Coluna do Paulo Martins: O Ponto de Alavancagem

Banner - Coluna do Paulo Martins

As vergonhas se sucedem à ponto de tornarem-se comuns, já nem chocam mais. Nem mais vergonhas são, principalmente para quem não tem brio. E quase nem ferem mais, dado o estado calejado em que nos encontramos. Até o conceito de sofrimento vem sendo alterado em nós, uma reengenharia de sentimentos. Afinal o que é sofrimento para quem não vê a bonança há muito tempo? O resultado disto é o vermelhidão dos assentos nas arquibancadas que chega a doer nos olhos.

E não há espaço para meias palavras: incompetência, inação, procrastinação, remanso, estagnação, omissão, fraqueza, isolamento, falta de noção de realidade, obscuridade, egocentrismo, soberba. A conjunção disso tudo tem feito o São Paulo de hoje.

Leco é um sujeito honesto, até que se prove o contrário, cujo sonho sempre foi presidir o São Paulo. Conseguiu. Às duras penas e por caminhos tortuosos, é verdade, mas conseguiu. Todavia, a que custo? Sonho por sonho, eu queria ser astronauta. Mas, a começar pela miopia que me acometeu na infância, logo percebi que não daria certo. Se não conseguia enxergar um caminhão-carreta trezentos metros a minha frente, que dirá a fenda de reentrada na órbita terrestre há quilômetros de distância e voando rápido como uma bala… Por isso não seria justo querer, a todo custo, colocar a vida de alguém em risco para realizar o meu sonho.

Percebem? O ditado “querer não é poder” diz muito mais do que mera constatação sobre a possibilidade. Requer análise sobre as qualidades imperativas à assunção no posto sonhado. E vai mais além: a capacidade de, na investidura dos poderes inerentes ao cargo e suas respectivas responsabilidades, seguir adiante em bom termo, à altura das necessidades prementes que o cargo exige. Requer autocrítica antes de começar, sobretudo. Seria melhor não ter começado, mas agora já foi, ou melhor, está sendo. E desastrosamente, para nossa tristeza.

A inação do presidente fez a verdade ir aos telhados. Liderança, pulso, comando, assertividade, visão são qualidades que infelizmente não são vendidas na venda do Sêo Zéraldo, são-paulino sofredor daqui do Condado. Se fosse, juro que compraria e levaria para Leco, como presente de um são paulino que não aguenta mais ver este triste estado de coisas que se instalou no São Paulo e, como um gânglio putrefato agarrado à jugular deste gigante vivo, alimenta-se de toda vitalidade da instituição, servindo-se dela ao invés de servi-la.

Comandar o time do coração é missão para poucos e bons; e a omissão no cargo é uma renúncia tácita às prerrogativas do posto, o prenúncio do desastre. Se na prática não governa, é justo valer-se do status concedido pela teoria? E se sim, isto interessa à quem? Ao São Paulo e a nós, seus torcedores não, seguramente.

As raras ações, quando tomadas, na verdade são reações. Leco só reage, proatividade zero. Quem só reage, jamais será vanguarda. Apesar do esforço, Leco também não transmite credibilidade, não passa firmeza no “olho no olho”. Obviamente, não tem sido exitoso.

E se não obtêm o êxito, se não passa credibilidade e tampouco firmeza, como haveria de estabelecer uma cadeia de comando capaz de manter a ordem no espaço que vai da mesa de nogueira até o gramado? Natural a baixa no moral da tropa. Compreensíveis — apesar de inaceitáveis — as “deserções de corpo presente” que temos visto em campo. Estão ali, mas na verdade não estão, já foram faz tempo, salvo exceções. Mas a culpa não é de todo dos que jogam. Quem comanda, observa, tem o gatilho para contratar ou não e assina o cheque é merecedor de maior parcela e deve responder por isso.

E o que dizer dos vândalos no sábado passado? De quem, diabos, partiu a ordem para abrir aqueles portões? E onde estavam os dirigentes? Em Cotia para inauguração de busto de Juvenal? Ora bolas… O São Paulo exige muito mais preocupação com seu futuro do que com homenagens ao seu glorioso passado ou a quem tenha feito parte dele. Ou não haverá futuro. Melhor dizendo, haverá: um futuro daqueles que ninguém irá se orgulhar de mostrar aos netos.

Ah, sim, Ataíde. O saído que nunca saiu e acabou voltando. Estranho? Parece desprovida de nexo a afirmação? Evidente que sim. Do contrário não faria jus à presença do dirigente nos quadros do São Paulo, totalmente desconectada da realidade depois de tudo o que fez (ou o que deixou de fazer, não sei ao certo qual seria a afirmação apropriada) e por tudo o que fez a instituição passar. A presença de Ataíde, pelo conjunto da obra, não tem nexo algum no São Paulo, mas é o retrato fiel da situação do clube. Ataíde, pífio na execução de suas tarefas, com promessas e mais promessas não cumpridas, fez parte da nefasta gestão de Aidar e depois de uma situação muito mal contada, foi expulso do clube pelo Conselho de Ética.

Mas tudo isso não serviu como alerta à Leco, que ainda o manteve por perto, próximo ao time, gravitando sobre os cargos diretivos. Mas que diabos! Seus anos à frente do futebol falam por si, e o escriba não vai desgastar o papel discorrendo sobre ele. E não é que os resultados de sua “gestão” no futebol o sustentem no São Paulo. É o contrário: deveriam defenestrá-lo. Poucas linhas, ostracismo. Aqui, dois parágrafos e olhe lá. É o que merece.

Falemos sobre o último da “santíssima trindade”, Gustavo. Sobrinho de Raí, “a lenda”, era advogado do clube. Em 2013, com a saída de Adalberto Baptista, o comandante do “dia-a-dia” do clube. Como lastimavelmente não há transparência nos atos diretivos do tricolor paulista, Gustavo foi demitido ou saiu. Ou os dois. Ou nenhum dos dois! Sabe-se lá o que houve, na verdade. Leco, sempre ele, o trouxe de volta no início de sua gestão. E com uma alteração importante: viria com salário duas vezes maior do que quando saiu e mais, o novo acordo contaria com bônus em cima do lucro da venda de jogadores, tanto da base quanto do profissional.

Apesar de alguns acertos, como Cueva, o São Paulo viu-se protagonista de negociações estranhas, como a de Kieza que veio e se foi sem sequer dizer “olá”. Esse entra e sai – em determinados momentos com jogadores de qualidade duvidosa – fez do São Paulo um eterno recomeço. E esse costume de ser um time em eterna construção não só se manteve como ficamos todos com a sensação de que se tornou ainda mais vigoroso, característica que, senão decisivamente, certamente pesou para a saída de Osorio e também de Bauza, os mais promissores para o cargo de treinador que chegaram ao São Paulo nos últimos tempos. Gustavo acabou tendo sucesso naquilo que não queríamos: fazer do meio, um fim, ou seja: compra e venda com finalidade de lucro financeiro.

