Sou, Sou Tricolor: Fatos da Semana

banner_sou_tricolor_2

Fatos da semana – 25/03 a 31/03

As opiniões deste colunista a respeito da semana que passou.

Crise – Prevendo que alguns leitores assíduos desta coluna possam vir a questionar se eu nego a existência de uma crise no nosso Tricolor, respondo que não. Estamos sim em período de turbulência.

O que venho dizendo repetidamente neste espaço é que o monstro se tornou muito mais feio, e chegou muito mais rápido ao Morumbi, por causa de fatores extracampo, em uma sequência incrivelmente especulativa: Melhor elenco do país -> Derrota para o SCCP na estreia da Libertadores -> Imprensa questionando -> Desconfiança da torcida -> Pressão da diretoria -> Declarações infelizes de diretores e jogadores -> Reflexos no time.

O São Paulo não joga bem em 2014, fato. O problema é que, desde 18 de fevereiro, data do fatídico jogo em Itaquera, não há paz para que o trabalho de comissão e jogadores evolua.

Com o nível de futebol apresentado até hoje pela equipe, acho provável que nem com a tal blindagem estaríamos com um time arrumado agora. Mas não tenho dúvidas de que o momento não seria tão negativo como o atual.

Lembrando que temos a 3ª melhor campanha do Paulistinha, e estaríamos classificado no grupo da morte da Libertadores. Lembrando também que, dos 5 jogos realmente importantes que fizemos neste ano, jogamos absurdamente mal nos 3 fora de casa (SCCP, santos e SEP – com expulsão injusta de Rafael Toloi), e fomos melhores que o adversário, em casa, nos demais (SCCP e San Lorenzo).

Em suma, não destrincharei novamente um longo tópico para questionar ou não se estamos em crise. Apenas peço paciência e apoio (claro, dentro do possível), para que o caldo não entorne de vez e passemos o resto do ano lamentando “aquelas eliminações no Paulista e na Libertadores” e alimentando uma crise que nos fará viver 2015 lutando contra o rebaixamento no Brasileiro.

Caça às bruxas – Existe um hábito curioso na torcida do São Paulo, que eu só vejo acontecer igual no SCCP e na Seleção Brasileira, em tempos de Copa: a caça às bruxas.

Quer dizer, perdemos a Copa de 50 por causa de Barbosa, a de 82 por causa de Cerezo e Telê Santana, a de 98 por causa da bicicleta furada de Roberto Carlos, a de 2006 por causa da meia do mesmo lateral-esquerdo, e a de 2010 por culpa de Felipe Melo. A do ano passado ficou na conta de Felipão.

No São Paulo, a crucificação ocorre a cada momento turbulento do time. Anos de Libertadores são um prato cheio para que as cobranças insanamente irracionais comecem.

A gestão de Juvenal Juvêncio cometeu muitos erros. O maior deles, na minha opinião, junto com a péssima escolha de treinadores, foi ceder às pressões das arquibancadas. Tivesse JJ sido menos populista, poderíamos ter hoje em nosso elenco, jogadores como Arouca, Jean, Rhodolfo e Casemiro, entre outros. Todos descartáveis por grande parte da torcida, em algum momento de suas passagens pelo Morumbi.

Hoje, os bolas da vez são Luis Fabiano, Ganso, Muricy Ramalho e até Rogério Ceni.

Para início de conversa um adendo: critique, cobre e peça a aposentadoria/saída de quem você quiser do São Paulo. Só não pode ofender. Não seja mal agradecido com quem já tanto fez pelo Tricolor, e com quem sempre, com ou sem qualidade, lutou pelas nossas cores. Sei que a maioria reconhece, e é incapaz de xingar o M1to, o treinador do nosso tricampeonato brasileiro ou o 3º maior artilheiro de nossa história. Mas é que às vezes a gente lê coisas por aí, que irritam a memória.

Voltando a caça às bruxas. Acho engraçado como as opiniões das pessoas mudam do dia para noite. Antes da estreia na Libertadores, tínhamos o melhor elenco do Brasil. Depois, o time já era questionável. Contra o San Lorenzo, a equipe não prestava até os 44 minutos do 2º tempo. Até antes do jogo contra a SEP, os torcedores eram só confiança na recuperação da equipe. Depois da partida, o mundo caiu.

Ganso foi 2º colocado da Bola de Prata da Revista Placar em 2014, atrás apenas de Ricardo Goulart. Hoje, dizem, é ruim. Em janeiro, Luis Fabiano era o cara que se cuidou nas férias e que tinha tudo para se ultrapassar Serginho Chulapa ainda este ano. Hoje, dizem, é ruim. Muricy era o cara que nos livrou do rebaixamento em 2013 e que nos levou ao vice do Brasileirão em 2014. Hoje, dizem, é péssimo.

Vejam bem, quedas de rendimento DEVEM vir acompanhadas de críticas SIM. O que eu não concordo é com esse pessoal que troca de opinião na mesma velocidade em que troca de roupa. Afinal, você acha Ganso um mau jogador ou um bom jogador em má fase? É esse tipo de diferenciação que você deve começar a fazer antes de criar suas convicções, sejam elas quais forem. E por favor, faça o possível para mantê-las. Sempre questionei quem apelidava nossa torcida de ‘modinha’. Hoje, não sei mais…

Sobre o time – Desde o jogo contra o Bragantino, válido pela 5ª rodada do Campeonato Paulista (portanto antes da estreia na Libertadores), eu defendo que o São Paulo precisa de algo novo, para mexer com o time. Naquela partida, em que Muricy atuou com reservas e contava com as estreias de Dória e Centurion, o Tricolor foi a campo no 3-5-2 e teve uma das raras boas exibições de 2015, vencendo o rival por 5 a 0, em Bragança Paulista.

