1o de Maio: Dia de Trabalho no São Paulo

Nos 20 minutos iniciais de treino a que os jornalistas puderam assistir nesta segunda-feira à tarde, no São Paulo, Rogério Ceni dividiu 27 jogadores de linha em três grupos de 9, num circuito de atividades. Um dos grupos tinha Bruno, Rodrigo Caio, Júnior Tavares, Jucilei, Thiago Mendes, Cueva e Pratto. Em tese, todos titulares. E junto a eles, o zagueiro Lucão e o meia Thomaz.

A presença de Lucão faz todo sentido, já que Maicon está suspenso para o jogo do próximo dia 11 contra o Defensa y Justicia, no Morumbi, que decide vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana. Será a última partida do gancho que o capitão pegou pela expulsão na semifinal da Libertadores, na semifinal do ano passado.

Além do bom desempenho no primeiro semestre, Lucão participou do empate sem gols na Argentina e foi o melhor em campo. Isso deve colocá-lo como substituto de Maicon.

Sendo assim, o único desse grupo que não estaria num time mais provável seria Thomaz. Enquanto isso, Cícero, titular na maioria das partidas até agora, treinou com outros jogadores.

Como a maioria dos treinos são fechados, é impossível dizer se esses nove formarão a equipe titular na semana que vem, mas a formação ficaria com Renan Ribeiro, Bruno, Lucão, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Thomaz; Cueva, Luiz Araújo (Cícero) e Pratto.

Nesse primeiro grupo com os supostos titulares, os atletas treinavam disputas no mano a mano. Um tinha que proteger a bola com o corpo e manter seu domínio por 10 segundos, enquanto o companheiro pressionava e tentava roubar. A foto acima mostra Jucilei e Pratto rindo depois que o volante derrubou o atacante.

Entre todos os jogadores de linha, só não participaram o lateral-direito Buffarini, o volante Araruna e o atacante Wellington Nem, que ainda se recuperam de lesões.

GE

Anúncios

19 comentários

  1. Ceni vai fazer cagada em deixar Lucão e condomínio Caio titulares contra esse tipo.e argentino, vai arriscar pra nada, põe o Lugano pra jogar esse jogo com um dos dois, caso contrário pode anotar que vem chumbo por aí.

    Curtir

  2. Gostei dessa suposta formação/escalação…
    Renan, Bruno, Lucão, R.Caio e Tavares;
    Jucilei, Mendes e Thomaz; Cueva, Araújo e Pratto.
    Chega de Cícero e Buffarini

    Curtir

  3. Renan Ribeiro, Bruno, Lucão, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Thomaz; Cueva, Luiz Araújo (Cícero) e Pratto.

    1) Thomaz e Cueva armando é boa notícia.
    2) Thiago Mendes de volante também, embora ache que Araruna é melhor opção para o setor.
    3) nem tem que especular Cícero, não teria sentido.
    4) Lucão e R. Caio funcionam melhor na esquerda. Melhor colocar Breno ou Lugano e, sinceramente, se Breno não tiver condições de jogo, melhor rescindir logo. Já estamos esperando tempo demais por uma recuperação que não mostra sinais de permitir ao mesmo ser atleta profissional.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Acho que pelo estilo de jogo do time ter dois zagueiros rápidos é melhor. O Lucão não é nenhum bolt, mas corre mais que Lugano e Breno. Acho que faz sentido. Tomara que Lucão esteja mesmo se tornando o zagueiro que se esperava dele. Cícero fora é boa notícia. O time deles vai vir muito fechado e Thomaz e cueva juntos podem dar uma boa dinâmica, trocando de posições pra confundir a zaga.

    Curtir

  5. Do Post Anterior:

    JAC_Tricolor
    Isso é verdade!
    Dario foi um cracaço. Para defini-lo atualmente aos que não viram, eu diria que ele seria uma
    mistura da técnica e classe de um Miranda com o vigor, raça e liderança de um Lugano.
    Esse era o “Dom” Dario Pereyra.

