Há muito tempo, todos nós questionamos o aproveitamento da base!

Quando o time esta bem, não é momento de lançar os garotos, por conta da pressão!

Quando o time vai mal, não é momento de lançar os garotos, por conta da pressão!

Isso chama-se  justificar os imprevistos, que é o contrário de PLANEJAMENTO.

Desde 2012, não ganhamos títulos!  Se tivéssemos ganho, todos esses conceitos, seriam verdadeiros.

Mas, contratamos jogadores caros, rodados, e 2013 e 2016, disputamos a parte debaixo da tabela!

Aliás, nos momentos mais difíceis que passamos, quem deu a cara para bater?  Em 2013, foi Rodrigo Caio (que arriscou sua carreira, indo jogar de zagueiro, pois Roger Carvalho, o “rodado” chegou machucado), foi Ademilson e não Welliton, o “rodado”!

Esse ano, é D. Neres, Pedro, Luiz Araújo e não Michel Bastos, Carlinhos, Gilberto os “rodados”!

É engraçado, que muitos só citam jogadores da base que não deram certo!

Mas, que tal citarmos os “ciganos da bola” que não deram certo?

Edison Ratinho, W Diniz, Antonio Carlos, Roger Carvalho, Edson Silva, João Filipe, Lucio, Juan, Cortes, Clemente Rodriguez, Carleto, Reinaldo, Paulo Assunção, Maicon, Cícero, Welliton, Silvinho, Kieza, Gilberto, etc.

Grande parte jogadores de Uram!

O São Paulo sempre saiu na frente, pois acreditava em um planejamento, e ia até o fim!  Não aceitava justificativas, de “isso nunca deu certo”!

Cotia com Luiz Cunha, Rodolfo Canavesi, Andre Jardine, em pouco tempo de trabalho, transformou a base que muitos diziam ser de jogadores mimados (ao contrário do “Terrão” dos outros), em uma máquina de ganhar títulos!

Geração vitoriosa tem que ter um cuidado maior!

Vamos pegar o exemplo do Brasil sub-20 de 2011, campeão sulamericano e mundial (regra ou exceção, jogadores darem certo?):

Gabriel – Milan

Juan РInternacional de Miḷo

Alex Sandro – Juventus

Gabriel Silva – Granada

Danilo – Real Madrid

Allan – Napoli (Lateral/Volante)

Casemiro – Real Madrid

Fernando – Spartak Moskow

Felipe Anderson – Lazio

Oscar – Chelsea

Philippe Coutinho – Liverpool

Neymar – Barcelona

Roberto Firmino – Liverpool

William Jos̩ РReal Sociedad

Alan Patrick – Flamengo

Dudu – Palmeiras

Quem ficou pelo caminho?  Lucas Gaúcho, Bruno Uvini, Henrique Almeida (São Paulo), Frauches, Negueba e Diego Maurício (Flamengo).

No caso do Flamengo isso é histórico, seja com Djalminha, Paulo Nunes, Marquinhos, Marcelinho Carioca, Fabio Augusto, Adriano e Reinaldo (trocado pelo Vampeta, que depois atrasaram salário e ele “fingia que jogava”), etc.

Já o São Paulo, aproveitava bem seus valores.  Mas, nos últimos anos, quantos jogadores das seleções de base que desperdiçamos?

Enfim, temos uma geração completamente diferente dessa vez.  Não ganhamos apenas a Copa São Paulo!  Aliás, essa não ganhamos, mas ganhamos Copa do Brasil e Copa Libertadores!

A verdade, é que vejo nessa geração, que sucesso vai ser regra e não exceção!

Jardine disputou os torneios usando dois times completamente diferentes, mas com mesma filosofia e padrão de jogo:

Primeiro time:

Lucas Perri, Foguete, Tormena, Kal, Inácio; Banguele, M. Queiróz e Artur; Neres, Joanderson e Lucas Fernandes.

Segundo time:

Lucas Paes, Felipe Araruna, Rony, Iago Maidana e Caique; Militão, Jefferson e Shaylon; L. Araújo, Pedro e Murilo

A prova da qualidade dessa safra, é que Araújo e Pedro, já estão nos profissionais, junto com Lucas Fernades, David Neres.

Murilo subiu com Juan Carlos Osorio, mas depois voltou para base!

Desta vez, revelamos atacantes modernos!  D. Neres, Luiz Araújo, jogando de pé trocado, assim como Lucas Fernandes, e Murilo!

É hora de apostar na base no Paulista!

Se Leco realmente esta preocupado com as finanças, não há motivo para não usar essa base tão vitoriosa e esse técnico que mudou completamente a percepção que tinhamos desses “meninos de condomínio” para se tornarem vitoriosos!

Se não forem bem, que contrate 3 jogadores de “Jerarquia” para o Brasileiro!

E jogadores  de “Jerarquia” é Nilmar machucado, W. Bigode (reserva do Cruzeiro) e Rafael Marques (reserva do Palmeiras).

Pois, essa fórmula não esta dando certo:  Kelvin (reserva do Palmeiras), Mena (reserva do Cruzeiro), não devem ficar para o ano que vem!

Ernani Takahashi