E o “lucro desportivo”? Se houvesse uma conta no balanço do São Paulo para esta finalidade, certamente estaria negativada, como prejuízo acumulado. Nesse aspecto, é preciso analisar qual é o objeto, hoje, do São Paulo Futebol Clube. Se não é mais ter um time que honre as tradições, então que isso seja posto no estatuto do clube e que passe a ser uma entidade com estrita finalidade de lucro financeiro.

Aí nós, torcedores, estaremos cientes de que realmente se trata e talvez nos conformemos em comemorar balancetes de verificação, balanços, ficando orgulhosos e colocando na parede pôsteres dos demonstrativos de mutações do patrimônio líquido, demonstrativos de origens e aplicações de recursos e etc chancelados pelo São Paulo.  Evidente que a boa administração passa por atitudes conservadoras, prudência, que serão evidenciados nessas peças contábeis. Entretanto, enquanto clube de futebol for, saibam: a rota está errada, o veículo não é apropriado, o motorista não serve, o combustível é caro e o destino não é onde nós, torcedores, queremos chegar.

Uma administração de vanguarda passa pela gestão de homens probos, sérios, austeros, competentes e comprometidos com a causa. Louve-se o fato de o São Paulo não atrasar salários e, em tese (veremos no balanço do ano que vem), ter diminuído suas dívidas estratosféricas para os padrões que uma entidade minimamente séria. Mas é pouco. Aliás, isso é a obrigação. E ninguém falou que seria fácil e tampouco foram obrigados a aceitar a função.

Em síntese… Leco, se ama o São Paulo como diz que ama, faça um favor ao seu clube do coração: renuncie e leve com você todos esses que você nomeou. Você faz parte do período mais negro da história do São Paulo, que se iniciou com o golpe de Juvenal Juvêncio, não há mais como mudar tal coisa. Mas ainda há tempo de mostrar hombridade, desprendimento, abnegação e amor ao São Paulo. Você, presidente, não é o ponto de alavancagem em que o clube precisa se apoiar e tomar impulso para sair do buraco. Se tal coisa significar uma intervenção, que assim seja. Ou então isso terá que ser feito na Série B ou mergulhado nas agruras de uma bancarrota, algo muito pior.

Paulo Martins

Anúncios

174 comentários

    • Do post anterior :

      Boa tarde galera tricolor, agora fiquei preocupado:
      Ataíde contra a crise, “ganha” poderes de Leco …, Meu Deus do Céu.
      Ataíde janta com o “amedrontado” Ricardo Gomes, que pensa em deixar o clube.
      Mas a novidade mesmo é o filho do Leco .

      (*) E o jurídico do clube ” estuda ” o vídeo do Henri Castelli .…, e caminhamos ao fundo do fundo do buraco fundo.

      Cada dia que passa, aumenta meu respeito e admiração por Osório e Bauza …, fizeram em campo o SPFC mostrar algo de muito positivo…, coisa perdida no tempo e espaço em nossa diretoria.

      Curtir

  1. Será que o Ataíde atualmente tem legitimidade e moral para falar ou mesmo representar o SPFC?

    Dr. Ives Gandra, peço licença para rogar a V.Exa., como Conselheiro do SPFC e homem probo, sensato e uma das reservas morais desse Conselho, um dos maiores jurista, ao meu ver o melhor na sua área de atuação. Tenha compaixão dos torcedores do SPFC, que vêm passando o pior vexame da nossa história. Veja o que V. Exa. pode fazer por nós diante dessa vexatória situação que o Clube passa. Chegamos ao fundo poço. Às vezes chego até pensar que estamos caminhando para em curto prazo, tornar uma nova Luza, com todos o respeito ao Clube do Canindé.

    Rogativa de um torcedor do SPFC desde 1964, que nunca foi humilhado como agora, diante dessa situação infernal que nosso amado Tricolor passa.

    Curtir

  2. http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/lancepress/2016/08/19/sao-paulo-exerce-direito-de-compra-registra-no-bid-e-relaciona-artur.htm

    Um mês atrás houve um escândalo em Jaraguá do Sul-SC de denúncias de empresários de que dirigentes do Juventus cobravam propina de empresários para manter jogadores. Será que esse direito de compra não foi um caso a la Maidana? Duvido que qualquer denúncia seja investigada, duvido que alguém seja demitido e duvido que algum dinheiro seja devolvido ao clube.

    Curtir

  3. Demitir Gustavo (que pra mim não tem tanta parcela de culpa), saída do Leco, vinda do Cunha ou de Jesus Cristo, nada disso adiantará enquanto continuarmos com o mesmo sistema político da década de 30.

    Ou muda essa joça, ou vamos – ano após ano – lutar contra a mediocridade e tapar o sol com a peneira.

    Não adianta mudar os jogadores se as regras do jogo são as mesmas!

    Curtir

  4. A coluna do Paulo Martins foi excelente, o São Paulo em outras palavras virou um balcão de negócios, onde entram e saem jogadores pensando na questão financeira e não na questão desportiva. O pior disso tudo é que o dinheiro que entra não sabemos para onde vai, pois o clube não é transparente com o seu torcedor.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Nenhum torcedor quer ir ao estádio para ver Wesley, Carlinhos, Gilberto, etc. Queremos ver Ganso, Calleri, Maicon, em outros tempos era Rogério Ceni, França, Raí, Denílson, Careca e por aí vai. Dos que citamos só ficou o Maicon que é zagueiro, fora ele não tem ninguém que faça o torcedor ter orgulho de ir ao estádio. Tirando o Maicon não temos nenhum jogador que seria titular indiscutível em qualquer time brasileiro. Contratar Marquinhos e Rildo é só inchar o elenco com mais porcaria.

    Curtir

  6. O período de contratar já passou, tirando o Nenê e o Luan do Vasco não vejo muito coisa boa a se aproveitar nas séries A e B, a não ser jogadores voltando de lesão para se transformarem em novos Carlinhos. O São Paulo precisa começar a planejar 2017 para sair na frente dos demais, uma vez que estamos praticamente fora de todas as disputas de títulos esse ano. Ao invés de trazer Rildo, Marquinhos e manter Michel Bastos, peguem os três e contratem um que seja bom, que chegue ao clube para ser titular, como está sendo o Robinho no Atlético Mineiro, ou o Dudu no Palmeiras.

    Curtir

  7. Não consigo ler mais nada a respeito do são paulo, tudo parece mentira coisa inventada, o time é uma mentira pratica um futebol mentiroso, as pessoas que estão lá acreditam que estão fazendo algo correto e não estão, não sei mais o que falar acreditar, o que estão fazendo do são paulo, será que ninguém vai fazer alguma coisa para resolver.

