Megafone Tricolor: Se tudo tivesse dado certo

Este texto foi escrito por um torcedor tricolor no espaço Megafone Tricolor que o Blog do São Paulo abre a seus blogonautas. Faça como ele!

“Se tudo tivesse dado certo, Centurión não estaria nem no banco de reservas”, palavras do próprio Edgardo Bauza em entrevista coletiva ontem, após a vitória de seu time por 4 a 0 nas oitavas da Libertadores. Se tudo tivesse dado certo, Calleri não teria sido expulso na Bolívia e seria o titular. E mesmo que tudo não tivesse dado certo com Calleri, Allan Kardec era a opção mais lógica, mas uma indisposição estomacal o tirou também da partida mais importante do ano. O treinador escalou Centurión como falso 9. Ousado, já que há um bom tempo o argentino vinha jogando como falso, mas nunca como 9. O resultado foram dois gols, um deles o mais bonito da noite.

Se tudo tivesse dado certo, João Schmidt não teria se lesionado, ou já teria se recuperado, e Thiago Mendes, o autor do terceiro gol, não seria titular. Se tudo tivesse dado certo, pelo menos de acordo com o desejo da torcida há algumas semanas atrás, Michel Bastos teria sido negociado com o Internacional e não abriria o placar ontem, numa noite de ressurgimento para o camisa 7. Teria sido um erro, mas foi um erro que não deu certo.

Aliás, se tudo tivesse dado certo, o São Paulo nem enfrentaria o Toluca ontem, já que se tivesse feito mais um gol e vencido o Strongest na Bolívia semana passada, pegaria o Rosário Central, o mesmo que na quarta-feira venceu o Grêmio em Porto Alegre. Talvez, se tudo tivesse dado certo, o time do São Paulo não teria jogado ontem com raça tamanha que há muito não se via em terras tricolores paulistanas, já que a raça serve pra isso: compensar tudo que não deu certo.

Se tudo tivesse dado certo, não seria como foi. Lindo. Inesquecível. Então, que tudo continue não dando certo.

Por: André Lux

Anúncios

60 comentários em “Megafone Tricolor: Se tudo tivesse dado certo

  1. Ótimo texto, podemos chamar de crônica! Se tudo tivesse dado certo tal não seria seria escrito e postado!

    Se tudo tivesse dado certo nem a classificação teria ocorrido, e se tudo desse certo até o final a SEP teria se classificado e o SCCP seria o campeão! Que continue dando tudo “errado”.

    Curtir

  2. Essa coluna é um tapa na cara da sociedade. Inclusive na minha, porque eu critiquei o Michel como ninguém e até hoje ainda estou um pouco contrariado com a presença dele, e também o Centurion e a queda do Thiago.

    Pelo menos eu sempre acreditei no Bauza (a unica coisa que ele me decepcionou foi aquela opinião sobre o Leicester, mas isso não tem nada a ver com o SP).

    Curtir

  3. Legal o texto e ainda melhor ver muita gente reconhecendo que acabou se precipitando com as críticas. Em outros tempos a maioria simplesmente sumiria do blog por ver as coisas se acertando… Agora isso fica restrito a uns poucos.

    O time tem evoluído, espero que essa evolução se consolide eo time adquira mais estabilidade.

    Quanto as críticas, super normal… O que fizeram conosco apaixonados pelo tricolor foi indecente… Todos buscavamos desesperadamente entender o que acontecia… Agora é bola para frente, o elenco nos tem dado o exemplo… União e vamos apoiar

    Curtir

    1. Não sei se foi bem isso, não acho que exista lado certo ou errado na história, pois:

      1) quem era pela saída do Bauza (me incluo na lista pois perdi a paciência com o mesmo e suas teimosias) tinha um pensamento claro de que o elenco dado justificava melhores resultados. Era a máxima do: ou Bauza muda ou muda o Bauza;

      2) quem defendia o Bauza dizia que ele não tinha culpa dos resultados, pois o elenco era fraco e precisavam contratar as indicações do mesmo.

