Mesmo lotado de lesões e com Leco querendo novos preparadores, Ceni defende atuais profissionais

Além dos adversários, o São Paulo está enfrentando uma série de lesões neste primeiro semestre de 2017. No momento são seis os jogadores afastados por questões físicas: Sidão, Lucas Fernandes, Buffarini, Andres Chavez, Araruna e Wellington Nem. Desfalques que, para o técnico Rogério Ceni, não geram dúvidas acerca da competência do trabalho dos preparadores físicos do clube.

“Primeiro que a temporada começou em 4 de janeiro, são 100 dias de trabalho. Wellington Nem hoje está machucado com uma lesão de menisco (no joelho esquerdo). Se for analisar, os jogadores que foram às seleções, que a gente trabalha e cuida muito bem desses jogadores, casos de Buffarini e Cueva, voltaram lesionados”, começou Ceni, respondendo às perguntas da entrevista coletiva concedida após a vitória tricolor por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, na última quarta-feira, no Mineirão.

“Buffarini é muito exigido nos treinamentos da seleção argentina, porque aqui os treinos são bem dosados. Wellington Nem teve uma lesão muscular no começo do ano. Renan vinha de uma lesão do ano passado, uma fibrose na parte posterior da coxa”, acrescentou, minimizando a responsabilidade da preparação física.

À frente do comando da equipe desde o início do ano, Rogério Ceni não quis trocar os preparadores físicos da comissão técnica atual, que são José Mário Campeiz e Pedro Campos. Da relação de jogadores acima, apenas Sidão (lombalgia) e Lucas Fernandes (estiramento no posterior esquerdo) estão em fase de transição. O restante realiza tratamento no Reffis, menos Wellington Nem, que será submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo nesta quinta-feira para corrigir lesão no menisco.

“Araruna teve um estiramento pelo excesso de jogos, mesmo sendo garoto. São três ou quatro nesses 100 dias de trabalho, bastante pouco. Nosso departamento de preparação física cuida muito bem de nossos jogadores. Wesley esteve parado por lesão de joelho, Maicon teve uma lesão de choque no tornozelo, com chute na sola do jogador do PSTC. Então musculares são três ou quatro, que é razoavelmente bom comparado a anos anteriores. Lembro de 30 lesões musculares por temporada”, esclareceu.

Um argumento do qual Ceni poderia ter se utilizado é o do apertado calendário nacional. Desde a estreia no Campeonato Paulista, em 5 de fevereiro, o técnico não teve sequer uma semana “cheia” de treinos para recuperar plenamente os jogadores e prepará-los para o compromisso seguinte. Desde então, o São Paulo disputou um total de 21 partidas sem ter o tempo adequado de descanso entre um jogo e outro.

E não será diferente nesta semana. Após a eliminação na Copa do Brasil, Ceni terá apenas três dias para preparar o time que enfrentará o Corinthians, no domingo, em Itaquera, pelo jogo de volta das semifinais do Campeonato Paulista, tendo a necessidade de reverter uma desvantagem de dois gols.

“Preciso ver os desgastes dos jogadores. Todo mundo quer jogar, mas agora temos um dia a mais para recuperar. Vamos tentar colocar os melhores, dentro da nossa característica, de jogar sempre para a frente, com posse de bola, criando chances de gol, situações pelo lado ou pelo meio conforme o adversário nos dá. Jogar para frente porque estamos perdendo o jogo por 2 a 0”, projetando o duelo com o rival que, assim como o Tricolor, foi eliminado da Copa do Brasil na quarta-feira.

“Vou analisar o Corinthians melhor, apesar de ter enfrentado duas vezes eles. E aí na sexta e no sábado começamos a pensar em uma maneira para sair na frente no jogo porque quando você sai na frente você cria uma atmosfera diferente, como fizemos aqui”, concluiu.

ESPN

Anúncios

43 comentários

      • Torcida não vai faltar de minha parte também… Mas só de olhar… É bem capaz de acontecer a mesma coisa que ontem…… ganham o jogo e saímos eliminados… e aí é a história de comer mortadela e arrotar peru…

        Curtir

    • Ter convicções é diferente de ser arrogante. Rogério pode não escutar parte da imprensa e alguns torcedores que se acham treinadores, mas pode escutar os profissionais que estão ao lado dele. Você preferiria escutar um cara estudado que acompanha os treinamentos e o dia a dia do time como o Beale ou um comentarista de uma emissora qualquer que faz análises pós jogos?
      No último jogo já tinha um monte de gente chamando ele de burro e dizendo que ele tinha desistido do jogo só de olhar a escalação. E no fim das contas só perdemos o jogo por erros individuais dos principais atletas do time: Cueva (perdeu gol na cara) e Rodrigo Caio.