    Joaquim Paulino Leite Neto
    Dario Pereira era muito superior a Miranda ou qualquer zagueiro em atividade no mundo hoje

    Juliano
    Dário Pereira foi o melhor zagueiro pela esquerda que eu vi jogar. Não da para comparar com
    ninguém. Meu ídolo na infância, fez parte do melhor time que eu vi jogar bola (85/86).
    ………………………………………………………………………………………………………………………………………
    Joaquim e Juliano (parece dupla caipira… Rsss):
    Meus caros, eu não disse que o Dario era igual ao Miranda ou muito menos igual ao Lugano, eu
    apenas usei um termo de comparação (mas guardadas as devidas proporções) e usei 2 ídolos do
    clube que são mais atuais e conhecidos para a maioria dos colegas aqui do Blog para passar uma
    idéia de que o Dario tinha técnica e elegância além de raça e liderança, e para aqueles que não o
    viram jogar, apenas isso…

    E concordo com vc, Joaquim, pois Dario era especial mesmo. Tanto que vários jornalistas diziam
    no início dos anos 80 que era uma pena o Dario não ser brasileiro pois se fosse era titular absoluto
    na zaga da Seleção, tamanha sua categoria e liderança em campo.

    Eu me lembro inclusive de uma época em que meu pai comparava a dupla de zaga e dizia:
    “Oscar é o que chamo de craque, mas o Dario, não, o Dario é um cara bem acima da média, é o
    chamado Fora-De-Série, está acima do craque. Ele sabe encarar uma situação durante o jogo,
    antever e saber fazer a leitura certa naquela jogada, intervir de forma certeira e sair jogando…”

    Dos zagueiros pela esquerda ou quarto-zagueiro (como falava-se na época), Dario foi o melhor
    que vi no SP. Depois dele, foram o Ricardo Rocha e o Valber.

    Sds aos dois!!

    Curtir

      • Verdade!
        Dario veio para ser o novo meia armador substituindo o lendário Pedro Rocha.
        Depois de contundir-se e em seu retorno gradual, num jogo do SP o Carlos
        Alberto Silva improvisou ele na zaga, e nunca mais saiu!
        E fez história!

        Curtir

  6. Naquele time de 80 que tinha o Dario Pereyra e era chamado de máquina, mas uma máquina com peças falhas: Airton, Almir e Heriberto. Em 81 chegaram Marinho Chagas e Mário Sérgio e Everton, mesmo assim não deu pra faturar um Brasileirão, mas o Mário chegou depois da final do BR-81.

    Curtir

    • O Almir era mais o menos o que é o Hudson , um poco melhor talvez. O longuinho ( heriberto) como meia era dose. E o Airton era fraco também. Agora, Marinho Chagas foi o melhor lateral-esquerdo que o SPFC já teve, superior inclusive a Serginho. Everton era um jogador voluntarioso, de bom chute, mas inferior a um Cueva, por exemplo

      Curtir

      • Opa!
        Marinho Chagas foi espetacular, mas Serginho não pode ser considerado abaixo dele.
        Em minha opinião, Marinho Chagas, Serginho, Leonardo e Júnior estão todos mais ou
        menos no mesmo nível. Não dá para colocar nenhum deles como muito mais ou muito
        menos que o outro, não…
        E cito ainda o André Luiz, que inclusive atuou algumas vezes como Meia, assim como
        o Leonardo.

        Curtir

  7. o maior erro do Ceni e ter um meio com Cicero e Thiago Mendes.

    Enquanto o time tiver dois volantes fazendo a função de um meia em vez de um meia e mais um volante que nao marque no minimo igual o jucilei estamos fudidos

    o time teria uma grande evolução no segundo semestre: se achar um primeiro volante marcador e adiantar Jucilei para segundo volante, roubando mais bolas próximo a area adversaria, aumentando a qualidade de uma marcação alta, e facilitando a marcarcao do primeiro volante, que faria o segundo combate e nao o primeiro … assim a bola chegaria mascada a zaga e impedindo chutes de fora da area.

    uma alternativa seria fixar o TM como volante e colocar o Thomaz no lugar do Cicero, apesar de que prefiro o meio campo com Araruna e Jucilei e no banco TM e Cicero.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s