megafone5

Nos √ļltimos jogos do soberano fomos for√ßados a ver o Reinaldo exibindo seu futebol limitad√≠ssimo na lateral esquerda, √© n√≠tido que o Reinaldo tecnicamente √© pior que o Carlinhos, mesmo este estando em m√° fase, mas argumentaram que ele √© melhor defensivamente e o empurraram no time titular no jogo mais importante do ano at√© ent√£o, contra o San Lorenzo fora de casa.

A grande maioria da torcida crucificou o Tol√≥i (nosso melhor zagueiro) depois do jogo, ele levou um chap√©u rid√≠culo isso √© fato, mas em um lance t√£o longe do gol era para um volante ou o Reinaldo dar combate, e o Tol√≥i fazer a cobertura, o lateral esquerdo estava a dois metros do lance quando o Argentino dominou a bola e o Tol√≥i saiu para dar o bote, qualquer jogador considerado defensivamente bom, correria para dar cobertura ao zagueiro, o que vimos foi o Reinaldo assistir passivamente ao lance. S√≥ um contra-ataque justificaria o erro de posicionamento do Lateral e dos volantes, por√©m n√£o era um contra-ataque pra pegar o time desprevenido, foi apenas um chut√£o pra frente, o time deveria estar organizado. No jogo contra o RB Brasil o camisa 16 foi marcar o advers√°rio que estava preso na linha de fundo e de costas, o cara se virou e passou como quis pelo ‚Äúbom marcador‚ÄĚ que s√≥ faltou estender um tapete vermelho para o advers√°rio passar, s√≥ n√£o saiu o gol do RB na sequencia porque o Rog√©rio salvou. Fica claro que ele √© t√£o p√©ssimo marcando quanto √© atacando, n√£o h√° nada que justifique esse jogador ser titular no S√£o Paulo, se o treinador n√£o confia no Carlinhos (que √© bom jogador e precisa de sequencia), ent√£o que busque alternativas, Michel Bastos por exemplo. √Č nosso melhor meia? Sim com certeza, mas temos outros bons jogadores no setor, Boschilia (tem entrado bem), Centurion e agora o Wesley. Sem o Michel no meio o time perderia menos do que perde sem um Lateral de qualidade, outra alternativa poderia ser usar o camisa 7 como ala pela esquerda, que √© diferente de lateral esquerdo (ala tem mais liberdade), j√° que o Milton usa 3 volantes n√£o seria dif√≠cil, contra o RB ele melhorou muito quando caiu pela esquerda, fez boas jogadas e deu um cruzamento perfeito para o gol do Ganso, na direita o Michel fica muito previs√≠vel, por mais qualidade que tenha, todos sabem que ele vai puxar pro meio, quando leva pra linha de fundo se enrola, pois lhe falta a perna direita para cruzar. Pelo lado direito com a perna esquerda s√≥ o holand√™s Arjen Robben.

Estou entusiasmado com a possível chegada do Sabella por achar que os treinadores estrangeiros priorizam a qualidade, enquanto os brasileiros tiram o jogador com mais técnica com o argumento de que o cara não é um bom marcador e botam um cabeça de bagre no lugar pra ficar rebatendo a bola, por isso Reinaldo e Denílson são titulares no São Paulo. Fazendo isso os treinadores acabam inconscientemente assinando um atestado de incompetência, pois é completamente possível ensinar um jogador técnico a marcar, enquanto ensinar um cabeça de bagre a ter técnica é completamente impossível.
Aqui quando se fala em botar dois volantes técnicos, sempre alguém surge imediatamente com a pergunta: E quem vai marcar?
A resposta é simples: O time.

O sistema defensivo do Real Madrid conta com Marcelo (teoricamente fraco na marcação) e dois volantes extremamente técnicos e ofensivos: Modric e Toni Kroos.
O Barcelona é a mesma coisa: Daniel Alves (teoricamente fraco na marcação) e dois volantes extremamente técnicos e ofensivos: Rakitic (Xavi) e Busquets. Mascherano pra ser titular foi para a zaga, porque lá priorizam a qualidade, e embora o Mascherano seja ótimo volante, jogando no meio ele tiraria a vaga de outro ótimo volante (caso semelhante ao do M. Bastos) e isso seria um desperdício de qualidade, então deram um jeitinho de botar todos os bons em campo, ou o máximo possível.

Nos exemplos que citei (Real e Barça), os sistemas defensivos funcionam perfeitamente bem, porque quem marca não é um jogador cabeça de bagre que só serve para rebater a bola, mas sim o time. Com um time bem treinado e ajustado tudo flui, jogadores que não tem tanta vocação para marcar, conseguem exercer essa função com qualidade, em um time assim até zagueiros medianos se consagram, como é o caso do Felipe no Corinthians.

Obs 1.: √ďbvio que n√£o estou comparando a qualidade de Real e Bar√ßa com a do S√£o Paulo, o que seria um absurdo, estou comparando os estilos dos jogadores e a mentalidade de quem comanda.

Obs 2.: Quando digo que o Tolói é nosso melhor zagueiro, não é por que o acho um craque, mas infelizmente essa é nossa realidade, é aquele negocio: em terra de cego, quem tem um olho é rei.

Armando Junior