      3) o Bauza mudou (para não mudarem com ele rss) e espero que continue assim: joga agora com dois atacantes, aproximou as linhas, deu liberdade ao Ganso e ao T. Mendes. Hoje, já se olha por elenco e se vê possibilidade de conquistas. Não mudaram pessoas (treinador ou jogador), mudou o jeito de jogar e era isso que os “cornetas” (depreciação desnecessária) queriam.

      4) se no momento ruim se crítica, no momento bom (por absoluta coerência) se elogia. E Bauza merece elogio pela evolução e coragem de abandonar sua formação original e algumas idéias. Ele se propôs mudar, e foi muito bem nisso. Está com controle do elenco e consegue pensar em formações diferentes conforme o tipo de jogo (deve se fechar novamente no México, sacando Ganso e colocando Wesley).

      5) Vamos acreditar e vamos torcer. Um bom fds para todos.

      Ps: existe algum bar, próximo da Mackenzie, em que os torcedores do São Paulo se reúnam para assistir jogo?

      Curtir

      1. Normalmente não existe certo ou errado, exceto quando ferem certos princípios naturais. Nesse caso o tempo.
        Não se pede a cabeça de um técnico que não seja tampão em 60 ou 90 dias em situações de normalidade de saúde e integridade..

        Curtir

        1. Depende…

          Ele não dava nenhum sinal de que mudaria. Ao contrário.

          Em nossa história recente, tanto a saída de doriva quanto a de Autuori precisaram ser rápidas.

          A questão temporal é muito relativa. Concordo que se deva dar tempo para um trabalho fluir, mas ele precisa demonstrar ser capaz de evoluir.

          Vamos aguardar.

          Curtir

  4. Bom texto!
    Miguelito continua o mesmo… não se iludam.
    Pressão em cima dele sempre até sair do SPFC… senão ele esmoece.
    Ele não fez mais que obrigação… nesse mesmo jogo contra o Toluca, errou passes claros e chutou uma bola na nuvem… não dêem tregua a ele… a pressão é necessária pra ele sobreviver.
    Miguelito… Nesse momento meus PARABÉNS pelo gol e pelo jogo que realizou!

    Curtir

  5. pela minha observacao o Toluca deu 2 chutes ao gol – um de falta – a unica defesa do Renan e outro pra fora… mesmos os escanteios nao foram resultados de chutes.
    Com a defesa solidificada pela postura tatica implantada pelo Paton, eu estou muito otimista com relacao ao time nos proximos jogos. Com esse esquema definido, mudancas pontuais de jogadores por suspensao ou contusao podem e vao ser absorvidas pelo time com excecao do Ganso.
    Na verdade eu nao escalaria o Ganso de titular no jogo do Mexico. Percebi que os jogadores do Toluca estavam entrando para quebrar. Deixa no banco se precisar, compacta o meio de campo ( nao precisamos ganhar o jogo!) e vamos sair classificados. Precisamos do Ganso para os jogos das quartas.

    Curtir

  6. aff o Dênis volta no próximo jogo . Isso que ferra o SPFC . Jogar com esse cara no gol é ótimo pro adversário . Se o SPFC tivesse um Prass ou um Jefferson , por exemplo , ai eu teria mais confiança que poderiam ir longe na libertadores . Mas com Dênis no gol , é difícil acreditar em título

    Curtir

  7. Por essas e outras o futebol ainda é capaz de atrair diferentes tipos de pessoas e fazer a roda girar.

    Torcedor, passional como é, vive aquilo que vê em campo. Independente de jogar como 9 ou falso 9, o jogador de frente que nao acerta um chute em direçao ao gol, mesmo cara a cara, sem duvidas passa por algum problema. E nao é de posicionamento. Pode ser um acumulo de coisas: vida pessoal, ambiente ruim, auto estima no chinelo.. So quem esta no dia a dia pra saber o que da pra fazer. E o torcedor? Ontem metia o pau e hj ja enxerga no rapaz alguem que pode fazer a diferença novamente. Do inferno ao ceu em 1 jogo. Quem nao consegue conviver com essa oscilaçao de opinioes realmente tem problemas nesse jogo.

