Viagens ao Sub Mundo – Tanta Construção

Tanta Construção.

 

Tanto faz.

Em temporada recente, lembro-me de ter lido que a diretoria Tricolor considerou ter sido alcançado o objetivo principal após chegarmos em fase de classificação de Libertadores. Ou seja, o planejamento não fora feito em busca de título. Algo que pode ser por alguns enxergado como normal, afinal de contas, um passo de cada vez… Obviamente, somente nós, torcedores, enxergávamos que era possível vencer o campeonato. Culpa da tal da Fé, que nos faz acompanhar os jogos acreditando que entraremos sempre para vencer, sempre com chances reais de conquistas, de títulos.

Também, há alguns anos, por volta de 2009, 2010, 2011, li que havia um consenso da gestão à época (e, queiramos ou não, atual) com relação à reformulação do clube, mais especificadamente do time, que vinha vencendo o principal torneio nacional, porém seguidamente caía de forma vexaminosa (com direito a jogos eliminatórios sem conseguirmos dar um chute sequer a gol) nas Libertadores, diante de times brasileiros. Era hora de reformular o elenco, o futebol do São Paulo.

Leio hoje que estamos em fase de reformulação.

Parece ser uma eterna construção. Estamos há anos e anos em obras, como se fosse um empreendimento regado a milhões e milhões em propinas.

O resultado em campo?

Tanto faz.

 

Diretoria agindo como se o importante, na verdade, fosse manter a posse de bola, e não fazer gols.

Permanecer entre os times que se classificam para a Libertadores está sendo o ápice das últimas temporadas. Títulos? Talvez, num momento distraído e de pura sinceridade, consigamos arrancar de alguém da cúpula da administração Tricolor uma resposta do tipo “Títulos pra quê?”…

Mantemos uma boa média de público, se levarmos em consideração os repetidos fiascos em nossa própria casa. O torcedor faz a sua parte, ainda que desconfiado, ainda que corneta. Ora, não me fale que estar desconfiado e estar irritadiço com tudo o que acontece é errado, é exagero. A não ser que ‘Títulos pra quê, né?’.

Falei em coluna passada sobre a importância de um ‘paulistinha’. Inexpressivo? Conseguimos jogar um futebol mais inexpressivo ainda, e são anos e anos seguidos de desclassificações de tudo quanto é tipo no campeonato regional.

Paulistinha? Pra quê?

Sobre a Copa do Brasil, o mesmo, no mesmo sentido, com alguns parênteses a mais, umas vírgulas a menos… Não precisamos vencer. Basta chegarmos na fase eliminatória.

Tanto faz.

 

Vítima das circunstâncias.

Patrocínios, cotas das transmissões, parcerias. O São Paulo é vítima da crise econômica mundial.

Contratações, formação de elenco, utilização da base… o São Paulo é vítima da queda de rendimento dos jogadores brasileiros. E também, os jogadores chegam e não rendem porque existe um pacto entre os atletas determinando que ninguém consiga chegar à melhor fase da carreira com o nosso uniforme, ou que aqui encontre sua fase mais nebulosa como profissional.

Técnicos, esquema tático ideal para o que sempre fomos, futebol bonito, agressivo, futebol feio, de resultado. Muricybol. O São Paulo é vítima das constantes alterações que existem naturalmente na posição de técnico, com ‘filosofias’ diferentes sendo trabalhadas na mesma temporada. As contusões atrapalham. O time nunca está completo. Sempre em formação. O elenco carecendo de mais e mais peças, sempre e sempre… exclusividades do pobre São Paulo.

Eterna construção.

 

Tal qual nossa política nacional, e diferentemente do que falam os doutrinadores de idiotas da mídia, o projeto criminoso de poder não tem a ver com um só grupo, setor, ‘partido’, peça, pessoa. Tem a ver com bagunça, com baderna, com confusão e corporativismo.

Podemos nós, simples torcedores, acreditarmos que existe algum tipo de grande benefício específico para indivíduos distintos que estão no controle e na direção do clube e de seus passos durante todos estes últimos anos. A baderna, a bagunça, a incompetência, a politicagem, a sujeira são o caminho, são o meio utilizado para que ‘oposição’ nenhuma consiga (ou queira) mudar os rumos que temos tomado, eliminando do corpo administrativo os responsáveis pela infeliz situação em que nos encontramos, tomando as rédeas da situação.

Conquistas, títulos, força em campo, troféus?

Tanto faz…

Estamos construindo destroços.

 

Ronnie Mancuzo – Sub


 

O canal SPFC 1930 publicou um vídeo no YouTube onde o São Paulo, de 1997, surrou o Cruzeiro fora de casa, com direito a 5 gols de Dodô em cima do goleiro Dida.

Atualmente, alguém do nosso elenco conseguiria essa proeza?

Alguém se lembra do time que entrou em campo no Mineirão, em 1997?

 

 

Anúncios

166 comentários

  1. Eu me lembro desse jogo e, por mais difícil que seja, acredito (ou simplesmente torço!) para que o mesmo ocorra essa semana.
    Mas, se pudesse escolher apenas um dos resultados que nos interessa – e acho que somente um mesmo é que seria possível – preferiria eliminar o Corinthians, no Paulista, apesar da maior importância da Copa do Brasil.
    É que, pelo menos eu, preciso tirar este time da cabeça e fazer muito comentarista/jornalista se revirar ao ver o São Paulo ganhar.

    Curtido por 3 pessoas

  2. “E também, os jogadores chegam e não rendem porque existe um pacto entre os atletas determinando que ninguém consiga chegar à melhor fase da carreira com o nosso uniforme”

    essa frase é irônica, mas ela é emblemática, pq ninguém consegue explicar esse “mistério” que acontece com os jogadores quando chegam no SPFC

    realmente, parece que tem um “pacto” (no caso para nós são paulinos, algo diabólico rsrs..) pq o jogador vem e não rende o esperado, ae vai para outro clube, resolve jogar

    sem explicação isso, aliás até acho que tem mas to cansado de repetir pq to parecendo papagaio, o problema vem de cima !!

    Curtido por 2 pessoas

  3. R.caio falando uma coisa daí vai lá o Maicon é fala outra coisa , cheirinho de elenco rachado?

    Será?

