banner_sou_tricolor_2Fatos da semana ‚Äď 07/08 a 13/08

As opini√Ķes deste colunista a respeito da semana que passou.

Valdivia ‚Äď Fiquei profundamente dividido nesta semana. Come√ßar a coluna de hoje falando sobre a esperan√ßa de dias melhores que o S√£o Paulo me deu nas √ļltimas rodadas, ou inicia-la comentando a poss√≠vel vinda de Valdivia ao Morumbi. Ganhou a indigna√ß√£o.

Lá se vão quase 25 anos da primeira vez em que me lembro de conseguir escalar o time do São Paulo até hoje. E não precisei refletir muito para eleger esta como a pior intenção de contratação que já vi rondar o nosso Tricolor.

N√£o tem nada de briga com Rog√©rio. Dos males, este seria o menor. Rog√©rio Ceni √© M1to, e possivelmente maior jogador da hist√≥ria deste clube. Mas n√£o √© maior do que o Tricolor. Tem que saber conviver com qualquer profissional contratado, quem quer que seja. E sabe. Perguntado sobre a poss√≠vel vinda do chileno, o capit√£o fez quest√£o inclusive de elogi√°-lo e de ‚Äúabrir as portas‚ÄĚ do clube, citando seus poucos 3 meses restantes de contrato. Como eu disse, este n√£o seria o problema.

Dizem que Ganso faz uma péssima temporada. Verdade. Nosso meia tem até aqui ostenta 1 gol marcado e 6 assistências anotadas, em 31 jogos disputados em 2015. Além disso, costuma demonstrar aquele descompromisso contagiante ao elenco.

Mas se as criticas servem para Ganso, o que dizer de Valdivia, que soma neste ano apenas 10 jogos realizados, e que n√£o marca um gol desde fevereiro de 2014??

Falam da ‚Äėgrande‚Äô Copa Am√©rica feita pelo chileno, mas a verdade √© que, com boa movimenta√ß√£o e lan√ßamentos, Valdivia acabou substitu√≠do em quase todas as partidas, e sem nenhum gol marcado no torneio. ‚ÄėGrande‚Äô destaque.

Mas nenhum desempenho dentro de campo do ex-jogador da SEP √© t√£o ruim quanto sua atitude fora dele. Critica a dirigentes, briga com companheiro em vesti√°rio, contus√Ķes, desrespeito a institui√ß√£o, viagem a Disney em pleno andamento de campeonato… Pergunte a um palmeirense bem informado e ele te dir√° a cilada que √© ter Valdivia no elenco.

Me assusta ver qualquer movimento para sua vinda, ainda mais de uma diretoria que acaba de vetar um ídolo como Diego Lugano, além de outros veteranos, por conta de idade.

Estes senhores brincam de comandar essa imensa institui√ß√£o chamada S√£o Paulo Futebol Clube. Se a brincadeira √© mesmo esta, nada mais compat√≠vel do que contratar o chileno gozador…

Pontos perdidos, time encorpando ‚Äď Jogando contra o l√≠der em Belo Horizonte, e contra o vice-l√≠der, um cl√°ssico, no Morumbi, poder√≠amos tranquilamente ter feito no m√≠nimo 4 pontos. Sa√≠mos com apenas 1, mas na sensa√ß√£o de que esse time tem potencial para brigar pelo t√≠tulo do Brasileir√£o 2015. Na rodada de ontem, a vit√≥ria veio. Fundamental para reaver os tentos perdidos dos √ļltimos jogos.

O novo São Paulo de Osório aos pouco toma cara. Ele se defende com 5 jogadores (3 zagueiros, 1 volante e eventualmente um dos laterais), e ataca com 5 ou 6. Um time que vai se ajeitando, mas que ainda precisa buscar um equilíbrio.

Os√≥rio p√Ķe a equipe para frente, confiando que a qualidade t√©cnica de nossos jogadores ofensivos fa√ßa a diferen√ßa e encontre o caminho dos gols. A contrapartida √© um bumba-meu-boi na defesa, repleta de jogadores n√£o t√£o qualificados assim.

