Ap贸s um longo per铆odo sendo exemplo em planejamento e acostumado a ganhar t铆tulos, o S茫o Paulo vive um 聽momento pouco satisfat贸rio. Ap贸s a sua ultima conquista, em 2012 (Copa Sul-Americana), o tricolor paulista busca identidade pra voltar aos seus tempos de gl贸ria. Em 2017 o torcedor v锚 sua maior esperan莽a em um 铆dolo que outrora comandava o time com a faixa de capit茫o e agora o comanda do banco de reservas, como t茅cnico. Com Ceni vieram as novidades que d茫o o ar de vanguarda ao S茫o Paulo novamente. Al茅m de suas id茅ias e experi锚ncias adquiridas no per铆odo que estudou na Europa, vieram os assistentes Michael Beale (auxiliar t茅cnico) e o Charles Hembert (supervisor t茅cnico), ambos estrangeiros e com vasto conhecimento.

O primeiro deles despertou a curiosidade dos torcedores s茫o paulinos. O ingl锚s se destaca por mostrar grande entendimento do esporte bret茫o, autor de nove livros sobre m茅todos de treinamento, detentor da licen莽a A da Uefa e 15 anos de experi锚ncia entre a base do Chelsea e Liverpool, Michael tem todas ferramentas para auxiliar Rog茅rio Ceni a trazer o que h谩 de melhor do futebol t谩tico europeu. Batemos um papo sobre sua vinda ao Brasil e seus planos no S茫o Paulo. Confira:

1. Quais foram os fatores determinantes que te motivaram a vir ao Brasil e como foi a sua conversa com o Rog茅rio Ceni? Como ele te convenceu?

Eu acredito que seja uma grande oportunidade a experi锚ncia de viver e aprender uma cultura diferente. Eu tenho uma longa experi锚ncia na Europa e sempre trabalhei com jogadores de toda parte da Am茅rica do Sul e Europa, mas meu sonho era ter um desafio fora da Inglaterra e essa jornada de vir ao Brasil 茅 fant谩stica pra mim. Rog茅rio tem mostrado muita f茅 em mim e n茫o precisou me convencer, bastava apenas que eu acreditasse no trabalho que ele estava me pedindo pra fazer. Foi um processo calmo e simples.

N贸s conversamos muito sobre o clube, sobre suas ideias e como eu ia ajudar. N贸s temos uma ideia muito clara sobre como iremos trabalhar, come莽a com o treinamento di谩rio e como administramos o grupo. Entendemos que demanda tempo pra implementar tudo – mas trabalhamos todo dia pra tornar esse projeto em algo real.

2. Antes de aceitar a proposta provavelmente voc锚 estudou sobre o time, quais foram as suas primeiras impress玫es? Voc锚 j谩 conhecia o S茫o Paulo?

Sou uma pessoa que vive futebol, ent茫o obviamente conhecia bastante sobre o S茫o Paulo e sua hist贸ria antes de vir ao Brasil. Quando eu vim em novembro, foi muito importante visitar a Barra Funda, Cotia e o Morumbi pra ver a estrutura e me sentir no clube. A primeira impress茫o foi muito boa, o clube tem uma grande estrutura, a gentileza das pessoas aqui tamb茅m foi algo que me cativou. A negocia莽茫o de sal谩rio e contrato durou menos que dez minutos, fiquei muito feliz com a oferta feita. Essa foi uma decis茫o feita principalmente pelo desenvolvimento no futebol e o dinheiro n茫o foi determinante. N茫o sou uma pessoa que prioriza dinheiro, me preocupo mais com a realiza莽茫o das minhas ambi莽玫es.

3. Ouviu muito falar do Mundial Interclubes de 2005 contra o Liverpool?聽

Eles me falam disso todo dia! (risos) Foi contra o Liverpool, ent茫o 茅 esperado. Foi uma vit贸ria fant谩stica pro clube, ser campe茫o mundial pela terceira vez. Mas enfim, eu sou torcedor do Chelsea, esse 茅 o time do meu pai e do meu av么, logo o Chelsea acaba sendo o time da fam铆lia. Tenho um grande carinho pelo Liverpool e pelo S茫o Paulo por ter o privil茅gio de representar esses clubes na minha carreira.