    Cara SPFC tá uma bagunca, que saudade do Mac, querendo ou o cara fazia certinho o seu trabalho.

    Curtir

  4. Perfeito
    Pimenta ou Leco?
    Tanto faz
    Série A ou B?
    Tanto faz
    Títulos?
    Tanto faz

    Até os adversários já estão nessa:
    Zoar os são-paulinos por outra eliminação?
    Tanto faz

    Como já disse, deixa o Leco lá
    Tanto faz

    Curtido por 1 pessoa

  5. Galera torcer não significa ser imbecil. Não resta dúvida alguma que o Paulista e a Copa do Brasil já eram. O time não tem personalidade, garra e vontade de vencer. Nossos jogadores se resumem a um banco de acomodados.
    Podem me chamar de corneta e por aí a fora…Mas não acredito nesse elenco que temos hoje.

    Curtir

  6. Valeu Sub, boa coluna, estava aguardando por mais um texto criativo.
    Acho improvável que o SPFC vire o jogo contra Cruzeiro e galinhas. Hoje estamos acostumados a ser eliminados, passamos raiva, vergonha, o time amarela. Porém não custa acreditar.
    Infelizmente não temos um “Dodô” no elenco, tomara que o Cueva esteja bem e o Pratto inspirado, alem do Rogério escalar as peças em seus devidos lugares.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Se o Diniz falasse: “Se o Pimenta ganhar, eu fecho patrocínio com o SPFC de 120 milhões até o final da gestão dele”.

    A eleição estaria ganha. E ele teria condições de fazer isso. Além de ajudar o clube, viria as marcas dele, serem absurdamente alçadas no mercado ainda mais.

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu ficaria mais preocupado se os jogadores estivessem sorrindo, fazendo bricadeira, nem aí com as duas sapecadas contra Cruzeiro e curica. O mais provável é que seja eliminado nas duas competiçoes, mas no mínimo que entrem em campo com vergonha na cara e lutem até o final. Se o Rodrigo Caio causou polêmica, briga, olho roxo, melhor.

      Curtido por 1 pessoa

    • Nossa situação só melhora……agora já tem jogador vazando treta de vestiário
      Se o RCeni fez certo ou errado, não interessa….treta de vestiário fica lá dentro

      Tanto faz…..deixa como está mesmo, pra q mexer?!

      Curtir

      • Eu não perco não…no primeiro lance aos 2min. do primeiro tempo Araujo entrou rasteiro “na bola”, e com malandragem o jogador do cur….caiu ou melhor soltou o corpo para simular um carrnho maldoso. O juiz mais que de pressa assinalou o cartão amarelo… “em 2min de jogo” foi a primeira entra de bola do nosso time no adversário. Pergunta: O jogador deles levantou e disse algo para o juiz??? Do tipo, nada, ele nem me encostou.

        Curtir

    • Comentário não condizente com a grandeza do SPFC. Para mim, hoje, quem melhor representa o SPFC , é Rodrigo Caio. Hoje e amanhã, o SPFC é Rodrigo caio +10 . Parabéns, Rodrigo Caio, sua atitude é manchete em todo o mundo. A ética ainda existe, graças a Deus.

      Curtir

  8. Rodrigo Caio fez o correto… lógico. Mas sei lá viu… futebol sempre foi malandragem… Quero ver os moralistas do Corinthians, ao cair dentro da área, levantar e dizer que foi só simulação.

    45 min. do segundo tempo, 2 a 0 SPFC, Jô faz gol… e vai sobrar para quem? Além de zagueiro, foi ele que permitiu que o adversário jogasse.

    Moralmente, nem discuto, mas não é a atitude dele que fará a Lava Jato prender todo mundo.

    Curtido por 3 pessoas

    • Xico Sá pensa diferente.
      Ele acha que são atitudes como essa que podem tornar o futebol menos irritante.

      E eu acho que ele fez o certo, independentemente de o Jo, no final das contas, poder nos desclassificar mais ainda no segundo jogo…

      até quando esse futebol de malandro vai ser atrativo?

      tem que começar por esses pequenos atos…

      Afinal, nós não achamos ruim quando nos vencem na trapassa?

      E quando ganhamos na malandragem? é 100% bacana? Não dá uma sensação de parcial satisfação?

      Curtido por 1 pessoa

    • Então…no primeiro lance aos 2min. do primeiro tempo Araujo entrou rasteiro “na bola”, e com malandragem o jogador do cur….caiu ou melhor soltou o corpo para simular um carrinho maldoso. O juiz mais que de pressa assinalou o cartão amarelo ao Araujo, e isso em apenas 2min de jogo. Foi a primeira entra de bola do nosso time no adversário. Pergunta: O jogador deles levantou e disse algo para o juiz??? Do tipo, não foi nada, ele nem me encostou. E outra, observem o lance quando Jô chegou “encochando” R.Caio dentro da área, forçando a perna de R.Caio que sem querer pisa na perna de Renan. Jô também forçou a jogada, portanto…falta de Jô. E ae Arnaldo??? Isso pode???

      Curtir

      • Verdade. Falso moralismo… no primeiro penalti simulado, acha que irão fazer isso? mas nunca na vida… Futebol vai perder a graça daí, pois o Juiz vai ter de ficar olhando para o jogador para ver o que ele dirá.

        Curtir

  9. Essa ironia do texto sobre o pacto para os jogadores não atingirem a melhor fase da carreira no SP me faz pensar numa situação que me intriga.

    Em 2013 na partida contra o cam na libertadores, já estávamos perdendo o jogo e o Jadson colocou a bola pra fora porque havia um jogador deles caído. Eu estava no estádio, a torcida queria matar o Jadson. Já no domingo, jogando contra a gente, se machucou e foi se arrastando pelo campo inteiro pra ganhar tempo. Uma postura completamente diferente.

    Alguma coisa acontece no SP que os jogadores viram uns bobos. Não temos mais vontade de ganhar, não sabemos mais nos impor em jogos grandes, não somos mais competitivos. A regra nos jogos decisivos é: se temos um time igual ou melhor que o adversário, provavelmente perderemos. Se temos um time pior, com certeza perderemos.

