MEGAFONE: Cornetas desde sempre

Algo que eu gosto bastante de fazer é acompanhar os comentários dos torcedores tanto aqui no blog como nas redes sociais, para ter um termômetro de como anda a percepção geral a respeito do time. Foi assim que percebi que no começo de 2017 tudo era otimismo com a contratação do técnico Rogério Ceni, que como um Messias iria levar o São Paulo de volta a sua grandeza. Otimismo que se reverteu completamente com as eliminações no Paulista e na Copa do Brasil. Agora tudo o que Ceni faz e fez ao frente do time é errado, e tudo o que acontece no São Paulo é trágico. Confesso que acho muito engraçado estas variações de humor do torcedor. Lógico que como são paulino eu não estou nada feliz com as eliminações nem com a falta de títulos, mas minha constatação é que a maioria dos torcedores deseja algo que nunca aconteceu: que o time ganhe, aliás não só ganhe, mas que jogue bem em todas as partidas e dê a certeza de que será campeão. “Tinha que jogar que nem o time do Telê” e “Saudades do time de 2005” são comentários recorrentes.
Acompanhando tudo a respeito do São Paulo desde 1991, e tendo sido brindado com uma bela memória, posso afirmar com certeza: todos os times campeões do SPFC neste período foram muito cornetados. E só viraram motivos de exaltação dos torcedores depois que conquistaram títulos.
Mas o time de Telê não era absoluto? Pois em 1992, ele perdeu 5 jogos seguidos, incluindo um 4 a 0 tomado do Palmeiras (Ceni perdeu só de 3…). Houve ruídos de possibilidade de demissão do técnico. No Brasileiro daquele ano a classificação para a segunda fase foi difícil, lembro que os comentaristas diziam que aquele time era “bem pior que o do ano anterior”. Na última rodada da segunda fase, bastava ganhar do Vasco (que já estava eliminado) para ir a final com o Botafogo, mas o Tricolor tomou um sonoro 3 a 0. Depois que ganhou a Libertadores daquele ano aí sim aquele time encheu-se de confiança e se consolidou como um dos melhores de todos os tempos, sendo daqueles que eu vi o que mais perto chegou deste “absolutismo” que os torcedores tanto desejam.
Ah, outra coisa que percebo nos comentários: os torcedores só querem reforços de peso, já consagrados. Pois aquele time era repleto de jogadores que eram desconhecidos até chegarem ao São Paulo, vindo de times considerados pequenos: Palhinha, Ronaldo Luís, Adilson, Ronaldão…arrisco dizer que o único que tinha chegado ao São Paulo já consagrado era Muller, que retornou depois de passar pela Itália (depois da Libertadores veio Cerezo).
Passada a era Telê, veio uma ressaca bem forte. Penso na reação dos torcedores mais jovens, que hoje cobram que a classificação para a Libertadores no Brasileirão é uma obrigação por serem SEIS times, se passassem pelos anos de 1995 a 1998, quatro anos seguidos em que não nos classificamos nem para as fases de mata-mata. Detalhe: classificavam-se OITO times. E o Tricolor não conseguiu ficar nem entre os DEZ primeiros em nenhum destes anos, enquanto até Santos (num jejum bravo de títulos) e Portuguesa chegavam nas finais. Os reforços eram do nível de Sorlei, Sandoval e Lima. Ah se houvesse redes sociais…..
Aí em 2000 fomos campeões paulistas. Os torcedores de hoje vêem que aquele time tinha França, Edmilson, Marcelinho Paraíba, Belleti, Raí e dizem “nossa, aquele time era uma máquina”. Pois na época ninguém dava nada por ele, até as semifinais em que eliminamos o Corinthians. Antes disto, França era “pipoqueiro”, Raí era “velho”, Belleti era “grosso” e Edmilson, ah, este aí sofreu o diabo nas mãos da torcida. Típico caso de jogador que só virou “ídolo” depois que saiu do clube. Antes disto, teve Dodô, hoje celebrado como “artilheiro dos gols bonitos” mas que foi tão perseguido pela sua “falta de comprometimento” que após marcar um gol mandou uma banana para as arquibancadas do Morumbi (uma espécie de precursor do Michel Bastos).
Outro dia vi alguém comentando “Rodrigo Caio é zagueiro de condomínio, zagueiro bom era o Fabão”. Convido-os a imaginar que o São Paulo hoje contratasse Thiago Heleno, do Atlético-PR. “Lixo”, “Só joga em time pequeno”. Pois bem, era exatamente isto que se falava quando Fabão foi contratado junto ao Goiás. “Saudades do time de 2005, Luizão jogava muito”. Lembro de um torcedor no LANCE!, um dia após a contratação de Luizão, falando que “a contratação de um jogador em fim de carreira mostrava como o São Paulo estava se apequenando”. Era compreensível, vendo o Corinthians em tempos de MSI trazendo Tevez e Nilmar, enquanto nossas contratações eram Luizão, Mineiro, Josué, e grande parte dos jogadores como Danilo, Grafite e Cicinho já estavam em 2004, quando não ganhamos absolutamente nada. A torcida estava muito desconfiada. Deu no que deu.
A história mostra meus amigos, que nunca conseguiremos saber quando um time vai dar liga, quando um reforço vai vingar. É certo que a carência que vivemos diminui muito a nossa paciência, as decepções vão se acumulando ano após ano. Mas devemos ter muito cuidado para não detonar completamente um trabalho que ainda está no começo. Aguardemos o que vêm por aí no resto do ano. Será que no futuro os comentários serão “que saudades do time do Ceni”? Tomara que sim!
Abraços,
Rodrigo Leontino
Anúncios

