O São Paulo acertou nesta terça-feira a contratação do técnico colombiano Juan Carlos Osorio, de 53 anos, para comandar a equipe por duas temporadas. Ele chega para ocupar a vaga deixada por Muricy Ramalho e que era interinamente ocupada por Milton Cruz, que trabalhou em dez partidas, obtendo sete vitórias e três derrotas.

Ainda não há a confirmação de quando o novo treinador chegará ao Tricolor, nem mesmo quando será sua estreia.

“Um dos temas do momento do futebol colombiano tem a ver com a continuidade (agora confirmada sa√≠da) do t√©cnico Juan Carlos Osorio do Atl√©tico Nacional. Segue um estudo de um setorista do clube que conhece bem Osorio e o Atletico, vivendo os dias com ele nestes 3 anos de clube:

Vantagens: 

1 РTítulos: 3 Ligas, 2 Copas e 1 Superliga colocando o time na hegemonia do país;

2 РTriunfos como Visitante: Conquistou 53 vitórias em 117 partidas jogadas fora, sabe atuar fora;

3- A for√ßa f√≠sica e mental da equipe¬†do Nacional que n√£o desiste nunca e ganha muitos jogos no final das pelejas permitiram muitas vit√≥rias.¬†¬†Com grande vigor, a equipe joga intensamente do primeiro ao √ļltimo minuto e consegue definir placares bem ao final dos jogos;

4- Vencedor em clássicos. Contra seus maiores rivais, obteve sempre vantagens em clássicos. Em 14 clássicos com os maiores rivais, só perdeu 2 e ganhou mais da metade.

5- Gols de fora da √°rea e bola parada.¬†Muitos gols de meia e longa dist√Ęncia, muitos trabalhos de bola parada e muito trabalho nos treinos determinam estes n√ļmeros.

6- Recordista. Obteve 29 jogos invicto sendo 1.046 minutos sem tomar gol, com 11 vitórias fora de casa e envolvendo jogos eliminatórios.

7- Levantou o potencial de vários jogadores. O rendimento de muitos jogadores subiram com ele e conseguiu fazer gente que nunca mais jogou em outros lugares, jogarem com ele como Cardenas, Henriquez, Díaz, Medina, Cardona, Wilder Guisao, Berrío e Armani entre muitos outros.

8-¬† Exportador.¬†Como elevava o potencial de rendimento dos jogadores, conseguiu vender e muito atletas que geraram grande super√°vit √† equipe. Estima-se que obteve em torno de R$ 60 milh√Ķes em super√°vit do que trouxe e do que gastou, o que para a Col√īmbia significa muito.

9- Administração de plantel. Com 30 jogadores no plantel, 9 atacantes, consegue comandar bem o grupo e rotacionar os jogadores qualificando muitos deles mesmo com a rotação e despertando interesse de clubes e colocando-os na Seleção.

10 РRevelação de jogadores da base. Foram 19 jogadores da base do clube e 4 enxergados nas bases alheias vindos sem custos que tiveram sucesso.

11 РBarateiro. Opta sempre por nomes baratos ou desacreditados e tem alto rendimento de aproveitamento.

Desvantagens 

1- A rotação do plantel. Maior polêmica de sua passagem. Não só rotaciona atletas do grupo como a posição em que atuavam. Um levantamento mostrou que Osorio NUNCA repetiu uma formação em 3 anos de clube. São 149 jogos sem repetir formação.

2- Altos e Baixo com Irregularidades da equipe. Com exceção de 2013, a rotina eram bons jogos ou dois e depois, instabilidades de futebol pois o resultado prevalecia. Quando marcava um gol, não conseguia manter uma posse que segurasse o jogo e sofria muitos nas partidas. Não tinha uma linearidade de rendimento.

3- Dificuldade em virar jogos. Quase sempre saía na frente no placar mas quando não saía, apenas 8 vezes em 26 conseguiu virar um jogo.

4- Não conquistou Libertadores e Sul Americana. Apesar de boas campanhas e derrubar rivais poderosos, sucumbiu 3 vezes na Libertadores e 2 na Sul Americana (uma para o São Paulo nas 4as de 2013 e ano passado foi vice junto ao River).

5– ¬†Time sem Artilheiros.¬†Como rotaciona demais o plantel, n√£o possuiu um √ļnico artilheiro nos torneios que disputou.

6- Derrotas para times pequenos. Algumas derrotas incomodaram como as para times pequenos cujo favoritismo era todo do Atlético Nacional.

7- Contrata√ß√Ķes.¬†Contrata jogadores baratos e muitas vezes, eles n√£o renderam o esperado. Conseguiu vender os atletas depois mas muitos decepcionaram e outros demoraram a render apesar de agradarem depois. De um total de 42 nomes adquiridos, 9 podem ser considerados fracassos e 7 lentos para adapta√ß√£o.

Colaboração: Luis Arturo Henao Calderón