    Curtir

    1. muito bem dito!!!
      e com relacao ao Denis tem um fator que deve ser levando em consideracao, o treinador prestigiar o cara mostra muito ao elenco da postura dele com relacao a ma fases. O Paton e bicho criado sabe como lidar com ocilacoes de jogadores e como se impor como lider. ao torcedor passional nos resta prestigiar/ torcer e nao meter o pau nesse ou naquele jogador sem conhecer os pormenores do que se passa no dia a dia, no vestiario, e no comando da equipe.

      Curtir

      1. Problema é que o Denis não se ajuda, e nem digo pelo desempenho em campo que não melhora, mas porque sua atitude não condiz com a grandeza do clube. Entrevista na Fox Sports e ele culpa pelos gols sofridos todos menos a ele próprio, menospreza o Maicon de forma desnecessária, nos intervalos e pós-jogos nunca assume a culpa, não passa segurança pros atletas, etc.

        O Denis, ao que parece, é uma missão dificílima pro Bauza, acho que muitos técnicos já teriam deixado pra lá, espero que ele esteja certo ao insistir.

        Curtido por 1 pessoa

      2. Bem sensata a sua ponderação, Lupa.
        A grande verdade é que ninguém aqui sabe o que rola no dia a dia na vida desses caras.
        Continuo dando ponto ao Patón, pela capacidade dele em aprender a lidar com o elenco
        e conseguir fazê-lo absorver sua filosofia de jogo.

        Curtir

  8. atenção hein , se o SPFC passar para as quartas e pegar o galo , decide em Minas , se passar pelo Racing decide no Morumbi . Então , muito melhor pegar o Racing . Em 4 jogos com o galo na libertadores , são 3 vitórias do galo e 1 vitória do SPFC .Então , melhor pegar o Racing do que pegar o time mineiro .

    Curtir

    1. Thiago,
      Nos confrontos entre SP e Atlético na história da Libertadores, o SP não vai muito bem
      contra os mineiros.
      Jogamos com eles nas Libertadores de 72 (0x0 e 2×2), 78 (1×1 e 1×2) e 2013 (1×2, 2×0,
      1×2 e 1×4). Apenas 1 vitória, 3 empates e 4 derrotas. Nos gols, está 09×13.
      E até esse momento, pelo menos, o Atlético é o melhor dentre os brasileiros nesse ano.
      Está na hora de começarmos a mudar essa história… Rsss

      Curtir

  9. Mitsuo Matsuyama
    30 de abril de 2016 às 07:14 Responder
    Não fico preocupado com o time em si, mas sim com o goleiro que não dá confiança. O que vc acha Vitório/SPFC?

    —————————————————————–

    É complicado, neste momento pela evolução de todos não queria ter que falar mal de algum jogador, alguns jogadores foram criticados e com razão como o Michel Bastos que estava fazendo corpo mole, Centurión que errava tudo que tentava, Thiago Mendes que não repetia as boas atuações, etc, etc…

    Todos eles melhoraram, cresceram junto com o time todo, quem dera o Dênis estivesse entre estes jogadores que estão se recuperando, gostaria de estar aqui elogiando-o por ter fechado o gol ou ter nos calado a boca.

    Eu nem questiono tanto as falhas, apesar de serem várias e em sequência, eu questiono que um time como o São Paulo que sempre teve os melhores goleiros ou pelo menos no mesmo nível dos nossos rivais, agora tem um goleiro que não figura nem entre os 20 melhores goleiros do futebol brasileiro, isso é que não pode, vários times pequenos e médios da Série A ou Série B tem goleiros melhores que o Dênis, portanto até prova em contrário e já que não contratou um goleiro para substituir o Rogério, neste momento o goleiro titular do São Paulo seria Renan, se não fosse ele seria o Leo ou o Lucas Perri.