4. A sua vinda e o tempo que Ceni passou no Liverpool criou um la莽o do S茫o Paulo com o clube ingl锚s? 脡 poss铆vel um interc芒mbio de base ou algo do tipo?

N茫o. O tempo que eu passei com o Rog茅rio no Liverpool foi somente pra compartilhar ideias e criar um uma conex茫o entre n贸s. Nosso pensamento muito parecido sobre futebol acabou criando um la莽o quase instant芒neo. Eu acho que ambos clubes s茫o ic么nicos no mundo do futebol e essa liga莽茫o n茫o 茅 necess谩ria, claro, a equipe do Liverpool ficou curiosa com o meu trabalho aqui e a equipe do S茫o Paulo quer saber como funciona o futebol l谩.

5. Muito se fala dos esquemas t谩ticos antiquados que se usa no futebol brasileiro. Como voc锚 v锚 o estilo de jogo utilizado aqui em compara莽茫o com o da Europa? Estamos realmente muito atr谩s ou h谩 um certo exagero?

Futebol 茅 um jogo simples que as vezes os t茅cnicos deixam muito complicado!

Eu s贸 consigo falar pela experi锚ncia que estou tendo no S茫o Paulo, onde nossa comiss茫o est谩 trabalhando de uma maneira muito semelhante com as esquipes do Chelsea e Liverpool. O jeito brasileiro sempre foi 煤nico, um presente pro mundo do futebol, os jogadores mais ic么nicos do mundo vieram do Brasil. Por茅m, com tantos jogadores deixando o pa铆s pra jogar pelo mundo 茅 natural que o campeonato deixe de ser forte como foi anos atr谩s.

O que eu posso te dizer 茅 que o futebol 茅 Brasil e o Brasil 茅 o futebol. Qualquer crian莽a no mundo ama ver a Copa do Mundo pra ver o Brasil jogar. Se est谩 atr谩s da Europa? N茫o – mas talvez tenha uma necessidade de reestruturar como os clubes s茫o administrados. Eu acredito que pode se aprender muito dos outros pa铆ses nessa 谩rea e essa 谩rea 茅 fundamental ao clube.

6. Sabemos que voc锚 gosta de um futebol compacto e moderno, tal qual a maioria dos europeus usam atualmente. Qual o seu esquema t谩tico preferido e qual voc锚 v锚 se encaixando bem no S茫o Paulo? O 3-4-3 茅 o esquema do momento?

O mais importante 茅 ter princ铆pios claros de como voc锚 quer jogar a partida. Como voc锚 gosta de defender, como voc锚 gosta de controlar o espa莽o do campo e como voc锚 prefere atacar. Isso 茅 mais importante que a forma莽茫o. A forma莽茫o 茅 baseada nos jogadores dispon铆veis que voc锚 tem pra cada jogo. Mas 茅 bom ser flex铆vel no sistema t谩tico usado, mudando a forma莽茫o quando ataca e quando defende. Eu gosto de olhar pro jogo em pequenos momentos de confrontos individuais (1×1, 2×2 e 3×3) e como os jogadores podem fazer boas decis玫es nessas situa莽玫es. O jogo 茅 mais jogado dessa maneira do que o pr贸prio 11×11.

7. 脡 muito comentado entre os jogadores nas entrevistas que os treinos sempre s茫o diferentes e isso 茅 visto com empolga莽茫o. Como voc锚 e toda comiss茫o organizam os treinos para ter toda essa variedade? E qual a metodologia pra aplicar isso no campo?聽

N贸s passamos muito tempo (eu e o Rog茅rio) discutindo sobre o treino e como tudo est谩 conectado com a nossa vis茫o geral para o S茫o Paulo, todos treinos s茫o feitos com essa vis茫o. Todo dia trabalhamos para melhorar o jogador de maneira individual e o grupo. Mas tamb茅m com a inten莽茫o de fazer os jogadores gostarem de vir ao trabalho a cada dia e deix谩-los com a sensa莽茫o de aprendizagem.