    Curtir

  8. Muito triste estarmos passando por tudo isso! Eu, que geralmente sou bastante otimista, acredito que lutaremos até o final do campeonato pra ficar na série A. Deprimente termos chegado ao ponto de cogitar as contratações de Rildo, Marquinhos….Mas na fase que estamos pode ser válido a chegada de qualquer jogador, que mesmo com histórico ruim, possa alterar a forma do time jogar, dar um novo ânimo, enfim. É a nossa realidade. Dentre os já citados disponíveis, incluo na lista: Willians (gambás), Dátolo e Luan (Atl. min), Cajá (Bahia)…

    Curtir

  9. Não vou afirmar pois não tenho provas

    Mas não duvido que o Leco tenha facilitado a entrada da torcida para pressionar os jogadores a reagirem e com isso salvar a sua pele, essa atitude combina com perfil de um gestor omisso que gosta de transferir responsabilidade.

    Esse apenas “Acorda Leco” na nota da Independente e o vídeo em que não vi resistência para o portão se abrir só reforça a minha suspeita.

    Curtir

        • Enfim, é isso que entristece Samucca. Juro que queria muito falar só de futebol!

          Aliás, a maioria dos torcedores. Queriamos falar de como o bom time, poderia ganhar com a entrada de um jogador, para determinado jogo!

          Termos uma semana, para torcedores, ficarem discutindo, qual seria o melhor 11 de um elenco com possibilidades, para enfrentar o Gremio de Roger, O Atlético-MG de Cuca, Levir e que Marcelo esta mantendo, o Palmeiras de Cuca, o Santos de Dorival!

          Discutirmos como foi o jogo passado contra esses rivais (que mantem suas bases do ano passado), e como poderia fazer diferente dessa vez!

          Mas, lembra a escalação da vitória contra o Palmeiras no 1o turno? Denis, Bruno, Maicon, Lugano e Matheus Reis; Kelvin, Wesley, T. Mendes e Centurion; Ganso; Kardec

          Curtido por 1 pessoa

  10. Paulo Martins,

    Texto brilhante!

    “As raras ações, quando tomadas, na verdade são reações. Leco só reage, proatividade zero”

    Realmente é isso!

    Leco quis se calar, porque JJ e Aidar falavam de mais!

    Leco não quis contratar jogadores de peso, porque JJ e Adiar o faziam!

    Leco não queria técnico estrangeiro, pois a primeira ideia foi de Aidar!

    Leco queria a todo custo encher a camisa de patrocínio, porque Aidar e JJ, ficaram tempo com a camisa “limpa”

    Leco quis profissionalizar, contratando 1 diretor, quando poderia ter 4 gerentes em funções que somadas, seria melhor que 1 pessoa!

    Leco, o silencioso que não lava roupa suja via imprensa, que não provoca rival? Esse é outro Leco:

    http://esporte.ig.com.br/futebol/com-historico-de-polemicas-leco-perde-espaco-no-sao-paulo/n1596966203635.html

    Curtido por 4 pessoas

  11. Competência é um dom, um talento ou algo que se adquire com vivência, nos erros e acertos? Nem todo dirigente capaz é bom administrador, um dos segredos é se cercar de quem é especialista na área, ter hombridade de aceitar conselhos e opiniões e sobretudo não misturar amizades com negócios nem se permitir que o próprio ego sobreponha a eventuais acertos diretivos, já que administrar não é tarefa isolada.
    Desde o comecinho da gestão Juvenal só se via Leco como papagaio de pirata, um aspone que só aparecia nas decisões equivocadas, no máximo quando cavou a demissão de Muricy. Por sutileza do destino Leco virou o Sarney do Morumbi, não por qualidades inatas para o cargo e sim por falta de alguém disposto a reerguer o que Juvenal e Aidar destruíram. É o bobo da corte que virou rei, o capitão que vai afundar junto com o navio e não por dignidade mas pra ficar bem na foto.

    Curtido por 4 pessoas

  12. Boa tarde Paulo e a todos!

    É isso mesmo, podemos até ficar em dúvida quanto a idoneidade do Leco, mas não podemos afirmar nada sem comprovação.

    Entretanto não precisa. Seus sucessivos equívocos demonstram sua inaptidão para o cargo que exerce.

    Por partes:

    A equipe pode ter algumas figuras dispersas, mas acredito que no geral estão lutando. Mas além de organização, também precisam de confiança.

    Ou seja, apoio da torcida.

    Trocar a diretoria, ou até mesmo o presidente, não é solução. Precisamos de um novo norte, uma novo estatutos que reestabeleça a ordem e nossos princípios.

    Ainda assim, nosso presidente precisa fazer alguma coisa. Um diretor, com maior visão e profissionalismo, poderia ajudar a curto prazo.

    O problema é Leco ter esse entendimento, já que ele acha que está fazendo tudo certo.

    Mas se não reagir, dificilmente terá sucesso em se reeleger, e será lembrado por sua péssima gestão.Justo ele que sempre sonhou em ser presidente.

    A eleição, pode até ser um oportunidade para debates, para novas ideias, até porque ninguém está nadando de braçada e a briga será intensa.

    Mas mesmo se um bom presidente for eleito, sem mudanças mais profundas sempre haverá a sombra do atraso nos rodando.

    Por isso a mudança no estatuto é a mais importante delas, que deve seguir independentemente de que qualquer outra coisa.

    O resto será meramente paliativo.

    Curtir

    • Davi,

      Concordo! Não existe insatisfação e motivo para querer mudança somente quando alguém é desonesto!

      Falamos de competência para presidir um clube como o São Paulo Futebol Clube!

      Um time que tem o escudo mais bonito do mundo, e tem uma das camisas mais lindas segundo europeus!

      O selo São Paulo de qualidade, que faz o PSG pagar caro por um jogador tão jovem, pois sabia que de lá, sairam Kaka, Hernanes, Miranda, Oscar, Julio Baptista, jogadores que não pedem para voltar depois de 1 ou 2 anos!

      Lembro que Tele, dizia a seus atletas: Só saiam se for para time grande da Europa que disputa títulos. Pois jogador acostumado a ganhar aqui.

      Hoje, negociamos Lucão com a Croácia!

      Curtido por 1 pessoa

    • Reinaldo foi muito mais útil que o Carliiiiinhos.

      Na campanha contra o rebaixamento era titular, participou de vários gols que nos salvaram.

      Fez partidas ruins, mas quem não fez?

      Do Carliiiinhos eu só lembro de no máximo umas 2 boas partidas com o Osório e só.

      Curtir

  13. Penso eu que nós torcedores temos mais é que abraçar o time neste momento ruim pra não termos que abraçá-lo numa suposta segunda divisão, apesar de ter não uma certeza porém tenho fé que isso não ocorrerá.
    Realmente o momento deveria ser de união entre os diretores da situação e oposição.
    Mas isso é mais utópico do que sonhar com o título Brasileiro neste ano.

    Curtir

  14. Acho que o SP tem que contratar mesmo, e logico que se pudesse optar não seria estes jogadores (Rildo / Marquinhos), más no atual momento e o que sobrou e tem que contratar, não da pra ficar esperando a base, se não começar a se mexer vai cair e se cair fica pior, também acho que não adianta tirar o Gustavo agora e continuar com Leco/Ataíde não adianta, O SP precisa de reformulação Total, agora a Torcida Uniformizada, só agita quando lhe convêm. acabou o dinheiro vamos agitar quando tem dinheiro ta tudo bem, aceitam até o Leco/Ataide/Gustavo e mau resultados.

