Milton Cruz: “Nunca me ofereceram o cargo de treinador do São Paulo”

Milton Cruz trabalha no São Paulo há 17 anos, desempenhando diversas funções como auxiliar técnico. Também é conhecido por ser uma espécie de “tapa buraco”: sempre que o time está sem técnico, Milton ocupa o cargo até um novo nome ser contratado. Há quem diga que, apesar de seus bons trabalhos como técnico da equipe, ele nunca foi efetivado porque não quer a função. Porém, segundo ele, não é bem assim.

“Não é que eu não quero. Eu nunca tive um convite da diretoria falando ‘Milton, você quer ser o treinador?’. Eu não posso ficar me oferecendo, você tem de ter muito cuidado. Se os caras me convidarem, (disserem) ‘vamos fazer um contrato’, como é feito o contrato com o treinador que chega…”, disse Milton Cruz em entrevista a Fausto Favara e André Ranieri, da Rádio Jovem Pan.

“O Juvenal (Juvêncio, ex-presidente do São Paulo) me falava: ‘quero arrumar logo outro treinador porque não posso perder você, você é muito importante nas funções que você faz dentro do clube’. Por isso que ele nunca me efetivou. Mas das outras vezes tenho ficado três meses, quatro meses, já fiquei oito meses outra vez (como técnico). Às vezes fico de interino, mas interino é dois ou três jogos, não um tempo longo”, cutucou o auxiliar. “Falam: ‘ah, você não quer, você é pipoqueiro’, mas precisa de uma coisa mais clara, uma confiança maior no trabalho.

Atualmente, depois de trabalhar com Juan Carlos Osorio, Milton auxiliar Edgardo Bauza em sua adaptação ao Brasil. Segundo ele, os treinadores estrangeiros estão no mesmo nível dos brasileiros. “Já trabalhei com 19 treinadores nesse período em que estou no São Paulo, aprendi muito com todos. Acho que o treinador, sendo bom e tendo capacidade, como é o caso do Osorio, e o Bauza, que ganhou duas Libertadores, tem de ter um respeito”, analisou. Segundo ele, a dificuldade dos técnicos de fora é justamente desconhecer o futebol brasileiro.

“A única vantagem que o treinador brasileiro leva é que conhece os times. Por exemplo, quando vai jogar contra o Bragantino, a gente sabe a estratégia do Marcelo Veiga. O treinador que vem de fora não sabe qual é a característica. A gente já vai para o jogo sabendo o que vai enfrentar, e por isso a minha importância com os técnicos estrangeiros”, concluiu Milton Cruz.

Joven Pan

34 comentários em “Milton Cruz: “Nunca me ofereceram o cargo de treinador do São Paulo”

  1. acho q ele resolveu falar isso agora pq percebeu q está sendo mesmo fritado, por isso q o Abilio ficou todo nervosinho com o Leco, a vdd é q ali dentro ninguém presta!

    a diretoria q não toma coragem para mandar embora quem deve, pq tem o rabo preso, o MC q só quer sombra e água fresca e não faz nada de útil, e o Abilio q só quer mandar no clube através de terceiros.

    tá feia a coisa viu!!!

    Curtir

  2. O fizeram com nosso time! ? Triste de ler essas coisas.
    Saudade de ver o Hernanes no meio campo, trouxeram ganso, q nem formado nas nossas bases ele foi.
    E lento, não chuta no gol, não dribla com objetividade, junto M. Bastos so causam motins pra derrubar técnicos e atrasar o time. Lucas Fernandes merece muito essa chance no meio campo. E Daniel no lugar do Bastos.
    Em relação ao Milton, tão perceptivel qnt ver Ganso e M. Bastos levando o time pro poço, e ele colocando o foco das coisas podres em cima do Tricolor mas do que ja tem.
    Nojo desse Ataíde e sua corja de bucaneiros e patifes.

    Curtir

  3. O SPFC a cada dia que passa se mostra absolutamente comum e igual a todos os clubes do Brasil, inclusive atualmente conseguindo ser o mais sujo.

    Me impressiona o fato de muitos funcionários do clube não respeitarem a Diretoria do SPFC … simplesmente falam o que querem e o que bem entendem, não se importando nenhum pouco com as consequências, e é aí que mora o x da questão … não há consequência no SPFC, o clube está a deriva, não existe comando, tamanha desmoralização dos cidadãos que lá estão.

    O SPFC caminha a passos largos para se tornar um mero coadjuvante no futebol brasileiro, sabe-se lá Deus por quanto tempo.