Há algumas semanas, venho dizendo que o esquema, tão glorioso entre os anos de 2005 e 2008, deveria voltar a ser adotado por Muricy. O momento é mais do que propício: time irregular, jogadores em baixa e, principalmente, a volta de Rodrigo Caio.

Nosso beque-volante pode ser o diferencial desta defesa. Dadas as devidas proporções, o garoto seria nosso Lugano de 2005 ou André Dias de 2008. Tem a qualidade defensiva e saída para o jogo. A baixa estatura é compensada pelos outros zagueiros.

O sucesso do esquema depende ainda de boa qualidade ofensiva de alas e volantes. E o elenco do São Paulo pode suprir essa necessidade.

Assim sendo, minha equipe para a continuidade da temporada, a começar pelo jogo de vida ou morte de amanhã, seria: Rogério Ceni, Rafael Tolói, Rodrigo Caio e Dória (Édson Silva ou Lucão); Thiago Mendes, Souza, Denilson, Ganso e Michel Bastos; Pato e Alan Kardec.

Centurion pede espaço, e poderia até entrar no lugar de Ganso, como muitos querem. Pode ser também. Um quase 3-4-3, parecido com o do time campeão brasileiro de 2007, que além de 3 zagueiros, alas e volantes, contava com Dagoberto, Leandro e Aloisio na linha de frente, sem nenhum meia propriamente dito.

Além disso, em jogos especialmente realizados no Morumbi e/ou contra times menores, eu acho que Ganso e Centurion poderiam até atuar juntos no esquema, com a saída de Souza (em péssima fase) ou de Denilson, e o recuo do camisa 10 para a função de segundo volante.

 Enfim, uma volta forçada ao passado, que tantas glórias nos renderam nas mãos do próprio Muricy Ramalho. Me parece uma de suas últimas cartadas possíveis, antes de uma inevitável demissão, a se continuar os maus resultados…

 Reflexos no ST – O mau momento do São Paulo já começa a refletir fora de campo. Além das arquibancadas vazias, o crescimento do programa de sócios-torcedores do clube vem enfrentando um período de estagnação nas últimas semanas.

Em 2015, o Tricolor ostenta a 3ª melhor marca de crescimento no seu programa de sócios, atrás apenas de SCCP e SEP. Mas se considerarmos apenas o mês de março, ficamos atrás ainda de Ponte Preta e Botafogo. Além disso, na semana passada fechamos em 6º e, nos últimos 2 dias, houve mais gente se desassociando do programa do que se vinculando ao clube. Preocupante…

 Jorge Sampaoli – Segundo informações trazidas nesta segunda-feira pelo Blog do Andreoli, da UOL, a diretoria do São Paulo tem acordo apalavrado para que Jorge Sampaoli, técnico da seleção chilena, assuma o comando técnico do Tricolor após a Copa América. Claro, tudo dependente da performance do São Paulo neste primeiro semestre e do próprio Chile no torneio continental.

A primeira questão é: quem é Sampaoli? Um técnico que, em 13 anos de carreira, dirigiu 7 equipes diferentes, além da seleção chilena. Nunca atuou no ‘eixo’ Brasil-Argentina-Uruguai e tem, como item mais graúdo de seu currículo, a montagem da Universidade do Chile, tricampeã nacional entre 2011 e 2012.

Contra o São Paulo, um encontro recente, do qual me lembro muito bem. Dois jogos válidos pelas quartas de final da Copa Sulamericana de 2012. Com 2 a 0 na ida e 5 a 0 na volta, fechamos o confronto com 7 tentos de diferença, em duas partidas facílimas, especialmente a volta, no Pacaembu.

Com a seleção chilena, foi relativamente bem na Copa do Mundo, deixando a Espanha na 1ª fase e perdendo para o ‘poderoso’ Brasil apenas nos pênaltis.

Mas qualidades e defeitos a parte, o grande problema de ser trazer técnicos estrangeiros para atuar no Brasil é a falta de conhecimento destes gringos com relação ao nosso futebol. Não dá para pensar em cogitar Guardiola na Seleção Brasileira ou Gareca na SEP, sem que antes estes passem pelo menos 1 ano estudando o que é um Fla-Flu, quem foi Raí e Careca, ou que tipo de futebol aguerrido é esse que se pratica no Sul, por exemplo.

Aidar sofre de uma megalomania, que o faz pensar em trazer técnicos estrangeiros, Ibrahimovic (como ele mesmo disse em campanha), e um CEO para comandar o clube. Se esquece que, antes de comprar um carro importado 0 km, é preciso arrumar dinheiro para a gasolina.

Sem dinheiro e sem experiência no futebol brasileiro, porque trazer um gringo?

 Promessa de saída? – Depois de quase perder João Paulo, e deixar a situação de Joanderson chegar as vias judiciais, a diretoria do São Paulo agora corre o risco de perder outra joia da base.

Segundo informações do Lancenet, o menino Paulo Henrique, de 16 anos, interessa a clubes europeus do calibre de PSG e Inter de Milão. O atacante tricolor teria chamado atenção na Al Kass Cup, torneio sub-17 disputado no Catar, do qual Paulo Henrique foi artilheiro e eleito o melhor jogador. Foram 5 gols e 8 assistências em 5 jogos, que ajudaram o São Paulo a ser vice-campeão do torneio. Na Al Kass Cup, o Tricolorzinho passou por gigantes como PSG, Atlético de Madrid, Real Madrid e Milan.

