Ando vendo alguns coment√°rios, algumas coloca√ß√Ķes de torcedores e acho que nunca vi a torcida em tal estado de inseguran√ßa e de cobran√ßa com o time. Sim, n√£o inspira confian√ßa, elimina√ß√Ķes esdr√ļxulas recentes houveram, time mostra vacilos e irregularidades ruins muitas vezes e ficamos decepcionados. Principalmente com Muricy no comando de mata matas. Ok, eu entendo e fico apreensivo.

Mas a forma como muitos andam lidando, acho que ou vão parar de torcer ou irão se matar pelo peso que estão dando a este jogo contra o Corinthians. Se ganharmos, não teremos garantido nada. Isto é muito mais para o psicológico do que efetivamente para o futuro do São Paulo em si. Não acredito em mudanças tão bruscas em nenhum dos casos de derrota, vitória ou empate.

Me preocupa se ganharmos, o clima de oba oba, se empatarmos, de apreensão contínua que pode levar este clima ao Morumbi e pesar no time para a sequência do ano e em caso de derrota, o que e como ocorrerá para alguns. Temos que lembrar, com muita calma, que Centurión, Pato e Carlinhos estão fora e são cotados para titularidade.

Temos muitos ajustes a fazer mas para o ano, o Tricolor tem um plantel, um elenco rico e completo. O planejamento em torneios de mata mata é diferenciado e temos que lutar pela taça e sempre no topo mas a obrigação que enxergo é maior no Brasileiro. Ali, é indiscutível com este time, em 38 rodadas, atropelar. Enquanto isto, temos que ajustar muitas coisas.

Doria mal chegou. Muricy esboça outro esquema. Temos que ter calma e torcer, cobrar e com passionalidade sim mas com um mínimo de bom senso. O que leio é quase como o se o Corinthians fosse o Bayern comandado por um Tite que virou Guardiola. Essa coisa de a grama do vizinho é mais verde é demais. Temos que ter menos insegurança e mais otimismo. Dar mais força ao time que só cobrar antes da partida. Cobremos depois se necessário. Agora, é momento de emanar o amor, a energia positiva, focarmos no apoiar.

Vamos lembrar que somos o S√£o Paulo FC e que se h√° uma corrente atual de vantagens para o time sem cor, √© hora de mudarmos. Passamos 4 anos sem perder deles recentemente e n√£o √© porque possuem √°rbitros, federa√ß√Ķes, conluios, roubaram um est√°dio etc que vamos abaixar nossas cabe√ßas. Contra tudo e contra todos!

Vamos S√£o Paulo!

Esquema. Muricy testou e deve utilizar mesmo o 3-5-2 com Doria de homem central. Dependendo de como Muricy escalá-lo nem sei se poderemos chamar de líbero. Toloi estará na direita. Na esquerda, pode utilizar Lucão ou Edson Silva.

Mais à frente, certeza é a presença de Denilson e Souza. Contra o Bragantino, abriu mão de laterais e partiu  para 5 meias efetivamente com Thiago Mendes mais aberto na direita e Boschilia mais aberto na esquerda.

Isto, demonstra a possibilidade de que Michel pode atuar aberto na esquerda e Reinaldo n√£o atuar. Bruno pode ou n√£o atuar na lateral, podendo ceder espa√ßo a Cafu ou at√© mesmo Thiago Mendes que marca firme e chega no ataque. Ao centro, claro, Ganso armando e Luis Fabiano no comando de ataque. Agora, quem acompanhar√° os jogadores, √© que fica a d√ļvida em muitos setores.

Desde Maicon ajudando a armação com Ganso, Michel mais aberto, Souza e Denilson mais atrás e um jogador caindo pela direita é possível para municiar LF9. Kardec eu entendo ser a aposta menos viável. Pode ser o habitual numa linha de Bruno, Denilson, Souza, Ganso, Michel e Reinaldo mesmo com LF9 na frente.

