Para quem olha de fora, para quem não é são-paulino, para quem não sabe dos detalhes do dia a dia do São Paulo, percebe que as coisas não estão 100% mas estão infinitamente longe de estarem como estão realmente: um verdadeiro caos. Aí me peguei pensando no que transforma o São Paulo nesse caldeirão fervilhante, o que nos mantém nesta crise sem fim e em como o São Paulo atinge seu pior momento intra e extra campo em 30 anos. E quem estava no poder naquela época e passava a batuta era Aidar passando cargo a Juvenal. Desta vez foi o contrário mas o caos e conflitos internos parecem que vieram para serem piores ainda. Coincidência ou não, os dois presidentes são os protagonistas novamente mas desta vez acompanhados de gente muito afim de conquistar seu espaço na história do São Paulo, mesmo que seja este lado B de tão negativo.

Escrevi h√° algumas semanas sobre o atrito Douglas x Ata√≠de que corro√≠a o S√£o Paulo internamente e que tinha chegado at√© Aidar que ‚Äúpoliticamente e para a m√≠dia e torcida, posicionou-se a favor de Ata√≠de‚ÄĚ. N√£o tinha outra sa√≠da. Era cobrado, pressionado e Ata√≠de e Muricy cada vez mais fechados com declara√ß√Ķes belicosas contra os ‚Äúinimigos internos‚ÄĚ. Com o p√© atr√°s de demitir Muricy e encontrar uma briga feia em Ceni, ver na m√≠dia Muricy vomitando contra seus inimigos e atingindo a ele pr√≥prio, vendo uma poss√≠vel rea√ß√£o da torcida, Aidar n√£o age. Se acovarda.

Pois bem, Aidar ‚Äúproibiu‚ÄĚ os desafetos de Ata√≠de a rondarem o CCT para impedirem mal estar. Aidar foi pessoalmente falar com Muricy. Prometeu que ficaria no cargo independentemente de queda na Libertadores como era especulado internamente. E Ata√≠de ganhou carta branca em suas a√ß√Ķes pelo time. Tudo dentro do roteiro do teatrinho criado por Aidar para sair bem na crise.

Depois da derrota para o Corinthians, vieram 4 vit√≥rias seguidas entre elas a suada contra o San Lorenzo. Mas, a derrota acachapante contra o Palmeiras e o vexame todo pesaram quebrando todo o t√™nue clima de paz que reinava entre time, treinador, torcida e internamente no clube. Muricy chegou decidido a pedir demiss√£o e pelo carinho que tem ao clube somado √† sua situa√ß√£o de sa√ļde, iria sair pois j√° n√£o acreditava vendo a postura da maioria dos jogadores sem vibra√ß√£o, sem energia, sem alma e sem vida. Ele pr√≥prio, doente e j√° sem recursos t√©cnicos para fazer este time reagir e acreditar nele e em seus m√©todos, jogou a toalha. Foi convencido a ficar no √ļltimo apelo de Ceni e Ata√≠de.

Veio a vitória contra o fraco Linense e o jogo contra o San Lorenzo: nova derrota decepcionante. Se não bastasse, a humilhante derrota para o Botinha neste domingo, foi para fechar o caixão.

Somado a estes fatores, jogadores péssimos em rendimento se dizendo em ótimo momento, diretor continuando a pressionar e a criar problemas internos, Juvenal metendo o pau na gestão de Aidar, Aidar colocando pressão em Muricy dizendo que se quer sair, que deixe claro que ele, presidente, aceitará, novos treinadores sendo sondados para assumir o Tricolor etc. Diretor dizendo que Muricy entregou o cargo e por aí vai. Ufa!

Essa é a zona, o lixo que está o São Paulo hoje. Um bando que hoje cuida do feudo que é o maior clube do Brasil. Um bando de incompetentes que não conseguem gerir o São Paulo e deixam o clube como está aí à míngua.