75 comentários

  1. Voce tem razão. A falta de titulos diminui e muito a paciencia. Eu fui um dos que falei que o R.Caio é jogador de condominio. E confirmo aqui. Mas torço para que ele melhore. E acima de tudo, para que o time melhore e no futuro nos dê saudades ao lembrarmos deste time.

    Curtir

    • Boa parte dos meus comentários eu cito a épica frase, “Saudades do time de 2005”. Até 2009 mantivemos a base e desde então estamos sem paciência alguma! Perdi as contas de quantas eliminações precoce para times pequenos, com goleadas, sofremos. É duro ver os rivais todo ano ganhando título, tendo destaque na imprensa, patrocínios milionários e nós só vexame atrás de vexame e sempre a mesma desculpa, “em formação”. O problema é o seguinte, a gente desce a “lenha” na diretoria, mais vejo os rivais ganhando título com time inferior ao nosso. Vai entender…

      Curtir

      • Renato, os menudos do Cilinho e o timaço do Tele, alem do nosso expressinho que ganhou a Conmebol, foram times que deixaram muitas saudades.
        Mas é o que voce falou: times mais fracos, de muito menor expressão vão ganhando em cima da gente sem a menor cerimonia. Não dá pra entender como este time de Itaquera ganhou o campeonato. O nosso elenco é infinitamente melhor. Só posso pensar que seja o esquema montado pelo técnico. Alem de tudo, nossa diretoria, que já foi de causar inveja em todos os times do Brasil, hoje só nos faz passar vergonha atrás de vergonha. Só tem integrante da fila preferencial lá no Morumbi. Precisamos de gente mais nova.

        Curtir

      • Renato….usemos a frase antiga…”o buraco é mais embaixo” Nunca iremos entender muitas coisas que acontecem nas “masmorras” onde “domem” os dragões que guardam às “sete chaves” os segredos de tanta penúria que assola nosso amado SPFC.

        Curtir

    • É isso aí irmão…Vamos torcer incondicionalmente pelo “clube” dos dirigentes. O clube são deles, mas, o amor infinito pela história, camisa, jogadores, estádio etc… é nosso. E amor ninguém “rouba” de nós.

      Curtir

    • Ótimo texto. Meus parabéns a você. Uma otima reflexão para os amigos aqui do blog.. mais uma vez meus parabéns. Um dos melhores textos que ja vi nesse blog. E apenas uma parte a discordar.. com todo o respeito. Sou um torcedor de 24 anos, nasci em fevereiro de 93, e nao se pode generalizar sobre os torcedores jovens. Tenho lembrancas do SPFC desde 2001,era muito novo e são poucas essas lembranças, acredito q me tornei um tricolor de coração mais ‘lucido’ digamos assim somente em 2003.. pouquíssimo tempo perto da nossa historia. acompanhei a maioria das nossas glórias, e vejo alguns torcedores mais velhos, que além de achar isso algo que os torna mais sao paulino que os mais jovens, me parecem muito infantis em suas postagens..sem generalizar de forma alguma.. eh claro.Ontem mesmo fui chingado de imbecil e babaca por um torcedor de 40 anos aqui kkk. Comecei a amar esse time logo apos a final daquele paulista, q se nao me engano foi contra o corinthians, e perdemos.. entao sou sao paulino pra ! Vamo SPFC !!! É hoje.. com certeza o dia vai demorar muito pra passar kkkk FORÇA TRICOLOR ! Contra tudo e contra todas as midias !

      Curtir

        • A torcida do São Paulo é mal acostumada, geralmente começou a torcer pro time em épocas de títulos, e quando os mesmos não vem, é o caos. Vc citou o Wellignton Nem, mas se tem um cara que a torcida prejudicou, e torço para que o mesmo possa dar a volta por cima é o Lucão. Zagueiro que foi lançado como titular em uma época horrível com menos de 20 anos, quando o Lyanco (outro cara bom de bola) teve todo cuidado ao ser colocado em jogos mais fáceis. A torcida massacrou um, e elogiava o outro.
          A torcida lembra muito a “torcida do amendoim” que o Palmeiras possuía/possui, gente que só corneta e reclama, que não agrega nada. Reclamar, qualquer um reclama, agora reclamar com razão e mostrar lógica na reclamação, aí é para poucos.
          Mas uma torcida que vaiou Kaká, Dodô, Luis Fabiano e até o Rogério Ceni era questionado inúmeras vezes antes de 2004 (e tbm depois de 2012 na verdade), é muito semelhante com aquela que bateu em Wagner Love na saída de um banco. Eles não percebem, mas prejudicam, mais que ajudam.
          Eu lembro quando o Zetti saiu pro Santos, e o Rogério assumiu a titularidade, não concordei, gostava muito do Zetti, mas depois o tempo mostrou quem tinha a razão. E isso a torcida não dá, tempo, a torcida queria o Maicon, o SPFC, foi lá e comprou o Maicon, pelo post anterior, metade da torcida quer que o São Paulo perca dinheiro, mas que ele vá embora. A torcida queria o Buffarini, o SPFC foi lá e comprou o Bufarrini, agora ele não presta…. Vai entender, a torcida liberou Barrabás e crucifixou Cristo.

          Curtir

          • Concordo plenamente. Análise muito lúcida, parabéns. Se um dia nosos filhos e netod verem jogos desse citados, como kaka, melhor do mundo em 2007, jogou muita bola nessa vida ja..luis fabiano e outros.(LF jogou muito na seleção também, gostava muito quando ela era nosso 9 ) e comentarmos o quanto nossa torcida os criticaram.. inclusive que alguns foram chutados do nosso clube.. imagino q vão achar uma tremenda bobagem.

            Curtir

  2. Parabéns pela crônica.
    Concordo tanto com o que foi dito (embora acompanhe mais de perto o futebol de 98 para cá, dada a minha idade), que se dissessem que eu que havia escrito eu acreditaria.
    A velha história do sujeito que vira santo depois de morrer.

    Curtir

  3. Post perfeito para os momentos atuais.
    Eu também vi o time do Tele jogar..Talves por isso eu defendo tanto o Ceni… futebol vistoso, gostoso de se assistir e que com o tempo produziu grandes resultados…. aliás os comentaristas de resultado parecem alegres enquanto os amantes do bom futebol está vendo a luz no fim do túnel…. porque existe luz…se ganha títulos de muitas formas e se perde também…eu prefiro ser igual no velho oeste …morrer atirando…ou seja atacando.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Ser eliminado em casa por Penapolense, Ponte Preta, Bragantino, Juventude (série C) e Audax é normal, não sou corneta;
    Ser goleado pelo maior rival por 6 x 1 é normal, teve diretor que saiu sorrindo, é normal, não sou corneta;
    Ser eliminado em diversos mata matas´também é normal, não sou corneta;
    Ficar sem vencer um paulistinha há mais de 10 anos é super normal, continuo não sendo corneta;
    Ter vários treinadores nos últimos anos é normal, faz parte do planejamento, ´não sou corneta;
    Ter o Presidente expulso por corrupção é fato corriqueiro, normal, faz parte, não sou corneta;
    Anunciar que vendeu um zagueiro para o exterior (Rodrigo Caio) e depois o negócio é desfeito, não ridiculariza o clube, é normal também, não sou corneta;
    Ser derrotado em 80% dos clássicos nos últimos anos também é normal, continuo não sendo corneta;
    Ficar mais de 5 anos sem ganhar nenhum titulo, nem mesmo um Estadual, é super normal, não sou corneta;
    Aliás, se analisarmos o São Paulo Futebol Clube dos últimos anos, está tudo indo maravilhosamente bem, aliás, apenas lembrando, não sou corneta.

    Curtido por 2 pessoas

    • Acho bom dar uma pesquisada em como foi o negócio do R. Caio. O clube e o jogador nao tiveram culpa alguma… e alias, nunca vi alguém sequer tocar no assunto desde que ocorreu. Valencia tentou dar balão no jogador, o jogador não é trouxa e fim de história.

      Curtido por 1 pessoa

      • Não foi exatamente isso o que ocorreu. Pelo que ouvi falar, Aidar e Cinira pediram uma comissão por fora ao Atlético Madrid , o que acabou inviabilizando o negócio. Por isso, sempre faço a seguinte pergunta: ” Quando Aidar será preso?”

        Curtir

        • Bom. Tudo que foi divulgado foi que acertaram um salário aqui e quando chegou lá ofereceram o salário equivalente a um jogador de base, nem isso.. Bem diferente do que tinham combinado antes.

          Curtir

    • FBN, o discurso é para quem corneta jogadores ou treinadores que estão atuando. Não é e nunca será a melhor saída, cornetar jogadores do atual elenco, nem o treinador. Quem contrata jogadores e treinadores é a direção, portanto o foco das “chorumelas” tem que ser voltadas somente à direção.
      Às vezes pedimos…digo nós, torcedores mais “herados”…deixem RCeni trabalhar, deixem os jogadores que erram e erram muito, melhorarem com nosso apoio e nossas boas vibrações. Não será com xingamentos e desmoralização que mudaremos o panorama do time. Execrar jogadores é uma prática que muitos torcedores usam contra o próprio clube SPFC e já a muitos anos.

      Curtir

  5. Bem, a defesa até que está razoável mas contra fatos não há argumentos: Depois que o bandido e bebum JJ assumiu a presidência e foi sucedido por um corrupto ainda maior ( versão paulista de Sergio Cabral e Adriana Anselmo) Aidar e a namorada Taturana e agora com o incompetente Leco, NUNCA mais tivemos o prazer de ir aos estádios e sair vibrando, principalmente quando se joga naquela porcaria de itaquerinha e a palestrinha. É possível notar que quando o SPFC entra em campo contra esses dois times você tem uma certeza: Vai perder!!! Só não sabemos se é de chocolate ou não, mas quase sempre é chocolate!!! O time do SPFC quando vai jogar contra esses caras parecem que todos tomaram Lactopurga pois entram em campo se cagando! Todos!!!

    Curtir

    • Jairo, também torço e amo esse clube, torço por todos os profissionais que fazem parte, mas dizer que em 4 meses foi promissor, eu discordo, pode dar certo, pode, torço muito por isso, agora foram 4 meses de um trabalho muito confuso, 4 meses que nos custou 2 eliminações. Cada hora é uma escalação, substituições equivocadas, insistência em atletas fora de posição e em má fase, preparo físico ridículo, indefinição na titularidade no Gol, enfim, repleto de confusões e umas até amadoras, agora dizer que foi promissor eu discordo, se o RC for humilde em reconhecer seus erros e usar seus erros como forma de aprendizagem, eu confio, agora se insistir neste formato, ele não chega ao 2° turno do brasileiro. O tempo no futebol é muito limitado, errar faz parte do processo, insistir no erro é pura burrice. abs

      Curtir

  6. O problema não é a torcida, criticar ou não, fazer pressão e atrapalhar o coitadinho do jogador, nossa torcida é maravilhosa, estamos lotando os estádios, comprando produtos, etc. O problema é a gestão do clube que está falida, ultrapassada e isso reflete no time, Domingo teve um colega aqui do Blog que escreveu que o SPFC perdeu o DNA de time vencedor e é pura verdade, por isso que atletas saem do São Paulo e arrebentam em outros clubes, pois entram em um clima de clube vencedor, o que perdemos, esse trabalho o MAC sabe fazer. Casemiro andava em campo e hoje está em sua segunda final de Champions, o Maicon era o tal “fralda cheia”, campeão da Copa do Brasil e ídolo no Grêmio, Jadson era vaiado, Campeão Brasileiro pelo Curica, estava fora de forma e em 1 mês treinando, já voltou bem, entre outros. O que acontece minha gente com o São Paulo FC, aqui tudo é complicado.

    Curtir

  7. É dificil conceber que uma pessoa que passou a vida enteira fazendo algo de um jeito, seja capaz de fazer essa mesma coisa de uma maneira diferente. Nem com novo estatuto.

    Curtir

  8. Não vou ver o jogo porque estarei em aula. Espero que o SPFC faça um gol no inicio, senao será um “deus nos acuda”. Hoje em dia nao tem time bobo. Mas ainda existe time soberbo que acha que já ganhou. Humildade, dedicação e vergonha na cara, é o que eu peço a estes 18 jogadores.

    Curtir

  9. Boa tarde Nação Tricolor!!!
    Cara o Seu texto é ótimo, reflete muito bem o que pensávamos na época em relação ao time e as contratações que foram feitas e até mesmo aos jogadores cobrados pela torcida ( Dodô, França, Raí, Luizão e Fabão, mas me permita apenas uma constatação.
    Todos os times vitoriosos citados acima tinham um diferencial que a equipe de hoje não possui, um técnico experiente. Um técnico que conhece a montagem de um elenco, que sabe realmente o tipo de jogador que precisa para determinada posição e função tática.
    Com exceção ao time de 2000, cujo no papel acho que foi um dos melhores que montamos e assim como hoje em dia, não tínhamos um técnico experiente para gerir aquele plantel. (Oswaldo de Oliveira)
    Mestre Telê sabia muito bem onde encaixar o talentoso Palhinha, ainda que desconhecido e que ao meu ver formou a melhor dupla de meias que eu vi jogar no meu SP ao lado do Terror do Morumbi.
    Luizão era o Matador fixo na área que Cuca sempre disse precisar desde a libertadores de 2004 quando soube da saída de L. Fabiano.
    Fabão, Grafite,Josué e Danilo eram jogadores de confiança de Cuca nos tempos de Goiás.
    Ceni tem quem para trazer para render e dar a vida por ele? Lugano? Cicero?
    Por isso bato na tecla de que falta Canxa ao Mito, sua ideias são boas, mas acho que elas deveriam ter sido testadas em outros times antes de chegar ao Boing que é o SP.
    Torço para que dê certo, mas acho que Ceni AINDA, não é o piloto ideal para a maquina tricolor.
    Abraço

    Curtir

    • Cuca no São Paulo não era experiente, mas sim uma aposta pelo ótimo trabalho no segundo turno pelo Goiás no ano anterior. Apenas isso, e ainda saiu brigando com o Clube, o qual ele se arrependeu mais tarde.

