O São Paulo atrasou o pagamento dos direitos de imagem de alguns jogadores do elenco. A quantia normalmente é a maior parte do vencimento de um atleta, composta por salários na carteira (CLT) e essa outra fatia. A reportagem consultou jogadores do Tricolor e dois deles confirmaram a informação, enquanto outros disseram não ter nenhum problema. O tempo de atraso desses débitos varia de um caso para outro.

Procurado pela reportagem, o São Paulo disse que “os salários estão rigorosamente em dia. Alguns jogadores que já não estão mais no São Paulo têm pendências, que serão quitadas até a próxima terça-feira”.

A crise financeira enfrentada pelo Tricolor teve efeitos fortes em setembro do ano passado, quando funcionários foram demitidos. O clube projeta déficit de R$ 53 milhões para essa temporada.

Sem patrocinador master para o uniforme desde o fim da Copa do Mundo, o São Paulo corre atrás de parceiros para fazer caixa e minimizar o prejuízo. Um já confirmado é a Under Armour. A empresa será fornecedora de material esportivo por cinco anos, rendendo R$ 27 milhões por temporada. Esse valor é composto da seguinte maneira: R$ 15 milhões em dinheiro e R$ 12 milhões em material esportivo. O acordo ainda prevê o pagamento de bônus em caso de títulos conquistados.

GE