960_fcb48d8f-5573-3c2c-b5ef-0a9ea08cbaa3
Corinthians e São Paulo fizeram clássico nervoso neste domingo, em Itaquera. E se o time alvinegro não conseguiu vencer o rival pela quinta vez em cinco jogos na Arena, também não sofreu sua primeira derrota. No fim, o empate por 1 a 1 ficou de bom tamanho para os dois clubes.

Os gols foram feitos no primeiro tempo com Cueva, de pênalti, e Bruno Henrique, de cabeça.

O resultado, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, afastou o Corinthians do líder Palmeiras, que neste domingo venceu o Internacional, fora de casa, e abriu três pontos de vantagem.

E ainda pode fazer a equipe do Parque São Jorge cair para a terceira colocação, caso o Grêmio derrote o Sport ainda hoje.

O S√£o Paulo, por sua vez, mostrou estar curado da “ressaca” ap√≥s a queda na semifinal da Copa Libertadores ocorrida na √ļltima quarta-feira.

Mesmo assim, ficou ainda mais distante do G-4. Agora com 22 pontos, o clube tricolor est√° em oitavo, a quatro do Santos, em quarto, e 10 do Palmeiras, em primeiro.

O próximo compromisso são-paulino é domingo que vem, diante do Grêmio, em Porto Alegre.

J√° o Corinthians entra em campo no s√°bado, contra o Figueirense, novamente em Itaquera.

O Majestoso

Mesmo sem torcida nas arquibancadas da Arena Corinthians, o São Paulo começou o clássico melhor.

Logo aos 13 minutos, Cueva puxou contra-ataque em velocidade, invadiu a área do time da casa e cortou Yago, que deixou o pé. Pênalti para a equipe tricolor.

Na cobrança, o próprio Cuevo pediu a bola e bateu no canto direito de Cássio, que acertou o lado, mas não alcançou.

O gol sofrido fez o Corinthians acordar.

Tanto é que chegou ao empate apenas seis minutos depois de ter visto a sua meta ser vazada. Em jogada curiosa ocorrida nos arredores da área do São Paulo.

No lance, Danilo cruzou na área, a bola sobrou para Marquinhos Gabriel, que chegou finalizando, mas mal. Rodrigo Caio desviou o chute direto na cabeça de Bruno Henrique, que só encostou para o gol vazio, pois Dênis já estava vendido no lance.

O Corinthians ainda teve chance de virar antes do fim da etapa inicial.

Rodriguinho recebeu na entrada da √°rea e chegou batendo colocado, no cantinho, mas o goleiro do S√£o Paulo fez bela defesa e evitou o pior.

Na etapa final, o jogo continuou nervoso.

A melhor chance tricolor foi logo aos 4 minutos. Cent√ļrion aproveitou bobeira da defesa corintiana e tentou driblar C√°ssio, que salvou a meta alvinegra.

O time da casa quase fez o seu pouco depois, não fosse Romero, dentro da área, cabecear nas mãos de Dênis e desperdiçar boa jogada.

E foi só em Itaquera.

Fonte: ESPN

Bola Cheia:

Denis: Errou no primeiro gol mas fez duas defesas muito importantes que evitaram a virada Tricolor.

Rodrigo Caio: Foi bem também.

Maicon: Joga seguro, forte, sem medo. Um líder em campo!

Hudson: Um dos jogadores mais importantes do time.

Cueva: Sempre que joga vai bem. Tem muito futuro no time. √ďtima contrata√ß√£o.

Bola Murcha:

Mena: Achei que n√£o foi t√£o bem hoje.