bauza

Segundo o jornal Diário de São Paulo, o argentino Matias Caruzzo de 31 anos foi mais um pedido de Paton Bauza.

Mesmo ciente das dificuldades que seu ex time, San Lorenzo, imporá para sua contratação, o treinador que já deve ganhar Lugano gostaria de contar com a experiência do defensor eleito o mais seguro do Campeonato Argentino.

O porém é o mesmo que de Ortigoza e de Buffarini: dinheiro.

Sem capital para investir pesado, o São Paulo não consegue seduzir o time portenho é que também tem a justificativa de estar na Libertadores.

Muito  perto de Ortigoza e de Lugano, além da novidade de ontem entorno de Milton Caraglio, Caruzzo parece um sonho distante. Um sonho bom, mas distante e com alguma racionalidade, lembraremos que temos Breno e Rodrigo Caio que podem compor  ao lado de Lugano uma zaga sólida e ser bem orientada com o futuro capitão e com o paraguaio à frente da defesa.

Desta forma, fica explícito que Bauza terá sim experiência e solidez. O maior desafio é o ajuste das laterais.  Estas posições sim é que parecem problemáticas e precisamos de reforços.

Rene está difícil, Fabrício foi especulado e na direita, o único nome trabalhado na direita foi de Buffarini dos nomes comentados.

E assim, parece que começa a se formar o time de Paton e do São Paulo 2016.

O que você acha, Tricolor?

Blog do São Paulo

 

 

 

 

 

Anúncios