    Curtido por 3 pessoas

  10. Ah cara, deixa de mimimi… vc vem toda hora aqui provocar e já deletei muito comentário provocativo seu, não foi só hoje…

    Agora, moderador “cenista”… kkkkkkkkk sou tão “cenista” quanto o ftricolor gosta de mulher… só me faltava essa agora…

    Retratação? Só quando o Rodrigo Caio fizer gol de mão, o juiz anular e ele bater no árbitro exigindo a validação…

    Curtido por 2 pessoas

  11. A última grande conquista foi em 2005, a Libertadores, e eu não me lembro de NENHUM jogador estilo Rodrigo Caio, pelo contrário, tinha o Lugano, Fabão, Ed Carlos, Cicinho, Josué, Amoroso, os zagueiros não eram técnicos porém eram malucos e eficientes, os atacantes resolviam, mais não apanhavam de zagueiro adversário. Era um time aguerrido, objetivo e sem FRESCURA.
    Isso foi em 2005, hoje as coisas mudaram e já sabemos todo o discurso, gostaria muito que no elenco atual tivesse ao menos 20 “malucos” que não AMARELAM para ninguém.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Se não tiver uma intermediação do Mac nesse assunto vai ficar difícil.
    Eu só tenho medo de acontecer igual foi com o Muricy….No dia do jogo contra o cruzeiro ninguém sabia que ia jogar…. Resultado dá libertadores em 2009 perdemos em casa por 2 x 0 sem chutar uma bola no gol.

    Curtir

  13. É engraçado o ser humano.Quando o Ceni adiantava e pegava pênaltis e até passou por eliminatórias,alguém falou algo da nossa torcida???O Morumbi vinha a baixo. é o melhor goleiro do Brasil!!!'”Mas todo goleiro se adianta”,mas….não está na regra é irregular”jeitinho brasileiro”??????.Daí domingo muito louvável a atitude do Caio ( eu não concordo) a justificativa era se ” eles roubam,nos não somos assim),kkkkk incoerência pura.Chegando a comparar com a política do Brasil.A coerência do ser humano é muito engraçada,cada um só vê quando lhe convém….

    Curtido por 2 pessoas

  14. BASTIDORES FC
    VEJA TODOS OS POSTS
    Terça-feira, 18/04/2017 às 13:32 por Martín Fernandez
    Candidatos à presidência do São Paulo divulgam resultados de pesquisas próprias
    Leco Pimenta São PauloOs dois candidatos a presidente do São Paulo divulgaram nesta terça-feira, horas antes da eleição, os resultados de suas próprias pesquisas eleitorais.

    São 239 os conselheiros aptos a votar. Os candidatos são Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, atual presidente, e o opositor José Eduardo Mesquita Pimenta, presidente entre 1990 e 1994.

    Segundo a contagem da campanha de Leco, sua candidatura terá 132 votos, contra 101 do oponente.

    A campanha de Pimenta também prevê a própria vitória, mas por margem mais apertada: 119 a 113.

    Clique aqui para saber tudo sobre a eleição do São Paulo.
    FACEBOOK
    TWITTER
    GOOGLE+

    Vamos ganhar, Pimenta….. 🙂
    com 110 votos já ganhamos…..não vai aparecer mais q 220 conselheiros

    Curtido por 1 pessoa

    • Tomara Deus que o São Paulo volte a ser gigante novamente, pois tenho muito medo do que poderá acontecer com mais 3 anos e 8 meses desse grupo a frente do clube, muito medo.

      Curtir

  15. sobre o lance do R.Caio, agora a imprensa vai polemizar pq o Ceni ficou irritado com o gesto

    mas eu nem ligo pra isso, pq eu já esperava isso da imprensa, o problema é ver um monte de são paulinos babando ovo disso.

    mas sabe oq é engraçado ? esses mesmos são paulinos que estão todos felizes pela boa ação do R.Caio e dizendo que isso é “obrigação”

    será que ficaram bravos quando o Lugano dava um carrinho e matava um contra ataque adversário ?
    será que ficavam bravos quando ele fazia sua catimba uruguaia a nosso favor ?
    será que ficaram indignados quando o Lugano deixava um cotovelo pra intimidar o adversário ?

    aposto que não !! E isso foi fundamental para nos ajudar em 2005

    Curtido por 1 pessoa

    • O Rogério tem toda razão de ficar bravo, principalmente com o time que jogou uma péssima partida, não especificamente com o Rodrigo Caio, cada um faz o que acha melhor, embora o futebol não seja jogo de peteca, é um jogo mais bruto, de contato físico direto, pois se cada jogador quiser Fair Play, terá mais de 10 por jogo, bola na mão, empurrão e outros. Por exemplo, o Rodrigo caio só pisou no Renan, pois foi empurrado pelo Jô, só for levar ao pé da letra o Fair Play, o Jô teria que pedir desculpa ao Rodrigo Caio e avisar o juiz, ficaria muito chato.

      Curtir

    • Acho que as coisas estão se misturando e não é bem por ai.

      Falta é de jogo, cotovelada é desleal.
      Falta tanto faz parte do jogo que existem punições diferentes para coibir jogadas distintas.
      Cotovelada é ato de violência e não deveria ser tolerado, jamais.

      Catimba é jogo emocional. Toda competição envolve sobreposição emocional de um contra o outro. Impor-se perante o adversário mentalmente nada tem a ver com o que aconteceu.

      O que aconteceu com o rodrigo caio, no caso, o Jo
      foi a mesma coisa que aconteceu com o cara do corinthians contra o palmeiras, quando o árbitro deu cartão pro jogador que não estava no lance. Alguem se recorda se algum palmeirense foi falar com o árbitro que ele estava se equivocando? Na ocasião, o Corinthians ainda conseguiu vencer… mas não seria mais digno que alguém do palmeiras, o capitão no caso, fosse falar com o árbitro? o erro foi grosseiro. A partir daí, se o árbitro ia cancelar ou não o cartão, seria decisão dele. Mas cada um faz sua parte.

      Eu não estou defendendo que o Rodrigo Caio deva virar um frouxo jogando bola, para ser coerente com sua atitude do último domingo. Continuo achando que ele deve jogar firme, se possível mais duro ainda com os adversários, sempre buscando defender nossa meta. Mas isso não significa deslealdade ou ilegalidade.
      Acho que a decisão que ele tomou foi a correta e poderia sim ser mais comum nos jogos de futebol.