O real problema do S√£o Paulo n√£o √© Aidar, Juvenal etc. √Č que SEMPRE ficar√£o entre os mesmos que est√£o no Conselho, ultrapassados, cabe√ßa retr√≥grada, sem vis√£o e mais preocupado em fecharem o clube para novos entrantes, para n√£o perderem o ‚Äúpoder‚ÄĚ que hoje det√©m neste clube feudal baseado em uma irmandade digna de Idade M√©dia. O problema nasce do cara estar mais preocupado com a piscina, com a vaga de estacionamento, com a churrasqueira, com o filho, afilhado, sobrinho, amigo, filho do s√≥cio ou cliente, serem levados √† Cotia para terem chance.

Essa galera mais se preocupa com as comiss√Ķes, status, cargos, poderes, ingressos, camarotes etc do que com o S√£o Paulo FC tal como o torcedor comum se preocupa. Aidar √© s√≥ mais um deles. Mesmo que saia, vir√° um Douglas, um Ata√≠de, um Leco, um Jesus Lopes, uma reedi√ß√£o de Pimenta etc. √Č isso a√≠ que teremos e nos depararemos. N√£o √© √† toa que o clube n√£o evolui e s√≥ retrocede. Enquanto for assim, n√£o h√° f√© e milagre que salvar√£o o S√£o Paulo.

Enquanto a coisa explode, vejo s√≥cio, conselheiro, puxar √°rvore geneal√≥gica para provar o quanto √© s√£o-paulino e o quanto sua fam√≠lia se dedicou ao clube. Pois eu digo o seguinte: se um antepassado fez muito, o exalte. Mas n√£o viva das gl√≥rias dos outros. Meu av√ī italiano poderia ser palmeirense como todos os outros mas n√£o…se tornou s√£o-paulino. E o amor passou de gera√ß√£o para gera√ß√£o. Isto quer dizer que sou mais s√£o-paulino ou menos do que algu√©m? Evidente que n√£o. Ou dizer que um babaca que hoje est√° l√° dentro, gozando benesses e vantagens e se diz ‚Äúdedicado‚ÄĚ ao clube fazendo besteira atr√°s de besteira para n√£o dizer outra coisa, √©¬†mais s√£o-paulino que os outros?

Você concorda, caro amigo são-paulino?

Pois bem. Temos que come√ßar a acordar para de onde o mal nasce. E a raiz √© esta…

Bom, recapitulados os pontos, vamos a alguns fatos:

Entregou ou n√£o o cargo? N√£o. Muricy disse √† dire√ß√£o que est√° cansado e s√≥ ficar√° at√© o final das duas competi√ß√Ķes atuais e olhe l√°. Mas n√£o deve pedir demiss√£o agora. Ata√≠de de novo, insiste para que Muricy fique, Ceni etc. Mas Muricy j√° viu que o caldo entornou e al√©m de sua sa√ļde, √© indiscut√≠vel que ele fracassou na montagem do time. J√° n√£o sabe mais o que fazer com os atletas, perdeu a m√£o, se perdeu. Agora, a bola novamente fica nas m√£os de Ata√≠de, Aidar e cia. Ter√£o culh√£o de ousar e trazer um treinador para seu lugar? Aceitar√£o passivamente a situa√ß√£o? Sofrer√£o de morte anunciada?

Racha no grupo. H√° hoje uma ala que defende Muricy e outra que detesta e quer o treinador fora. Essa apatia, esse clima de vel√≥rio muito fica em cima desta situa√ß√£o. Os jogadores mesmo se perguntam at√© quando ir√° essa guerra. A falta de rea√ß√£o, o clima ruim e o lixo de momento interno n√£o √© s√≥ falta de t√°tica, preparo f√≠sico, clima interno e mau momento. √Č orquestrado tamb√©m.