    Curtir

  15. Obvio que nao tem mais boas opcoes no mercado. E vao contratar segundo atacante, Marquinhos e Rildo. Tem que arriscar, ir no que ainda ta no mercado. claro. Mas, caraca…. Prioridade é a meia. Vai atras de meia. Datolo, Cajá.
    E tecnico, ta na cara que o RG nao segura o tranco. Time ta regredindo, taticamente pior que com o Bauza, pior que com o Jardine. E tá na cara que ele nao tem pulso pra segurar o emocional nessa horas. Oxala isso nao aconteca, mas ta meio que reprise do Autuori. Foi das piores opcoes. Ate se viesse o Carpa, teria sido muito melhor.
    Eu nunca gostei dos seus metodos. Ta ultrapassado. E muito gente pode me criticar. Mas quem segura nessas horas é o Muricy. Vai por o time no 3-5-2, e vai ser tudo no 1 a 0, ou no zero a zero. É inimigo do Leco, e nao acho que viria. Mas é quem seguraria a bronca nesse momento. E daqui há pouco nao me surpreenderia se vissem gritos da arquibancada pedindo que ele voltasse.

    Curtir

      • Só com a economia de salário de Rogério Ceni, Luis Fabiano e Pato, já deve dar R$2 milhões de economia mensal! Ou R$26 milhões ano (contando 13o salário).

        Quando você necessita economizar salário, a saída não é emprestar jogadores com salários altos.

        Nada justifica o elenco que chegamos nesse momento!

        Curtir

        • Como usar bem os recursos que se tem?

          Entender as necessidades da equipe, criar estratégias, inovar, sendo proativo ao invés de reativo, como bem falou o Paulo.

          Não sabíamos que Calleri ia embora?

          Que Ganso poderia ir?

          Pra que serve o dep. de scout se não conseguem nem ao menos avaliar as necessidades da equipe?

          Porque não foram transparentes ao invés de vender ilusões?

          A falta de recursos não responde a essas e tantas outras perguntas.

          Curtido por 1 pessoa

          • Definitivamente não!

            Não é que não gastamos nada! Compramos sim, jogadores! Mas, como ninguém sabia o que tinhamos, não dava para dizer ainda, se foi bom ou ruim.

            Mas, agora, depois que as janelas se encerraram, e o elenco é esse, não há como negar, que era possível fazer melhor, usando o mesmo montante!

            E sem dinheiro, não dá para emprestar tantos jogadores como Joanderson, João Paulo, Rogerio, Centurion (de graça), Ademilson.

            O pior vai ser nosso amigo, depreciar Ademilson, e valorizar Rildo e Marquinhos!

            Curtir

        • Esqueça isso.

          A folha era em patamar ridículo. A redução não é sobra, pois havia prejuízo.

          As verbas deste ano foram antecipadas, tínhamos 120 milhões para pagar, sem juros.

          Desconsiderar isso é um absurdo, ou é uma EXTREMA MÁ VONTADE, ou até má-fé

          Curtir

          • O texto, diz que era preciso economizar R$10 milhões em salário no ano!

            E se não é isso, e você fala com tanta certeza, me diga quanto que era para economizar? R$40 milhões? Vamos considerar os que sairam no meio do ano e ganhavam bem: Denilson, Souza, P. Miranda, Toloi….

            Curtir

            • Se quiser fazer um cálculo sério, fazemos.

              Soma o passivo a ser quitado imediatamente (120).
              Soma a folha (5 milhões, por baixo)
              Soma os juros
              Soma cotia
              Soma as despesas ordinárias
              Soma os tributos
              Soma as dívidas trabalhistas.

              Agora procura na receita o que viabiliza (lembrando que paulista e brasileiro foram antecipados e que a soma patrocínios + antecipação globo + libertadores não pagam nem a dívida a ser amortizada (mesmo desconsiderando os tributos sobre essas rendas).

              Curtir

              • Vamos fazer! Coloque os números que sabe! Não serve por baixo!

                Pois, estamos falando em cima de uma informação do PVC!

                Que o Conselho pediu economia de R$10 milhões em salários!

                Já mostrei que só com Pato, LF09 e RC01, economizados mais de o dobro disso!

                Curtir

          • O problema é que fomos ao sabor do vento, sempre reativos, nunca propondo um plano claro, quais os objetivos, quais os conceitos que vão nortear o desenvolvimento da equipe, quais jogadores precisamos, quais as posições carentes.

            Não conseguem nem mesmo avaliar as necessidades da equipe.

            Que fossem transparentes e deixassem claro: títulos não são prioridade, não vamos disputá-los esse ano. Vamos com os jovens no Paulistão, vamos dar cancha a eles mas não esperem títulos.

            Não disputar títulos e preparar o terreno é uma coisa. Não disputá-los e afundar o clube é outra.

            Ao invés disso, faltou coragem, sempre aquela ladainha, está difícil mas vamos montar boa equipe, etc.

            E é evidente que não não tinham um plano. Cada situação que surgia iam correndo tentar remendar, como se não fosse possível antever.

            Como culpar a falta de recursos?

            A falta de recurso exige inovação, idéias. Gestão não é apenas cortar custos.

            O grande X da questão é a falta de postura mesmo.

            Curtido por 1 pessoa

  16. O que não pode é ficar na zona de rebaixamento e ter que escapar tendo Dênis no gol e Ricardo Parreira Gomes de técnico.

    Esses 2 são a cara da derrota, ao invés de segurarem a bronca eles facilitariam para os adversários.

    Neste momento tem que ir de 3.5.2, fora de casa por incrível que pareça temos jogado melhor, tem menos pressão e joga a responsabilidade para os adversários, acredito que dá pra beliscar umas 2 vitórias e uns 2 empates.

    No Morumbi temos tido dificuldades principalmente contra os pequenos por que eles vem muito recuados, mesmo assim ganhar uns 3 jogos nos 8 que faltam não é nenhum absurdo.

    Temos 42.4% de aproveitamento, se fizermos 36.0% de aproveitamento que é uma campanha pior do que a atual faremos 45 pontos e escaparemos.

    Acho mais fácil ganhar do Cúrinthia, Flamengo, Grêmio no Morumbi do que de times como Figueirense, Chapecó, Coritiba, Goiás, Avaí, Atlético PR, Sport, Juventude, que são times que vem com retrancas fortes e dificultam mais por que desde 2009 seja qual técnico for (Exceção de Carpegiani que não perdoava jogos no Morumbi) o São Paulo tem tido dificuldades.

    Curtir

    • Ernani …, boa tarde.

      Nem acho que o real problema do Rildo seja sua torcida clubística.

      Acho a ausência de um futebol efetivo atrapalha mais que ajuda.

      Vi um documentário sobre futebol de várzea, onde o Rildo é um dos personagens …, na periferia de São Matheus – SP …., não tem um trabalho de formação nas bases.

