O S√£o Paulo n√£o conseguiu mostrar um futebol diferente daquele praticado no vexame diante do Defensa y Justicia, voltou a mostrar diversas falhas individuais e deu um alento ao Cruzeiro, outro que vinha em uma s√©rie de atua√ß√Ķes ruins. No est√°dio do Mineir√£o, o Tricolor foi v√≠tima de uma atua√ß√£o insegura dos zagueiros Maicon e Rodrigo Caio, e acabou sendo derrotado por 1 a 0 pelos donos da casa, com gol do argentino √Ābila.

O resultado é uma boa largada para os mineiros, que acabaram de ser eliminados da Copa Sul-Americana pelo Nacional-PAR, conseguindo defender o seu mando de campo na estreia do torneio nacional. Do outro lado, o clube do Morumbi terá mais uma semana cheia para tentar corrigir seus erros dentro de campo.

Na pr√≥xima rodada, os comandados de Rog√©rio Ceni, j√° eliminados das outras competi√ß√Ķes da temporada, ter√£o pela frente o Ava√≠, no est√°dio do Morumbi, marcado para segunda-feira, dia 22, √†s 20h (de Bras√≠lia). J√° Mano Menezes e sua trupe, que ter√£o ainda ao menos um jogo pela Copa do Brasil, contra a Chapecoense, no dia 1¬ļ de junho, visitam o Sport, no domingo, √†s 19h (de Bras√≠lia), na Ilha do Retiro.

Rodrigo Caio erra atr√°s, Cueva perde na frente

O primeiro tempo da partida no Mineir√£o pouco lembrou o duelo de tr√™s semanas atr√°s, pela Copa do Brasil, quando os dois times, principalmente o Tricolor, mostraram um futebol para frente, em busca de gols. Com novidades na escala√ß√£o, promovendo a estreia do zagueiro √Čder Milit√£o, em uma linha com Maicon e Rodrigo Caio, al√©m do meia Marcinho, os paulista preferiram fechar os espa√ßos a arriscar no in√≠cio.

Bem posicionados, s√≥ viram a Raposa levar perigo aos 30 minutos de bola rolando, por falha individual de Rodrigo. Ap√≥s chut√£o de Lucas Romero na defesa, a bola ficou tranquila para o defensor, mas ele deixou-a dar dois quiques e possibilitou a chegada de √Ābila. O centroavante fez o desarme, avan√ßou livre para a √°rea e chutou cruzado, parando em √≥tima defesa de Renan Ribeiro.

Pouco antes, em boa escapada do melhor s√£o-paulino em campo, os visitantes tiveram um lampejo. Marcinho recebeu pelo lado direito e invadiu a √°rea, cruzando rasteiro. Romero n√£o conseguiu afastar e a bola ficou para J√ļnior Tavares. Mesmo sem marca√ß√£o, o lateral esquerdo preferiu chutar com a perna direita, pegou fraco na redonda e viu F√°bio fazer defesa tranquila.

Passada a inseguran√ßa inicial, os tricolores se soltaram na parte final e, mais uma vez pelos p√©s de Marcinho, quase abriram o placar. O jovem ex-S√£o Bernardo conseguiu bom lance pela direita e cruzou na segunda trave. Cueva, livre de marca√ß√£o, tentou chutar de primeira, mas mandou para fora. No √ļltimo lance, Marcinho recebeu do peruano e cabeceou, mas viu o goleiro cruzeirense agarrar, assegurando o 0 a 0¬†at√© o intervalo.

Vacilo de Maicon define derrota do Tricolor

Os dois times mal tinham voltado a campo para a etapa final quando mais um erro do S√£o Paulo resultou na vantagem dos anfitri√Ķes. Maicon ganhou disputa de Alisson pela direita e, mesmo com a bola fora do campo, deu um chute para longe. Enquanto tentava se explicar para n√£o levar o amarelo, o defensor esqueceu-se de acompanhar Alisson, Henrique cobrou r√°pido e deixou o atacante livre para invadir a √°rea e servir √Ābila, sem trabalho para abrir o placar.

Incomodado com o tento sofrido, Ceni, que j√° havia sacado Cueva para a entrada de Luiz Ara√ļjo, abriu m√£o do terceiro zagueiro, tirou Milit√£o e colocou Thomaz no jogo. A ideia era ter mais profundidade em seu jogo, aproximando o meio-campo de Lucas Pratto, mas nada parecia dar mais √Ęnimo ao time da capital paulista.

O melhor lance de perigo, por sinal, se deu ainda nos minutos iniciais. Logo ap√≥s Arrascaeta receber dentro da √°rea e chutar fraco, perdendo boa chance, Luiz Ara√ļjo ganhou no corpo de Ded√©, colocou a bola na frente pelo lado esquerdo, invadiu a √°rea e chutou cruzado. L√©o conseguiu o desvio e mandou para a linha de fundo.

Incomodado com a apatia dos comandados, o treinador promoveu a entrada de Gilberto no lugar de Marcinho, que não conseguiu repetir o bom nível do primeiro tempo. Do outro lado, Mano recuou sua equipe, apostou em três volantes e conseguiu segurar um importante resultado para a combalida Raposa.

FICHA T√ČCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Est√°dio Mineir√£o, Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de maio de 2017 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
√Ārbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moisés e Michael Correia (ambos do RJ)
P√ļblico: 6.528 pagantes
Renda: R$ 125.549,00
Cart√£o amarelo: Rodrigo Caio (S√£o Paulo)
Gols:
CRUZEIRO: √Ābila, aos tr√™s minutos do segundo tempo

CRUZEIRO:¬†F√°bio;¬†Lucas Romero (Lennon), L√©o, Caicedo, Diogo Barbosa, Henrique, Hudson, Rafinha (Lucas Silva), Arrascaeta e Alisson; Ramon √Ābila (Raniel)
Técnico: Mano Menezes.

S√ÉO PAULO: Renan Ribeiro; √Čder Milit√£o (Thomaz), Maicon e Rodrigo Caio; Thiago Mendes, Jucilei, Jo√£o Schmidt e J√ļnior Tavares; Marcinho (Gilberto), Cueva¬†(Luiz Ara√ļjo) e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni