Tricolor espera definição da lesão de Kardec para fazer trocas no mata-mata

Com lesão no joelho direito, centroavante será reavaliado segunda-feira. Clube pode trocar até quatro jogadores da relação inicial de 28 do Paulista para a próxima fase

O São Paulo espera uma definição sobre a gravidade da lesão de Alan Kardec para saber se será necessário tirá-lo do mata-mata do Paulista.

O clube tem direito a fazer quatro mudanças em cima da lista de 28 inscritos da primeira fase, nomes que devem ser definidos até a próxima sexta-feira (dia 10 de abril).

Com uma lesão no joelho direito sofrida na derrota por 1 a 0 diante do San Lorenzo, Kardec será reavaliado na segunda-feira. O resultado da avaliação definirá se o jogador precisará ser submetido a uma cirurgia para se recuperar ou não.

Na última sexta-feira, Kardec se reapresentou no CT da Barra Funda sem o auxílio de muletas e iniciou trabalho de fisioterapia.

Se a cirurgia for necessária, o técnico Muricy Ramalho só terá Luis Fabiano como centroavante de ofício no elenco para o restante do Paulistão. O jogador, que se recupera de uma contratura na coxa esquerda, será desfalque diante do Botafogo, neste domingo, em Ribeirão Preto.

Assim, o garoto João Paulo, destaque do time na Copa São Paulo de Futebol Júnior, poderia ganhar uma chance no elenco profissional.

Independentemente do problema de Kardec, o São Paulo certamente vai trocar dois jogadores da lista inicial para o mata-mata do Paulista: Maicon, emprestado ao Grêmio, e Ademilson, emprestado ao Yokohama Marinos, do Japão.

Wesley, contratado após sair do Palmeiras, ganhará uma das vagas no meio de campo. A outra pode ser ocupada por Antonio Carlos, zagueiro fora da relação inicial.

Na Taça Libertadores, o Tricolor poderá fazer três trocas na lista de 30 inscritos para as oitavas de final, caso o time consiga se classificar. Para isso, precisará fazer mais pontos do que o San Lorenzo no Grupo 2. As duas equipes têm seis pontos cada, mas o São Paulo leva vantagem no saldo de gols: 2 a 0. O time enfrentará o Danubio, no Uruguai, no dia 15 de abril, e o Corinthians, no dia 22 de abril, no Morumbi.

Fonte: globo.com

27 comentários

  1. Eu acho que está na hora de recuar o Michel Bastos ou para segundo volante ou para a lateral…o cara simplesmente não eh meia ou atacante….vários contra-ataques no jogo do SL morreram nos pés dele por lentidão de raciocínio ou por não levantar a cabeça…lógico que tem lugar no time, mas vindo de trás, na minha opinião. E ai abriria espaço para o Boschilia ao lado de Ganso o que seria interessante testar. Meu time:

    Hudson Lucao Doria Carlinhos

    Souza MB

    Ganso Bosch Centu

    AK ou Pato (LF se os outros dois não poderem jogar)

    • Venho falando isso desde o ano passado na reta final do brasileirão…

      Ele no meio campo ainda ponta como e escalado contribui para o ganso não jogar e mata vários contra ataques….

  2. O A Carlos nao é jogador pra ficar fora do elenco. Não foi bem quando escalado de central, mas, na quarta zaga, era regular, e vinha fazendo bons jogos. Em 2013, era mais valorizado do que o Toloi, por exemplo. Além do mais, era fantástico no jogo aéreo. Levou a vitórias em muitas ocasiões, perdemos uma arma considerável. Quiçá num jogo desses, como o contra o San Lorenzo, o A Carlos nao ia lá, e empatava.

      • Ao meu ver, é bom jogador, qual o problema? Louco é não respeitar quem pensa diferente, mais louco ainda é jogar contra o patrimônio. Pôr todos os jogadores no mesmo saco, e mandar embora do time. Todas as facções do clube tem culpa na crise, e a torcida não está isenta disso. Essa “cultura do não serve”, ”’é lixo” deveria ser repensada. O Jadson, R Augusto, o Emerson e o Danilo não jogavam bem com o Mano, tiveram paciência e respeito com o caras, e hoje o Tite faz os caras renderem muito. No ano passado, o A Pereira, mesmo jogando bem, e tendo papel de liderança, foi mandado embora. Inventaram a moda de que não estava à altura do time, e agora deu no que deu. Por essas e por outras, tem que repensar a cultura do não serve. Isso só fez o time perder e decair.

  3. O gringo ja entrou no esquema da “colonia de ferias do Spfc”,mas tambem com uma loira daquelas até eu perco o avião…Esta muito cedo mas sera Centurion o “Marlos argentino”?

  4. O que vcs acham dessa formação? 4-1-4-1

    Hudson—Lucão—Dória—Carlinhos

    —————Rodrigo Caio—————

    Wesley—Ganso—T.Mendes—-M.Bastos

    ———————-Pato——————–

  5. Antonio Carlos salvou o São Paulo várias vezes, principalmente quando estávamos ameaçados pelo rebaixamento com seus gols salvadores, se não me engano neste campeonato fez uns 8 gols. Naquele jogo em que começou a nossa reação definitiva contra o Vitória no Morumbi em que ganhamos na bacia das almas por 3×2 ele fez 2 gols sendo o da vitória aos 43 ou 44 do 2º tempo.

    Naquele jogo contra o Cúritnhia em que fez 2 gols contra foi em jogadas casuais em que a bola veio rasteira e com força para a área, foram jogadas rápidas e que poderiam acontecer com qualquer um, foi mais azar do que uma falha individual, mas apesar do azar nas jogadas, pelo menos ganhamos a partida deles de 3×2. Essa última falha do Tolói contra o San Lorenzo e aquela contra o Cúrinthia em que o Renato Augusto fez um gol de cobertura para mim foram mais graves que a falha do Antonio Carlos.

    Aquele pênalti que marcaram do Antonio Carlos contra o Cúrinthia não foi pênalti, foi bola na mão, aquilo ali foi um assalto, se aquilo não foi bola na mão então não existe bola na mão.

    E se vcs pesquisarem em alguns jogos em que o Antonio Carlos falhou coincidentemente ele vinha de contusão, ou seja; estava sem ritmo, acontece com qualquer um.

    Não estou dizendo que ele é um zagueiraço que tem que ser titular absoluto, gostava do estilo do Tolói, mas para mim tanto Tolói quanto Paulo Cachaça falharam bem mais que o Antonio Carlos e em falhas individuais.

    Acho que o Antonio Carlos pode ser um razoável reserva, até ser titular em alguns jogos específicos e ainda fazer uns golzinhos salvadores que ajudam e muito.

  6. Boa tarde eu colocaria um 352,com Michel e Weslley de alas,Hudson e Souza de volantes,Ganso armando e pato e centurion.Ou boschilha pra fechar o meio campo do jeito que ta eh melhor fechar a casinha primeiro e especular o ataque depois.

    • Ta mais do que na hora do time “titular” pegar uma sequência de jogos….chega de poupar….poupar para que?? Chega de frescura….se o jogador se machuca, sai e entra o reserva, ponto.

  7. São Paulo cria projeto para lapidar estrelas das categorias de base

    https://esportes.yahoo.com/blogs/jorge-nicola/lapidar-125721292.html

    “A última grande novidade tricolor é a implantação do “Projeto Lapidar”, que promete privilegiar os cinco melhores jogadores das categorias sub-13, sub-15, sub-17 e sub-20. Eles farão trabalhos específicos no fim de cada treino, acompanhados de perto por uma comissão técnica de elite. A ideia é garantir que as estrelas de Cotia evoluam de maneira mais rápida com treinos de passe, finalização, cabeceio…

    O programa foi criado por Júnior Chávare, contratado em novembro para atuar como gerente-executivo das categorias de base. O meia Lucas Fernandes e o atacante David Neres são duas das apostas do sub-20 que estão no Lapidar.”

  8. o muricy não sabe disputar libertadores? alias, mata-mata….

    ele deveria admitir isso em publico logo e deixar o spfc contratar um tecnico pras competicoes em mata-mata, e ele fica pro brasileirao

    que absurdo, nunca vi…

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!