      Apareceu na Ponte Preta …, foi para o Santos (e nada) …, voltou para a Ponte (e nada), veio ao time do coração, o Corinthians (e nada) …., o que alguém no SPFC achar que o inexistente futebol voltará um dia, apenas pelo fato do referido atleta vestir nossa glorisa camisa ?

      Curtido por 2 pessoas

      • Lamento por eles, por serem alçados a condicão de solução.

        Enfim, que ao menos lutem e possam ajudar de alguma forma.

        Tenho fé que vamos dar a volta por cima com a ajuda da comissão técnica, jogadores e talvez a torcida, se entender seu poder.

        Mas não conto com nossos dirigentes.

        Curtir

          • Nesse momento entendo que Luiz Araújo e David Neres podem ter problemas pra chegar e resolver.

            São jovens e não os vejo como solução.

            Mas isso só acontece porque não foram preparados e porque deixaram que a situação do clube chegasse a esse ponto.

            Mas concordo que o Allione valeria a tentativa.

            Mas primeiro precisam entender a importância de um jogador que faça essa função.

            Curtir

            • Davi,

              Sei que L. Araújo e D. Neres não estão prontos.

              Mas, lembra do Welliton, do Spartak Moscow, q tava emprestado ao Gremio, ganhando R$300K, e que veio aqui em 2013, pois não tinha completado 7 jogos?

              Quem foi mais importante? Ele ou Ademilson?

              Curtir

    • Todos os jogadores torcem para algum time cara, se for pra contratar só que torce para o SP fica difícil, Serginho Chulapa é Santista, Careca é Santista… Pepe foi Campeão Brasileiro com o SP e não torce para o SP e assim vai, o Diogo falam que é Tricolor, porque escolheu o Flamengo, o que vale é o que o cara faz dentro do Campo.

      Curtir

  17. Triste ver o SPFC perdido, sem rumo, JJ, Aidar, Leco, Gustavo, Ataíde, entre outros deveriam ser banidos, execrados do Clube, mais não há ninguém que o possa fazer. Marco Aurélio por incrível que pareça poderia dar um jeito em alguns problemas a curto prazo, e a longo resolver o restante. Luiz Cunha podeira fazer parte dessa renovação. 2017 não vejo que será um ano bom se não saírem todos esses bandidos, que arruínam o clube a cada dia.

    Rildo, Marquinhos, estou esperando outra noticia envolvendo SPFC e jogador mediano como esses 2. Na FOX SPORTS RÁDIO noticiaram que o empresário do Wesley tem reunião hoje para rescindir o contrato do jogador, poderia acontecer o mesmo com Michel, Bruno, Tiago, e Carlinhos.

    Curtir

  18. Vendo o FX Rádio além da noticia do Wesley que deve rescindir contrato, disseram que o Gustavo recusou o Dátolo, o Atlético estaria disposto a negociar, infelizmente vive machucado, mais recuperado seria titular armando as jogados.

    Curtir

    • Não foi o Gustavo, foi o departamento médico. Até o Zanquetta postou isso.

      Rescindir Wesley eu até antecipo a champagne comprada para comemorar a decisão de amanhã.

      Só a folga na folha e o clima no vestiário já são notícias fantásticas.

      Curtir

      • Não lembrava da postagem do Zanquetta sobre o Dátolo, mesmo se estivesse em condições acredito que não viria, pois essa diretoria é muito ruim e incompetente.

        Sobre o Wesley, penso o mesmo, o SPFC vai ter que arcar com essa rescisão financeiramente, mais o ambiente começa a ficar melhor, só faltará Michel, Bruno, Carlinhos e Tiago para seguir o mesmo rumo do Wesley.

        Curtir

  19. Pode contratar o jogador que for. Com a gestão medíocre que o SPFC tem nada dá certo por muito tempo.

    Cada semestre tem um laranja podre, uma panela, um racha, uma birrinha. Tudo se resume a gestão. Se os eleitos pra fazer isso não se dão ao respeito, os jogadores acabam não respeitando o clube.

    Curtido por 1 pessoa

  20. O problema é que fomos ao sabor do vento, sempre reativos, nunca propondo um plano claro, quais os objetivos, quais os conceitos que vão nortear o desenvolvimento da equipe, quais jogadores precisamos, quais as posições carentes.

    Não conseguem nem mesmo avaliar as necessidades da equipe.

    Que fossem transparentes e deixassem claro:

    “Títulos não são prioridade, não vamos brigar por títulos esse ano. Vamos com os jovens no Paulistão, vamos dar cancha a eles mas não esperem títulos.”

    Não brigar por títulos e preparar o terreno é uma coisa. Não brigar e afundar o clube é outra.

    Ao invés disso, faltou coragem, sempre aquela ladainha, está difícil mas vamos montar boa equipe, etc. Pensando politicamente, não em prol do clube.

    Nem sempre as medidas populares são as corretas.

    E é evidente que não não tinham um plano. Cada situação que surgia iam correndo tentar remendar, como se não fosse possível antever.

    Como culpar a falta de recursos?

    A falta de recurso exige inovação, boas idéias. Gestão não é apenas cortar gastos.

    O grande X da questão é a falta de postura mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

  21. Datolo realmente não joga, vive no departamento médico. Nem temos tempo de recuperalo. Já Rindo, nunca vi jogar bola em time algum.

    Se Rc ficar e Douglas se recuperar serão grandes reforços. Marquinhos, esse já vimos jogar bem no Cruzeiro. Faz gol, algo que Kelvin não consegue. Difícil é acreditar que Michel é solução para o ataque… Faz tempo que não joga. Será que Caja ou o garoto do Brasil de pelotas não seria mais negócio?

    Curtido por 1 pessoa

    • Renato Cajá nesse momento seria um ZIDANE no meio, armando as jogadas, até mesmo esse garoto do BR de Pelótas. Mais Rildo já é loucura. Marquinhos um pouco melhor, ou menos ruim, pois já ganhou Campeonato BR, muitas vezes sendo titular, mais insisto em David Neres e Luis Araújo para essa posição, o que me assusta é em relação a base, será que em Cotia não tem nenhum camisa 10 para fazer essa função? Milhões de investimentos e nada de retorno, Lucas Fernandes está machucado, deveriam ter outro.

      Curtir

  22. Acho que está havendo um exagero. Demonizar leco não é a solução. Segundo algumas publicações Leco reduziu a dívida do SPFC em cerca de 35%, vamos esperar para ver se é verdade. mas erra muito no gerenciamento do futebol. Sem dinheiro para contratar, pelo menos não deveria ter vendido jogadores fundamentais como PH ganso. Agora, no desespero, não adianta trazer lixos pois só aumentará o problema do que fazer com tantos jogadores medíocres em 2017. Leco tem que trazer o MAC de volta com urgência e delegar a ele poderes totais no futebol e virar uma rainha da Inglaterra. Claro, já que está sabendo lidar e bem com a parte financeira concentrar-se mais nisso. Agora, a oposição também não é flor que se cheire.