A notícia trazida pelo Lance diz ainda que Paulo Henrique tem contrato apenas de formação com o São Paulo, válido por mais 3 anos. E que, apesar do assédio europeu e da baixa multa rescisória, há interesse de ambas as partes na assinatura de um vínculo mais longo.

É esperar para ver. Lembrando que Gustavo Hebling, volante do sub-20 e destaque na Copa São Paulo, também corre o risco de sair do clube no meio do ano. Estamos de olho, Aidar, Chávare e companhia.

Joguinho para descontrair – Tentem adivinhar essa: quantos jogadores já atuaram com a camisa do São Paulo nesta década? A resposta é 107, o que deixa o Tricolor como o 2º time que menos utilizou atletas no período, atrás apenas do Fluminense, considerando-se os 12 maiores times do Brasil. Para se ter uma ideia, o Internacional por exemplo, utilizou 157 neste mesmo tempo.

Descobri isso por acaso, navegando pela internet. E achei um joguinho, que te desafia a lembrar os nomes destes 107 jogadores, do eterno M1to Rogério Ceni, até Dória, o último a estrear. Nos 15 minutos disponíveis, me lembrei de 74, o equivalente a 69% do total. Testei minha memória sobre os adversários e consegui me recordar de 49% dos que jogaram em Itaquera, 39% da baixada santista e 37% dos que atuaram pela SEP.

É interessante. Para quem quiser, segue o link:

http://www.df.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/sao-paulo/2015/03/23/noticia_sao_paulo,59938/voce-consegue-se-lembrar-de-todos-os-jogadores-do-sao-paulo-nesta-decada.shtml

Página do Carlos Miguel Aidar – Curtam, comentem e compartilhem a página do nosso presidente no facebook:

https://www.facebook.com/pages/Carlos-Miguel-Aidar/745533575534551?ref=aymt_homepage_panel

 Wagner Moribe

 wmoribe@hotmail.com

 twitter.com/wmoribe

150 comentários

  1. PB
    31 de março de 2015 às 11:36
    Até podemos questionar a decisão do treinador em tirar o Ganso (se é que vai tirar mesmo), mas falarem que estão (Muricy) colocando toda a culpa nas costas dele, que ele é a laranja podre no elenco, é uma grande sacanagem. Não vi ninguém, seja diretor ou comissão técnica, fazer qualquer comentário negativo em relação ao Ganso, colocando em dúvida o seu profissionalismo. Ao contrário do Pato, que foi cutucado pelo próprio representante, e até mesmo pelo MB quando disse que ele de vez em quando precisa de um empurrãozinho…
    Tirar o Ganso do time e tentar outra formação vale tanto quanto tirar qualquer outro jogador. Nesse estágio letárgico que nos encontramos ninguém merece ser taxado de intocável…ninguém… ninguém fez por merecer.
    Quem está colocando lenha na fogueira é a imprensa e o empresário dele.
    Parece até que o cara foi exilado em Cotia…menos gente…menos…

    ——————————————————————————–

    E enquanto isso o melhor jogador do time, o titularíssimo Denilson continua intocável.

    Essa coerência do Muricy é de tirar o chapéu.

    • Vitão , acho que o Denilson é o próximo . Ele corre , cerca mas pra marcar mesmo acho que o Hudson é muito melhor que ele . Tiago Mendes acho que briga com Souza e até com Rodrigo Caio que pode fazer o que o Ralf faz na travecada.
      Quanto ao Ganso precisa ver em que contexto o empresário falou o que falou porque até agora eu não ouvi ninguém da comissão técnica ou da diretoria queimando o cara .
      Acho que ele não joga amanhã , dizem que não é jogo bom pra ele mas volta no próximo .
      O time vai ter que aprender a jogar de um jeito diferente , mais competitivo , com mais briga pela posse de bola .
      Se o Murici prender os laterais , como Dunga vem fazendo na seleção e o Tite no Corintians o time ja melhora muito e com certeza dá pra ter o Ganso no time , mas tem que jogar o Kardec e mais um atacante que também ajude a marcar , liberando o Ganso pra criação.
      Acho que do jeito que o time tá a melhor coisa é por laterais que não passem do meio de campo , e bota correria lá na frente na hora que ficar com a bola , e aí o talento do Ganso pode fazer a diferença , principalmente se tiver jogador rápido na frente.
      Quem mais tá queimando o Ganso é a imprensa , um idiota da ESPN falou outro dia que o tricolor deveria emprestar ele pro Flamengo , aí vira cracaço de novo .

  2. Sem treino não adianta, mas eu iria de:

    Ceni, Hudson, Toloi, ES, Reinaldo; Souza, TM, MB, Ganso, Centu; Pato

    Boschilia pode entrar no lugar de Ganso, MB ou Centurion (ou até de um volante) no decorrer da partida.

    Um time mais provável:

    Ceni, Hudson, Toloi, Lucão, Carlinhos; Denilson, Souza, Boschilia, MB; Pato, AK

    • Acho que 352 não funciona mais , principalmente se o adversário jogar com 3 atacantes , acho que o ideal pra gente é 4141 igualzinho à travecada.
      E lateral tem que jogar de lateral , só passa do meio de campo muito na boa.
      Amanhã um empate tá mais do que bom pra gente , se for pra cima dos caras com um time sem confiança a vaca vai pro brejo de uma vez.
      Eles é que tem que atacar e deixar espaço lá na frente , não nós.
      Se eles nos copiam porque não podemos copiá-los também.

  3. Parei de ler na parte q coloca o ganso como segundo volante…..

    Texto muricetiano…..parece q ta tudo bom e nada ruim e a torcida q é chata mesmo….

  4. Estão especulando Jorge Sampaoli!!

    Na minha opinião o Sampaoli é um péssimo treinador!! Não me lembro de nenhum trabalho relevante feito pelo Sampaoli. A seleção do chile é sempre a mesma coisa, joga como nunca e perde como sempre.

    Se for pra apostar em um estrangeiro, que tente o André Villas Boas. Diego Aguirre está mal no Internacional!! O Inter-RS foi querer inventar e até agora não vi nada de espetacular no trabalho do Aguirre.

    Na boa não existe espaço para treinador estrangeiro no SPFC e, acredito que em nenhum clube do Brasil.

    A cultura do futebol brasileiro ainda não está preparada para ter um técnico estrangeiro.

    As opções viáveis para o SPFC são ou Abel Braga, ou Mano Menezes. E na minha opinião sou mais o Mano Menezes.

  5. O sucesso do esquema depende de TREINAMENTO.
    E é aí que reside a questão: o atual treinador prefere bater papo a treinar, logo fica difícil qualquer esquema que seja dar certo.
    Se o Muricy está com a saúde debilitada, como sugeriu a esposa dele, que largue o osso e vá se cuidar.
    Não fazendo isso, ele está ferrando não só saúde dele, mas também a do Sâo Paulo Futebol Clube.

  6. Nenhum jogador é maior que o SPFC, a partir do momento que ex jogadores em atividade como RC preferem continuar na ativa e prejudicando o clube ele tem de ser e merece ser criticado..

    Não tem essa de Mito não, ele hoje é um verdadeiro Mico.

  7. A grande questão do MR, com todas as suas limitações, é anímica. Não passa confiança pq a grande virtude dele era fazer as coisas na força, na marra, e sem saúde não dá mesmo.

  8. No 3-6-1 sem alas daria pra montar um time bem consistente. Tais especulações são inúteis, mas é o que me resta.

    Ceni
    Toloi, ES, Lucão
    TM (R Caio), Hudson, Souza
    MB, Ganso, Centu
    Pato

  9. Eu iria com Paulo Miranda na lateral direita, e 3 volantes, a lá Adilson Batista, tendo em vista que a torcida não agüenta mais tamanho sofrimento..

    O Vitão concorda comigo..

  10. Sou totalmente contra técnico estrangeiro em meio a temporada , tendo em vista o Campeonato Brasileiro , contratar técnico estrangeiro neste momento com a queda do Muricy , será mais uma bobagem do Aidar.

  11. Sinceramente, entre Bruno e Paulo Miranda, o Cachaça seria minha opção.

    Bruno: não sabe cruzar, não tem velocidade, não ataca e não marca.
    Paulo Miranda: não sabe cruzar, não tem velocidade, não ataca, mas pelo menos tenta marcar.

    Dos males o menor.

    A que fase chegamos.

    • Eu acho que algumas brechas não devem ser abertas. PM é uma loteria, vai de herói a vilão em uma fração de segundo e joga tudo pro buraco.
      No ano passado Hudson na LD e Denilson de volante deu resultado. Eu tentaria isso. Talvez seja aquele cado de encaixe, sei lá…a certeza que eu tenho é que o Hudson tem que jogar nesse time, ou na LD, ou de volante.

  12. A situação de MR contamina o elenco, que já não possui jogadores que resolvam sozinhos. E a culpa não é deles, simplesmente não é a deles. Hoje, mais do que nunca, o futebol é essencialmente coletivo e sem treino, sem entrosamento, não há confiança e as coisas simplesmente não funcionam.

  13. Também acho Bruno é medonho. Nem defende nem ataca.

    Auro e Carlinhos nas laterais ,que não marcam ninguém ,com o time desarrumado que temos é pedir pra tomar bolas nas costas toda hora e gols .

    Paulo Miranda não que seja o melhor , mais é a opção menos ruim do elenco ,e já fez esta função relativamente bem com Ney Franco.

    Só do Muricy ter pedido e insistido nesta contratação do Bruno , já era motivo pra demissão.

  14. Luiz Guilherme
    31 de março de 2015 às 13:26
    e quem consegue? Bruno consegue? Auro consegue? não a muito o que escolher é fechar a defesa e jogar no contra ataque, se for com dois alas ,com este time todo desarrumado vai perder o jogo.

    ——————————————————–

    Paulo Cachaça consegue?

    O máximo que ele consegue é cometer aquelas faltas bisonhas e sem necessidade para o adversário alçar bola na área.

    O Hudson seria a melhor opção para a lateral.

    • Vitão, também não gosto do Paulo Miranda, mas concordo com o LG que ele marca melhor que Bruno e Auro.

      Se ele jogasse ao menos como jogava sob o comando do Ney Franco, ia ser muito útil ao time quando fosse necessário jogar fechado para contra-atacar.

      Com relação ao Hudson, poderia até ser ele no lugar do Paulo Miranda se o Rodrigo Caio jogasse no meio por que com o Denílson no time considero nossa volância muito frágil.

  15. O grande problema é que não teve treino mas eu iria no 3-5-2:

    Rogério Ceni; Rafael Tolói, Lucão e Edson Silva; Hudson, Souza, Michel Bastos, Boschilia (Ganso) e Centurion; Alexandre Pato e Alan Kardec.

    Se fossemos com Boschilia, ele, Centurion e Michel Bastos invertendo o posições em campo constantemente.

    Se fossemos com Ganso, ele ficaria mais centralizado com Centurion e Michel Bastos invertendo os lados do campo.

    Acho que a equipe seria mais compacta e manteria o poder de fogo no ataque muito forte.

  16. Tirar a unica “cabeça pensante” do time é burrada…. ganso não precisa correr, tem que armar o time pra que ele coloque os caras pra “correr” na cara do gol e meter caixa, agora o Ganso pega a bola os caras se escondem…. time fica com medo de tocar na bola sei lá. Acho muito arriscado colocar o Boschila pra jogar la no Gazómetro , moleque está começando a mostrar futebol agora, uma partida ruim la sobe pressão pode parar essa evolução dele.

    Caso Kardec não jogue, colocaria Ganso, MB e Centu com Pato no ataque…. o time do SL vai abrir, vai vir pra cima, SPFC precisa de um cara bom no passe ( GANSO) e meias atacantes rapidos pra chegar com velocidade ao ataque e municiar o pato que será nossa referencia e atacante de velocidade.

  17. Lendo as especulações, o time está totalmente aberto.
    Fala-se em Reinaldo no lugar do Carlinhos, PM ou Hudson no lugar do Bruno, Ganso pode não jogar…
    A impressão que eu tenho é que, ou Bruno ou Carlinhos, não joga. Em alguma lateral o Muricy vai privilegiar a defesa.

  18. O futebol atual é fruto do despreparo e planejamento dos diretores.

    O time no primeiro semestre do ano passado tinha os mesmo problemas que este time atual. Problemas na transição para o ataque e, no segundo semestre, com a chegada de Kaká o time se arrumou em campo.

    Erro grosseiro de achismo tático e técnico pensar que MB faria a mesma função de Kaká.

    MB está melhor tecnicamente que Kaká, mas a comunicação entre MB, Pato e Ganso funciona de forma capenga. Acho até que é por uma questão de comunicação dentro e fora de campo e inteligência tática.

    A torcida caiu na ilusão criada por Ataíde e Muricy.

    Espero que Muricy reveja seus conceitos.

    Sou a favor da entrada de outro volante para fechar mais a defesa, a entrada dos pontas não surtiram efeito no passado. Não que Centurion vá fazer essa ligação do meio com o ataque, apesar dele tentar.

  19. Luiz Guilherme
    31 de março de 2015 às 13:33
    Seria se Denilson tivesse em boa fase .

    Ou colocar Thiago Mendes de 1°volante e Souza de 2°. e Hudson na lateral.

    ————————————————————

    Mas é óbvio que é sem o Denilson.

    Denilson no meu time não seria nem reserva.

  20. Pedro Akui Junior
    31 de março de 2015 às 13:34
    Vitão, também não gosto do Paulo Miranda, mas concordo com o LG que ele marca melhor que Bruno e Auro.

    Se ele jogasse ao menos como jogava sob o comando do Ney Franco, ia ser muito útil ao time quando fosse necessário jogar fechado para contra-atacar.

    Com relação ao Hudson, poderia até ser ele no lugar do Paulo Miranda se o Rodrigo Caio jogasse no meio por que com o Denílson no time considero nossa volância muito frágil.

    —————————————————–

    Quando eu cito o Hudson na lateral não é com o Denilson no meio, é com Rodrigo Caio, Thiago Mendes, qualquer um menos o Denilson.

    • Entendo Vitão!

      É que o Rodrigo Caio nem ao menos viajou com o grupo para a Argentina por opção do Muricy, então melhor seria mesmo o Thiago Mendes ao lado do Souza para o jogo de amanhã, por que com o Denílson e seu péssimo momento não dá… É muito sofrimento!

  21. O engraçado é que se o São Paulo perder de 1 ou até 2 gols de diferença continuará em 2º lugar e ainda teria chances de classificar dependendo só de si, o problema é que se isso acontecer os Travecos entregam na cara dura para o San Lorenzo, entregar e jogar sujo é com eles mesmos.

  22. Pedro Akui Junior
    31 de março de 2015 às 13:48
    Entendo Vitão!

    É que o Rodrigo Caio nem ao menos viajou com o grupo para a Argentina por opção do Muricy, então melhor seria mesmo o Thiago Mendes ao lado do Souza para o jogo de amanhã, por que com o Denílson e seu péssimo momento não dá… É muito sofrimento!

    ———————————————————–

    Concordo, mas o Denilson é titularíssimo, pelo que eu saiba o mestre não vai sacá-lo.

  23. PB
    31 de março de 2015 às 13:53
    Mas aí eles correriam o risco de perder o primeiro lugar no grupo. Mau negócio…

    ————————————————————-

    Pra ferrar o São Paulo eu não duvido de nada da parte deles.

    E não perderiam o 1º lugar do grupo, seria a primeira derrota deles, o San Lorenzo já tem duas derrotas, eles continuariam com chances de ser o 1º se pelo menos empatassem com o São Paulo na última rodada.

    • Sim, mas dependeriam de não perder para nós. E se analisar bem, entregar para o San Lorenzo e perder para nós no Morumbi, dependendo dos resultados, desclassificaria eles.

  24. Não barraria o Ganso agora. Não existe momento melhor do que um jogo importante para resgatar um jogador que todos nós sabemos que tem qualidade. Sei lá, dá um choque no cara se for preciso.
    Mas o treinador que diz não desistir de ninguém pelo visto só não desiste do Denilson que não marca ninguém e só dá passes laterais.
    Se eu fosse o técnico faria o básico: escalaria Hudson e Reinaldo (ele mesmo) nas laterais com autorização para subir só na boa; Rodrigo Caio e Thiago Mendes na volância e na frente Ganso, MB, Centurion e Pato.

  25. Kardec sobre os passes do Ewandro: “Semana passada já paguei o almoço dele, agora vou ter que pagar a janta também.

    Torcida em Janeiro: Precisa contratar, Ewando é um Ademilson piorado.
    Torcida Hoje: Ganso não joga nada, nunca fez nada pelo SPFC, esta afundando o Time. É Muricy, É Mitoo!

    • A torcida do São Paulo é muito exigente e muito chata às vezes.