8. Foi visto em seu perfil do Twitter uma publica莽茫o de elogio ao Wesley, a diretoria inclusive j谩 elogiou ele anteriormente por seu comprometimento, por茅m, a rela莽茫o com a torcida 茅 uma das piores. O que faz voc锚 achar que Wesley 茅 um jogador fant谩stico (como citou no Twitter)? E o que o deixa longe de demonstrar em campo o porqu锚 recebe tantos elogios e chances pela comiss茫o?聽

Eu prefiro deixar essa situa莽茫o para o passado. Isso n茫o 茅 algo que a comiss茫o, Wesley ou os torcedores precisam discutir agora. N贸s todos trabalhamos para o mesmo objetivo, tentar e fazer o S茫o Paulo ter sucesso.

9. Das ideias que voc锚 exercia como treinador pelo sub-23 do Liverpool, quais j谩 voc锚 conseguiu trazer para o S茫o Paulo e foram praticadas e quais s茫o as maiores barreiras que voc锚 v锚 no caminho dessa transforma莽茫o ideal?聽

Eu trago algumas ideias de como devemos jogar, mas o Rog茅rio 茅 100% o t茅cnico do time e eu sou o assistente. Ent茫o eu ajudo com ideias junto ao Pintado e o Rog茅rio faz a melhor decis茫o para o time. 脡 um processo natural e estamos felizes de fazer parte disso. A maior dificuldade em curto prazo 茅 melhorar algumas 谩reas da equipe e ter certeza que preparamos nossos meninos da base bem, pra que no futuro possam se tornar estrelas no S茫o Paulo. Trabalhar pra integrar esses meninos de Cotia at茅 a Barra Funda 茅 uma grande inspira莽茫o pra mim e pro Rog茅rio.

10. Voc锚 j谩 escreveu nove livros sobre metodologia de treinos e formas de jogo, o que te motivou a escrever esses livros? 聽

Eu sou fascinado pelo desenvolvimento de t茅cnicos e o compartilhamento de ideias. O primeiro livro foi lan莽ado em 2007 e o 煤ltimo foi em 2014 – 聽essas s茫o as minhas ideias pelos anos que se passaram, e eu planejo escrever novos livros sobre desenvolvimento de jogadores e desenvolvimento de times nos pr贸ximos meses.

11. Com a experi锚ncia de 15 anos entre a base de dois gigantes ingleses e agora vindo para o Brasil em busca de aplicar as suas ideias e m茅todos, daqui um tempo voc锚 almeja exercer o cargo de t茅cnico? Qual o t茅cnico que lhe inspiraria?聽

Sim, tenho o sonho de um dia ser t茅cnico, mas n茫o sabemos aonde essa vida nos leva. Meu objetivo 茅 aprender um segundo idioma e ter sucesso fora da Inglaterra nos pr贸ximos cinco anos. Eu tamb茅m quero dar aos meus dois filhos a chance de aprender outra l铆ngua enquanto s茫o jovens. Ent茫o provavelmente terei meus 40 anos, esse ser谩 o momento de iniciar minha jornada como t茅cnico.
Eu me inspiro em v谩rios t茅cnicos. No Chelsea eu tive a sorte de ver Ranieri, Mourinho, Scolari, Huiddinck, Ancellotti, Villas Boas, Di Matteo… todos de perto, e no Liverpool vi Rodgers e Klopp.

Tenho meu pr贸prio estilo e tenho muita confian莽a nas minhas pr贸prias ideias pra ser bem sucedido no futuro. Eu farei minha pr贸pria caminhada um dia. O t茅cnico que eu mais admiro 茅 o Ancelloti – ele 茅 um 贸timo administrador de pessoas. Eu tamb茅m adoro o Conte e o Sampaoli.

12. Mesmo sendo novato na fun莽茫o, Rog茅rio Ceni demonstra confian莽a e um planejamento muito elaborado pro seu projeto, voc锚 o v锚 pronto? Pelo que voc锚 tem acompanhado, ele lembra qual t茅cnico em seu estilo de jogo?