    Curtir

  10. Não fosse pela copa américa no meio do ano eu diria que temos totais condições de sermos campeões dessa LA. Creio que no mínimo nas semi finais chegamos. Confio no Bauza, e tenho convicção que eliminamos Atletico MG e fazemos a semi com Atletico Nacional. Do outro lado da Boca na final. Agora se não tivesse essa pausa, com certeza chegariamos a final. Meu receio se dá pq toda vez q teve pausa na LA nos ferramos, 94, 2006, 2010

    Curtir

      1. O atlético já foi muito melhor lá.
        Acho muito difícil (não impossível) o racing passar.

        Obs.: a diretoria deles é boa para contratação. O time é muito forte e por pouco não agregaram Calleri e Maicon.

        Curtir

  11. Se tem derrota que é para o bem, essa para o Audax foi a melhor de todas, se tivéssemos ganho, talvez esse jogo épico contra o Toluca não teria acontecido pois talvez não teríamos focado no jogo da Bolívia e ainda teríamos enfrentado o Cúrinthia sem moral nenhuma e provavelmente estaríamos fora das duas competições.

    Não era a hora de pegar o Cúrinthia, o deles está marcado para uma hora especial como já aconteceu algumas vezes.

    Difícilmente algum time no mundo ganharia 3 decisões em apenas uma partida jogando as 3 fora de casa, poderia ganhar uma ou duas, mas 3 seria muito difícil, principalmente um time que ainda estava encontrando a sua verdadeira identidade.

    Audax fora, Strongest fora e Cúrinthia fora (Se passasse pelo Audax).

    Se ganhássemos do Audax o foco ia virar para o clássico contra o Cúrinthia, perderíamos a concentração para o jogo contra o Strongest, difícilmente passaríamos pela altitude, e ainda poderíamos perder do Cúrinthia e a vitória sobre o Audax perderia o valor, não teria adiantado nada.

    Tenho quase certeza que pela situação do time, sem a falta de confiança e sem tempo para treinar, estaríamos fora das duas competições.

    Curtido por 1 pessoa

    1. concordo totalmente. So acho que o Paton deveria ter escalado um time misto contra o Audax , mas a pressao de diretoria, torcida ou mesmo a avaliacao do mesmo nao permitiu…
      mas como disse o texto e voce reinterou em outras palavras – tem males que vem para o bem.

      Curtido por 1 pessoa

    2. Vitão , só um dado interessante , o SPFC em 2005 foi campeão enfrentando River Plate e The Strongest , e ganhou de 4 x 0 de um mexicano naquela libertadores . Bauza foi bicampeão sendo 2º colocado com a LDU e com o San Lorenzo na fase de grupos . Coincidência ou destino? não sei , posso estar falando bobagem , mas vai que cola né

      Curtido por 1 pessoa

    1. o Sombra do estadio 97 disse que vai ter zebra em SCCP x Nacional ou galo x Racing . Não sei , mas eu não cravo o Atlético classificado . Esse time do Racing é muito perigoso . Lembrando que se o SPFC passar pelo Toluca e enfrentar o Racing decide no Morumbi

      Curtir

  12. Bom dia! Que tudo continue exatamente assim não dando certo e o spfc sendo subestimado pela mídia e tido como azarão.

    Não tem problema, porque na libertadores basta torcida + jogadores + morumbi pra irmos até a final, os outros são os outros.

    Curtir

  13. Gostei muito do texto, penso que essa é uma das poucas situações que a torcida comemora que as coisas não estão dando certo no São Paulo.

    Agora um ponto que preocupa é o bom futebol apresentado pelo Ganso, já que dificultará ainda mais sua renovação e é nessa hora que o Gustavo Vieira vai ter que mostrar que é um bom negociador e justificar seu salário, senão daqui a pouco alguns torcedores vão culpar o Bauza por ter feito o Ganso jogar bola e ele ter ido pra Europa.

    Curtir

    1. Leandro o Audax não tem nada a perder e tudo a ganhar (mais fácil né?) e o sp já entra em todas as competições com o peso de ter que ganhar. No profissional não tem tempo pra experimentações por causa disso.