    Curtir

      • Não é bem assim. o Ricardo Oliveira queria ir para a China e por uma nota bem alta e o Santos simplesmente disse não! E o que aconteceu? Ricardo Oliveira continua marcando gols para o SFC. Não é o jogador que decide sozinho o que vai acontecer, tem um contrato, tem uma multa , só o mesmo o SPFC e o Small liberam jogadores decisivos. Vejam, os gnomos venderam o Gabriel Jesus mas só vão liberá-lo no fim do brasileiro, aí sim, agora o SPFC está num mato sem cachorro, sem gato, sem cobra e só com ratos.

        Curtir

  23. Não acredito que o próprio Leco tenha contratado a torcida dependente pra fazer aquele vexame e canalhice que fizeram.
    Acredito que alguém da oposição possa ter orquestrado a invasão, mas não é possível afirmar.
    Mas vendo o Chapeleiro Maluco sambando com a torcida dependente dias antes, é pra no mínimo ficar desconfiado do cidadão.
    Esse sujeito é a cara do Cúrintia.
    E como todo político é mentiroso.
    A oposição do SPFC certamente é uma das piores coisas dentro do clube, pois fazem oposição para entrar nas benesses.

    Curtir

    • Eu só sei que no dia e horas marcados para o protesto …, nossa diretoria fez questão de estar longe do local …, inaugurando um busto do J.J. em Cotia.

      Infelizmente …, todos falam e ninguém está com a razão …., entre oposição x situação, quem perde é o SPFC.

      Curtido por 1 pessoa

  24. Estou preocupado, que time por em campo contra os gnomos verdes? Denis, Auro, Maicon, Lugano, Mateus, Hudson, Tiago, Smit, Luis Araújo, Kelvin, Chavez. Time com defesa fraca, meio-campo sem nenhuma criatividade e ataque improdutivo. Se Ricardo Gomes conseguir pelo menos um ponto contra os gnomos merece uma medalha de ouro.

    Curtir

  25. Acharam o bode expiatório: Gustavo Oliveira.

    Agora, sem ele, o São Paulo será o novo Real Madrid em contratações e um Barcelona no futebol.

    Ganharemos 5 títulos da Libertadores em sequência e 5 mundiais.

    Com essa notícia, alguns devem estar com um sorriso desleixado no rosto, com uma satisfação pessoal extremamente realizada.

    Veremos as cenas dos próximos capítulos. Sem o Gustavo, ano passado, a bagunça foi a mesma. O problema esta longe, bem longe, de ser uma única pessoa.

    E assim vivemos no país da hipocrisia,da poeira embaixo do tapete e das aparências.

    Que pensem mais no São Paulo e menos nos próprios egos. É o que o São Paulo merece, é o que peço.

    Curtir

      • O problema era o Juvenal. Juvenal foi embora.
        O problema era o Muricy. Muricy foi embora.
        O problema era o elenco. O elenco foi mudado.
        O problema era o Adalberto. O Adalberto foi embora.
        O problema era o Aidar. O Aidar foi embora.
        O problema agora é o Gustavo. O Gustavo, provavelmente, vai embora.

        O problema é sempre uma pessoa. Impressionante a capacidade novelesca que o povo brasileiro tem em quadrinhizar qualquer situação. Tudo tem UM herói e UM vilão. Impressionante.

        Minha opinião? Vai continuar a mesmíssima m e r d a. Enquanto não mudar a política, a forma, a lei e os nomes dos que estão lá dentro, será mais do mesmo. A repetição eterna.

        O São Paulo, hoje, é o icônico personagem do Bill Murray – no filme Feitiço do Tempo – preso dentro do mesmo espaço-tempo do dia da marmota. Tudo acontece sempre igual, não importa o quão ele se esforce para mudar isso. Porquê? Pq são os mesmos personagens, as mesmas ações, as mesmas figuras. Tudo é previsível.

        Veremos quem será o bode expiatório do próximo ano.

        Curtido por 1 pessoa

        • Calma aí….

          Juvenal é sim um dos causadores do problemas sofridos pelo CLUBE nos últimos anos.

          No caso dele não tem essa de “bode expiatório”, ao contrário, ele iniciou o processo de derrocada do clube e seus pares estão terminando os trabalhos.

          O tal criticado ESTATUTO, que muitos afirmam que deveria ter mudanças (EU CONCORDO), sofreu sim mudanças apenas que beneficiaram JUVENAL e seu bando.

          Essa “repetição” das mesmas pessoas no poder foi inclusive arquitetada por JUVENAL e seu sucessor (AIDAR) quando vergonhosamente mudaram o estatuto em benefício próprio.

          No caso do megalomaníaco Juvenal ele é sim um dos responsáveis diretos por jogar o SPFC em vala comum.

          Curtido por 1 pessoa

    • Não tem nem a ver com isso, o problema é o concentrarem tudo que há de ruim em uma única pessoa, desmerecendo tudo o que ela faz por uma birra infantil. Isso se chama injustiça. Alguns tem esse senso, outros não.

      Parece que é só essa pessoa sair que tudo vai ser uma maravilha. Como se isso fosse verdade!

      Não é.

      Vai continuar a mesma porcaria de sempre.

      Curtir

      • Se Gustavo fosse gerente executivo ganhando 4 vezes o que ganha, seria uma injustiça.

        Mas, erraram em pagar R$120K para uma pessoa que não tem autonomia nenhuma!

        Adalberto Baptista mandava em JJ? Mas, o criticavam, e ninguém achou injusta sua saída.

        O mesmo com Leco em 2011! E em 2003!

        Curtir

        • Essa picuinha toda é por conta do salário, cara? Sério isso?

          Cobram profissionalismo, mas querem trabalhadores de graça!

          Ou é um, ou é outro. E o mercado de futebol é esse, meu amigo. Não adianta.

          Os salários são exorbitantes e isso não vai mudar tão cedo.

          Acho mais absurdo o Dênis ganhar trezentão do que o Gustavo ganhar 120.

          Curtir

          • Acho absurdo os dois, e um não justifica o outro!

            Falamos de cargo e salário! Os dois juntos!

            Adalberto não foi bem….saiu! E era voluntário!

            Tiraram Ataíde do futebol esse ano! Resultado!

            Quem é o diretor agora? Quem deve ser o responsável por esse elenco? E clima do elenco?

            O Medicis?

            Curtir

            • Não acho o elenco tão ruim, cara. De verdade.

              Nos últimos dois jogos, o goleiro adversario foi o cara da partida.

              Quando ao clima, claramente ele está ruim. Mas isso é culpa exclusiva do Gustavo? Tem que ser psicólogo também?

              O salario desses caras é por volta disso, meu irmão. É 80, 100, 200 conto por mês.

              O maluco lá do Palmeiras ganha o mesmo e contrata 80 jogadores por temporada. Acho o Gustavo bem mais eficiente.

              Não acho o trabalho do Gustavo ruim. Geral aqui adora descer o pau, mas não dão uma palha do que fariam n olugar. E não me venham com Ademilsons, Henriques ou outras abominações.