Assim foi contra o Galo, assim foi contra as Galinhas. A diferen√ßa √© que os mineiros tem os bons atacantes que o SCCP n√£o possui desde a sa√≠da de Guerrero. O resultado foi que Toloi, Luc√£o e companhia foram capazes de razoavelmente ‚Äúsegurar‚ÄĚ Malcom e Luciano, mas n√£o tiveram o mesmo √™xito quando enfrentaram Lucas Pratto e Thiago Ribeiro.

Contra o Figueira, um pouco mais de parcim√īnia ao atacar, n√£o sei se por ordem de Os√≥rio, n√£o sei se pela dificuldade com que o jogo se mostrou mesmo.

Sanando-se esse desequilíbrio defesa-ataque, e com os retornos de defensores mais qualificados como Rodrigo Caio e Breno, vejo que podemos enfim entrar na briga pela liderança, que não é tão distante quanto parece agora. Mais importante do que vitórias, estamos encontrando um jeito padronizado de jogar. Eu acredito!

Erros e acertos ‚Äď Ganso e Luis Fabiano, especialmente nos √ļltimos 3 jogos, incrivelmente melhores do que apresentavam no restante de 2015. Ponto para Os√≥rio, e para os atletas tamb√©m.

Zagueiros jogando de volante, laterais jogando de ponta. Se as primeiras se justificam pela falta de cabe√ßas de √°rea no elenco, as segundas s√£o inexplic√°veis. Carlinhos n√£o pode ficar no banco para Reinaldo jogar, tanto quanto Auro, que vem bem, n√£o √© melhor do que Centurion, por exemplo. Se fosse Muricy fazendo essas improvisa√ß√Ķes…

S√£o Paulo x SCCP ‚Äď Apesar de me irritar (e muito) o endeusamento que a imprensa brasileira faz em cima do nome de Tite, eu considero sim o treinador como um dos dois melhores do pa√≠s, ao lado de Marcelo Oliveira.

Seu estilo de jogo √© pragm√°tico e defensivo, mas eficiente. N√£o a toa consegue boa campanha pela 2¬™ vez em Itaquera, e traz no curr√≠culo o m√©rito de ter feito destaque para nomes medianos como Alessandro, Chic√£o, William, F√°bio Santos, Jorge Henrique, Felipe, Jadson e etc…

Ainda assim, o reconhecido bom trabalho do t√©cnico do SCCP n√£o evitou que seu time tomasse um baile t√°tico em 3 dos 4 Majestosos realizados em 2015. Na estreia da Libertadores, o Tricolor n√£o viu a cor da bola em Itaquera. Depois daquele jogo, vimos o S√£o Paulo de Muricy martelar a partida inteira no cl√°ssico v√°lido pelo Paulistinha; o time de Milton Cruz dar um show em cima do advers√°rio no fechamento da 1¬™ fase da Libertadores; e a equipe de Os√≥rio com 62% de posse de bola e com o controle das a√ß√Ķes na partida do √ļltimo domingo.

O mais engraçado foi ver os comentaristas apostando em vitória corintiana antes do clássico, e depois dele tentando justificar seu palpite.

Arbitragem ‚Äď Estat√≠stica: em pelo menos 3 dos √ļltimos 5 Majestosos, fomos quase que consensualmente prejudicados pela arbitragem. Para quem n√£o se recorda:
***21/09/2014 ‚Äď Itaquera ‚Äď SCCP 3×2 S√£o Paulo ‚Äď O Tricolor vencia j√° vencia por um tento a zero, quando Luiz Fl√°vio de Oliveira inventou um p√™nalti para o advers√°rio, ap√≥s toque involunt√°rio da bola na m√£o de Ant√īnio Carlos.
***18/02/2015 ‚Äď Itaquera ‚Äď SCCP 2×0 S√£o Paulo ‚Äď Falta de √Čmerson Sheik em Bruno no inicio do segundo lance corintiano, ignorada pelo juiz Ricardo Marques Ribeiro.
S√≥cio-Torcedor ‚Äď √Äs 00h01 desta quinta-feira, o S√£o Paulo tinha exatamente 72.120 s√≥cios cadastrados, 12.237 atr√°s do programa do Gr√™mio, nosso pr√≥ximo advers√°rio a ser superado. Acima deles, temos SCCP (109.330), SEP (129.583) e Internacional (147.405).
***09/08/2015 ‚Äď Morumbi – S√£o Paulo 1×1 SCCP ‚Äď O p√™nalti ridiculamente n√£o-marcado pelo Vuaden n√£o precisa de maiores explana√ß√Ķes. O 2¬ļ cart√£o amarelo do Felipe, por falta em Centurion, pode at√© ser discut√≠vel, mesmo eu achando merecido. O que eu achei indefens√°vel foi a falta que o Fagner fez no Wesley, que rendeu apenas amarelo para o corintiano. Pior que isso, n√£o vi NINGUEM da imprensa esportiva comentando o lance p√≥s-jogo. Se fosse o Luis Fabiano… (o lance: http://globotv.globo.com/globocom/tempo-real/v/sarrafo-fagner-faz-falta-dura-em-wesley/4380935/)