      Curtir

  10. Penapolense, Bragantino, Juventude, Ponte, Avaí, Coritiba, Millionarios, Audax… deveria ser um mantra coreado antes dos jogos em lugar do Pai Nosso (com todo respeito).

    Curtir

  11. Eu oque falo dez do ano passa é que o time tem que jogar pra ganhar e queria um técnico nesse perfil , principalmente em jogos de pontos corridos e também em mata mata , como os times do Cuca , não vale apena empatar jogo , ter uma estratégia de jogo como a que tinha o Ricardo Gomes , de administrar resultado e jogar pelo empate , empate no ponto corrido é o mesmo que derrota , 3 empates vale 3 pontos , você arriscar em 3 jogos mesma que perca 1 e ganhe 2 jogos são 6 pontos , agora querer que o time jogue pra ganhar é diferente de jogar pra dar espetáculo , é adotar estratégia que te leve a vitória , mais no meu ponto de vista não tem nada ver com esse negocio que ao meu ver é um preciosismo do Rogerio de propor o jogo e na verdade ficar tocando a bola sem levar perigo ao adversário , ( pro técnico ter uma boa leitura do jogo e do adversário , e adotar uma estratégia que leve a vitória , jogar pra ganhar é muito mais importante do que propor jogo e usar apenas uma estratégia , pra mi Osorio tinha esse perfil ) , torço muito pro Rogeiro , e eu mesmo comentei no ano passado que contrataria o Rogerio sem medo , mais é notório que ele também tem que evoluir pra que o time também evolua . tomara que ambos tenham essa evolução .

    Curtir

  12. O time vem desde 2009 só apanhando dos rivais de 6, 4, 3, vem sendo eliminado pra time de segunda divisão, fugindo de rebaixamento, com uma diretoria amadora, e quando o cara reclama ele é corneta, modinha. O que o time fez em 2016 pra torcida ter a melhor média de público em 2017? NADA. O torcedor tem sim o direito de reclamar, deixar de apoiar não, mas reclamar sim, afinal, o que esse jogadores fazem que não temos o direito de reclamar? Vamos começar a dar mais raça, a ter mais amor por essa camisa, a honrar esse clube, depois sim, pode cobrar a torcida. Mais primeiro tem que mostrar pelo menos respeito pela história do MAIOR campeão do Brasil.

    Curtir

    • Concordo com vc. Mas o que vejo no texto é pelo trabalho que foi iniciado, reconstruído apos os vexames e goleadas como citados.
      A apatia de tempos atrás esse ano parece diminuída, tivemos sim problemas, pra mim pontuais. Sim a derrota de 3×0 e a eliminação de 2 competições com derrotas péssimas jogando em casa, devem ser sim bastante criticadas. Mas ainda sim deve-se dar mais tempo para a nova comissão técnica trabalhar.

      Eu mesmo vou reclamar quando perder, querer que mude escalação e sistema tático mas manteria tranquilamente técnico e elenco em caso de classificação de liberadores e chegar até as semi finais da sul americana. Agora se for eliminado na sul americana e lá pela 30° rodada o tive não estiver na zona da liberta ai sim precisaremos replanejar o futuro com novos nomes…

      Curtir

  13. Talvez o Rogerio queria a presença do Beale para ir introduzindo novos conceitos no time. A nivel de treino, parece que funcionou e vários jogadores falaram da novidade dos treinos, mas na prática isso nao apareceu como resultado. Essa experiencia que precisa o Ceni e Beale nao pode dar, porque a sua experiencia está nas categorias de base. Por isso, talvez, o Pintado teve mais presença. Apesar de toda paciencia e voto de confiança que parte da torcida damos ao Ceni, também queremos algum sinal de que as coisas estejam indo por bom caminho. As duas derrotas que eliminaram o SPFC foram muito duras para o projeto do Ceni. Hoje o jogo é muito importante e a vitória tem que ser convincente. Condiçoes, o time tem.

    Curtir

  14. Veremos o jogo de hoje, o trabalho pode até ser promissor, porém não dá para aceitar mais uma eliminação.
    Nas redes sociais já tem torcedor cogitando o Mano Menezes, prefiro a continuidade do Rogério mesmo. O time precisa de reforços urgente.

    Curtir

  15. Eu sou São Paulino mais de 43 anos , vi o time que tinha Careca , Silas, Muller e cia , vi Dario Pereira jogar , Serginho Chulapa , Pedro Rocha , Oscar , Rai , Kaká entre outros e sem querer comparar os times e os momentos , falando somente deste ano , pra mim o principal problema foi até aqui que o RC mudou seu pensamento e atitude no meio do caminho , até o jogo contra o Palmeiras , era gostoso ver o SP jogar um time com movimentação que precionava a defesa adversária fazias gols , porém acabava tomando vários gols sendo na maioria falhas individuais e de tanto a imprensa falar sobre os gols que o SP tomava e depois da derrota para o Palmeiras infelizmente o RC mudou o jeito do SP jogar e o time voltou a “jogar” do mesmo jeito do ano passado , ou seja um time previsível, parado , parecendo um time de pebolim , que ataca pouco e passou a tomar poucos gols , porém faz poucos gols tbm , virou um time qualquer.