      Não todos, mas nós (generalizando os torcedores) fomos responsáveis por queimar muito jogador bom por ai.

      Eu acho que nós torcedores, para o time ter sucesso, temos que mudar nossa atitude um pouco também, e participar mais e ter mais paciência. E me incluo nessa parcela de torcedores que tem que mudar um pouco também.

      Lucão é um cara que eu critiquei muito, e hoje acho que ele é um dos nossos melhores zagueiros, e acho que ele vai evoluir muito ainda, e vai ter muito sucesso no futebol.

  26. Dos itens colocados m vou defender o nosso clube numa questão.. a perda dos jogadores de base..Joanderson, etc.. Acontece que os clubes não tem condição de segurar seus jogadores aqui no Brasil. Caso Joanderson , o SP esta a mais de um ano tentando renovar o contrato com ele, e o mesmo quer salario de jogador top pra renovar..Tenho um amigo que tem um filho no sub-17 do São Paulo, ele recebe semanalmente consultas de empresários europeus perguntando se não gostaria de trocar o SP para algum clube europeu.E o filho dele nem e das atrações do sub-17 do SP…Se vcs prestaram atenção na nossa seleção sub-20 que jogou sábado com o Paraguai, ela era formada 90% por jogadores Europeus.. no time titular havia somente o Rodrigo caio que pertencia a um time Brasileiro.. e na suplência ainda havia outros jogadores de times estrangeiros. Ontem saiu a sub-17.. metade deles joga no Exterior..e so dar uma olhada. Nosso futebol está sendo dizimado ainda no ninho. por isso a qualidade dos times é tão ruim.E não é por que vão ganhar fortunas a mais. E por que hoje o interesse do garoto e jogar na EUropa, não importa o clube, pode ser ate um clube pequeno. Não há mais tanto interesse em jogar no clube brasileiro. Essa e a realidade de hoje

    • Isto é um fato e realmente vem acontecendo com todos. SPFC é um dos que vem tendo menos problemas ainda.

      – Santos: tem muitos atletas com pouca porcentagem.
      – Corinthians: perdeu suas maiores revelações e nos últimos anos de graça.
      – Palmeiras: Renovou com o Gabriel Jesus a troco de 70% dos direitos a empresários.
      – Atl. Parananese: Nathan na justiça e mesmo ganhando qualquer clube que pagar o valor mais caro pedido pelo time pagará 3,6 Milhões.

      E lista continua… A lei precisa ser mudada e os clubes tem de ser melhor remunerados, afinal a base não é barata para quem investe nela e quem ganha são apenas os empresários de conchavos com grandes clubes como o Giuliano Bertolucci com Chelsea e Kia

    • Concordo plenamente.
      E para mudar isto leva tempo e braços!!!!
      Não é só os clubes, tem que mudar a organização do futebol, começar a deixar o futebol brasileiro interessante para que as pessoas voltem a acompanhar e valorizar aqui dentro.

  27. Murici queimou inumeros jogadores heim sua passagem pelo tricolor eesta fazendo novamente ate quando isso vai continuar,mais fazer o que se a torcida ama o murici o Senior e o pipoca mais que o clube.Disse de olhos fechados que Ricardo oliveira seria mais util ao tricolor do que o pipoca e eu e mais alguns fomos criticados.

  28. O Ewandro jogou muito bem contra a linenese, mas ainda acho que para avaliar melhor o jogador tem que dar 5 jogos seguidos de titularidade para ele se acustumar e se soltar mais, acredito que é um belo jogador e ja poderia ser uma realidade se o treinador fosse alguem que desse mais chances para os garotos que estão chegando.

  29. PB
    31 de março de 2015 às 13:59
    Sim, mas dependeriam de não perder para nós. E se analisar bem, entregar para o San Lorenzo e perder para nós no Morumbi, dependendo dos resultados, desclassificaria eles.

    ———————————————————-

    Concordo, até poderia acontecer isso e seria até hilário.

    O problema é que cúrinthiano não tem cérebro, não pensa, não tem inteligência, a 1ª coisa que irão pensar é em nos ferrar, tenha certeza disso.

    Jogar sujo é com eles e tomara que se isso acontecer o tiro saia pela culatra, damos uma de Alemanha pra cima deles e eles é que serão desclassificados.

    Eles estão ganhando no limite, no erro dos outros, uma hora a casa cai…

  30. http://saopaulofc.net/noticias/noticias/copa-libertadores-da-america/2015/3/31/partiu-decisao!/

    Confira a lista com os atletas relacionados para o duelo na Argentina:

    Goleiros: Rogério Ceni e Renan Ribeiro
    Laterais: Bruno, Carlinhos e Reinaldo
    Zagueiros: Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Lucão
    Volantes: Souza, Denilson, Hudson e Thiago Mendes
    Meias: Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso, Centurión e Boschilia
    Atacantes: Alexandre Pato, Alan Kardec e Ewandro

  31. Esse Ewandro melhora a cada jogo, já deu dois gols de bandeja ao Kardec nos 2 últimos jogos além de ter feito gol, tem facilidade para chegar a linha de fundo, de repente entra no jogo e pode até nos dar o gol da vitória.

