banner_sou_tricolor_2

Fatos da semana – 28/01 a 03/02

As opini√Ķes deste colunista a respeito da semana que passou.

Muricy Ramalho ‚Äď Estreia razoavelmente boa do Tricolor pelo Paulistinha. √Č preciso dar um desconto a equipe, pelos desfalques, pela estreia, pela falta de entrosamento e pelo calor de Pen√°polis. Mas se a primeira impress√£o √© a que fica, alguns pontos a serem refletidos:

**Eu n√£o fazia parte da maioria de s√£o-paulinos que cobra urg√™ncia na contrata√ß√£o de um zagueiro. Temos um √≥timo Rafael Tol√≥i e um √Čdson Silva, que quebrou bem o galho no ano passado, enquanto esper√°ssemos os retornos de Rodrigo Caio e Breno. As primeiras partidas do ano no entanto, me fizeram crer que √Čdson Silva voltou a ser o zagueiro muitas vezes nem relacionado para os jogos de 2012 e 2013. Com a iminente estreia na Libertadores, precisaremos sim de um jogador para a posi√ß√£o, pelo menos para as primeiras partidas do torneio. Com a recusa do River por Balanta, D√≥ria √© o nome da vez. Esperemos…

**Toda vez que Ganso n√£o jogar, sairemos com o Maicon de titular? Se for o caso, era bom o S√£o Paulo ir atr√°s de um meia reserva, j√° que a base n√£o tem ningu√©m pronto na posi√ß√£o. Mas a verdade √© que √© preciso come√ßar a dar chances para Boschilla. N√£o estou entre os que acham Maicon um jogador p√©ssimo mas assino embaixo a opini√£o de quem acha que o nosso camisa 18 ganha oportunidades demais.¬† Boschilla, se ainda n√£o brilhou, costuma entrar bem, e especialmente no final do ano, vinha fazendo bons jogos. Mas parece que para o nosso treinador, os jogadores de base do Tricolor se resumem a Luc√£o e Ademilson… (E ainda bem que Lucas Evangelista se foi)

**Pato e Luis Fabiano podem jogar juntos. A mais nova traquinagem de Muricy √© essa ideia de que o time joga OU com Pato OU com Fabuloso. √Č verdade que os dois s√£o provavelmente os jogadores menos dedicados a marca√ß√£o do nosso elenco. Mas da√≠ at√© vetar a participa√ß√£o de ambos no ataque juntos, h√° uma grande dist√Ęncia. Pato aparenta descontentamento com a reserva, e tenho certeza de que se prestaria a ajudar mais na recomposi√ß√£o em troca de minutos a mais em campo.

**Bruno: espero errar esta, mas aposto que termina o Paulista na reserva de Hudson. A conferir…

**Thiago Mendes. Parece bom jogador, apesar de ainda n√£o ter demonstrado todo seu potencial. Nosso Ramires Tricolor vai nos dar alegrias…

Ano de press√£o ‚Äď Trabalhar no S√£o Paulo, assim como em qualquer outro grande clube brasileiro, significa trabalhar sob press√£o constante. A diferen√ßa no Tricolor √© que a cobran√ßa vem turbinada pela justificativa de termos uma estrutura de primeiro mundo e, geralmente, um time competitivo.

Mas apesar dessa responsabilidade ser contínua, 2015 ainda assim será diferente.

Iniciamos o ano com a maior expectativa de t√≠tulos dos √ļltimos tempos. Apesar do caminho para as gl√≥rias prometer ser extremamente dif√≠cil, mantivemos a boa base montada em 2014, o que faz at√© o mais pessimista dos torcedores acreditar no time.

Soma-se a essa press√£o, a falta de t√≠tulos expressivos dos √ļltimos 6 anos, os possivelmente √ļltimos anos de carreira de Rog√©rio Ceni e Muricy Ramalho, e os cl√°ssicos contra o arquirrival na primeira fase da Libertadores. Tudo isso temperado por uma guerra nos bastidores pol√≠ticos do clube.

Com tantos ingredientes explosivos, o ano tem tudo para ser ou muito bom, ou muito ruim. E é aí que a torcida do São Paulo terá que fazer novamente o seu papel. Não apenas apoiando e lotando as arquibancadas durante a temporada mas também, acima de tudo, tendo paciência com os jogadores.

Mesmo com o time montado no ano passado, precisaremos dar tempo para que o seu melhor jogo se encaixe. Sejamos pacientes, n√£o instalemos crises e ondas de pessimismo antes do tempo, e muito cuidado ao analisar os lados da guerra na alta c√ļpula do clube.