Rog茅rio n茫o 茅 um ex-jogador que do nada teve vontade de treinar uma equipe, ele 茅 um cara que estudou sobre a fun莽茫o e fez cada etapa necess谩ria pra que se sentisse seguro de que estava pronto. Ele n茫o aceitaria o trabalho no S茫o Paulo sem a certeza de estar pronto para ajudar e melhorar o clube. Esse time 茅 a sua vida e ele s贸 quer o melhor para o S茫o Paulo. Mas nenhum t茅cnico 茅 um milagreiro, 茅 importante que o clube contrate os jogadores certos e que a comiss茫o tenha suporte do time para que as coisas deem certo. Uma pessoa consegue fazer v谩rias coisas, mas o resto precisa estar em ordem. Ele 茅 um t茅cnico que ama aprender sobre o jogo e treinamentos. Todo dia temos conversas fant谩sticas sobre futebol, n贸s compartilhamos dessa paix茫o.

13. Depois que voc锚 saiu do sub-23 do Liverpool, quem assumiu foi simplesmente um dos maiores 铆dolos dos Reds, o Gerrard. O que voc锚 acha dessa escolha e qual foi o t茅cnico do time de Liverpool que voc锚 mais gostou?

Gerrard virou t茅cnico da base, mas n茫o do sub-23. Minha vaga foi preenchida pelo assistente Mike Garrity. Ele voltar ao Liverpool foi uma 贸tima decis茫o, esse processo come莽ou antes de eu vir ao S茫o Paulo, seria legal ter a oportunidade de trabalhar com ele. O Liverpool tem excelentes treinadores na base, Inglethorpe, Lijnders, Garrity e Critchley. Eles t锚m uma programa莽茫o na base que 茅 uma das refer锚ncias na Europa toda.

14. Visto que o Jo茫o Schimidt est谩 de sa铆da do S茫o Paulo, quem seria o respons谩vel no elenco atual pra fazer o papel da sa铆da de bola com qualidade? O S茫o Paulo ainda procura um volante do estilo dele no mercado?

Jo茫o ainda 茅 um jogador do S茫o Paulo e tem muita qualidade pra trazer ao nosso time. Ele treina muito bem todos os dias e eu gosto do seu estilo e profissionalismo. Ele 茅 um jogador que eu tinha conhecimento antes de vir ao S茫o Paulo. N贸s estamos tentando melhorar cada posi莽茫o da equipe e se tudo der certo iremos mostrar essas adi莽玫es em breve.

15. 脡 conhecida sua influ锚ncia nos treinos e no aux铆lio t谩tico ao Rog茅rio, mas al茅m disso, qual o ponto que tem mais a sua contribui莽茫o no S茫o Paulo atualmente?

Eu acho que dou ideias para treinarmos de maneira din芒mica e criativa. Eu e o Pintado damos a nossa opini茫o pro Rog茅rio e trabalhamos com toda equipe m茅dica, f铆sica e anal铆tica para planejar cada momento com os jogadores. Eu queria mencionar o meu 贸timo relacionamento com Pintado, no qual se tornou um grande amigo nesse curto per铆odo de tempo, tamb茅m sou muito grato ao Charles, que me ajuda no portugu锚s quando eu n茫o consigo entender algumas coisas durante as atividades, mas estou melhorando a cada dia nesse aspecto.

16. Enfim, com essas mudan莽as, o que podemos esperar do S茫o Paulo 2017?

脡 muito cedo pra prever algo, mas saibam que estamos trabalhando duro para que o clube todo esteja com o mesmo pensamento, o pensamento que vai ajudar o S茫o Paulo a retornar pro topo do futebol Brasileiro. N茫o 茅 um trabalho f谩cil, mas n茫o aceitar铆amos esse desafio se n茫o acredit谩ssemos nesse projeto. O que 茅 mais importante? Que todas decis玫es sejam feitas de maneira coletiva, todos juntos.

Ap贸s isso teremos chance de competir com Palmeiras e Santos, no qual eu acredito que s茫o os times a serem batidos no momento.

Entrevista feita por Hugo Duarte, Blog 4-3-3