Quis o destino que a delegação do São Paulo viajasse da capital paulista para Porto Alegre na mesma hora do confronto entre Brasil e Alemanha, que garantiu ao país a inédita medalha de ouro no futebol masculino nos Jogos Olímpicos.

Sem poder acompanhar a partida durante o voo para o Rio Grande do Sul, os atletas souberam assim que a aeronave pousou que o Brasil estava empatando por 1 a 1 na grande decisão. No trajeto até o hotel, finalmente os jogadores puderam assistir a partida e torcer por Rodrigo Caio e companhia.

Assim que chegaram ao local onde a delegação está hospedada, o elenco se reuniu para jantar e acompanhar o restante do duelo com os alemães. Nem mesmo uma queda no sinal, causada pelo mau tempo em Porto Alegre, e ironicamente pouco antes da disputa de pênaltis interrompeu a torcida dos são-paulinos, que se reuniram e passaram a assistir pelo celular.

Foram momentos de nervosismo, tensão, expectativa e finalmente celebração com a vitória nas penalidades após o empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação. Comemoração pelo primeiro ouro brasileiro e principalmente por Rodrigo Caio, representante do clube nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

“Como atletas brasileiros ficamos muito contentes pela inédita conquista do país. E como são-paulinos muito felizes pelo Rodrigo Caio, que teve uma grande participação nestes Jogos Olímpicos e merece muito essa medalha de ouro”, destacou o volante João Schmidt.

Fonte: Oficial