    Curtir

  16. Frase pra hoje “vamos se classificar mesmo com a zaga ” 6×1″….”.Futebol é muito engraçado é legal por isso.cada um tem sua opinião e gosto.Tem uns que é mais apaixonados que outros.tem uns que fica nervoso na TV e outros assistem como se assistem a um filme.mas no fundo o objetivo é o mesmo ( se certo ou não é outro história), mas no fundo tods tem em comum o amor ao seu time,Cornetas ou robos,a família SPFC é o reflexo da sociedade com diversas personalidades.E viva o Futebol,pelo menos é uma forma de esquecer muitas coisas mais, e que na prática nos prejudicam muito mais.

    Curtir

  17. Esse período de 95 a 98 foi terrível. Morumbi interditado, tendo que colocar amortecedor. O que passamos hj nem se compara àquela época. SP tomou de 7 x 2 da portuguesa.
    O que deixa qq torcedor p Da vida é não enxergar onde o trabalho vai chegar, e ver Ceni mudando de postura no meio do Paulista.

    Curtir

    • lembro desse 7×2 pra Lusa que faseeeeeeeeee!
      Eu ainda tenho esperanças com o trabalho do Rogerio, acho até normal a mudança de filosofia no meio do Paulista.
      Acho q a avaliação tem que ser feita no inicio do 2° turno do brasileiro. Se estiver abaixo dos 5 primeiros e fora da sulamericana ai já pode começar a planejar o proximo ano com nova comissão tecnica e jogadores…

      Curtir

  18. Concordo em quase 100% com a coluna. Há de se compreender alguns casos da cornetagem, como quando tivemos Paulo Miranda e Edson Silva na dupla de zaga. Apesar de serem dois atletas sérios e firmes, que jogam muito além dos muros dos condomínios, nem time da Série B contaria com uma dupla de zagueiros de tão baixo nível.

    Concordo que teve muita gente boa que foi queimada aqui nos últimos 8, 9 anos, por falta de paciência do torcedor e incapacidade da gestão do futebol (Casemiro, por exemplo).

    Mas também tivemos e temos muita gente que nunca disse a que veio. Atletas sem qualquer condição técnica, como o Reinaldo, ou com zero comprometimento com o futebol moderno, como Cícero e Wesley.

    A torcida do SPFC, em uma parcela bastante “vocal”, é chata pra caramba, mas muita coisa acontece por falta de pulso também da direção, de não proteger atletas de potencial, assim como de não enquadrar vagabundos na linha, que fazem o que querem, como foi o Mimimichel Bastos durante todo o ano de 2016. Uma direção séria e com gente que entende de futebol jamais teria permitido a continuidade dele no clube depois de mandar a torcida calar a boca, ainda mais com outros clubes manifestando interesse no atleta.

    Perderam um jogador com mercado sem qualquer compensação por incapacidade, e ainda alimentaram um clima de animosidade do time com a torcida, além de dar brecha pra outros vagabundos se manifestarem de maneira semelhante. Alguém se lembra do Carlinhos xingando a torcida por ter sido vaiado e – em seguida – acertar 1 mísero cruzamento contra o poderoso Juventude? Pois é…

    Curtido por 1 pessoa

  19. O brasil ganhou 03 títulos mundiais com Ricardo Teixeira na presidência…Ele foi um bom presidente ?
    Antes eramos diferente na gestão e condução do departamento de futebol…hoje somos igual aos outros..a unica diferença e que os títulos estão raleando…futebol é dentro de campo a direção só atrapalha se deixar o salario atrasar aí meu caro vai pro brejo…e vender jogador importante em momento errado…. de resto é dentro de campo..nos treinamentos…e dia a dia.

    Curtir

    • Ricardo, procuro pensar de uma forma diferente, acredito que a gestão e condução do departamento de futebol de um clube é Muuuito diferente de uma seleção.

      Penso que a diretoria pode sabotar o próprio clube dependendo das negociações que fizer, desde os grandes jogadores até aqueles que carregam o piano que não aparecem pra torcida mas dá sustentação para que os demais, talentosos decidam.

      A nossa diretoria trocou a preparação fisica desde então, fomos lideres em contusões na coxa e no joelho ano passado, em um campeonato longo isso prejudica, a equipe é obrigada a jogar quase sempre desfalcada do seu titular

      Eu creio que a maioria das decisões da diretoria podem comprometer ou ajudar o rendimento de uma equipe ao longo do ano , ao longo de um campeonato principalment os de ponto corrido.

      Curtir

  20. Fica Maicon !
    Com Jucilei, Cueva, Pratto e Doutrinados pelo Mito seremos e Bi e Hepta este ano.
    Como diria nosso grande amigo Paulo: Nossa fé e paixão incondicional é maior que tudo !
    Força São Paulo !

