Em regime de treinos desde o dia 26 de abril, o São Paulo voltará a disputar uma partida nesta quinta-feira, a partir das 21h45 (de Brasília), no Morumbi. O adversário será o argentino Defensa y Justicia-ARG, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana.

A modesta equipe do distrito de Florencio Varela, localizado ao sul da Grande Buenos Aires, defende uma invencibilidade de cinco partidas, que come√ßou com o empate sem gols diante do Tricolor, em Lan√ļs, no jogo de ida da eliminat√≥ria.

Depois do duelo com os brasileiros, o Defensa y Justicia empatou com o Olimpo (1 a 1) e venceu Uni√≥n (2 a 0), Lan√ļs (1 a 0), atual campe√£o nacional, e Belgrano (1 a 0), pelo Campeonato Argentino, do qual √© o 14¬ļ colocado. J√° se passou mais de um m√™s desde o √ļltimo rev√©s, a derrota por 1 a 0 para o Boca Juniors, em La Bombonera, em 1¬ļ de abril.

Por isso, o t√©cnico Rog√©rio Ceni reservar√° os √ļltimos dias de intertemporada para treinar o S√£o Paulo exclusivamente para o embate com os argentinos.

‚ÄúVamos trabalhar na segunda, ter√ßa e quarta para o jogo contra o Defensa, que vem jogando bem, vem de tr√™s vit√≥rias no Argentino, sem perder nos √ļltimos cinco jogos. √Č um time que joga no 3-5-2, diferente dos times do Brasil‚ÄĚ, afirmou o comandante tricolor.

O que preocupa Ceni é o desempenho do time em confrontos eliminatórios no Morumbi, onde perdeu por 2 a 0 para Cruzeiro e Corinthians, pela Copa do Brasil e Campeonato Paulista, respectivamente. Antes de pegar o São Paulo, o embalado Defensa y Justicia receberá neste domingo o Godoy Cruz, pela 23ª rodada do Campeonato Argentino.

‚ÄúNesses 15 dias que est√£o se acabando tentamos fazer alguns testes e dar equil√≠brio a alguns jogadores que estavam abaixo fisicamente. E taticamente desenvolver duas situa√ß√Ķes de jogo para melhorar nosso n√≠vel de cria√ß√£o e aumentar as oportunidades de gol contra os times que se fecham no Morumbi‚ÄĚ, concluiu Rog√©rio Ceni.

GE