o Ceni tbm tá garantido até o fim de 2018 (isso se ele quiser kkkk), pois seria MUITO injusto mandar ele embora sendo q qualquer trabalho q ele estava realizando tem q ser reiniciado devido à renovação do plantel…

    Curtir

  6. O clube deve milhões a culpa é do Leco
    O Ceni escala mal, a culpa é do Leco
    Alguns atletas recebem propostas milionárias e pedem para sair, a culpa é do Leco
    O Ceni faz alterações equivocadas, a culpa é do Leco
    Os clubes pedem milhões de seus jogadores, a culpa é do Leco
    Contrata jogador caro, a culpa é do Leco
    Contrata jogador barato, a culpa é do Leco
    Renova com o Lugano, ex jogador em atividade e salário alto, a culpa é do Leco
    Não renova com o Lugano, falta de respeito com o idolo, a culpa é do Leco
    Vende para pagar dívidas, a culpa é do Leco
    Não vende, mas a divida cresce, a culpa é do Leco

    Curtir

    • Leco não se tornou incompetente depois que chegou a presidência do clube, ele conseguiu a proeza de ser incompetente em todas as funções desempenhadas dentro do SPFC. Óbvio que sua admiração pelo trabalho dele jamais o fará concordar com quem pense o contrario..

      Curtido por 2 pessoas

      • Kkkk
        Pois é Dênis…
        Tem gente que não reconhecerá jamais que o Leco é incompetente, por toda história dele dentro
        do clube aprontando uma atrás da outra… mas fazer o quê, não é mesmo?
        Tem gente que deve ter trabalhado na campanha dele e que vem defendê-lo com unhas e dentes,
        mas não convence quase ninguém…

        Curtido por 1 pessoa

    • Exatamente. Tudo é culpa dele pq as coisas não estão andando bem e ele é omisso e incompetente. Só age se for pressionado e é um cara q quer aparecer mais que o jogador. Ele é o gestor maximo,( ou deveria ser) e então é sua responsabilidade sim das coisas irem mal.

      Curtir

      • Ainda bem que a maioria aqui é sensata…
        Se o Leco fosse competente e corajoso, avisava o Ceni que a mudança de profissionais do DM
        e Preparação física é necessária e mais do que óbvia face ao problema crônico de contusões e
        queda dos atletas na parte física durante os jogos, e fazia o que tem que fazer um comandante!
        Se fosse honesto e corajoso teria chegado para a torcida em 2015 ainda e avisava “Esqueçam
        títulos até o final de 17. Vamos colocar a casa em ordem e fazer o que tiver que ser feito”
        Mas não!
        Fica embromando e empurrando com a barriga, assim como o JJ fez em muitas ocasiões. Essa
        lição ele aprendeu direitinho…

        Curtir

  7. pq tanto foco no são paulo? provavelmente nossos dirigentes devem oferecer os jogadores, tipo feira mesmo. nossa divida hoje é administravel, cuidado com esse papo. quem acha justificável não torce para o clube mas para uma instituição financeira.

    Curtir

  8. Quem tem que ser vendido, desculpem melhor dizendo SER DOADO é esse incompetente do Leco. (Acredito que ninguém vai querer nem de graca esse lixo).
    Esse é o maior câncer dentro do SPFC
    Fora Leco…… e não deixe de levar sua diretoria.

    Curtir

  9. Se essas vendas se confirmarem e fosse outro treinador dedicado a criar um sistema de jogo próprio , como o Ceni (se o esquema vai dar certo ou não é outra história), certamente pediria demissão como o Osório fez .

    Curtir

  10. Torcedores nao podemos deixar barato ou seja pressionar essa diretoria acomodada achar que esta tudo bem somos torcedores temos forca nao podemos ficar para tras de nossos rivais precisamos de um time competitivo!!!!

    Curtir

  11. Reposição para Luiz Araújo é o Léo Natel. Mas o SP precisa de mais um de velocidade, pode apostar também no Grabrielzinho da Linense. Tem apenas 21 anos. Se vender Pratto, não tem jeito, tem de trazer Calleri. Já o T.Mendes não vejo tão insubstituível assim, mas o Petros seria uma boa. E se não encontrar outra reposição para João Shmidt, vai de Fernando Bob mesmo. Um dia o Inter vai precisar de alguém e a gente dá o troco. Para a zaga só não pode vir o Cleber. Pow emprestar Breno e aposentar lugado para trazer esse cara não dá!