      Pra adotar o estilo do audax, o spfc teria que começar um trabalho na base como o barcelona fez por exemplo.

      Curtido por 1 pessoa

      1. O Barcelona também entra em todas pra ganhar, nem por isso deixou de lançar Guardiola, Tito Vilanova e Luis Henrique no comando, acho que nós torcedores temos que fazer nossa parte em dar suporte aos técnicos que nos permitem almejar algo maior, o Bauza exige menos porque é mais do mesmo.

        Concordo que o projeto, pra ter mais chances de dar certo, precisaria ser amplo e envolver todo o departamento de futebol do clube, mas o trabalho do Fernando é ridiculamente bom com atletas muito fracos, o elenco do São Paulo permitiria voos muito maiores.

        Curtir

  14. Thiago Lopes
    30 de abril de 2016 às 11:28 Responder
    Vitão , só um dado interessante , o SPFC em 2005 foi campeão enfrentando River Plate e The Strongest , e ganhou de 4 x 0 de um mexicano naquela libertadores . Bauza foi bicampeão sendo 2º colocado com a LDU e com o San Lorenzo na fase de grupos . Coincidência ou destino? não sei , posso estar falando bobagem , mas vai que cola né

    ——————————————————————————–

    Tem coisas que acontecem praticamente idênticas e essa pode ser uma delas, antes do jogo contra o Toluca, quando o Paulo Scala cravou que seria 4×0 para o São Paulo eu lembrei-o deste jogo contra o perigosíssimo Tigres do México em que vencemos por 4×0.

    Quando é para o bem eu sempre acredito nas coincidências.

    Curtir

    1. Vitão , outra coincidência maluca minha . Em 2005 o Amoroso chegou ao SPFC só pra jogar a libertadores e consequentemente ficou pra disputar o mundial . Nesse ano a mesma coisa , Calleri chegou só pra jogar a libertadores , e ele mesmo falou , se chegar ao mundial , ele falou que fica pra jogar o torneio no Japão

      Curtir

  15. Lupa
    30 de abril de 2016 às 11:28 Responder
    concordo totalmente. So acho que o Paton deveria ter escalado um time misto contra o Audax , mas a pressao de diretoria, torcida ou mesmo a avaliacao do mesmo nao permitiu…
    mas como disse o texto e voce reinterou em outras palavras – tem males que vem para o bem.

    —————————————————————

    Eu também achei que teria que escalar os reservas, mas se os reservas ganhassem do Audax, difícilmente ele escalaria os reservas contra o Cúrinthia e correríamos o risco da mesma maneira contra o Cúrinthia pela oscilação do time, talvez atrapalharia a concentração para o jogo contra o Toluca ou até antes contra o Strongest mesmo jogando com os titulares que não entrariam tão focados por que não foram eles que enfrentaram o Audax.

    Como foram os titulares que perderam para o Audax, eles focaram no jogo na Bolívia,era a última chance deles.

    A responsabilidade recaiu sobre os titulares para o dificílimo jogo na Bolívia.

    Curtir

  16. Qual é a moral da história. O Denis vai volta? Essa regra não se aplica a todos né. O que o centurion fez foi obrigação como jogador de frente e não foi favor. Fazer gol faz parte da profissão dele . Não teve nada de incomum.

    Curtir

    1. O São paulo paga mico e perde por causa de determinados jogadores que erram com frequência. Agora ganhou e tá Tudo certo. Queremos ver essa disposição nos próximos jogos até chegar o titulo. E pelo amor sem Denis. Ai ferra tudo!!!

      Curtir

  17. Que belo texto. Estou bem a vontade porque eu nunca critiquei esses jogadores do São Paulo. Sempre falei . O São Paulo é um dos melhores times do Brasil. O problema do São Paulo é o estatuto que aprisionou o clube nas mãos de 160 hoje oitentões (conselheiros vitalícios) EStou cobrando agora, para que tirem as bundas das cadeiras e façam um estacionamento para pelo menos 2 mil lugares.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s