      Curtido por 2 pessoas

      • roberto eu sei disso, mas fica ae aquela sensação de hipocrisia

        se é leal ou desleal a jogada não importa, a questão q estou comparando, é que vejo são paulino comemorando um ato cordial do R.Caio (não condeno ele), mas aposto que tbm fizeram vista grossa quando (exemplo) o Lugano fingiu uma agressão pra conseguir expulsar um adversário, ou deu uma entrada firme sem o Juiz ver, tenho certeza q os mesmos torcedores não exigiram a ele ir lá e se auto acusar ao arbitro, entendeu onde eu quero chegar ?

        Curtir

        • Mas não dá para generalizar.
          No blog vc vê inúmeras pessoas condenando o RC, mas também, há aqueles que concordam.

          Você ve gente até falando que é coisa de boiola o que o cara fez… pra se ter noção de até onde a ignorância pode ir.

          O fato de que algumas pessoas podem ser incoerentes no discurso não deve ser fundamento para se relevar uma boa atitude. Como dizem, caráter cada um tem o seu.

          De fato, as pessoas – e nisso me incluo, pois ninguém é livre de falhas – deveriam ser menos hipócritas.

          Mas será que essas mesmas pessoas que defendem o ato do RC, mesmo sendo hipócritas, em um próximo acontecimento não pensarão duas vezes antes de se manifestar contando vantagem por um “ato de esperteza”?

          Lembrando que é natural que as pessoas não comentem coisas que lhe causam vergonha… Então, aqueles que são coerentes podem não se manifestar sobre lances estranhos a nosso favor.

          Um rapaz ali comentou sobre o lance do Ronaldinho Gaúcho sobre o Rogério. Também acho que não tem nada a ver. No lance, a defesa simplesmente dorme. O Rogério, dormiu mais ainda em não alertar a defesa. O ato de beber água foi só um requinte de crueldade, pois se o jogador ficasse parado do lado da trave e depois saisse correndo iria acontecer a mesma coisa.

          Além do elemento subjetivo (hipocrisia x coerência) existe ainda o elemento interpretativo em relação ao acontecimento. Estão misturando lealdade com competitividade, honra com esperteza, malícia com malandragem (má-fé)… e não é bem por ai.

          Curtir

          • só sei de uma coisa Roberto

            esse ato pode prejudicar o próprio jogador, pq se no futuro próximo acontecer algum tipo de lance parecido novamente, e ele em vez de fazer oq fez agora e resolver ficar quieto, a mídia pode usar isso contra ele para pegar no pé dele

            Eae será que os torcedores que hoje elogiam vão exigir dele a mesma atitude ?

            o futebol é cheio das malandragens, não é pq a pessoa é honesta que precisa fazer “caridade” agora pra provar que é.

            Curtir

  16. lembrei daquela personagem humorística da praça é nossa, que tinha um bordão bem engraçado, e acho que reflete bem oq é hoje o são paulino no caso do R.Caio

    “são paulino é tão bonzinhoooo” para os rivais rsrs…

    Curtido por 1 pessoa

  17. JOTA‏Conta verificada @JotaInfo 41 segHá 41 segundos
    Mais
    1ª Turma do STF começa a discutir recurso do Flamengo reivindicando o título do Campeonato Brasileiro de 1987

    Único Hexa?? saberemos, finalmente, em breve

    Curtir

  18. É escroto criticar o R Caio pelo que fez. O cara seguiu o caráter dele, fez o que achou certo, acho admirável.
    O time tem a obrigação de se apresentar bem e buscar a vitória com Jô ou sem Jô. Se acham que o nosso time é mais forte se o adversário joga sem o Jô, a coisa tá pior do que se imagina.

    Curtido por 1 pessoa

  19. extremamente decepcionado, não com os resultados e jogos fracos, que não é algo tão inesperado no meio desse processo que estamos vivendo mas com a repercussão do caso rodrigo caio. se o próprio rogério ceni criticou o rodrigo caio, realmente é um balde de água fria. já não basta a decadência dessa diretoria, dessa eleição patética, torcida e os jogadores até entendo pela mediocridade geral, mas se o treinador, exemplo pra todo são paulino não apoia o rodrigo é melhor deixar pra lá. joga mal e vem reclamar da atitude do cara. bando de frouxos. futebol se jogando bola, se não jogou não chora. cabeça erguida sem mimimi. rodrigo caio, isso é atitude de homem, isso é conduta são paulo.

    Curtido por 1 pessoa

  20. Se o SPFC precisa que o Rodrigo Cio não tivesse fair play pra se classificar contra o time do Governo isso mostra o quanto o SPFC se apequenou.

    Ano passado demos um vareio de bola no time do Governo e não precisamos apelar ,apenas jogamos muita bola.

    Se a equipe fosse bem treinada e soubesse competir, coisa que o R Ceni não conseguiu fazer, a atitude do R Caio seria elogiada por todos inclusive pela torcida tricolor mostrando o quanto somos diferenciados, mas perdemos o jogo na bola, jogamos pior que o adversário, temos um treinado aprendiz no cargo, sem experiência nenhuma na profissão e que não estudou e não tem competência pra treinar um time do tamanho do SPFC.

    Ai nosso treinador, que não tem competência pra estar onde está, que não sabe armar uma estratégia de jogo com o que tem na mão e, quer inventar de jogar como Barcelona, Bayer de Munich, Real Madrid, Juventus, sem ter material humano pra isso fica nervosinho, por uma atitude correta de um ser humano que tem por índole que não vale apena ganhar roubando do seu adversário, ou seja, R Caio não vale apena ganhar de maneira suja que é o que o time do Governo faz o tempo inteiro e ai levou bronca.

    Que o R Ceni fosse estudar e ser auxiliar com o Tite, Simeone, Guardiola, Sampaoli antes de virar técnico, não tem capacidade pra estar onde está, não é humilde, não aprende com os erros e é o dono da verdade, ele vai invetar a roda no futebol moderno.