    Curtir

    • Concordo cobtigo sobre o Léo Natel,nunca vi jogar,confesso.. mas o LA não era muita coisa também antes de estreiar no profissional. Vejo muitos falando desse Gabrielzinho, e é outro que não conheço o futebol. Centurión com o Pratto do lado,dá uma pontinha de esperança de uma melhora, Pratto é o tipo de jogador que contamina o elenco com coisas positivas. E um que acompanho, e que seria uma grande aposta,sem nenhuma garantia de dar certo em um clube grande, e o Artur do Londrina, é jovem e vai pra cima,tem uma boa velocidade e drible.. vejo muito potencial nesse jogador..

      Curtir

  12. Torcemos para um time e não para uma instituição financeira.
    Se com as vendas vamos zerar as dívidas, espero que apartir de agora começamos a formar time
    competitivo e ganhar títulos.

    Agora sem dívidas precisamos de uma diretoria que entenda de futebol e ame o Tricolor não o dinheiro

    Dale tricolor

    Curtir

  13. Pra mim o são paulo não vendeu tão bem assim esses jogadores , não achei grande coisas os valores , pra mim o dinheiro do Araujo é um trocado , o pior de tudo pra onde vai esse dinheiro já que mentiram pra gente sobre a situação financeira do clube , oque eu vi o Leco falar era que a as dividas estavam renegociadas e equacionadas , se fosse assim não estariam tão desesperados assim pra vender os jogadores , já que no começo do ano foram duas vendas , vende bons jogadores simplesmente para fazer reposições com jogadores duvidosos não faz nenhum sentido . venderam Devid Neres veio Wellinton nem caro e machucado .venderam Lyanco e tentaram trazer o Cleber também machucado .

    Curtir

    • Quando vendeu o jogador da base que melhor se saiu ano passado e inicio deste ano, que é o Neres, recebeu um aporte financeiro que praticamente nao precisaria vender ninguém. Aí trouxe o Pratto que praticamente obrigaria clube a vender mais alguem.

      O problema é essa troca no meio de um campeonato, porque torcedor não entende a questão do entrosamento de um grupo, num esporte coletivo.

      Troca-se vários titulares e depois vamos reconstruindo ano a ano.
      Na época do Osório sairam tres titulares de uma vez. Aí remonta o time.

      Por isso defendi o projeto da oposição que era criar um fundo de 150k a 200k para acabar com as dividas bancárias e fazer um projeto de longo prazo. Dívidas caras corroem o financeiro que não está tão abonado com patrocinios baratos e não tão abundância de shows no morumbi.

      Curtir

  14. na boa eu venderia sim já nessa janela o Thiago Mendes e Rodrigo Caio.

    o primeiro a se fazer e segurar o Jr.Tavares e o Pratto. Tem que comprar o maximo possivel do passe dos dois para faturar mais em vendas futuras. Lembrando que caso o SPFC nao aceite a proposta de venda … o clube fica quase que obrigado a ”valorizar o atleta” com um aumento.

    o SPFC alem de comprar o Jucilei .. precisa trazer outro otimo volante para fazer parceria com o camisa 25.

    eu ia com tudo para cima do Wallace que era do Gremio e ta na alemanha … ”nao e dificil tirar jogadores dos clubes alemaes”. o Octavio do CAP e outro bom nome.

    Curtir

    • Toda venda é aceitável se for para o bem do clube (saneamento financeiro, por exemplo), se houver substituição a altura ou se qualificar o elenco em outras posições.

      Concordo com as vendas de T Mendes (80% de 8,5 E) e R. Caio (80% de 18 E). Compraria Jucilei e buscaria três jogadores da ponte (Ld, zagueiro e volante – Bob), aceitaria a troca do Hudson pelo Dedé (se aprovado nos exames clínicos) e iria atrás de Otávio ou Rithelly.

      Bem ou mal, o substituto do Luiz Araújo é o Centurión (melhor jogador do boca, quem sabe não rende agora). E, nesse cenário, não precisaria vender o Júnior.

      Pratto eu não venderia, salvo se não tiver jeito (existem cláusulas contratuais que obrigariam se houvesse interesse do jogador) e, mesmo assim, trazendo Calleri e Pato.

      Curtir

  15. Acho engraçado uma turma aqui defende a diretoria com unhas e dentes por negociar, pagar a dívida, eu pergunto por acaso foi eu que criei essa dívida no SPFC, eu e você que paga ingressos, compra camisa ?

    Curtir

  16. Jogão na Champions….
    Juventus joga num 3x4x3 com 2 centroavantes. Sendo um lateral/ala mais defensivo (que volta para fazer linha de 4) e outro mais ofensivo.