              O mercado está escasso. Prova disso é que o Corinthians pagou 4 milhões de reais + luvas e salários por uma PROMESSA e 40% do passe do cara. Tem gente que achou genial. A mesma “gente” que criticava o São Paulo por ter vários jogadores fatiados.

              A moeda tem dois lados, meu brother. O problema é que muitos aqui enterraram a moeda no chão e passaram a ver somente um.

              Muita gente, mas muita gente mesmo, se deixa envolvar mais pela emoção do que a razão.

              A birrinha, as vezes, sai caro, amigo. Por uma birrinha uma presidente está sendo “impeatchmada” agora.

              Curtir

              • Não me interessa o Corinthians!

                Não quero saber se eles arrumaram o Jucilei do J. Malucelli, e por isso o Getterson poderia vingar!

                Prefiro sim Ademilson, H. Almeida, João Paulo, Joanderson, a Kieza, Ytalo, Gilberto, Getterson!

                E tenho paciência com jogadores da base! Mas, com dirigente que empresta nossos jovens para trazer um cara de 29 anos do Audax, não acho certo!

                Se acha, realmente tá tudo certo no São Paulo!

                Na minha forma de ver futebol, elenco bom é elenco entrosado. Elenco bom é aquele que permite possibilidades para armar o time.

                Curtir

    • A direção tem falhado, Andreson. E ela é composta por Leco, Gustavo, Ataíde. No passado foi JJ, Aidar. São esses caras que “pensam” o São Paulo, que planejam, contratam, não contratam, assinam os cheques…

      Se a culpa não for deles, seria de quem? Da Dilma?

      Curtir

  26. Eu acompanho futebol ha muito tempo , e sinceramente nunca vi um time jogar melhor através de cobrança da torcida , e pressão como as agressões sofridas pelos jogadores , onde acontece isso geralmente o time sempre cai . os jogadores entraram em campo domingo correram como sempre fizeram , como um diferença visível , não queriam estar ali , não tiveram prazer nenhum de entrar e jogar , se esforçaram e fizeram por obrigação . um time ruim é um time ruim , e só superação da jeito , apesar que não acho nosso time ruim , mais só uma coisa faz jogador correr , ele estar no lugar onde quer estar , o ambiente tem que estar bom , e ter ambição por algo , mesmo que seja classificar o time para a libertadores , ou até mesmo lutar contra o rebaixamento , por enquanto existia a chance real de ser campeão estava tudo bem .

    Os atletas mais rodados estão sentindo , o mais novos nem se fala , Luiz Araujo , não consegue chutar uma bola na direção certa , Lyanco ta dando furada , estão sentindo mais o clima ruim do que a real chance de ser rebaixado , lutar contra o rebaixamento , é natural para um atleta , eles tem que esta preparado , pelo menos uma vez na vida vão passar por isso , agora quando o adversário é a própria torcida , lutar contra a própria torcida é pesado de mais , eu concordo com tudo que é abordado , não houve planejamento , e Leco , Ataíde e Gustavo devem sair , até porque cobrar solução deles não adianta , não são capacitado para o cargo , e muito menos tem boa vontade , e não são capazes de tirar o time dessa situação , os únicos capazes são os jogadores se tiverem tranquilidade e apoio da torcida para fazer seu trabalho .

    Curtir

  27. Ernani,
    O São Paulo tinha uma dívida bancária milionária, na ordem de 3 dígitos…um déficit mensal de mais de 7 milhões…voce realmente acha que o Leco tinha que se limitar em diminuir a folha salarial em apenas R$ 10 milhões/ano???
    Se o Leco conseguiu reequilibrar recitas e despesas, e amortizar uma boa parte dessa dívida, está de parabéns. Nesse aspecto fez sim a lição de casa.
    Quer discutir gestão de futebol, reforços, elenco? Ok, mas nessa questão financeira, se tudo isso for verdade, eu nem vou começar discutir.

    Curtir

    • PB, foi a notícia. Comento em cima do que é veiculado!

      PVC:

      “Há outra razão. No final do ano passado, no auge da crise econômica, o Conselho Deliberativo aprovou orçamento sem folga e com compromisso rídigos para a diretoria. A exigência foi de corte de R$ 10 milhões anuais da folha de pagamento, o que representava 20%”

      E acho que só de não termos RC01, LF09, Pato, cortamos mais de 20% da folha, e o dobro dos R$10 milhões!

      E gostei do que disse: “Se tudo isso for verdade”, porque não mostrar?

      Curtir

      • Bem, eu nunca afirmei que é verdade, sempre coloquei na condicional. Realmente vou esperar o balanço de 2016 para poder verificar o que de fato aconteceu. E se for verdade, reitero que aplaudirei. Como já falei em outras oportunidades, a minha avaliação de uma gestão está acima dos resultados do futebol. Como torcedor sofro, mas não posso generalizar as críticas e fechar os olhos para outros fatos.
        Mas independente do que o conselho impôs, a nossa situação financeira exigia algo mais, um esforço muito maior. Em 2 anos acumulamos um déficit de mais de R$ 160 milhões…meu amigo, nosso patrimônio líquido caiu pela metade de 2014 para 2015…mantendo esse ritmo de déficit terminaríamos 2016 com um patrimônio líquido NEGATIVO…sabe o que isso significa? FALÊNCIA !!!
        Entendo eu que o conselho impôs uma meta, mas não limitou essa meta. Deu osinal do que deveria ser feito.
        Não vou analisar apenas esses números frios, prefiro analisar de uma forma mais ampla. Mas, mais uma vez, eu posso sim estar errado.

        Curtir

        • Concordo com a sua colocação. Porém, discordo da condução do assunto pela diretoria.

          Transparência. É simples. Que fossem honestos conosco, expusessem a real situação e mostrassem um plano de amortização das dívidas. Salvo exceções, a esmagadora maioria da torcida apoiaria incondicionalmente o time.

          Mas fizeram isso? Qual é o contingenciamento? Trem da alegria pela América do Sul?

          É disso que se trata.

          Curtir

  28. Pessoal, a notícia do PVC tem algum erro. Falar “corte de R$ 10 milhões anuais da folha de pagamento, o que representava 20%”

    Se R$ 10M representa 20%, quer dizer que 100% é R$ 50M. Quer dizer que a folha era de R$ 3,8M mensais? NEM A PAU, JUVENAL!

    Acho que na verdade R$ 10M era o valor da folha mensal do SPFC, que daria em torno de R$ 130M anuais com 13º e férias.

    Curtir

  29. Não sei se alguém tem informações referente a dívida atual do clube, mas sinceramente não consigo acreditar que o Leco em menos de 1 ano conseguiu diminuir tanto a dívida. O estranho é na gestão Aidar todo dia saia uma noticia das dívidas crescendo agora com o Leco de presidente ninguém na imprensa fala mais nada.

    Curtido por 1 pessoa

    • Tão importante quanto diminuir a dívida, é reorganizar o fluxo de caixa, mesmo que o montante da dívida não diminua muito. Se conseguiram renegociar essa dívida com um tempo de carência, juros mais baratos e um tempo maior para pagar, diminuindo as despesas financeiras mensais, já é um grande negócio.