    A raiva do R Ceni é sinal de incompetência de ver que o seu sistema de jogo não é bom pra enfrentar o sistema de jogo bem feito e bem arrumado criado por Tite/Mano Menezes que hoje é absoluto e dá resultado.

    Despreparo e arrogância dá nisso ai, vai perder o grupo de jogadores.

    Curtido por 1 pessoa

      • Ano passado ganhamos dos caras com Chavez, que aliás é muito injustiçado pois não teve chances com o R Ceni, David Neres Luis Araújo, com um time que brigou pra não cair metemos 4 nos caras e não precisamos apelar, quem apelou naquele jogo foi o Rodriguinho e popr justiça otime do governo perdeu o jogo.

        Quer ganhar jogo ganha na bola mete 4 ou 5 no adversário com tabelas, triangulações, dribles, boa marcação, enfim vareio de bola, de jogar e não deixar o adversário jogar.

        Essa atitude do treinador é tipico de perdedor, de gente que viu sua filosofia, sua idéia ser engolida pelo adversário e ao invés de reconhecer o vaerio que levou e estudar o que o adversário faz bem e vc não a coisa estoura em cima de quem não tem nada ver com a história, como se o Cartão para o Jô evitasse a derrota no Domingo ou a desclassificação.

        Falta humildade do R Ceni de reconhecer que Tite/mano Menezes criaram um sistema de jogo excelente e o melhor para o futebol brasileiro, já que se tem jogo quarta e Domingo e não se tem tempo pra treinar e brincar de Barcelona nos jogos, sem contar que o esquema do Tite?Mano é extremamente competitivo e eficaz.

        O R Ceni que se vire, se não quer criticas que estude mais o futebol e vá aprender com quem sabe, treine um time de base, ou uma equipe de menor expressão e coloque suas idéias em prática e veja se dá resultado, se der resultado ele estará no caminho certo senão é sinal que tem que aprender mais.

        O SPFC não pode ser refém do R Ceni o clube é muito grande pra ser refém de ex-jogador sem experiência como treinador, pra ser técnico do SPFC, Leco tem imensa culpa nisso pois contratou o R Ceni pra ganhar as eleições e o Ceni se aproveitou da situação pra se aventurar a ser treinado 50/50 % de culpa pra cada um.

        Curtido por 2 pessoas

  21. Fair Play… Quero ver adrenalina derretendo… deixa esse negócio pra imprensa.
    Esse menino é bom… meus filhos são mais ainda.
    Isso é futebol… não quero ter gosto de derrota em nada quando se diz futebol.
    Com todo respeito aos homo’s isso é coisa de boyola.

    Curtir

  22. Lembro que esse jogo foi em 97, entrada da Bombril no São Paulo (inscrição bom??? Na camisa). Não lembro do time exatamente daquele jogo, mas lembro bem do time que costumava ser o titular, com Rogério, Cláudio, R Pinheiro, Bordon e Serginho, Axel, Belleti, Luis Carlos e Denilson, Dodô e Aristizabal. Gostava daquele time do Dario, mulecada esforçada e uma dupla de ataque que fazia chover.

    Curtido por 1 pessoa

    • Acho que entre as que vi, Dodô e Ari foi a dupla que mais me deu gosto de ver jogar.
      Era ‘ataque raiz’… Sem essa frescura de que jogador que calça menos que 37 tem que jogar do lado invertido do campo e bla bla bla… Eles flutuavam na frente, trocavam de posição sempre, por isso tantas tabelas.
      Fosse hoje em dia, iriam ‘encaixotar’ cada um dum lado do campo e a primeira função deles seria marcar lateral. Se desse e sobrasse fôlego, aí tentariam alguma coisa no ataque.

      Curtido por 1 pessoa

      • Concordo totalmente! Nunca mais vi uma dupla de ataque como aquela. Jogavam por música, um sabia onde o outro estava. Lembro de arrebentarmos a porcada na semi do Paulista de 97, deu até pena dos bi-rebaixados.

        Curtir

  23. Esse fair play seria muito bonito se o SPFC tivesse jogado bem e ganhado o jogo. Por enquanto, quem mais está achando lindo e maravilhoso são os jornalistas demagogos simpáticos ao “Curintia”.

    Curtido por 1 pessoa

  24. Grandes merdas se o Ceni não gostou da atitude do R. Caio. Tem horas que quem se importa e veste a camisa demonstra o quanto de alguma forma, principalmente de cabeça quente.

    Pra mim tanto faz. Se ele ficasse calado e o Juiz mantivesse o cartão, isto não tornaria o Rodrigo mau caráter. Bem como, por ter tido fair play nesse caso, é completamente justo em tudo.

    Quero ver é meu time ganhar e jogar bola; não ficar preocupado com frescura de imprensa.

    Curtir

  25. Quando o Ronaldinho Gaúcho fez cena oferecendo água pro Ceni anos trás, todo mundo achou linda a esperteza dele, que resultou em gol do Atlético-MG. Lembro que o que mais tinha era jornalista rindo em mesa de debate.

    Curtir

    • Foi uma coisa vergonhosa, de falta de ética , de falta de caráter, tanto de Ronaldinho gaúcho, o que não é nenhuma novidade, quanto de parte da própria mídia , corrupta e podre como os nossos políticos

      Curtido por 1 pessoa

  26. Em 2016 ganhamos do time do Governo de goleada e não precisamos apelar pra ganhar o jogo, simplesmente jogamos muita bola e ganhamos a partida, quem apelou naquele jogo foi o time do governo com entradas maldosas.

    Se o SPFC começar a jogar bola esse tipo de coisa não será relevante, mas sempre precisa ter uma cortina de fumaça, ainda mais em dia de eleição pra ajudar a turminha que está no poder a desviar o foco da torcida por uma atitude correta de homem que o Rodrigo Caio teve.

    monta um elenco equilibrado, tenha planejamento, tenho um técnico de verdade que consiga montar uma equipe competitiva e isso não será relevante.

    Mas estou com o Rodrigo Caio. já ganhamos do time do governo várias vezes e não precisamos apelar pra isso, só lembrar da época de Amoroso, Cicinho e cia… Ganhamos na bola.

