Ceni elogia mano a mano de Lucão e que ele encaixa perfeitamente no estilo atual de jogo do São Paulo

A goleada sobre o Linense neste sábado (8 de abril) marcou a classificação do São Paulo à semifinal do Campeonato Paulista, mas também foi especial para um jogador do grupo de Rogério Ceni. A tarde de 8 de abril pode ficar marcada como o dia em que Lucão iniciou a sua volta por cima no Tricolor Paulista. Após ser crucificado por boa parte da torcida, ficar encostado no elenco e ser visto pela diretoria como moeda de troca, o jovem zagueiro de 21 anos voltou a ser titular do São Paulo em uma partida no estádio do Morumbi. A última vez havia sido no longínquo 28 de novembro de 2015, data em que o Tricolor bateu o Figueirense por 3 a 2 pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foram 131 dias sem uma oportunidade no Cícero Pompeu de Toledo.

“O Lucão, quando eu ainda jogava, sempre defendi, porque sei do potencial. Jogador leve, rápido e é uma qualidade no futebol moderno. No modo como meu time joga ele é essencial no esquema O Lucão não jogava aqui no Morumbi desde setembro de 2015 (na verdade, novembro), as pessoas tinham receio de colocá-lo aqui”, revelou Rogério Ceni, neste sábado, durante a entrevista coletiva.

“Agora ele vem jogando com uma sequência e a gente o vê com outro semblante. Eu conheço atletas de clubes menores que querem vir para o São Paulo. Eu desconheço o contrário. Não consigo entender. Ele vive um bom momento, o torcedor volta a acreditar e ele passa a ser uma peça importante em um sistema de jogo que o mano a mano é usado muitas vezes”, explicou o treinador.

Lucão até chegou a ‘encarar’ a torcida do São Paulo na Capital quando o time foi mandante nos duelos contra César Vallejo, The Strongest e Trujillanos pela Copa Libertadores da América do ano passado. Mas, o palco desses confrontos foi o estádio do Pacaembu. Em seguida, a diretoria são-paulina envolveu o atleta na negociação junto ao Porto para contratar Maicon. No entanto, Lucão se recusou a trocar de clube, apesar de à época não ser aproveitado no São Paulo. Isso tudo depois de ter feito 47 jogos pelo time principal do São Paulo em 2015, dos quais 45 como titular.

“Tudo sempre serviu de muito aprendizado. De tudo que eu vivi nos últimos anos é a experiência que conta. Ter maturidade para saber lidar com todo tipo de situação. Converso diariamente com o Rogério, tenho essa liberdade, todos os jogadores têm. O que ele pedia é que eu tivesse paciência porque eu ia entrar e jogar. Chegou e eu entrei. Estou fazendo minha parte, espero que daqui para frente seja de muita alegria”, disse a revelação de Cotia, que frente ao Linense completou sua quarta participação nessa temporada, todas elas dentro da formação inicial de Rogério Ceni.

Por ora, Maicon e Rodrigo Caio formam a dupla titular da zaga são-paulina. Além de Lucão, o elenco ainda conta com Breno, Lugano e Douglas. Lyanco, que era um forte concorrente nessa briga por espaço, foi vendido ao Torino.

FOX

 

Anúncios

41 comentários

  1. Naquele time do 6×1, o que aconteceu com ele poderia ter sido qualquer um dos nossos zagueiros. Mas, sempre achei o Lucão um bom jogador. Pesou mais por ser garoto e fraco emocionalmente. Foi o nosso Thiago Silva.

    Curtir

  2. Vamos apoiar e torcer muito pelo SPFC. Pela frente, jogos decisivos e oportunidade para desvanecer essa nuvem negra que paira faz algum tempo sobre o Morumbi.

    Curtir

  3. Lucão desmentiu essa info de recusa ao Porto.
    O que ele disse é que foi escolha do Porto escolher um jogador e aguardar para escolher outro mais tarde. Talvez por isso a sondagem do Porto ao Cipriano.

    Quanto a evolução do Lucão, eu acho que foi maior na parte física, hoje ele parece mais veloz pra chegar inteiro nas jogadas…

    Curtir

  4. Espero que não faça cena na hora de renovar o contrato. Pois da última vez conseguiu um belo aumento e não correspondeu em campo. No mas, acredito muito em seu potencial, espero que tenha uma boa sequência atuando bem.

    Curtir

  5. Pra mim ele sempre foi bom, mas às vezes dava pane. Não sei se por sentir o peso da camisa ou inexperiência. Mas se ele fizer o simples e deixar para ousar mais quando tiver mais experiência, será um bom zagueiro sim.
    Por enquanto eu tenho o pé atrás com ele igual tenho com o Denis, que faz grandes defesas, joga alguns jogos bem, mas quando menos se espera, comete um erro bobo.

    Curtir

  6. Muito boas e elucidativas as coletivas do Ceni. Ele sempre explica as escolhas, os motivos das mudanças e apoia os jogadores.

    A entrevista que o Globo Esporte fez com o Michael Beale é muito bacana também e explica um pouco mais sobre o dia a dia da comissão técnica.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Ok, pergunta, jogou bem contra quem? Outra questão, não consigo mencionar nenhum clássico ou jogo decisivo em que o Lucao jogou bem e foi seguro na zaga, alguém consegue? Acho que não…

    Curtir

  8. Comentário perfeito do Hugo. Reconheço que eu mesmo não tive paciência com o Lucão. Mas até o Rodrigo Caio levou tempo para se firmar.
    Na nossa atual situação, ter um time de Cueva’s seria incrível, mas um time de Gilberto’s já seria ótimo, considerando os últimos anos.

    Curtido por 1 pessoa

  9. Aos poucos veem se recuperando e aos poucos ganhando mais oportunidades no time, ainda vai precisar ser testado contra time mais fortes, porem é um inicio de uma retomada na carreira ja q por causa de alguns “torcedores” o garoto foi execrado e quase saiu do clube. Graças ao atual treinador q vetou sua saida e o colocou pra jogar no momento certo, pode tentar continuar evoluindo e quem sabe se tornar um zagueiro de bom nivel ate de Europa.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Jogar com time pequeno é fácil,vamos ver agora na hora que a onça bebe água.
    Vamos ver se não vai fazer mais cagada igual no ano passado ,no jogo contra a galinhada.

    Curtir

  11. Perfeita colocação. Na mesma linha de raciocínio: a taõ badalada superioridade de elenco da S. E. Crefisa é feita de jogadores como você citou (Danilos, Cíceros, Gilbertos etc.).

    Queimamos tanta gente – que, depois foram muito bem em outros clubes – que fica até difícil contar: Ademilson, Bordon, Fábio Santos, Casemiro …

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s