Muricy, Gustavo Vieira, Milton Cruz, Ceni e cia. Estes nomes fazem parte da reformula√ß√£o que Aidar quer fazer no clube desde 2014. Apesar de anunciar apoio, Aidar sabe que em muito breve, vai poder ter o que quer. Com a sa√≠da de Muricy, ele e sua comiss√£o inteira iriam embora, Milton Cruz junto. O ponto mais negativo de todos, √© que Gustavo Vieira por sua proximidade com Juvenal, seria outro a ter que deixar o clube. Ceni √© o apelo de sempre, aposentadoria prorrogada pela Libertadores e sem ela…

Por qu√™? Essa limpa no futebol tem nome e sobrenome: ‚ÄúAmigos de Juvenal‚ÄĚ seguidos de ‚Äúincompet√™ncia‚ÄĚ. Como pode o time ser t√£o ruim fisicamente, machucar tanto, sempre terem queixas f√≠sicas e cair tanto o rendimento?

Bom, isto é uma coisa. Outra, é que Aidar entende que no futebol a coisa não vai bem e muito o incomoda o fator amizade e informação para Juvenal ainda existir no São Paulo. Nomes indicados, trazidos ou com laços com Juvenal todos sairão. A eliminação da Libertadores, seria perfeita para isto sem levantar tanta atenção e para embasar com a torcida e dirigentes os motivos que não pessoais.

Resultados Med√≠ocres na Gest√£o. Na √ļltima reuni√£o do conselho, ao menos 30% votou contr√°ria a aprova√ß√£o das contas do clube. Algo que n√£o acontecia desde antes de MPG. O que parecia ter pequena for√ßa, ganha coro constantemente e a turma contra Aidar e favor√°vel a Juvenal cresce.

O motivo? Aidar prometeu revolucionar a gestão do São Paulo, modernizar e apresentar resultados incríveis. Tudo que ele fez foi culpar Juvenal e até aqui, nenhum resultado apareceu. Sua gestão é obscura, polêmica, controversa e duvidosa. Cria publicidade negativa, chama atenção ruim, racha com a torcida, apoia organizadas, tem elos complicados e sempre está na mídia de forma ruim.

Cada vez menos, consegue paz interna para seus planos enquanto a oposição trabalha para sabotar até o que nem se sabe se daria certo, eliminando chance de florescer. Juvenal tripudiou do resultado dizendo ser histórico o pleito significando um golpe em Aidar já que ele mesmo aprovara as contas passadas de Juvenal em todos os outros anos.

Juvenal por sua vez, deleitou-se com o caos do clube consequência da reunião do conselho: viu Abílio Diniz e Justus, seus parceiros enfrentarem a direção de Aidar. O clima esquentou entre Roberto Justus e Ataíde por conta de contratos com a TV Globo de transmissão. Quando parecia que a coisa encontraria uma trégua, Juvenal tornou a ser atacado e defendido por Leco.

Leco, que hoje preside o Conselho Deliberativo, foi acusado de esconder as mazelas de Juvenal atrás de seus poderes no conselho e este responde afirmando que a gestão Aidar tem que cuidar de seus próprios problemas e que já são muitos, que Aidar foi um dos que aprovou as contas e contratos no passado e que não se justifica abrir caixa preta de nada agora.

J√° Ab√≠lio, em determinado momento, deu uma pancada em Ata√≠de dizendo que conhece informa√ß√Ķes internamente do que ocorre e sabe o que fazer e como fazer e que queria ajudar. Ata√≠de reagiu pessimamente afirmando que n√£o precisa de ajuda e que sabe o que faz, com tudo sob controle.

Ataíde é outro que vive dias contados e com uma eliminação, não deve resistir. Leonardo, cotado para técnico, na realidade é uma opção que se pensam como manager e que pode até preencher esta função. Querem uma renovação completa e total no futebol e acreditam que Leonardo trazendo toda sua experiência e conhecimento, vai ajudar muito.