    Em 2016 no Br ganhamo na bola jogando muito futebol é assim que se ganha do adversário, ficar nervoso é sinal de inferioridade, saber que o seu adversário no momento tem mais qualidade e mais futebol que vc.

    Curtido por 1 pessoa

  27. Boa tarde,

    Desculpem o desabafo, mas NÃO ACEITO ver pessoas que se dizem “torcedores” que não perdem a oportunidade de diminuir o clube.

    Não gosta da diretoria, diga que eles são pequenos para um clube gigante.
    Não gosta do treinador, diga que ele não tem capacidade para ser treinador ou para treinar um gigante como o tricolor.
    Não gosta do resultado, diga que ele está abaixo de nosso clube.

    Enfim, digam o que quiser, mas critiquem as pessoas que dão causa a isso. Só não precisamos de “torcedores” que querem “apequenar” o clube. Pequenos são esses torcedores, que não reconhecem a grandeza de clube e são limitados o suficiente para não diferenciar instituição e pessoas que lá estão.

    Curtido por 1 pessoa

  28. Repetindo a mesma coisa que disse em uma postagem mais antiga:
    Não é que o M1to seja incriticável, mas julgá-lo após 4 meses de trabalho é injusto! Assim como é injusto o que a torcida das Sardinhas vem fazendo com o Dorival (que fez um bom trabalho ano passado) e a torcida das peppas fez em alguns momentos com o Eduardo ainda neste ano. E pode ter certeza que a das gaivotas só não está criticando o Carille porque apesar do futebol fraco, o time vem conseguindo bons resultados. A torcida brasileiro no geral avalia tudo assim, em cima de resultados. se ganha, o técnico é bom, se perde é inexperiente, burro, arrogante, etc.
    E mais:
    Time de começo de ano ilude muito o torcedor. Dizer que ganhar estadual é garantia de fazer um bom brasileiro é não conhecer a realidade. É só lembrar do Vasco ganhando os últimos Cariocas e sendo rebaixado para a série B.

    Curtir

  29. só pra finalizar esse assunto que já encheu do R.Caio

    eu achei a atitude dele muito NOBRE, mas DESNECESSÁRIA !

    vejo muita hipocrisia usando agora o ato de honestidade dele para pregar a moralidade no futebol, sendo que os mesmos torcedores comemoram as malandragens no passado de outros jogadores do SPFC.

    meu problema não é com o ato em si que ele praticou, mas com essa falsa moral que alguns torcedores exigem.

    isso pra mim tem nome, HIPOCRISIA !

    mas seguimos adiante.

    Curtido por 2 pessoas

  30. Entre um perdedor nato, o Leco ganhou o que nos diversos cargos no clube, absolutamente nada e um vencedor nato, ganhou tudo no clube, além disso tem ao seu lado um outro vencedor nato, Abilio Diniz.

    Todos eles tem algo de ruim, algumas suspeitas e apoios suspeitos, mas analisando apenas o lado esportivo, não tem nem comparação, é como comparar um fusca com uma ferrari.

    Curtir

  31. Neuer acabou de dar um péssimo exemplo.
    Claramente espalmou uma bola para escanteio e o juiz marcou tiro de meta…e ele não corrigiu o juiz…
    Esses alemães…sempre querendo levar vantagem em tudo.

    Curtir

      • Diego RC, tem torcedores e principalmente a imprensa que afirmam ser um absurdo aquele gol, o titulo teve essa mancha, entre outras m****s que falam. Porém os mesmos não falam do titulo escandaloso das galinhas em 2005, no jogo contra o Inter, pênalti clamoroso no Tinga, e a entregada contra o Flamengo em 2009.

        Curtir

    • O Neuer está em um jogo decisivo, até o momento o time dele está sendo eliminado. Só tem cara e jeito de bobo, mais é esperto. Não espere que em um jogo de Champions ele se acuse de qualquer lance polêmico. Jogador bonzinho só aqui mesmo, que em uma semifinal contra um dos maiores rivais tem uma atitude nobre.

      Curtir

  32. Neuer acabou de fazer uma grande defesa na champions jogando a bola pra escanteio mas o juiz deu tiro de meta. Não vi o Neuer corrigindo o juiz, se auto acusando. Neuer que é alemão, esse povo sujo, subdesenvolvido e corrupto.

    Curtido por 1 pessoa

    • Verdugo, eu já comentei acima, mais vale a pena tecer outro comentário.
      Não esperemos a mesma atitude do Neuer em um jogo decisivo de Champions, onde seu time está sendo eliminado, não vai se auto condenar, se o juiz não viu, ele que não vai apitar. Nem por isso o goleiro alemão pode ser rotulado de mal caráter, pelo contrário, foi profissional. Apenas não foi bobo.

      Curtido por 1 pessoa

    • O que vocês estão sentido é raiva das derrotas.

      O mesmo fato se ocorrido em nosso favor seria motivo de elogio em uníssono.

      Não seja simplista Verdugo. Acompanho o blog e estou acostumado a ler bons comentários seus, sempre.

      Não é porque o padrão de comportamento é covarde que uma atitude corajosa deve ser ridicularizada.

      Heron diz que é hipocrisia defender o ato do RC, mas pergunto: quem o critica é hipócrita quando reclama da falta de “fair play” do adversário em lances como o do Jo? Os corinthianos foram hipócritas ao reclamarem do absurdo ocorrido com o gabriel? Ou em verdade, os palmeirenses foram espertos ao ficarem quietos e deixarem o pau comer solto?

      É muito mais que essas comparações apelativas que você fez.

      Curtir

      • Roberto, hipocrisia é taxar de desonesto todos que não fariam o que o R Caio fez. O pessoal vem aqui pagar de paladino da moral e depois vai pra casa baixar seus filmes e mp3 não pagos.

        O que me irrita não é apenas a atitude, mas fazer isso por aquele time que nos ferra de todas as maneiras possíveis. É muito bonitinho mas é irreal, o pessoal quer ser a ovelha numa terra de lobos.

        Sinto muito se vc considera apelativa a comparação mas a situação é a mesma. Se o juiz errou meu amigo, sinto muito, não vou interferir, muito menos em favor do curintia.

