Come√ßo aqui com uma frase de Casagrande no programa ‚ÄúBem Amigos‚ÄĚ √† Juan Carlos Osorio: ‚ÄúN√£o acho voc√™ melhor ou pior que os t√©cnicos brasileiros. Voc√™ √© diferente!‚ÄĚ

Doriva tamb√©m n√£o √© pior, nem melhor que os demais t√©cnicos brasileiros.¬† √Č igual.

√Č comum a imprensa e torcedores cobrarem do time, um padr√£o t√°tico.¬† Importante √© entendermos o significado de padr√£o, segundo nosso dicion√°rio:¬† Modelo a ser seguido; exemplo a ser copiado; Modo regular ou l√≥gico de agir.

Em sua primeira entrevista coletiva, Doriva mostrou que é adepto ao padrão brasileiro de jogar:

4-2-3-1 jogando em casa e 4-1-4-1, jogando fora

Ou 4-2-3-1 para atacar, e 4-1-4-1 para defender.

E com a padroniza√ß√£o, temos que concordar com o que Muricy disse para Abilio Diniz em seu blog: “Comiss√£o T√©cnica tem 25% de responsabilidade do sucesso da equipe.”

Afinal, não há rodízio, todos sabem a escalação do time e como se postam em campo.  E aí, os jogadores tem que decidir.

E jogadores motivados, que correm mais, dividem mais, se igualam aos mais técnicos.

Com isso é possível saber como será o desenho tático do jogo entre São Paulo x Santos daqui 2 semanas.

Jogo do Morumbi:  São Paulo vai tomar a iniciativa no 4-2-3-1, o Santos vai esperar no 4-1-4-1, para sair em contra-ataque:

1

Jogo na Vila Belmiro, caso o S√£o Paulo empate em 0 x 0, o Santos vai propor o jogo e o S√£o Paulo vai esperar:

2

√Č assim que joga quase todos os times.

A exce√ß√£o √© o Corinthians, que como esta com “gordura” na lideran√ßa, feitas nas √ļltimas 3 rodadas do primeiro turno, em que foram beneficiados pela arbitragem (S√£o Paulo, Sport e Ava√≠), permite que o time jogue agora, sempre no 4-1-4-1, esperando os advers√°rios, e matando os jogos no contra-ataque.

O QUE ESPERAR ENTÃO DE DORIVA

  1. Assim como qualquer técnico brasileiro, tem que trabalhar os 25% citados por Muricy.  Treinar exaustivamente as bolas paradas, e cruzamentos do bico da grande área.  Se olharmos os gols da Ponte Preta, veremos que um percentual enorme saiu dessa forma.
  2. Estudar bem os adversários.  Doriva sabe fazem bem isso.  Afinal, para ganhar o campeonato Paulista, enfrentando São Paulo, Santos e Palmeiras, ele estudou muito bem os adversários.  Neutralizou os principais jogadores de criação, e com isso, induzindo outros jogadores a tentarem fazer esse papel.  E aí, espera um erro e mata o jogo.
  3. Aproveitar em seu esquema, algo bem treinado por Osorio no dia-a-dia: Saida de bola com os zagueiros abrindo pelos lados, empurrando os laterais para frente.  Zagueiros conduzindo a bola, para que os meias não precisem voltar muito para buscar a bola.

O QUE DORIVA PRECISAR√Ā MUDAR PARA JOGAR NO 4-2-3-1/4-1-4-1

  1. Como fazer para defender pelo lado esquerdo, onde temos Carlinhos que sobe muito e Pato que n√£o acompanha lateral.¬† Como Reinaldo n√£o tem condi√ß√Ķes, ou ele “prende” Carlinhos ( e a√≠, Carlinhos foge de suas caracter√≠sticas) ou escala Matheus Reis, que sobe pouco, e n√£o cruza t√£o bem.¬† Defendemos melhor, ficamos sem muitas alternativas na frente.
  2. No 4-2-3-1, Ganso tocar√° mais a bola de lado, ou ter√° apenas o toque para frente para Luis Fabiano, ou nas costas dos laterais.¬† Ele ser√° sempre bem marcado em todos os jogos. Ent√£o Thiago Mendes e os laterais ter√£o que infiltrar para dar op√ß√£o de passe.¬† E o passe tem que ser na certeza, pois sen√£o o contra-ataque ser√° mortal.¬† Nessas condi√ß√Ķes, como fazer para Ganso n√£o oscilar.
  3. Com um √ļnico atacante na frente, que n√£o tem velocidade, temos que jogar pelas laterais.¬† E o “Meia de beirada” do lado oposto, assim como Ganso, tem que entrar na √°rea para ajudar Luis Fabiano.¬† Sen√£o ele brigar√° com 2 zagueiros, que se postar√£o um na frente e outro atr√°s.

QUAIS AS PRINCIPAIS JOGADAS NESSE ESQUEMA?

3

Basicamente temos 3 jogadas ofensivas no esquema 4-2-3-1/4-1-4-1:

  1. AZUL РPato puxa a marcação para o meio, abrindo um espaço para Carlinhos avançar na esquerda.  Ganso e Michel Bastos tem que entrar na área com Luis Fabiano.  Hudson fica para cobrir as costas de Carlinhos, Thiago Mendes volta para fechar o meio, e Bruno tbm.
  2. VERDE Рé a jogada oposta pelo lado direito.
  3. AMARELO – Pato e Michel Bastos abrem, Ganso recua, e Thiago Mendes (quando marcado pelo meia centralizado, que normalmente n√£o acompanha), se infiltra e recebe o passe de Ganso ou Michel Bastos.

A jogada AZUL E VERDE, é o que Marcelo Oliveira adota no Palmeiras.

A jogada AMARELA, é o que Tite usa no Corinthians.

CONCLUSÃO

Doriva usa o padrão brasileiro de jogar.  Muito toque de bola na faixa central do campo, onde tem laterais, volantes e meias próximos.

Um time equilibrado, que defende com 9 e ataca com 5 ou 6.

Ser ofensivo e defensivo depender√° depender√° de como esta o jogo, e da “fome” do advers√°rio.

Um time que est√° brigando para n√£o cair, e o que esta brigando no G-4 ou esta atr√°s do l√≠der, vai vir com “fome”, e dar√° mais espa√ßo.

Um time que esta na zona do conforto (ou sulamericana) ou que tem “gordura” na lideran√ßa, vai esperar e jogar no nosso erro.¬† E a√≠, temos que “cavar” faltas, e treinar bastante bola parada, que costuma decidir jogos assim.

√Č importante finalizar, uma coisa:¬† essa √© a realidade do futebol brasileiro.¬† N√£o √© uma cr√≠tica assim como n√£o √© um elogio.

Torço para que Doriva consiga motivar bem essa equipe, pois adotando o mesmo padrão que os outros, isso fará a diferença!

SEJA BEM -VINDO DORIVA, ESTOU TORCENDO PARA SEU SUCESSO!

Ernani Takahashi