    Curtir

    • Sou a favor da continuidade do Maicon

      Confesso que estou p… com a bolinha que ele tá jogando, mas sou partidário da politica de tentar recuperar jogador em má fase

      Só acho que precisamos de um carregador de piano, todo time campeão tem/precisa de um. Infelizmente não temos, o que
      tinhamos o RC trocou pelo Neilton (droga!)

      Curtir

  21. Pra eru achava o cruzeiro um super time o resultado está aí….

    A mesma coisa vai acontecer com o Small Chube time que não tem ataque e joga por uma bola no brasileiro vai passar apertado…

    O que me dá confiança nesse time e no nosso tecnico :

    1- O jogo de volta contra o cruzeiro foi um exemplo de superação e motivação depois de tanta critica pela derrota no Morumbi.
    2- Quantas vezes vimo nesses últimos anos o time levar um gol e não conseguir reagir morrer em campo?muitas….

    Agora chegou a hora de mostrar evolução …e tenho certeza que isso acontecerá….

    Curtir

  22. Concordo com tudo! destacando o trecho
    “A história mostra meus amigos, que nunca conseguiremos saber quando um time vai dar liga, quando um reforço vai vingar. É certo que a carência que vivemos diminui muito a nossa paciência, as decepções vão se acumulando ano após ano. Mas devemos ter muito cuidado para não detonar completamente um trabalho que ainda está no começo. Aguardemos o que vêm por aí no resto do ano. Será que no futuro os comentários serão “que saudades do time do Ceni”? Tomara que sim!”

    Curtir

  23. Enquanto não libertar o clube desses octogenários que se convencionou a chamar de conselheiros vitalícios não vamos sair disso. Enquanto o clube estiver nas mãos desses velhos trôpegos que lá estão há mais de 50 anos.e que quando um morre, entra seu filho, seu neto, ou seu genro no seu lugar transformando o clube em cia. hereditária, não vamos sair disso. Juvenal JuvÊncio, sem dúvida o pior presidente da nossa hstória se estrapolou e conseguiu colocar lá até sua Angelina Juvêncio 40 anos mais nova que ele, e que agora está também dando as cartas no clube outrora o maior do mundo e que hoje virou motivo de chacota para todas as torcidas rivais. Como se não bastasse, ainda colocaram um busto do JJ em Cotia. Durma-se com um barulho desse.

    Curtir

  24. “É certo que a carência que vivemos diminui muito a nossa paciência” Se as Pepas que são atuais campeões Brasileiros não tiveram paciência com o Eduardo Batista, porque nós que não ganhamos nada a 4 anos temos que ter quando estamos vendo que o caminho que o RC esta seguindo não chegará a lugar algum? isso não é ser vidente, mas é notório ver que não dará certo! não temos margens para apostas (Ney Fraco,Ricardo Gomes, Doriva, Osório, Bauza e agora Ceni), temos que ter alguém que sabemos que irá emplacar em um titulo ou outro ao menos! esta certeza já se foi que era o Cuca, agora é rezar para que o Estagiário Ceni cale a minha boca! estou torcendo para isso mesmo sem grandes esperanças.

    Curtir

  25. Existem cítricas justas e injustas. Tem bons trabalhos com erros pontuais, que são objeto de crítica. E trabalhos ruins, fracos ou medianos, passíveis de criticas maiores.

    O trabalho do Ceni tem potencial, mas se perdeu no caminho. Dá para recuperar? Sim, basta acreditar na filosofia inicial e ter humildade (ou menos teimosia) para acabar com improvisos ridículos.

    O trabalho do tele pode não ter tido resultado em um determinado momento, mas havia padrão tático e um trabalho sendo evoluído (não regredido). Analisar trabalho não se limita a resultado.

    Achei o post desnecessariamente agressivo. Não vejo necessidade em polarizar (corneta e não corneta) para pedir apoio, pois os mesmos que criticam um ou outro ponto não vai deixar de torcer (e muito) pelo time.

    E, já que se quis “qualificar” assim, faltou falar do corneta máximo. Aquele que reclama de qualquer ato da direção (mesmo quando era a favor antes de ser feito) só pelo dom de reclamar. Rsss

    No fim, todos possuem algum motivo para reclamar (ou os criam, conforme o caso) e, graças a liberdade de expressão, podemos fazer desde que respeitosamente.

    Curtir

  26. Mudando de assunto, que jogador aquele do Atlético Nacional Hein!
    Andrés Ibargüen
    Nascimento: 7 de maio de 1992 (25 anos), Cáli, Colômbia
    Altura: 1,68 m
    Peso: 64 kg
    Posição: Atacante
    Time Atual: Club Atlético Nacional S.A.
    outro que gosto é:
    Macnelly Torres
    Nascimento: 1 de novembro de 1984 (32 anos), Barranquilla, Colômbia
    Altura: 1,7 m
    Nacionalidade: Colombiano
    Peso: 72 kg

    Alô Diretoria…….

    Curtir

  27. “Sebastián Pérez ameaça sair do Boca Juniors por falta de oportunidade”
    Alô diretoria, coloca no pacote do Centurion ….. Ótimo jogador!!!!