  32. eu disse que quando estava sobrando para o Pato, iria sobrar também para o Ganso e até para o Centúrion se bobear

    agora o intocável Denílson e os péssimos laterais que ele indicou continuam lá, e o LF só saiu por causa do migué, aliás esse cara é bom de migué, lembram da história da cama elástica

    to de saco cheio, se o Ganso merece banco por deficiência técnica, ótimo, então quer dizer que agora teremos, tática, padrão, jogadas ensaiadas, mais treinos e menas ladainhas ?

    a deficiência técnica é do time todo, inclusive da comissão técnica

  33. Em relação à técnico e jogadores citados, minha opinião nunca mudou, então posso opinar sem problema: meu goleiro preferido sempre foi o Zetti. O Rogério ganhou títulos, mas nunca vi nele a mesma segurança que via no Zetti. Rogério fez mais fama com seus gols do que propriamente com suas defesas. Estragou o que tinha de Belo pelo clube estendendo a aposentadoria. Luiz Fabiano, pra mim, sempre prejudicou o São Paulo quando mais precisamos dele. Nenhum de seus mais de duzentos gols nos trouxe título. Nunca o tive por ídolo. Ganso, desde seus primeiros jogos pelo São Paulo, o vejo como um jogador preguiçoso, que não corre, não dá o sangue pelo time. Pra mim, sua chegada ao São Paulo só serviu para minar a boa fase em que se encontrava o Jadson, que por causa da vinda do Ganso e a obrigação que o técnico sentiu vindo da diretoria para escalar o Ganso, acabou por fazer o futebol do Jadson minguar, visto que teve que ceder seu espaço em campo para o Ganso. Quanto ao Murici, no Tri campeonato eu louvava o seu nome, então quanto a este, desejo apenas que deixe o clube, pois seus métodos se encontram ultrapassados e o mesmo não tomou o cuidado de se reciclar. Obrigado pelo Tri campeonato e Tchau!

  34. Difícil encontrar paz em Buenos Aires

    http://blogs.lancenet.com.br/tricolor/2015/03/30/dificil-encontrar-paz-em-buenos-aires/

    “Isso tudo ao som da rádio “La Red”, que entrevistou o centroavante Mauro Matos, contestado até pela torcida do Ciclón, e o técnico Edgardo Bauza. O comandante do atual campeão da Libertadores reconheceu que precisa da vitória sobre o Tricolor a qualquer custo e afirmou ter ficado atento à péssima atuação do rival contra o Palmeiras na quarta da semana passada: “Poderia ter sido cinco ou seis”, ressaltou.”

  35. De Villa Luján ao Morumbi: a trajetória difícil, mas vitoriosa de Centurión

    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/2015/03/de-villa-lujan-ao-morumbi-trajetoria-dificil-mas-vitoriosa-de-centurion.html

    – No meu bairro, costumo dizer que a primeira falta que sofri já foi na altura do peito. Exatamente por isso, me acostumei a dar um toque e saltar, porque sabia que vinha algo por baixo. O melhor dos jogos como esse é que você acaba fazendo a alegria de muitas pessoas – afirmou o jogador, que é uma espécie de malabarista da bola. São famosos seus vídeos postados no Youtube nos quais ele leva marcadores ao desespero com seus dribles.

    – Minha família é de ferro. Minha mãe nunca deixou faltar nada. Uma irmã está constituindo sua família, a outra vende trabalha vendendo gorros. Meu tio é funcionário de uma fábrica durante praticamente 24 horas. Nunca fui de reclamar de nada. Minha família sempre esteve junto nas fases boas como nas fases ruins – afirmou o jogador.

    A preocupação com a família é tamanha que hoje os familiares não moram mais em Villa Luján. Como o jogador recebe no São Paulo praticamente cinco vezes mais o que ganhava no Racing, ele comprou um apartamento para a família em Avellaneda. E, quando foi procurado pela reportagem do GloboEsporte.com para falar sobre os familiares, se recusou de prontidão e mostrou até certa irritação. Ele preza pela privacidade dos familiares.

  36. Pato esclarece entrevista sobre Milão e quer Tricolor com tudo na Argentina

    http://globoesporte.globo.com/futebol/times/sao-paulo/noticia/2015/03/pato-esclarece-entrevista-sobre-milao-e-quer-tricolor-com-tudo-na-argentina.html

    – Vou explicar: não falei nada sobre querer voltar, ou abrir a possibilidade para ninguém. A matéria que saiu aqui acho que foi cortada pela metade. Tenho saudade, sim, de Milão, porque morei lá sete anos e nunca fecho a porta para nenhum clube. Assim como abri (as portas) para o São Paulo e eles para mim. Estou feliz e quero continuar, mas meu contrato acaba no fim de dezembro – afirmou.

  37. Vi os jogadores relacionados p amanhã… P. Cachaça viaja p argentina e R. Caio fica em SP??? Será q se sentir burro traz algum sentimento de satisfação pessoal??? Pior q isso é o Ganso poder ser sacado p utilizar o T. Mendes no lugar. Sinceramente, cansei. Talvez perder amanhã seja melhor p o futuro do clube,

    • É difícil torcer por derrota, mas entendo o sentimento. Até porque torcer por vitórias, títulos, do jeito que tá, é muito pouco pra mim. Não ligo mais pra isso. Torço pelo bem maior do São Paulo, por mudanças verdadeiras que resgate a nossa essência. O que tiver que acontecer para nos levar para casa, que aconteça.

  38. Será que amanhã o Centurión mostra sua cara diante dos seus conterrâneos ?

    Acho que sim hein…

    Acredito num 2×1 brigado!

    • A sensação que passa é a de que Muricy trocou por trocar, sacando Luís Fabiano e Ganso, os mais visados nas críticas aos maus desempenhos do Tricolor neste ano. Algo na base de alguma coisa precisa ser feita, então, que seja esta, já que a turma fala tanto na lentidão de Luís Fabiano e de Ganso.


    • Mesmo porque a lentidão e o desacerto maior do time todo começam lá atrás, na saída de bola da zaga, e emperra na figura dos dois volantes – Souza ou Hudson e Denílson. É ali, por falta de descortino da jogada e imprecisão no passe que a pretensa evolução tricolor cai no marasmo.

