Parte II da Exclusiva  com Pimenta:

7)      Blog do São Paulo: A principal crítica que alegam hoje da oposição é o apoio de Abílio Diniz e Alexandre Bourgeois estar em seus planos para gerir o clube. Como avalia estas críticas?

Pimenta: Abilio é um grande são-paulino e um dos muitos apoiadores de nossa campanha. Ele entende que nossas ideias são as melhores para administrar o SPFC: gestão profissional e participativa, modernização e descentralização do poder. É uma pessoa bem-sucedida em sua vida profissional e que quer ajudar o clube. Não conversamos absolutamente nada sobre cargos. É prematuro falar nesse assunto. Apoio não está condicionado a cargos. Imagino até que, por ele ser uma pessoa muito ocupada, não tenha tempo para isso. Pelo que sei, ele sempre manifestou desejo em ajudar o SPFC de várias formas. O Alex é apenas um colaborador informal da nossa campanha. Por ser um profissional renomado e conhecer bem o clube nos ajuda com informações e ideias de gestão. Nada além disso.

8)      Blog do São Paulo: Leco teve enorme repercussão positiva após estes anúncios, mas os números preocupam pois há uma dívida enorme fruto das mazelas de Juvenal, Aidar e recentemente de Leco. Ele alegou ter sorte pelos anúncios ocorrerem perto deste momento do pleito de abril. Como o senhor enxerga esta declaração?

Pimenta: O que ele chama de sorte eu chamo de oportunismo. Fica óbvio que a essa altura qualquer anúncio ou contratação tem claro objetivo eleitoreiro. Vale tudo para ele se manter na presidência. E como já disse nesse caso quem perde é só o São Paulo.

9)      Blog do São Paulo:  A gestão atual é transparente? Estaríamos em boas mãos se fossem mantidos os gestores atuais com o novo estatuto?

Pimenta: Evidentemente que não. Essa gestão é notória em dissimular números e escamotear informações. Temos muitas dificuldades para conseguir dados dos contratos e dos negócios realizados pelo clube. Por conta dessa postura pouco ética e transparente temos sérias dúvidas se eles serão capazes de cumprir mesmo o estatuto. Aliás, sua aprovação foi das poucas coisas que pudemos comemorar nessa última década. E ela só foi possível graças à união de mais de uma centena de conselheiros que estão comigo nessa jornada de reconstrução do São Paulo.

10)  Blog do São Paulo:  O Sr. que comandou aquela época, tinha conceitos considerados à frente de seu tempo. Hoje, mais de 20 anos depois, num outro contexto, o Sr. está preparado e com a cabeça certa para voltar a ser vanguarda? A torcida tem muito receio destes ciclos intermináveis entre mesmos nomes e com gestores mais antigos, sem uma nova filosofia. O que pode nos dizer a respeito?

Pimenta: Eu e o São Paulo temos a inovação como qualidade comum. Sempre procurei ser diferente e não fazer aquilo que os outros já faziam. O mesmo se dá com o clube, que não por acaso é o mais jovem e vitorioso entre os grandes do estado de São Paulo. Eu trabalho pelo profissionalismo desde minhas primeiras gestões e agora vejo a chance de realizar o que é o melhor para o SPFC. Minhas ideias de gestão já eram inovadoras à época e agora é o momento de renovação de conceitos e de gestão.

11)  Blog do São Paulo: Sobre o caso de sua expulsão, seu retorno, o caso em si que ainda é muito falado e cada vez mais alimentado por seus rivais. Qual sua visão e o que poderia trazer como luz ao caso?

Pimenta: Este caso foi totalmente esclarecido. Provei com um laudo técnico do maior perito do Brasil, Ricardo Molina, do laboratório da UNICAMP, que a tal fita com a suposta conversa suspeita havia sido adulterada. A Justiça brasileira resolveu esse caso. Aquilo foi uma grande farsa com fins políticos. O próprio SPFC reconheceu isso e tornou sem efeito aquela punição absurda. Tanto que retornei ao Conselho. E mais! Fui alçado à presidência do Conselho Consultivo, que une todos ex-presidentes do clube. Acho que isso encerra o assunto.

12)  Blog do São Paulo: Para fechar, o que podemos esperar de verdade de um triênio do Senhor à frente do clube, como enxerga suas reais chances de vitória após a união Leco-Natel e quais pessoas podemos esperar em posições estratégicas em sua gestão?

Pimenta: Os conselheiros e são-paulinos em geral podem esperar uma gestão profissional, ética, transparente e que se empenhará diariamente para manter o São Paulo unido e pacificado. Hoje já contamos com mais de uma centena de conselheiros nos apoiando. E ainda falta muito tempo para a eleição. Estamos plenamente confiantes que a vitória é possível. Ainda estamos escolhendo os melhores nomes para ocupar os cargos chaves da administração. Cada gestor terá que provar capacidade e competência para ocupa-los. Ser torcedor só não basta. Queremos um São Paulo profissional, preparado e qualificado para enfrentar os desafios de uma era que não permite mais amadorismo e incompetência. Só assim voltaremos ao caminho das grandes vitórias e conquistas.  Caminho do qual nunca deveríamos ter saído.

O Blog do São Paulo agradece ao candidato José Mesquita Pimenta pela exclusiva. 

Ao Leco: o espaço está aberto a você conforme oferecido ontem de noite. 

Alexandre Zanquetta