No jogo de ontem, novamente prejudicados. Dessa vez pelo √≥timo √°rbitro Anderson Daronco (sem ironia). Pouco se falar√° na m√≠dia, devido a vit√≥ria. Mas a verdade √© que houve abusos nos cart√Ķes de Luis Fabiano e Luiz Eduardo. √Č preciso abrir os olhos.

G8- Oito clubes notoriamente se destacam das demais 12 do Brasileirão, e brigarão pelo título e vagas para a Libertadores: São Paulo, SCCP, SEP, Fluminense, Atlético MG, Atlético PR, Sport e Grêmio.

O problema tem sido o desempenho do Tricolor contra esses adversários diretos. Dos 21 pontos possíveis, conquistamos apenas 5. Vitória apenas contra o Grêmio. Se quisermos almejar algo maior neste campeonato, é algo a ser melhorado.

Breno ‚Äď Fiquei muito feliz em ver o retorno de Breno aos gramados. N√£o apenas pela sua hist√≥ria de vida, como tamb√©m porque o S√£o Paulo precisa de um zagueiro com a sua qualidade. √Č novo ainda, e se voltar a jogar 80% do que jogou em 2007, vai disputar a Copa de 2018.

O que me incomodou no entanto foi a fogueira em que Osório colocou nosso beque (sem trocadilhos). Conforme revelou em entrevista após a partida, Breno jamais havia jogado de volante. Mesmo assim, nosso técnico tratou de marcar o seu retorno para um clássico, naquela correria ataque-defesa em que o jogo se encontrava, e na posição nova, com base em treinos feitos na semana do Majestoso. Tivemos sorte que o time de Itaquera não tem qualidade na frente (e por isso não será campeão, anotem).

Breno n√£o √© cabe√ßa de √°rea, tal qual Luc√£o tamb√©m n√£o o √©. Se Os√≥rio insiste em improvisar jogadores na posi√ß√£o, √© bom que a diretoria busque refor√ßo em outro clube, ou promova algu√©m da base, principalmente porque o t√©cnico parece n√£o ser muito f√£ de Hudson. E pensar que deixaram de trazer o Wellington de volta…

Luis Fabiano ‚Äď Sou provavelmente um dos maiores defensores do nosso camisa 9. Mas leio e ou√ßo tanta injusti√ßa contra ele que, em geral, confesso, tenho andado com pregui√ßa de falar sobre o Fabuloso.

Para não me alongar muito: Luis Fabiano faz de fato uma temporada ruim. Disparadamente, a pior de sua carreira. Mesmo assim, os 7 gols marcados nos 26 jogos que disputou o deixaria a frente da média de muitos atacantes que costumam ser exaltados por aí.

Para quem reclama da import√Ęncia de seus gols, no √ļltimo domingo o 3¬ļ maior artilheiro de nossa hist√≥ria fez o seu 10¬ļ gol contra o SCCP, sua maior v√≠tima ao lado do Vasco da Gama.

Se a validade de uma renovação de contrato é assunto discutível, o respeito à história de Luis Fabiano no São Paulo não é.