      Tanto isso é mais verdade que os melhores momentos do time, nos últimos tempos, foi aquele período em que Denílson se destacou, lembram-se?

      Pois, é. Mas, nisso ninguém mexe, pois mexer com dogma é heresia: vai direto pro inferno.

      É mais fácil imolar o Ganso, já que Ganso não tem alma.

    • Ele tem razão no que diz, mas eu continuo achando que ele precisa fazer gols.
      Eu vejo no Ganso o potencial para um novo Rivaldo, um pouco mais lento ainda, mas com uma categoria bem parecida. E o Rivaldo fazia muitos gols, se aproximava mais do gol e acabava se destacando por isso.

    • perfeito falou o que a grande maioria aqui diz….Denílson é um lixo e souza está mal esse semestre….. acaba caindo tudo a culpa no ganso….

      souza e Michel bastos de volantes

      boschilha e ganso

      pato e centu….

      Michel pode muito bem fazer o papel de 2º volante rápido, dribla e recompõe bem ….

      o muricy mata o seu futebol abrindo ele na ponta e deixando o ganso sozinho para armar as jogadas…

  39. Imaginem sair muricy, tatá, milton cruz, josé mário campeiz, sérgio rocha, rogério ceni, luis fabiano e denilson.

    Vir o sampaoli, turíbio leite, carlinhos neves, luis rosan e o marco aurélio cunha como superintendente de futebol, que pode não ser 100% confiável, mas como superintendente e fazendo o meio campo entre diretoria e elenco é ótimo.

    Nem precisa trazer nenhum jogador, o Sampaoli se viraria com o que tem. Aliviaria demais a folha de pagamento, acabaria com a panela da barra funda e os vícios no elenco (aqueles que se acham donos do time), e aposto o que for que melhoria demais o ambiente e o futebol. Nestas condições até o hoje contestado Ganso jogaria melhor.

  40. _____________________Rogério Ceni____________________
    _____________Paulo Miranda______Edson Silva___________
    Bruno________________________________________Reinaldo
    __________________Denilson____Souza_________________
    ________Paulo Henrique Ganso____Thiago Mendes________
    _____________Alan Kardec____Ewandro__________________

  41. Uma coisa que a diretoria não pode fazer é demitir o Gustavo Vieira, esse cara tem perfil do SP.
    Se Aidar demitir só porque foi JJ que trouxe é muita infantilidade.

    De caras assim que precisamos na direção do clube.

  42. Ouvi dizer que se o time perder o técnico será demitido.

    Torço incondicionalmente pela vitória do time amanhã mas se perder, espero que essa noticia se concretize.

    Sinceramente, preferia que o Muricy obtivesse o sucesso junto com o São Paulo, mas acredito que em caso de derrota na Argentina ele não terá mais poder de reação nenhum.

    Tomara que eu esteja errado. Tomara que ao final da Libertadores nós todos estejamos aqui comentando a volta por cima do time e comemorando mais um titulo conquistado.

    É difícil, mas como eu queria que o Muricy queimasse a minha língua…

    • Pedro, penso exatamente assim.

      Confesso que se o SP fosse campeão com Muricy pra mim seria melhor do que com qualquer outro técnico, pelo que ele já fez pelo clube acho que merecia este título.
      Mas o momento não é favorável e se acontecer será quase um milagre…

  43. perfeito falou o que a grande maioria aqui diz….Denílson é um lixo e souza está mal esse semestre….. acaba caindo tudo a culpa no ganso….

    souza e Michel bastos de volantes

    boschilha e ganso

    pato e centu….

    Michel pode muito bem fazer o papel de 2º volante rápido, dribla e recompõe bem ….

    o muricy mata o seu futebol abrindo ele na ponta e deixando o ganso sozinho para armar as jogadas…

      • Se o Cachaça jogar vai ser difícil torcer… se vier derrota q seja causada por uma partida sofrível dele, com falhas e expulsão. Aí é incinerado junto c o burro q o escala.

    • Só de ser relacionado já me causa indignação. Pode ir p ficar no hotel, mas é um absurdo a direção gastar dinheiro com a passagem desse encosto. Era melhor ter levado o R. Caio, pelo menos o puto vivia o ambiente de LA e ganhava alguma experiência (apesar q isso ele tem de sobra e muito mais q o Cachaça, msm sendo quase 10 anos mais novo).

  44. O SPFC se fizer um bom resultado na Argentina, encaminha a classificação, até com um empate, mas depois tem que vencer o fraco Danúbio pra jogar contra a galinhada mais tranquilo.
    Acho o post muito válido, quem viu a entrevista do Ricardo Oliveira no Sportv resume bem o que penso, ele disse que falta o jogador bater no peito e chamar a responsabilidade, disse que só os jogadores são capazes de mudar a situação e é isso que espero.
    Estamos tb muito pilhados com tudo que ocorre no clube, mas se não estamos bem como gostaríamos de ver, tb não estamos péssimos como muitos pintam e principalmente parte da mídia.
    Sem contar a super-proteção da mídia ao time das travecas, fator este mais que visível em todas as mídias televisivas, jornais, blogs e etc, que ouve falar do time das galinhas, pensa que vai ver o novo Bayern , ou a ressurreição do Barcelona, e o Tite virou o novo Croyf, é de doer.

  45. Sampaoli é o melhor técnico revelação de 2014! Falo do Mundo!

    O que ele fez com o Chile foi simplesmente fantástico!

    A análise bizarra deste texto se refere a ignorância do autor sobre o técnico, mas acreditem,
    o cara trabalha com conceitos pós futebol moderno.

Deixe uma resposta