    Curtir

  28. RCeni tem capacidade intelectual para treinar o time

    Mas precisa também descer um pouco do sapato alto, corrigir alguns conceitos, aceitar que algumas coisas não saíram como ele planejava, alterar rumos

    Menos é mais, Rogério

    Curtir

  29. Qto a cornetagem, a torcida pode fazer tudo aquilo q quiser, óbvio sem violência, afinal ela sempre está apoiando na hora da bola rolando

    Torcida tem sido nota 1.000

    E tem q cobrar mesmo!!!! Firme

    Curtir

  30. O problema é a falta de resultados no final, quando começou o ano e as vitórias começaram a vir, veio a confiança junto. Aí começa os tropeços na hora h, aí a esperança diminui ou acaba e começa a “cornetagem”. Mas hoje começa uma nova era, rs.

    Curtido por 1 pessoa

  31. Para mim criticar não significa não apoiar, não torcer.
    E qual é o limite da tolerância? A partir de qual momento as críticas passam a ser justas, ou criticar nunca vai ser um ato justificável?
    Tema difícil de ser discutido hein…

    Curtir

  32. Belo texto. As derrotas já começam pela torcida que é só pressão negativa.
    Alguns dirigentes chegaram com seus aparatos e com toda arrogância destruiu anos e anos de estrutura física e emocional que havia no SPFC. Preocuparam só com suas vaidades e acharam que o clube jamais fosse a “bancarrota”. Subestimaram os adversários, assim como a própria CBF em relação aos países europeus na época dos 7×1 (vergonha). Como esperar um time “cascudo” e que honre com sangue nosso manto se nem os “donos” do próprio clube pensam assim. SPFC deixou de ser referência não pelos jogadores que aqui estão ou estiveram, e nem pelos treinadores que tentaram com seus métodos mirabolantes voltar o futebol vistoso e “gostoso” de ser assistido tando nos estádios quanto pela TV. Como diz o amigo Paulo Scala, essa nuvem negra há de passar e que o sol brilhe novamente nos gramados do Morumbi.

    Curtir

  33. concordo com o autor do texto, mas agora são outros tempos.
    na década de 90 as redes sociais não existia, e no começo dos anos 2000 estava engatinhando,por isso tudo hoje toma proporções maiores que naquela época.

    Mas sempre existiu a “cornetagem” rsrs…em todos os times. O problema é que eu nunca vi uma fase tão ruim assim no SPFC. Eu não sou muito velho, tenho 37 anos, mas pode perguntar para quem tem mais de 50 ou 60 anos, acho que todos vão concordar, essa é a pior fase do SPFC desde 57-70 quando o clube ficou 13 anos sem ganhar títulos, mas tinha uma boa desculpa, a construção do Morumbi, onde a maior parte dos recursos estava indo para a construção do estádio.

    Na década de 90 quando o palmeiras dominou por causa da parmalat, e o SPFC perdeu o Telê e tava colocando os amortecedores, ficou meio sem grana, veio uma fase meio ruim do clube, mas mesmo assim a cada 2 anos o SPFC ainda conseguia ganhar nem se fosse um paulista pra não passar em branco.

    Oq eu vejo agora é muito pior que simplesmente uma “fase ruim”, é muita falta de organização no clube, falta de vergonha na cara, corrupção, falta de planejamento e arrogância ao extremo em reconhecer que diretores e cardeais estão errando, e precisam se reciclar e melhorar, mas não fazem isso.

    Por isso chegamos nesse ponto, apenas 1 título em 8 anos, é muitíssimo pouco para um clube tão grande como o SPFC.

    Eu mesmo corneto a nossa diretoria, a frouxidão deles em NÃO tomar decisões, preferem ficar na inércia, escondidos nas derrotas, e oportunistas nas vitórias. Mas vou dar todo o respaldo ao Ceni, não pela figura que ele foi dentro de campo, mas pq to cansado de demissões de treinadores no SPFC, vi que não funciona isso

    e outra, acho que o Ceni tem boas intenções e quer levantar o futebol do clube, tem uma visão de jogo moderna, sim precisa de corrigir algumas coisas e parar com algumas teimosias, mas é são paulino de coração, tem vontade de vencer, e é nisso que estou me apegando e acreditando, então só me resta torcer.

    Curtir

  34. A torcida é burra assim mesmo, não é só por aqui. Cabe a diretoria não ser frouxa e ceder. Fico louco de ver os comentários sobre Thiago Mendes, Rodrigo Caio, Luíz Araújo, entre outros.

    Curtir

  35. Concordo em parte. Torcer é isso – reclamar, exigir empenho e acima de tudo raça. O São Paulo de hoje não tem nada disso. Tanto é que ao vê-lo entrar em campo não crio qualquer espectativa, pois ultimamente é só decepção. O pior é que sai jogador, técnico…nada muda, o time continua apático, principalmente em decisões.
    Podem me chamar de corneta, acompanhar o São Paulo hoje é tarefa duríssima.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s