rib1116

Com nossa casa cheia, o Tricolor recebeu o River Plate, para jogo v√°lido pela 5a. rodada da fase de grupos da Copa Bridgestone Libertadores.

Com os esquema 4-2-3-1 (Calleri isolado) o Maior do Mundo foi a campo com o intuito de vencer a partida e ir para o √ļltimo jogo contra o The Strongest buscar um empate.

Foi um ótimo primeiro tempo. São Paulo jogou pra cima, na raça, com coração e a vontade que sempre pedimos e esperamos. Destaques para Ganso, Hudson e João Schmidt. Foram dos pés deles que nasceram os melhores lances. Já o River jogou a maior parte do tempo recuada e só saiu mesmo para o jogo após nosso gol. E que gol. Aos 28 minutos, Bruno cruzou, Calleri matou no peito, Ganso devolveu e nosso camisa 12 concluiu lindamente. 1 x 0 frente a Los Gallinas. Gol do Tricolor.

Como disse anteriormente, foi só após nosso gol que o River saiu de verdade para o jogo. Mas nossa zaga esteve bem postada e não deixou que Los Millonarios crescessem no jogo.

E assim terminou o primeiro tempo.

O segundo tempo resume-se a uma palavra: TENSO!

Primeiro porque até os 14 minutos só deu River. Nos seguramos como pudemos e por muito, muito pouco não tomamos o gol de empate. Aos 14, em cruzamento de Michel Bastos Calleri marcou nosso segundo gol. O Morumbi foi ao delírio.

Mas tinha mais : logo ap√≥s o gol D’Alessandro d√° entrada criminosa em Bruno e o jogo fica tenso. Calleri foi tomar satisfa√ß√Ķes e acabou recendo um tapa na cara. Resultado: Cart√£o vermelho para Vangioni e amarelo pro C12.

Seguimos o jogo e parecia que tudo terminaria de forma tranquila para n√≥s. Que nada!. Aos 38 Denis sai errado e tomamos o gol. Da√≠ para frente foi tens√£o , p√Ęnico e caos. Olhar o rel√≥gio e torcer para o jogo acabar. River indo pra cima, juiz deixando o jogo rolar at√© que veio o apito final. UFA!

Isso √© Libertadores, minha gente! Jogo para fortes. √ďbvio que n√£o precis√°vamos sofrer em um jogo aparentemente f√°cil mas a competi√ß√£o , a rivalidade pedem jogos assim.

Estamos muito vivos. E est√£o nos deixando chegar. Depois n√£o reclamem, rivais!

Que venha o The Strongest!

Avante, meu Tricolor!

Por: K√°tia Firmino

 

Bola Cheia:

Ganso: Maestro. Simples assim!

Hudson: Monstro em campo. Jogou demais!

João Schmidt: Absurdo o que esse moleque joga. Nosso jogador de contenção. Fará falta contra The Strongest.

Calleri: O dono da noite. Dois gols, fora a raça que é algo a parte. Uma pena que nos deixará no meio do ano.

Torcida: Fez seu papel e apoiou. Sofreu também mas isso faz parte..rs

 

Bola Murcha:

Denis: Fraco. N√£o queria admitir isso mas ele n√£o serve para nosso time.

Kardec: Horroroso. Perdeu um gol que at√© eu faria. N√£o pode dar um “pio” por estar no banco.

D’Alessandro: Jogador mais sujo e covarde da Am√©rica do Sul.