        Curtido por 2 pessoas

      • Roberto

        eu acho q vc ainda não entendeu minha crítica, eu não acho hipocrisia quem defende o ato do RC

        eu acho hipocrisia é quem se OMITI ou acha bonito a malandragem dos jogadores do SPFC quando o lance foi a nosso favor, e agora como bem disse o Verdugo, se dizem paladinos da moral, só pq o RC fez esse ato e agora acha que pode “EXIGIR” alguma coisa

        e sabe oq é pior ? são paulino exigindo honestidade pra se auto entregar contra o maior rival, chega até ser piada.

        mas esse é o SPFC dos ultimos anos, isso explica o motivo de tantas derrotas, é caridade demais para os outros

        eu não sou cordeirinho, mas tbm não sou lobo, prefiro ser PASTOR ALEMÃO !!

        Curtir

  33. Não quero ganhar roubado. Isso é coisa para os corruptos de Vila Carmosina e agora para os que lavam dinheiro da Crefisa. Rodrigo Caio é agora o símbolo do melhor lado do SPFC.

    Curtir

  34. JOTA‏Conta verificada @JotaInfo 31 minHá 31 minutos
    Mais
    Respondendo a @JotaInfo
    STF considera Sport único campeão brasileiro de 1987. Julgamento foi encerrado com voto da ministra Rosa Weber

    Aeeeeeeeeeeeeeeeeee

    É Hexaaaaaaa

    Curtir

  35. Duro vai ser o RC manter esse título de Rei do Fair Play…
    Como ele vai se comportar quando o juiz inverter um lateral, errando a nosso favor? Dar tiro de meta quando tiver sido um escanteio contra? Ou em alguma outra situação em que claramente veja um erro do juiz?
    E quem o exalta hoje, vai critica-lo?
    Aguardemos cenas do próximo capítulo…

    Curtir

    • não deram errada não amigo, os pais dele foram bons até demais (sem ironia)

      mas só não precisava fazer se comportar como cordeirinho no meio de uma alcateia de lobos, pra provar que é honesto.

      Curtir

  36. Vejo alguns amigos superdimensionando a atitude do R,Caio.
    Futebol está longe de ser o modelo a ser seguido como forma de educar um cidadão.
    Se na pelada de fds , vc quer ganhar no grito o lateral que não é seu, imagina no futebol profissional.
    Se , isso fosse postura adotada por todos até aceitaria , mas contra o time mais sujo do Brasil vc querer dar uma de santo é demais , ainda mais com o sujo do Jô que fez um gol impedido no jogo.
    R.Caio tem que sair do SPFC e ir pra Europa , lá talvez os torcedores aceitem mais essa atitude , até pq no SPFC já deu o que tinha que dar , ainda mais jogando contra as galinhas pretas onde ele costuma não se dar bem.
    Bom rapaz , quero eu sucesso na Europa , mas no SPFC acho que ele enterrou de vez sua carreira.
    Aqui no blog vejo alguns torcedores do SPFC defendendo a atitude dele, mas nos botecos, nas ruas e no geral a torcida não gostou.
    Se fosse contra a Chapecoense ainda, passava batido.
    Chicão o deus da raça JAMAIS faria isso, nem se jogasse contra a mãe dele.

    Curtido por 1 pessoa

    • Eu entendo quem defende a atitude do RC. Sério, não condeno não. Só que assumiu uma responsabilidade tão grande quanto o RC assumiu.
      Duro é ver gente tentando rotular quem “condena”, dizendo ser conivente e complacennte com corrupção, roubo e etc.

      Curtido por 2 pessoas

  37. Acho que a atitude do Rodrigo Caio foi ótima , e não alterou em nada o resultado , pô se acaba o primeiro tempo numa semi final e a única coisa que a equipe e o treinador consegue pensar , é que o jogador deles seria suspenso , isso no intervalo do jogo se não estou enganado , a atitude dele serviu pra mostrar que estamos mal mesmo , não dava pra pensar em jogar futebol , virar o jogo , algo mais relevante para a partida , não sei se a imprensa ou realmente aconteceu isso de pegarem no pé do Rodrigo Caio pelo lance do cartão , se é verdade , eu lamento , porque valorizar esse assunto de forma negativa só mostra fraqueza do time , pô eu fiquei com vergonha do lance em que o juiz expulsou o jogador errada , no porcas x gambas , o jogador do palmeiras apontou o jogador errado confirmando a ação do juiz e depois deu entrevista se isentando da decisão , ainda perderam , ninguém falou nem usou esse fato negativo contra o jogador deles , já nosso caso até nosso atletas tentam transformar em coisa negativa , eu sou são paulo e sofro com a derrota , mais pra mim time que não joga bola tem que perder mesmo , joga bola e deixa de conversa fiada , o que eu quero saber é isso se vão jogar bola .

    Curtir

  38. Futebol não é tênis. No tênis sim até brasileiro é “honesto”.
    No futebol tem italiano xingando irmã de francês em plena final de Copa do Mundo e levando cabeçada de volta. Tem gol de mão vergonhoso eliminando seleção européia (se não me engano França e Irlanda).
    Não queiram transferir o que acontece dentro de campo para fora de campo.
    Um país e seu povo não se mede por isso. Nem aqui e nem em qualquer outro país.

    Curtido por 5 pessoas

  39. Assunto polêmico esse do RC… ontem eu achei que ele fez o certo, mas hoje acho que não deveria ter feito, porque é um jogo em que há extrema rivalidade, quando nem tudo é “limpo”.

    Para me posicionar melhor, fiz essa pergunta a mim mesmo, o que faria se fosse eu… na vida eu faria o que ele fez, procuro agir certo, mas jogando futebol, eu ficaria na minha, não me acusaria e o árbitro que se entendesse com eles…

    É difícil julgar… só acho desnecessária a colocação do Maicon na entrevista, porque expôs em demasia seu companheiro.

    Curtido por 1 pessoa

    • Nisso eu concordo. O Maicon errou feio.
      E vc citou uma coisa que poucos levaram em consideração. O erro não seria do RC, mas sim do juiz. Diferente de cavar um pênalti, provocar o adversário, uma simulação ou induzir o árbitro a qualquer outro erro.
      Só sei que o RC causou uma tempestade…na Fox o Pascoal e o Benja quase sairam no tapa.