Para treinador, Sampaoli √© o preferido de Aidar. Nos conselheiros, cresce o nome de Luxemburgo e o nome mais falado √© o de Abel Braga. Isto tudo depende da sa√≠da de Ata√≠de e a ascens√£o de Jayme Franco ou outro…

D√≠vida √© de quanto? O d√©ficit do S√£o Paulo, apesar de dizer que seria em torno de R$ 120 milh√Ķes, R$ 100 mi etc, ficou em R$ 54 milh√Ķes em 2014. S√£o valores previstos e n√£o atingidos em contas para o ano. Em resumo, √© uma meta que n√£o foi batida. Sem um patrocinador master e gastando por conta, fica complicado, n√© Aidar?

Puma. Com exclusividade o Blog do S√£o Paulo anunciou mais um furo. Desta vez, o acordo do S√£o Paulo com a Puma na justi√ßa. Ap√≥s afirmar que tinha raz√£o e que havia processado a Puma por isto, o S√£o Paulo fez um acordo. E diga-se: N√ÉO RECEBEU UM CENTAVO! O que incomoda aqui, n√£o √© n√£o ter vindo dinheiro e at√© para acabar com esse assunto logo, realmente √© melhor um acordo. Por√©m, √© estranh√≠ssimo como um consultor jur√≠dico me informou, que o S√£o Paulo saia assim sem levar nada. Ou seja, aquelas alega√ß√Ķes da Puma de que Aidar cobrou comiss√£o, que quis colocar a Cinira no meio, que rompeu acordo etc, passa a me voltar na mente pois se tinha tanta raz√£o e disse ser o significado de sua honra e sua palavra, por que agora Aidar abre m√£o t√£o desprovido de qualquer vontade em se fazer justi√ßa? Estranho, n√£o?

Mauricio Ruy Barbosa. Diretor de Marketing, dentro da VP de Douglas. Depois de 1 ano inteiro com resultado digno de pena no segmento, quase deixou o cargo pelas críticas internas alegando não conseguir conciliar compromissos profissionais e pessoais com o cargo no clube. Porém, já se sabe que já teria outra vaga em outra área já prometida por Aidar. Mauricio Ruy Barbosa é homem de confiança de Douglas e quem está com Douglas, tem tudo com Aidar. Para quem não lembra que é este cidadão, ele é o homem que disse que R$ 120 não era caro para o jogo do São Paulo e que quem quisesse mais barato, que fosse Sócio Torcedor. Ou seja, vejam a postura do cidadão.

Gatorade. A√≠ vai vir um em pouco e vai dizer: ‚ÄúAh, mas n√£o est√£o fechando com a Gatorade? Ok. Contrato para m√≠dias sociais. √Č uma renda paralela, acess√≥ria, complementar e longe demais de ser considerada como uma renda consider√°vel como um master que h√° 1 ano capenga por incompet√™ncia de seus gestores. Tal qual o S√≥cio torcedor, a gest√£o dos ingressos etc.

Falando de Douglas…Tal qual ocorreu na √ļltima semana com um jornalista, uma pessoa do S√£o Paulo me ligou pedindo que eu como s√£o-paulino, abafasse e n√£o espalhasse e criasse conflitos em prol do clube. Eu concordo. Mas n√£o em tudo. Mais uma vez, acho que pela terceira ou quarta vez, o nome do VP aparece. Agora, ele quis se manifestar.

Ap√≥s Aidar ‚Äúpedir‚ÄĚ que n√£o fosse mais ao CCT e ele ter alegado que n√£o ia por problemas pessoais, anunciamos que ele estava com uma proibi√ß√£o. Com a mat√©ria de Douglas ser o ‚ÄúAntiCristo‚ÄĚ de Muricy e Ata√≠de, como dizia na mat√©ria pois queria tomar o poder e por ser o homem que executava os trabalhos sujos de Aidar, ele n√£o resistiu. Reagiu e ligou para o jornalista como ocorrera comigo.