      Curtido por 2 pessoas

  1. Os jogadores do SP já há muitos anos estão tendo problemas com lesões e tbm já há alguns anos o time do SP morre no segundo tempo dos jogos , os preparadores que estão hoje , não estavam nos anos anteriores ?

    Curtir

  2. Se o Leco quer trazer novos profissionais, fico ao lado dele nessa.
    Há anos que sofremos com essa questão de contusões, virou um problema crônico.
    Além do mais, outro detalhe importante é não aguentarmos um ritmo forte, e o time
    cansar geralmente na 2a etapa. Em função do esquema e da filosofia de jogo implantada
    pelo Ceni, de um jogo rápido e intenso, a tendência é ocorrerem mais problemas.
    Definitivamente, algo precisa ser feito, isso não há dúvida para mim!

    Curtir

        • Desculpe, mas o Rogério é fisioteraupeuta por um acaso?
          Não vejo porque a opinião dele ser levada em conta na hora de avaliar os fisioterapeutas.
          Acho muito mais válido fazer um levantamento estatístico de quantidades de lesões musculares nos últimos anos, mês a mês, relacionar com a quantidade de jogos, e fazer uma análise detalhada.
          Assim dá pra ver melhor o desempenho do departamento fisiologico do são paulo, e inclusive comparar com o de outros times.

          Curtir

      • Pode crer o teimosão e arrogante é o RC que trabalha lá todo dia. Não você que corneta a mesma coisa sem nunca ter ido a CT….affff

        É deste torcida que o time precisa mesmo!!!!

        Curtir

  3. Rogério não deve opinar nessa situação, tem que se preocupar em fazer os jogadores entenderem a filosofia de trabalho que ele deseja impor, pensar em alternativas táticas e de jogo. Fazer papel de treinador, ficar quieto e TRABALHAR. Nessa o Leco está certo, que mude, mais para melhor. Há muito tempo o Reffis não está dando resultados dignos para de SPFC.

    Curtir

  4. RC aprendeu com o Muricy a dar justificativas fajutas pra esconder o mau desempenho.
    Só o São Paulo q tem muitos jogos? Todos nossos adversários não tem esse problema?
    Trate de fazer esse time render e chega de lero-lero, q até a Ponte Preta do Gilson Kleina está rendendo mais.

    Curtido por 1 pessoa

    • Não sei…. A única coisa que é visível nesse caso é o preparo físico ridículo do time. E aí, quem tem a responsabilidade é o preparador físico.

      Curtir

    • Cueva já dava sinais de má preparação física antes de estourar na seleção peruana, por isso não jogou naquele catastrófico jogo diante do guarani da capital

      Curtir

  5. O Rogério tem culpa na condição física atual do time. Todo time começa o ano leve e vai aumentando, a gente começando o ano com muita intensidade e tá aí o resultado. Rogério não fez por mal. E sim, os preparadores vem vacilando a tempos.
    Nunca o Rogério vai cobrar jogador/comissão técnica em público. Isso é uma das qualidades dele. Não é pq ele falou isso em coletiva que quer dizer q ele acredite 100% nisso.

    Curtir

    • Pelo que sai na imprensa é o contrário. O início é pesado e depois é só manutenção. Na Europa que tem tempo para pré temporada essa distinção é ainda mais clara.

      Curtir

  6. Passou da hora leco! Chega desse campeiz! Desde a saida do carlinhos neves o time sempre abaixo dos demais no quesito preparo fisico! E com esse esquema do Ceni com exigencia maior, mais lesões acontecerão! Ahhh pode trazer o rosan e o turubio novamente junto com o carlinhos!