      Curtir

      • Eu vi a briga hoje… rsrs

        Mas é isso, ele não provocou a situação… se tivesse ficado na dele, nada teria acontecido e ele estaria isento de críticas tanto se entregando, como ficando quieto…

        Curtir

    • Fizemos o mesmo caminho Marcio. A principal diferença da vida real e do futebol é que tem um árbitro te julgando a cada lance e aqui fora só temos nossa consciência. Deixa o árbitro fazer o trabalho dele e vamos só jogar bola.

      Curtir

  40. O time do corinthians é o pior dos últimos anos , é um time ruim com jô e tudo , nosso time não da conta de ganhar , e a responsabilidade por não ganhar é um lance que suspenderia o jogador do outro time . nunca ganhamos lá em itaquera quero saber se vamos ganhar ou estamos com medo do Jô .

    Curtir

  41. Nem achei a atitude do Rodrigo Caio tão passiva de tanto destaque.
    Tanto que nem me lembrei dela enquanto escrevia a coluna.
    Achei muito próxima do comum. Parece que ele tem como educação, no sentido de formação individual e valores enxergar o que é correto e apontar.

    Não julgo mal quem acha que ele foi idiota no lance. O que temos de mais à flor da pele é o torcedor.
    Nós nos importamos muito mais com os resultados em campo do que qualquer jogador, qualquer membro da diretoria. E lances assim, ainda mais em jogos assim, ainda mais com a pegação no pé causada pela imprensa, acabam se tornando muito mais ‘impressionantes’ do que são.

    Concordo bastante com os comentários que colocam o resultado da partida como principal fator para o incômodo da atitude.
    Tivéssemos goleado, o lance de Rodrigo estaria em DVD.
    Perdemos, não por ‘frouxidão’ dos jogadores. Perdemos porque Ceni mais uma vez foi engolido pelo adversário.
    Perdemos porque estamos ridiculamente ridículos em várias e várias partidas decisivas há muito tempo.

    Curtido por 1 pessoa

  42. Emotividade em excesso! Se o resultado fosse diferente e o Rodrigo tivesse feito o mesmo ato, não teria todo esse estardalhaço. A questão é que somos “perseguidos” pela mídia clubista e, querendo ou não, a mesma influencia discussões e forma opiniões.

    Curtido por 2 pessoas

  43. Vencer amanhã não é difícil , o difícil é vencer por 3 gols de diferença , e isso é improvável.
    Mas no SPFC, o time da moeda que caiu em pé , o maior vencedor Brasileiro , o Brasileiro mais vencedor de títulos internacionais , o maior goleador em jogos no campeonato Brasileiro , nesse eu acredito.

    Curtido por 1 pessoa

  44. “Em 2005, quando atuava pelo Werder Bremen, o jogador abriu mão de um pênalti no duelo contra o Arminia Bielefeld depois da marcação do árbitro. O juiz interpretou que ele havia sido derrubado pelo goleiro, mas o centroavante avisou que não houve falta no lance. O atacante repetiu a dose em 2012, já com a camisa do Lazio. A partida era contra o Napoli, e Klose usou a mão para concluir a bola para o gol. Embora a arbitragem não tivesse visto a irregularidade, ele mesmo admitiu o toque e o gol acabou anulado.
    Os exemplos não para por aí. Em um amistoso disputado no México, no mês passado, um lance parecido também repercutiu na vitória do America sobre o Morelia por 2 a 0. O jogo estava 1 a 0 para os donos da casa quando o árbitro assinalou pênalti para o Morelia, que teria a chance do empate no lance. Mesmo favorecido, o atacante Luis Gabriel Rey viu que a bola não bateu na mão do adversário, como indicado pelo árbitro, e se recusou a cobrar o pênalti. O árbitro desistiu da marcação e, após o jogo, o colombiano recebeu elogios do clube pela atitude. ”

    pq não podemos esperar mais atos como esses?

    Curtido por 1 pessoa

  45. Engraçado que o goleiro Prass das peppas falou ao vivo na Fox ontem a noite, que dificilmente faria o mesmo que o Rodrigo Caio e essa mídia ridícula não falou nada.

    Curtir

  46. É Sub…esse ano pensei até em investir numas “cervas” tipo puro malte, devido a empolgação que nosso time nos causou…mas…como sempre, mas…azedou minha vontade, azedou as “cervas”, o bolso, a mente, o espirito…puxa vida, a doença das múmias da diretoria do SPFC estão nos contagiando, estamos todos adoecendo. Que Deus nos ajude.

    Curtido por 1 pessoa

      • Quero acreditar que RCeni esteja guardando um coelho na cartola, não acredito que ele “emburreceu” como muitos aqui acham. Respeito a opinião de todos, mas, não concordo com elas. Sou um sonhador, que adora um pitada de “magia” dos sonhos na vida real. Tomara podermos brindar algum título esse ano. Temo muito pelo conformismo que esse clube pode nos levar, assim como foi com o flamengo em relação a sua torcida que vivia de glórias pelos títulos que o time proporciona na época. Abraço.

        Curtir

  47. E lembrar que o Dodô tb saiu pela porta dos fundos no Morumbi, de mal com a torcida, com o técnico, com todo mundo. Fazia muito golaço, mas pelo menos no São Paulo, era muito irregular…
    O problema tb é que nós mesmos acabamos nos contentando só com vaga na Libertadores, achando que só isso está bom, assim viramos um Arsenal, Napoli, Borussia Dortmund da vida, que são grandes times que não pensam mais nos títulos nacionais, só em vagas nos torneios europeus….

    Curtir

  48. Acredito que toda essa discussão só está ocorrendo por que o time perdeu, se o São Paulo tivesse ganho, todos estariam parabenizando o Rodrigo Caio.

    Curtir

  49. Já dei minha opinião sobre o assunto do RC. Moro na Alemanha, já morei em outros países e isto não mede nada.

    Mas a ironia é a japonesa utilizar a boa ação do zagueiro de condomínio para plantar uma discórdia que eu duvido da existência.

    No máximo, uma divergência pública de opiniões.

    Interessante mesmo uma boa ação em um meio sujo como o futebol brasileiro é utilizada para o mal. No caso, para o mal do SPFC, que é atacado há anos por todos…

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s