    Curtir

  17. Não tem nada a haver sobre o POST!
    Se o Casemiro voltar amanhã pro SPFC muitos vão criticar!! infelizmente a torcida do SP a maioria é assim!! É isso é falta de títulos e respeito aos q vestem o manto sagrado!!
    ABS

    Curtir

  18. O tecnico da Juventus demorou demais pra fazer as substituições.

    Mas também o Real tem um meio de campo perfeito, não perde uma esse meio de campo! Esse Modric joga demais!

    Curtir

  19. Acabou a Champions. Parece um outro esporte. E o Casemiro fazendo gol na final. Não sei se fico triste ou alegre. Porque não conseguimos fazer esse cara jogar aqui? Fora a roubalheira, o que há de errado com o nosso clube?

    Curtido por 1 pessoa

  20. E o Casemiro arrebentando.

    Mas no SPFC todo mundo é ruim e fraco…

    E o Ceni é um m… mesmo tendo que remontar o time no meio da temporada.

    A culpa é dele. Fora Ceni, narigudo arrogante.

    Curtir

    • Menos, bem menos… Não que seja irrelevante o fato das vendas, não seria justo fazer um balanço depois das perdas, mas não esqueça do primeiro semestre praticamente perdido que tivemos, sem padrão tático algum, um desastre em termos de resultado sem falar na humilhação da Sula.

      Curtir

    • Pois é…. O elenco é bom, o povo reclama demais.
      Quanto ao Rogério, ele ainda não demonstrou nada, pois o único “supostamente vendido” (Luiz Araújo) ainda não saiu e só voltou a ser titular no último jogo.

      Curtir

    • Sobre o Casemiro, sempre foi um jogador diferenciado, infelizmente nunca foi no São Paulo o profissional que é hoje. No São Paulo estava acima do peso e em diversas oportunidades mostrava displicência, por sorte acordou a tempo de crescer na carreira.

      Curtir

  21. Eu cheguei a pedir a saída do RCeni do comando do SPFC. Motivo, sua teimosia, essa que ele deixou de lado. Agora, atribuir certos adjetivos ao RCeni, os quais vc atribuiu, na boa, vc não é são paulino, arrisco a dizer que vc é curicano.

    Curtir

  22. Aquele Vitinho que está na Russia e jogou por botafogo e Inter seria uma boa opção pro lugar do L. Araujo. Sei que é díficil mas acho que centurion ainda pode vingar no Tricolor…

    Curtido por 1 pessoa

  23. Enquanto os clubes no Brasil não estabelecerem um teto salarial aos jogadores, essa pindaíba nunca irá acabar. Não faz sentido num país onde o salário mínimo não chega a mil reais, jogador de futebol receber 300,500,1000 mil por mês. Aqui não é a Europa.

    Curtir

    • Você tem que pensar que um jogador de futebol tem carreira curta – 15 anos no máximo.
      E os que ganham 300 mil são a minoria absoluta dos grandes times.
      Vai ver quanto ganha um jogador da segunda divisão do campeonato mineiro ou baiano.

      Curtir

  24. Uma jogada agressiva do Tricolor seria partir pra cima do Lucas Lima, que tem contrato só até o final do ano com o Santos, mas é dificil pra caramba uma negociação dessas…

    Curtir

  25. Lembro bem quando o São Paulo recusou vender Dodô em 98 e Miranda no último ano dele pelo SP, grandes jogadores que terminaram saindo de graça. Os valores oferecidos são excelentes para o clube, jogadores campeões em outros clubes são vendidos por muito menos, já no Tricolor nossos jogadores “valiosos)quando jogam mal são massacrados, humilhados e expulsos (vide Casemiro) pela torcida. No entanto, estes mesmos jogadores quando são reconhecidos por times do exterior e são vendidos, são venerados pela torcida, que fica indignada com a negociação. O São Paulo investiu milhões para obter estes resultados hoje, quando construiu o CT de Cotia que muitos criticavam por não dá bons jogadores. Para mim, foi certa todas as vendas agora, principalmente, por serem jogadores que nem titularidade possuíam, são apenas promessas e que podem não vingarem ou tornarem-se excelentes jogadores, mas os valores oferecidos são os de hoje, pelo que demonstram hoje. A grande questão não são as negociações, mas a incompetência da diretoria em dá eficiência ao dinheiro da venda, pelo grande endividamento do clube, percebe-se claramente a malversação destes recursos e a aplicação duvidosa dos mesmos em algo que beneficie o clube. Todavia, é necessário que cada vez mais haja o controle social em cima das nossas finanças e do nosso patrimônio. Na verdade, nós, torcedores investimos no clube, mas não cobramos dos dirigentes a transparência e a efetividade na gestão, temos culpa também, pois o São Paulo não é deles, mas sim de todos nós.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s