Militão oficializado nos profissionais engrossa o coro da base no São Paulo

Éder Militão chegou devagarinho, mansinho, fez um treino aqui, foi relacionado para um jogo ali, e agora é, definitivamente, jogador da equipe profissional do São Paulo.

Essa foi a primeira mudança no elenco depois das eliminações no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil. Um misto de prevenção pela iminente saída de João Schmidt e admiração pelo futebol do garoto.

Antes mesmo de ser contratado para comandar a equipe, Rogério Ceni passou semanas no CT de Cotia e observou as equipes mais jovens, como parte de seus estudos.

Desde então, Militão o impressionou. Zagueiro e volante na base, ele deverá ser efetivado no meio-campo. É onde Ceni mais precisa, já que tem mais defensores, mas sua versatilidade será um trunfo.

Com a presença de Militão, nome frequente nas convocações para a seleção brasileira sub-17 e também já chamado à sub-20, o São Paulo passa a ter em seu elenco principal 12 jogadores com passagem pelas categorias de base.

Alguns que vieram tardiamente de outros clubes, como Júnior Tavares, que chegou a atuar profissionalmente pelo Grêmio, e outros que tiveram a maior parte da formação no Tricolor, como o zagueiro Rodrigo Caio e o meia Lucas Fernandes.

  • Com passagem pela base: Lucas Perri (goleiro); Júnior Tavares (lateral-esquerdo); Rodrigo Caio, Lucão, Breno (zagueiros); João Schmidt, Militão, Wellington, Araruna (volantes); Lucas Fernandes, Shaylon (meias); Luiz Araújo (atacante).

João Schmidt, que é um desses 12, tem contrato até o fim de junho. Iniciou o ano como titular, mas a chegada de Jucilei fez com que ele fosse sendo gradativamente deixado de lado. O principal motivo é o contrato já assinado para defender o Atalanta, da Itália, no segundo semestre.

É essa lacuna que Militão vai preencher. Jucilei conquistou a todos por seu futebol, e o garoto deverá ser seu reserva imediato se a diretoria não contratar para a posição. Outro que pode atuar no setor é Wellington, mais uma cria tricolor.

 GE

40 comentários

  1. No meu modo de ver, lembra muito o Júnior Tavares no que diz respeito a marra, o que na verdade é um elogio de minha parte pelo menos… rs

    Precisamos de jogadores assim, com identidade, marrento, com personalidade! De bonzinho já tem um monte…

    Ótimo jogador, e acredito que será a grande revelação dessa geração de garotos da base, nesse eu boto fé!!

  2. Enquanto a diretoria nao poe a mao no bolso, ate porque o bolso esta vazio. Nos vamos subindo com as aspostas da base, Eu li que o Ceni queria 3 jogadores prontos para o brasileiro, mais parece que isso e utopia. So posso lamentar profundamente a situaçao caotica que chegamos, no fim do tunel nao vejo nada, estamos a deriva com um cego na presidencia.

  3. Torcendo para esta promessa tornar-se realidade.

    Boa sorte, saúde e sucesso, garoto.

    Que jogue multa bola e seja bastante feliz, tenha uma longa e exitosa carreira no SPFC …, conquiste glórias e títulos.

  4. Não boto muita fé….inicialmente achei-o diferenciado, porém assistindo os últimos jogos com sua participação não houve nenhum encantamento, pelo contrário percebi que não tinha uma técnica diferenciada como imaginei.

  5. me impressionei com o time do ajax hoje, fez 4 x 1 no lyon e terminou o jogo com um time que tem media de idade inferior a 21 anos

  6. Não sei não…talvez eu tenha dado azar e só tenha assistido aos jogos que ele não foi tão bem.
    De qualquer forma vale a experiência. Mas acho que o substituto do Jucilei vai ser o Araruna e o Militão vai acabar fazendo só número para completar treino.

  7. E a tal profissionalização hein?
    Eu achava que essa tal profissionalização, levando-se em conta a realidade conservadora, amadora e triste que vivemos, seria feita de fora para dentro. Dentro do Morumbi provou-se que não existe competência, em esfera alguma.
    E não é que toda a diretoria “profissional” deve ser ocupada por gente do próprio conselho e do quadro associativo?
    Ou seja, a diferença agora é que receberão pela incompetência.
    Quero ver se virarem sem bônus da Globo e sem grandes vendas.
    Estamos no bico do corvo.

  8. Bom jogador… Mas com Tiago meia atacante Liga o Nada AO lugar algum pulmao de aco corre errado mole corre so no ataque nao corre na defesa Marca Vento pior que o cerca galinha lugar cativo no time entre as 50 maiores promessas do mundo Mendes nao vazar vai ser dificil.