Refor√ßo(???) ‚Äď O t√≥pico √© para falar sobre a chegada do atacante Rog√©rio (ex-Vit√≥ria), mas serviria tamb√©m para o caso de Luiz Eduardo. Repetindo conte√ļdo da semana passada: se Cotia √© incapaz de formar um zagueiro do n√≠vel de Luiz Eduardo ou um atacante do n√≠vel de Rog√©rio, pode fechar o CT, que nos custa uma boa grana todo m√™s.

Depois de todo o bom trabalho feito na libera√ß√£o de jogadores como Luis Ricardo, Cortez, Ca√Īete, Caramelo, Roni, e etc, Aidar parece voltar a escola Juvenal de administra√ß√£o, ao recolocar refugos no elenco do Tricolor.

Rog√©rio e Luiz Eduardo n√£o s√£o apostas ou promessas. J√° passaram por times ‚Äėgrandes‚Äô (se assim considerarem o Botafogo) sem sucesso, e nem mesmo em equipes ainda menores conseguiram aprova√ß√£o.

Em outrora, perdemos R√©gis (Sport) Gabriel Xavier (Cruzeiro) por falta de aproveitamento no time principal. Recentemente, Ewandro foi liberado para o Atl√©tico PR. √Č bom que se abra os olhos, pois temos jogadores promissores rec√©m-promovidos, como Jo√£o Paulo e Luiz Ara√ļjo por exemplo.

Liberar Boschilia para fazer caixa, embora eu tenha sido contra, √© algo justific√°vel. Perder jogador por falta de oportunidades, causada pela prefer√™ncia por ‚Äúrefor√ßos‚ÄĚ contratados de equipes menores, √© outra.

Auro ‚Äď Falando em falta de oportunidades, h√° umas 3 semanas atr√°s, Os√≥rio disse em coletiva que Auro, sua 4¬™ op√ß√£o para a lateral-direita atr√°s de Bruno, Thiago Mendes e Hudson, poderia ir buscar seu espa√ßo em outra equipe.

Depois de bons 23 minutos contra o Atl√©tico MG e outros bons 23 contra o SCCP, a nossa promessa j√° tinha outro status no elenco. Quase que Os√≥rio deixa o menino partir sem dar reais oportunidades a ele. O que me faz lamentar ainda mais a sa√≠da de Ewandro…

Michel Bastos ‚Äď Conforme j√° opinado nesta coluna, um dos jogadores mais importantes do nosso time em 2015 parece ter dado uma acomodada depois de ter renovado contrato. Tem cr√©dito de sobra ainda.

Mas dei uma amenizada nas cr√≠ticas, ao atentar que Michel em alguns jogos tem atuado em posi√ß√£o errada. Tem deixado as pontas, onde rende mais, para atuar de lateral-esquerdo ou at√© volante, como foi no √ļltimo domingo. Nesta √ļltima partida, ficou claro para mim o erro de Os√≥rio, quando via Carlinhos, Michel e Centurion se revezando na constru√ß√£o das jogadas pela esquerda, enquanto Bruno era obrigado a se virar sozinho pelo outro lado.

A nova t√°tica de Os√≥rio requer sacrif√≠cios, mas n√£o podemos abrir m√£o do poder ofensivo de um de nossos melhores jogadores…

S√≥cio-Torcedor ‚Äď Depois de 3 √≥timas semanas, o S√≥cio-Torcedor do Tricolor deu uma estagnada na atual. Talvez por causa dos 2 jogos sem vit√≥ria. √Äs 00h01 desta quinta-feira, o S√£o Paulo tinha exatamente 73.108 s√≥cios cadastrados, 11.771 atr√°s do programa do Gr√™mio, nosso pr√≥ximo advers√°rio a ser superado. Acima deles, temos SCCP (108.661), SEP (129.583) e Internacional (147.321).

P√°gina do Carlos Miguel Aidar ‚Äď Curtam, comentem e compartilhem a p√°gina do nosso presidente no Facebook:

https://www.facebook.com/pages/Carlos-Miguel-Aidar/745533575534551?ref=aymt_homepage_panel

Wagner Moribe

wmoribe@hotmail.com

twitter.com/wmoribe