Em resumo: n√£o lancemos lenha nesse ano com promessa de fa√≠scas. Os frutos dessa paci√™ncia podem vir doces ao final do ano…

Ab√≠lio Diniz ‚Äď Muito ajuda quem n√£o atrapalha. O 15¬ļ homem mais rico do Brasil vira e mexe aparece na m√≠dia com o nome relacionado ao S√£o Paulo Futebol Clube. E quase sempre agindo de forma negativa. Foi o bilion√°rio, dizem, quem indicou o nome de √Čmerson Le√£o em 2011. Foi ele quem conturbou o per√≠odo de Ney Franco, fazendo cr√≠ticas p√ļblicas ao nosso ex-treinador. E foi Ab√≠lio Diniz quem soltou os cachorros contra a gest√£o de Carlos Miguel Aidar em sua coluna do UOL, na semana passada.

N√£o duvido de seu amor pelo S√£o Paulo e tamb√©m acho que Aidar cometeu in√ļmeros erros nestes quase 9 meses a frente do clube. Mas tudo que o S√£o Paulo n√£o precisa no momento √© de gente aumentando press√£o sob a diretoria.

Abílio Diniz foi nomeado conselheiro consultivo durante a gestão Juvenal Juvêncio. E parece trabalhar para nosso ex-presidente até hoje.

Me assusta o tanto de poder que JJ conseguiu acumular durante os anos em que esteve a frente. Poder capaz de manter gente trabalhando a seu favor, dentro do São Paulo e na interlocução com a imprensa, por exemplo.

Alexandre Pato ‚Äď Pato diz que est√° feliz. Imposs√≠vel saber se √© verdade. Mas s√£o tantas as informa√ß√Ķes de times europeus para onde o atacante supostamente foi oferecido por seu agente, que deve haver algum fogo nesta fuma√ßa.

Se quer sair do clube, bate na diretoria e pede para sair, Sr.Alexandre. Se est√° feliz no clube, mas chateado com a reserva, √© bom parar de mimimi e continuar correndo para recuperar seu espa√ßo. Se tem uma coisa que o S√£o Paulo n√£o vai precisar este ano √© de jogador fazendo mais press√£o, esta via empres√°rio…

Adrian Centurion ‚Äď 4,2 milh√Ķes de euros por 70% de um jogador que j√° fracassou fora da Argentina. Os olheiros de futebol sulamericano do S√£o Paulo, que trouxeram Piris, Adrian Gonz√°lez, Reasco, Ca√Īete, Pabon e Clemente Rodriguez, tem acertado muito pouco nas indica√ß√Ķes. A de √Ālvaro Pereira eu considerei proveitosa. Fora isso, n√£o acertamos uma desde Diego Lugano.

Com esse mesmo tanto de dinheiro, será que não dava para trazer alguém mais certeza e menos aposta?

J√° criei minha expectativa, e espero que Centurion n√£o nos decepcione. Seja bem-vindo, Centu!

Jo√£o Paulo, Joanderson e Gustavo Hebling ‚Äď Como √© presidente, discursa aos 4 ventos o orgulho de estar enxugando o elenco de Cotia, mas n√£o consegue segurar as nossas maiores promessas? Sem acordo pr√©vio, n√£o deveriam nem ter jogado a Copinha, conforme foi feito com Joanderson. Agora, depois do torneio, os valores para renova√ß√£o de contrato est√£o certamente inflacionados. E o tal do Junior Chavare, n√£o era ‚Äėo cara‚Äô, contratado para revolucionar as categorias de base? Ele se diz tranquilo com a situa√ß√£o de Jo√£o Paulo por exemplo, mas admite que quem pagar a multa da rescis√£o contratual, leva o atacante. Fosse t√£o tranquilo, j√° tinham anunciado a renova√ß√£o.

Hernanes ‚Äď Enquanto isso, na It√°lia, Hernanes sofre. A Inter de Mil√£o ocupa atualmente uma p√≠fia 13¬™ coloca√ß√£o do campeonato italiano, a 13 pontos de dist√Ęncia da zona de classifica√ß√£o para a Champions League. Para nosso ex-meia, que n√£o chegou a ser titular absoluto nesta temporada, a situa√ß√£o √© ainda pior. Desde a chegada dos rec√©m-contratados Shaqiri e Podolski a Mil√£o, Hernanes sequer tem entrado durante as partidas.

Estava bom do S√£o Paulo come√ßar a ensaiar uma repatria√ß√£o do Profeta no meio do ano…

P√°gina do Carlos Miguel Aidar ‚Äď Curtam, comentem e compartilhem a p√°gina do nosso presidente no Facebook:

https://www.facebook.com/pages/Carlos-Miguel-Aidar/745533575534551?ref=aymt_homepage_panel

Wagner Moribe

wmoribe@hotmail.com

twitter.com/wmoribe