Particularmente, eu entraria com Ceni, Toloi, Doria e Edson Silva; Bruno, Denilson, Souza, Ganso e Michel; Cafu e LF9. Acho que o time fica mais equilibrado e mais ajustado.

Mesmo com os 3 zagueiros e a ausência de Guerrero, manteria os 3 zagueiros soltando mais Toloi e Doria revezando para compor o meio. Michel e Bruno deixaria bem abertos. Cafu, transitaria pela direita e pelo centro com Ganso mais ao meio caindo pela esquerda para ajudar Michel e Souza subindo para o homem surpresa.

Sem Cafu, acho que o time ter√° grande volume mas pequena efetividade e dependeremos de uma jogada individual para resolver a partida. No mais, acho que este time j√° tem maturidade suficiente para enfrentar o Corinthians sem estresse.

O grande problema vive na arbitragem. O juiz √© caseiro, √© ruim e cede √†s press√Ķes. Esse fator √© que ser√° complicado.

Minha percep√ß√£o, √© de que Muricy vai surpreender e demorar√° para Tite encaixar uma mudan√ßa t√°tica. Neste hiato de tempo, Muricy j√° tem que ter varia√ß√Ķes para alternar o estilo e n√£o ficar repetitivo.

Contra o Santos, tivemos 35 minutos de domínio até que Enderson alterou o time santista e começamos a perder o meio e tomar bolas no contra ataque. Se neste intervalo, Muricy já tivesse uma arma para mudar a tática, acelerar mais por exemplo ou encaixar um terceiro homem na defesa, já mostraria uma alternativa que só apareceu no jogo treino de 5a feira e no jogo contra o Bragantino.

Na 4a, não podemos ficar só atrás e não podemos recuar se fizermos um gol. Muito menos esmorecer em caso de gol sofrido. Talento e técnica, temos muito mais. Temos é que equilibrar a vontade, a raça e a fome pela bola que assim, não terá como ganharem de nós.

Eu acredito em vitória!

Novas infos. Esta semana vou falar pouco devido ao Carnaval.

LF9 e Michel j√° iniciaram conversas pela perman√™ncia, Penalty est√° j√° programando uma queima de produtos com os fornecedores e lembro-lhes que a Futfanatics d√° 10% ao usu√°rio do Blog do S√£o Paulo e mais 8% em boleto, ou seja, promo√ß√Ķes se tornam enormes e vantajos√≠ssimas. Under Armour j√° come√ßou a trabalhar no manto.

Patrocínio Master está em andamento e estou ansioso tanto quanto todos mas creio que vá sair desta vez.

Sobre Balotelli e outros nomes como este, de novo, peço cuidado ao dar trela a quem não tem credibilidade. Cria ilusão e chateia o torcedor depois.

A reuni√£o do Conselho foi o banho maria que j√° postei no Blog e nada de concreto saiu de l√°, apenas sementes para vota√ß√Ķes futuras.

Bom Carnaval a todos, que Muricy esteja consciente, seguro e focado em como escalar o Tricolor e que os jogadores fa√ßam uma partida memor√°vel, sem ca√≠rem em pilhas erradas, sem agress√Ķes, ofensas ou cederem a press√£o. Que o √°rbitro ao menos seja mais perto de justo que mais perto de decidir o jogo para os caras j√° que tend√™ncia sabemos que haver√°.

E aos meus irmãos tricolores, peço calma e energia positiva, confiança. Vamos acreditar em nossos jogadores nesta partida que será apenas o início da jornada de um ano até aqui positivo com 4 vitórias e 1 empate em 5 jogos.

Independentemente de qualquer coisa, o São Paulo é o time da fé, sempre foi e agora haverá de continuar a ser.

De novo, eu acredito!

Rumo ao Tetra!

Alexandre Zanquetta

alexandrezanquetta@uol.com.br

twitter.com\blogdosaopaulo

http://www.facebook.com\blogdosaopaulo