    Curtir

  7. Exposição de assunto interno extremamente desnecessária…

    Existe um local totalmente isolado e de acesso restrito chamado “sala de reuniões”. Impossível que no Morumbi ou CCT não tenha uma.
    Assim, fecham-se nesta sala as partes interessadas, no caso o treinador e o presidente e discutem o assunto. Colocam-se argumentos contra e pró, definem um rumo e daí partem para a ação resolutiva. Simples. Evita todo esse burburinho, evita o presidente podendo estar queimando um bom profissional que está em plena ação dentro do clube ou evita-se que o treinador queime seu prestígio defendendo quem não está produzindo a contento…

    Ficar comentando assuntos via imprensa só trás problemas e nem sempre resolve o fato.

    Falta profissionalismo. Parece que fazem de propósito para aparecer, mostrar força etc.

    Curtir

  8. O negócio é que todo mundo reclama dos preparadores físicos da comissão fixa há tempos. A diretoria pensava em trocar mas nunca conseguiu trazer os profissionais que queria novamente (ex: Carlinhos Neves). Agora soltam essa na imprensa para falar que estão trabalhando, mas que os caras vão ficar porque a comissão técnica atual está satisfeita com eles. E essa vai ser a tônica de toda a gestão Leco que usará nossos ídolos Raí e Rogério Ceni como escudos.

    Curtir

  9. O excesso vem do plantel desequilibrado. Cadê um segundo goleiro de confiança? Cadê um terceiro lateral júnior para jogar na falta dos outros dois? Cadê um lateral-esquerdo reserva? Cadê um terceiro lateral-esquerdo júnior? Além do Jucilei, cadê um primeiro volante que seja de fato primeiro volante? Cadê um meia-armador para disputar posição com o Cueva? Tudo isso acaba ficando para o improviso e, para se ter um modelo de jogo moderno, a equipe de fisicultores tem que tirar o máximo de cada jogador. Então sem o desgaste além da conta. O problema está no plantel desequilibrado. E isso é tarefa do Leco – mexer nos fisicultores nada resolve!

    Curtir

  10. Eu estou louco ou vocês queriam que o RC fosse na imprensa e detonasse os preparadores físicos que estão a disposição? Claro que ele vai defender ou era para ele depreciar os funcionários do clube?

    Curtir

  11. Não digo trocar, mas acho que seria interessante reforçar a equipe de preparadores e fisiologistas com alguns estrangeiros qualificados, assim como fizemos com a comissão técnica. O Brasil está abaixo de vários países em condicionamento físico, conforme resultados em diversos esportes, além da adiferença de intensidade do futebol praticado. Ademais, é interessante adquirir novos métodos e conceitos de treino e fisiologia de “escolas” diferentes.
    Infelizmente, o SPFC se acomodou com a tal excelência do REFFIS e parou no tempo em termos de preparação física, prevenção e detecção de lesão.

    Curtir

  12. Discordo do Rogério Ceni por dois motivos. Um que a maioria das contusões são iguais, estiramento muscular e dois não esta na alçada do Rogério decidir se deve ou não manter os profissionais, isso cabe a diretoria do clube.

    Curtir

  13. Não vivo o dia a dia do clube, mas há tempos que questões de ordem física são preocupantes no SPFC.
    Vários jogadores foram poupados nesses 3 meses de preparação (janeiro a abril), portanto é inexplicável tantas ausências.
    A propósito Wellington Nem passará por cirurgia para correção de um problema pré-existente? Até quando insistiremos em contratações com esse perfil?

    Curtir

  14. o Engraçado é que uns anos atrás mandaram o Carlinhos Neves embora por esse mesmo motivo, alegando que o trabalho não estava sendo bem feito. A diretoria sempre joga a culpa em alguém e os torcedores abraçam, e não veem que o São Paulo tem um câncer quase incurável que é sua diretoria Arcaica. Quantos técnicos e jogadores, passaram pelo São Paulo nos últimos anos? quantos jogadores vendemos? E onde está o dinheiro dessas vendas? Quando o Rogério assumiu sabíamos que não tinha experiencia como técnico e que teríamos que ter paciência para que ele se adaptasse (já que ele iniciou a carreira como técnico sem ser nem auxiliar) agora muitos já estão cornetando e chamando de burro, deixa o cara trabalhar!!! Não vi nenhuma manifestação no dia da eleição para presidente do São Paulo, pq será hein? parem de abraçar o que essa imprensa gambazenta fala, mais apoio e menos mi mi mi

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s