      Curtido por 1 pessoa

      • O fluxo de caixa talvez seja mais importante que o abatimento da divida quanto prioridade. É o começo se tudo.

        Não dá pra esperar liquidação só com a venda de um Rodrigo Caio por ano. É preciso equacionar tudo, ajustar o fluxo de caixa e manter a austeridade nos gastos.

        E transparência. Sem ela, não haverá paz. O São Paulo precisa confiar no poder de multiplicação que cada torcedor tem.ao, uma vez sabedor da te situação, expor a verdade e convencer os demais.

        Curtido por 1 pessoa

  30. Lucas, há dias venho observando suas colocações aqui. Vou pedir, mais uma vez, para você parar. Diminuiu bem o teor das suas palavras ao outro internauta, mas a pauta é a mesma.

    Só não tomo uma providência mais enérgica e nem tenho mais apagado os comentários pq há dias o Ernani resolveu te responder e a partir do momento em que ele te responde, dá mostras de não estar mais se incomodando, está dando corda, dando trela, mas que esse papinho entre vcs é um saco, não há dúvidas…

    Curtir

      • Fala Marcio, eu enviei sem querer o post sem terminar o raciocínio. O meu temor em relação ao MAC é o tempo longe da função. Voltar do nada nesse clima hostil não dá tempo de “ganhar ritmo”. Ou chega resolvendo ou vai falhar de maneira retumbante.

        Curtir

    • Continuando o raciocínio.

      Até onde sei, ele não esteve exercendo nenhum cargo relacionado a gestão futebolística.

      E sinceramente, sua recente participação na comissão da seleção feminina não deve ser levada em consideração.

      Enfim, o tempo que um profissional fica afastado da área cobra seu preço ao fim. Tomem o Aidar como exemplo. Perdeu o rumo como gestor.

      É perigoso. Dito isto, nao acho que a simples vinda de MAC resolveria. Precisa-se de equilíbrio no ambiente.

      Curtir

  31. Só “Rildo” para acreditar, hahahha.
    Mas pensar que estão fazendo uma mega negociação para trazer jogadores desse “naipe” assusta.
    Como disse já, e 2017 ? 2016 foi mais um ano jogado fora, e 2017 ta aí, e na minha opinião, iniciamos sem Goleiro/Volantes/Meia/atacante velocista/centro-avante/técnico.
    Claro, para os problemas começarem a serem solucionados e não criados outros em cima, tem de começar a reformulação na direção, acho que neste momento a salvação seria o retorno de Luiz Cunha e do Marco Aurélio Cunha, para ter uma luz no fim do túnel.
    E venda de determinados jogadores, fazer a tal reformulação, Denis/Lucão/Bruno/Carlinhos/Hudson/Thiago Mendes/Wesley/Michel Bastos/Daniel/Gilberto/Ytalo.

    é um time inteiro de “perebas/migués” que devem sair e chegar outros.

    Curtir

  32. Lamentável a situação que se encontra nosso tricolor, porém não acho que a série B seja o caminho para reerguer algum clube.
    Vasco e Botafogo são os maiores exemplos disso, não conseguem montar times competitivos, só conseguem ir bem nos estaduais e o Palmeiras também sofreu muito até o Paulo Nobre começar a enfiar dinheiro no clube, pois se dependesse somente da nova Arena o time ainda estaria uma draga e com certeza não estariam com casa cheia todos os jogos. No caso dos gambás tiveram todo apoio da Rede Globo e mídia em geral coisa que sem dúvidas não teríamos.
    Na minha humilde opinião o elenco do SP não é tão ruim para estar nessa situação, porém fatores internos, não somente no departamento de futebol do clube como em todo quadro político e diretivo estão afetando em campo. Uma vez que não acreditam nos líderes se perde o respeito e as coisas não andam.
    Não é possível o time ter feito grandes partidas esse ano apenas na vontade, vi jogos onde o time foi muito bem, mostrando qualidades além de vontade e pude notar que após a saída do Luiz Cunha o futebol da equipe, tanto coletivamente como individualmente foi caindo vertiginosamente.

    Curtir

  33. Concordo com o Andreson.
    Também acho o nosso elenco muito superior do que muitos por a, Outras coisas podem justificar a nossa atual situação, mas certamente não a qualidade do elenco.
    Carente sim, mas muito longe de ser elenco para brigar para não cair.
    Por isso eu confio plenamente na recuperação. Se deixarem…
    Obs…não, não é uma indireta ao Zanquetta…hehehe

    Curtir

    • +1.

      Muita gente exagera. No início do ano já diziam que o elenco era ruim e blablabla.

      É desequilibrado, sem dúvida, mas não é fraco dessa maneira.

      O que é fraca é a gestão, que faz o time pagar. E o que falta é conceito.

      Quatro treinadores distintos nas últimas quatro oportunidades. Não há muito do que reclamar, só do migué de medalhão.

      Mas o problema é que até nisso os críticos mandam mal. Odeiam Centurión, mas o Michel Bastos tá de boa, “é craque quando quer jogar”. Putz, eu prefiro mil vezes um grosso que tá sempre querendo jogar do que o contrário.

      Mas enfim, o outro problema é que nosso perfil de contratação é o ruim esforçado ou o talentoso miguelento. Que tal pensar diferente e buscar o raçudo e decisivo e o talentoso e focado?

      Curtir

  34. Como eu gostaria que o São Paulo se tornasse uma empresa, não aguento mais ver nosso clube na mão de politicagens, sério, é triste demais. Ninguém toma as decisões que precisam ser tomadas, por medo de desagradar A ou B, é conselheiro jogando pra torcida em rede social…

    Curtir

  35. Rildo é o fundo do poço. Não sei nem o que comentar, parece uma brincadeira de mau gosto.

    Gustavo Oliveira espero que seja verdade a notícia. Se vazar mesmo, já vai tarde.

    Curtir

  36. Juca Kfouri acaba de colocar na conta do Borgeouis a bagunça acontecida no último sábado em nosso CT. Será? (considerando o sogro que tem, faz sentido trabalhar nas sombras)

    Curtir

  37. vcs viram o post do juca kfouri no blog dele? ele cita o alexandre bourgeois como um cabeça da invasão do ct.
    não sabia que ele era tão influente assim nos assuntos do sp… talvez seja em conluio com o aindar

    Curtir

  38. Eu normalmente discordo de tudo o que aquele presunçoso do Juca Kfouri fala.

    Mas hoje ele disse uma verdade: a oposição não pensa no São Paulo. Pensa nela. Comemora derrotas e até torce por elas, para assim apontar o dedo de falar: EU AVISEI!

    E, tal qual Zack Snyder, dizer que pode “melhorar” as coisas e no fim sair uma bomba.

    Curtir

    • algumas opiniões dele eu concordo, e discordo de outras. Mas oq ele passou foi informação, e sinceramente, nunca vi ele dar barrigada. só queria entender de onde surgiu a relevância desse alexandre bourgeois nos assuntos do clube.

      Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s