O jornalista mudou sua declara√ß√£o e ganhou uma carta que publicou na √≠ntegra. Afirmava ser amigo de Muricy, amigo de Ata√≠de e que s√≥ queria o bem do clube. Ok. √Č o b√īnus de n√£o se ter como provar que arquiteta para derrubar Ata√≠de e destro√ßa ainda mais o clima internamente. Informa√ß√Ķes para se provarem, precisam entregar a fonte. E nenhum jornalista seca sua fonte.

Bom, coincidentemente, Douglas resolveu ap√≥s o bate boca na m√≠dia, aparecer onde? No CCT para mostar que estava tudo bem e que estava l√° para apoiar os amigos. √Č brincadeira? Agora, al√©m de Aidar ir ao CCT para tirar foto e parecer que est√° tudo bem no clube, atora ainda tem essa encena√ß√£o de que o clima entre Ata√≠de, Douglas e Aidar √© bom. Bom deve ser, n√©? Afinal, n√£o foi isso que Aidar disse? Que est√° bom?

Falar nisso, o que ocorre com Aidar? Por que ele se esconde? Ele √© presidente do S√£o Paulo? Ele precisa esperar um naufr√°gio para agir? Depende da a√ß√£o dos outros? Que esp√©cie de lideran√ßa ele tem? Se omite e s√≥ age quando n√£o d√° mais? A culpa ainda √© de Juvenal ap√≥s 1 ano? Ou ele ainda n√£o pode responder por suas decis√Ķes, seus atos e suas escolhas? Ah, a culpa √© de Ata√≠de e Muricy? E ele n√£o pode agir? Que esp√©cie de presidente ele √©? Preservando amizades pessoais em prol do clube ou o medo o impede de agir para proteger a si pr√≥prio? Ou tem mais a√≠???

Bom mesmo, será quando estes cidadãos que só pensam em si e em poder, puderem compartilhar em outro lugar estes sentimentos que hoje só afundam o São Paulo FC.

Rid√≠culo. Este tipo de farsa para agradar a m√≠dia, enganar uns e outros e fingir que est√° tudo bem, √© deprimente. As mentiras para se esquivar de problemas e n√£o assumir a√ß√Ķes, decis√Ķes e atitudes √© outra coisa. Se arma contra o time, t√©cnico e futebol, admite. Outra coisa √© o VP de futebol estar sendo fraco e se escondendo atr√°s de Muricy com o time perdido e sem respeito para com ele. O rel√≥gio est√° andando e o tempo passando. E o ano do S√£o Paulo, se esvaindo nas m√£os destes que deveriam, prometeram emas n√£o cumprem tudo que que foi combinado pelo Tricolor. Lament√°vel…

Novo comando. Independentemente de quem venha dos nomes sonhados, aventados, especulados e tentados, que chegue conquistando o emocional e a confiança dos atletas e puxe-os de volta à vida. Afinal, não podemos considerar que este time hoje vive. No máximo, que agoniza.

Se  sou o líder máximo de uma instituição, um grupo, empresa etc e  tenho um pingo de dignidade, brio, honra, comprometimento, liderança, autoconfiança e amor pelo que faço, eu tomaria uma atitude. E diferente de ser passivo. Se para quem foi delegado não funciona, não poderia ver o barco afundar sem nada fazer. Custasse o que fosse.

E Aidar, comodamente se omite. Se esconde. Se afasta e deixa a bomba estourar em Ataíde, Muricy e Ceni. Assim, ele mesmo perdendo com o clube, vence batalhas políticas internas e segue planos passados. E isto senhores, hoje é o São Paulo FC!

Para mim, est√° na hora exata para um basta com ‚ÄúB‚ÄĚ mai√ļsculo. E ele tem que vir do presidente.

E deixo a pergunta: O S√£o Paulo FC tem um presidente?

Alexandre Zanquetta

alexandrezanquetta@uol.com.br

twitter.com/blogdosaopaulo

www.facebook.com/blogdosaopaulo