    • Olha 2011 e olha hoje. Pensar que nesse meio tempo tivemos vendas grandes como a do Lucas. Tinhamos tudo pra ser hoje o time mais rico do país e olha o que Juvenal e sua turma fizeram…

  9. Barrios parece estar se reencontrando no Grêmio.
    Impressionante como jogador que sai em baixa de outros clubes, consegue jogar bem por lá!

  10. O SP só voltará a ser o que era quando voltar a ser forte nos bastidores. Dois gols duvidosos na semi do Paulista e nenhum dirigente são-paulino se moveu ou deu o grito ou berro estridente. Só o Ceni timidamente chiou com os erros da suspeita arbitragem. Pra ganhar algum torneio ou campeonato contra o Curica, só lá nos EUA longe da arbitragem da FPF como aconteceu em janeiro.

  11. Pelo que vejo Militao e tudo que precisamos na volancia, então um problema que a base já resolveu. Ou seja uma contratação a menos, agora e so subirmos 2 laterais da base e um meia , pronto, vamos para o Brasileirao com grandes chances. Parabéns cegoleco.

  12. Resolvemos nosso problema na volancia, agora vamos subir 2 laterais de Cotia e um meia, pronto vamos para o brasileiro com grandes chances de competir
    com qualquer time rival. Parabéns cegoleco.

  13. Havendo um acompanhamento muito atento do profissional com a base, fica, ao meu ver, mais fácil criar times com padrões sólidos e de postura forte.
    Gosto demais do uso da base.

    • Off-topic:

      Boa noite Sub.

      Em pleno dia Internacional de Liberdade da Imprensa …, efetuei um comentário em seu post anterior …, às 21:25′.

      Achei muito interessante sua disposição em explicar contexto de seu texto …, melhor seria deixar o sujeito em dúvida eterna …, kkkkkkkk.

      Ou descobrir “figuras” de linguagem.

      Saudações, Mestre dos mestres.

  14. E queriam no SP

    Xingaram ate o MAC 🤔

    Quatro meses depois, Dátolo rescinde com o Vitória lance.com.br/futebol-nacion…

    • Na verdade, esculhambaram o Gustavo, o MAC, o Leco e todos os demais, pois era absurdo não contratar o referido jogador.

  15. Enquanto todo mundo joga estamos de férias, quem te viu e quem te vê São Paulo. Bom, pelo menos estamos aprimorando nosso futebol kkkk. Só quero ver!

  16. Não conheço e não tenho a mínima ideia de quem seja,só espero que o Cuevas volte a jogar bola,pois ele e peça chave e turbina todos os outros e deve com essa parada ter melhorado o físico.Vendo o Alex Silva jogar e matando a saudade com Miranda,Alex Dias,Breno,bons tempos……

  17. Matéria no GE:
    “Thiago Mendes ganha liberdade com Ceni e fica ‘mais solto’ no São Paulo.”

    Fortes emoções no decorrer da temporada!

  18. Será que com essa parada o Thiago Mendes vai virar o Modric, o Cícero o Busquets, o Schimidt o Kroos, o Bruno o Lahm, o Rodrigo Condominio Fair Play Caio o Humnels e o Luiz Araujo o CR7??

  19. Tantos jogadores da base que podiam ter sido preparados no paulista e o que tivemos? Wellington, Schmidt e Wesley machucado inscritos na primeira fase, 276 zagueiros, Neílton, T. Mendes de meia direita, Buffa de lateral esquerdo, 4 volantes, time jogando vários jogo sem meia armador, etc. Ao invés de entrarmos no Brasileiro com o time preparado, entramos com mais dúvidas…

  20. Esse moleque eu vejo futuro.
    Temos um grupo de são paulinos aqui no DF, e eu sempre falo dele.
    Espero não queimar a língua, e que não seja apenas mais um “Casemiro”.

    Avante Tricolor!

  21. E aqui entra o Militão. Em princípio aposta, tem muitas características de Casemiro. “O QUÊ!, logo Casemarra” podem resmungar aqueles que ajudaram a queimar o camarada que – simplesmente – hoje dita o ritmo do Real Madrid, nas palavras daquele francês que não manja nada de bola, o tal Zidane.

    E é isto mesmo. Quem leu aqui no Blog o excelente texto “Analisar Ceni ou o Contexto Geral do São Paulo FC?”, de Edson Takahashi, vai entender esta aposta. Como vértice invertido de um triângulo que terá, de pé trocado, na direita Lucas Fernandes e na esquerda Cuevas, Militão vai tentar suprir a falta de um Maestro. Se der certo logo vão chamar Ceni de Cenidane. Toc, toc, toc

Deixe uma resposta