    Vejo 2 caminhos:

    – Profissionalização do futebol

    ou

    – Que o clube tenha um único dono, por exemplo, um bilionário saudita ou russo

    Qualquer coisa diferente disso, estaremos a mercê de Juvenais, Aidares, Lecos, etc.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Belo exemplo dado pelo “conhecedor” de futebol Milton Cruz…Esse imbecil conhece tanto de futebol, que o Marcelo Veiga nem no Bragantino está mais já há um baita tempo, acho que desde meados de 2014!!! E aliás, está desempregado, pq foi demitido do Botafogo de Ribeirão Preto semana passada, e que o clube anterior dele antes de ir para o botafogo nem era mais o bragantino… Se não me engano, era o Guarani… E esse Milton Cruz ainda se acha útil… Piada..Olha o nível de “profissional indispensável” do clube… Que Deus nos proteja

    Curtido por 1 pessoa

  5. Do outro post:
    ——————

    Adriano Figueiredo
    28 de fevereiro de 2016 às 21:29 Responder
    Concordo . Só ha problema , Ninguém quer o.” Craque ” Ganso .

    —————————–

    Acho que vc está meio enganado ou desatualizado.

    Cruzeiro, Flamengo, Santos e Parmera só para citar 4 times vira e mexe tentam fisgar o Ganso.

    Curtir

  6. Eu tenho certeza de que o Milton cruz ainda não foi pra casa do carvalho, pois sua multa do FGTS e sua rescisão ser astronomica.

    Eu queria ver o saldo do FGTS desse mimizento, o pessoal do blog poderia apurar quanto seria a rescisão desse peso morto?

    Curtir

  7. E os patrocinadores da Ferroviária, hein?!!

    Cutrale e Lupo !!! 2 empresas nota 10

    Técnico estudioso, time com um futebol muito bonito onde todos sabem o q fazer

    Vai ser campeã?? Não

    Mas como um pouco de organização e futebol, pelo menos a mim, causam inveja

    Curtir

    1. Até q para o sistema defensivo, a nota do Baúza é 7,5

      Agora, para a criação e sistema ofensivo, a nota é 3,0

      Portanto, trabalho dele até aqui é nota 5,25

      ** Motivo pelo qual ganhamos de times nota 4,0….nos enrolamos contra times nota 5,0…..e perdemos contra times nota 6,0 pra cima

      Curtido por 2 pessoas

  8. SPFC virou time pequeno e futebol um esporte lamentável onde reina corrupção em todos os níveis. Apóio um boicote completo, seja em assistir os jogos, ser sócio torcedor, comprar produtos, ir a estádios, etc. Torcida organizada? Um monte de vagabas que não trabalham, sugam o clube e causam baderna e mortes e o SPFC e acionista frustrado da NATURA faz videozinho para apoiar. Onde está o movimento dos jogadores? Ninguém mais fala da CBF. O SPFC ao invés de soberano tem que ser chamado de A TERRA DE NINGUÉM, pensem na chamada, hj tem jogo do Gaiola das Loucas, terra de ninguém contra Time X…

    Curtir

  9. Osório era um treinador que viamos nele uma esperança que o time do São Paulo estava evoluindo, mesmo com as derrotas, com Bauza não consigo enxergar uma evolução, já tem gente pedindo a cabeça dele, mas não faria isso, já que escolheram ele temos que lhe dar até o final da temporada para avaliar o trabalho dele, chega de tarocar 3,4 vezes de técnico por ano, vamos apoiar, se até o final de ano não der resultado, ai vamos pensar em alguém para 2017 ….

    Curtido por 1 pessoa

  10. Nesse fim de semana li diversos comentários sobre nossa derrota (aqui e noutras mídias), e muita gente começou a “tostar” o Patón, relembrando com saudosismo do Osório.
    Pra essa galera eu pediria muito + calma porque os números de ambos são praticamente de empate técnico entre técnicos rsrsrs

    Ei-los:

    Bauza pelo SPFC (apenas os jogos oficiais)
    9 jogos (2016) = 4 V – 2 E – 3 D
    aproveitamento 52%

    Osório pelo São Paulo (considerando os primeiros 9 jogos dele pelo SPFC em 2015)
    9 jogos (2015) = 4 V – 3 E – 2 D
    aproveitamento 55%

    Curtir

    1. Os números são “frios” e não consideram qual time jogou melhor ou pior apesar da derrota ou vitória. Ao final dos campeonatos, as taças são entregues apenas aos vencedores e não aos que jogaram melhor mas não “vingaram”

      Em fim, acho que aquela propaganda #JogaBonito (daquela marca do swoosh) já não me empolga mais, desde que meu time vença convencendo hehehe

      Curtir

  11. Típica notícia para desestabilizar o Patón essa da Jovem Pan. Conselheiros e diretoria precisam apoiar Patón se não quiserem ver os paneleiros de sempre carregando o clube para mais um ano de fortes emoções.

    Curtir

  12. Pelo jeito, não foram apenas alguns jogadores que não ficaram nem tchum para o 6 x 1, o Milton Cruz tb parece que está em Alfa-Centauro, ele realmente acha que merecia ser efetivado como técnico, ou só está querendo tumultuar o ambiente à mando de alguém????

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s