Viagens ao Sub Mundo: Tijolos

ronnie-mancuzo-sub

Tijolos.

 

Juntando tijolos se sobe um muro.

Assim, temos um muro a cercar a evolução.

E as mãos que erguem a obra nem sempre estão limpas. Quase nunca estão. Porque parecem pensar somente no agora pelo agora, e evolução é agora com futuro.

O trabalho das mãos se baseia em benefícios particulares que nadam contra a corrente do bem comum. Trabalhos que visam resultados maiores, beneficiando uma muito maior quantidade de pessoas, exigem muito mais cautela, suor, inteligência, desempenho, capacidade, determinação, coerência, força, honra, etc..

Ou seja, cansa.

 

Tal imediatismo também é acompanhado pelo egoísmo. Pelos retornos ‘exclusivos’ para aqueles que assinam contratos, documentos e acordos políticos.

Um pouco mais distante da realidade está aquele que acredita que os senhores de terno e sorrisos largos e amarelados pensam e trabalham por aqueles que torcem pelo sucesso das entidades como um todo, abrangendo cada ser que por elas se vê representado.

Qualquer semelhança com os fatos da política nacional não é mera coincidência. Lá também não é comum encontrar mãos limpas. Seja pra qual ‘clube’ for que jogue o ‘atleta’.

Jogadores beijam inúmeros escudos de inúmeros clubes variados no decorrer da carreira, assim como políticos se filiam a inúmeros partidos diferentes, que ‘defendem’ ideologias distintas, às vezes totalmente contrárias àquelas ‘defendidas’ anteriormente pela ‘vossa excelência’.

A nada sadia união entre futebol e política não está somente descrita nessa analogia.

 

Queiramos ou não, o futebol é o esporte máximo do país, o foco de todas as demais circunstâncias que tratam do assunto. Mídia e Estado trabalham de forma diferenciada, separando e destacando os pormenores dos gramados daqueles das outras modalidades esportivas.

Não à toa, vemos constantemente representantes eleitos pelas urnas agindo como torcedores de respectivos times, agradando com delitos ‘legais’ (imorais) fanáticos abduzidos pelo alienígena jeitinho brasileiro.

Tão comum quanto um jogador da Seleção Brasileira de Futebol fazer propaganda de cigarros nos anos 70 é ver o atual/próximo Governo com uma Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ‘latifundiária’ e a favor de desmatamento, um Ministro da Educação dizendo que professor tem que trabalhar por amor, e não por dinheiro, um Ministro da Ciência e Tecnologia ser de partido comunista, um Ministro das Cidades presenteando clube de futebol com isenção de impostos municipais para a construção de um atentado aos cofres públicos, um Ministro dos Esportes ter no histórico uma expulsão de partido político após ser pego no aeroporto, portando ilegalmente dinheiro de certa entidade religiosa…

Tão normal quanto ver a imprensa brasileira se dizer grande defensora das categorias de base e do futuro do futebol, pregando que algo deve mudar drasticamente (desde que não atinja as transmissões televisivas) nas gestões dos clubes, para que não sejamos mais humilhados em eventos máximos da modalidade, é ver endeusamento midiático de perebas (geralmente ‘produtos’ de empresários parceiros e queridos pelo ‘jornalismo’ esportivo), superficialidade nas matérias sobre administrações danosas aos cofres dos clubes, falta de destaque devido nos infames projetos políticos que possibilitam criminosamente os clubes de refinanciarem suas pornográficas pendências junto ao Estado…

De certa forma, existe todo um sistema viciado que, como muro espesso e gigantesco, cerca a evolução. Erguido pelas mesmas mãos imundas que cavam poços petrolíferos (até mesmo no ‘pré-sal’ da imaginação) e propagandeiam como lindo o uso do petróleo, algemando assim o país a um combustível fóssil limitado e ignorando a necessidade vital de todo o planeta em buscar fontes limpas e renováveis de energia.

Vejo também como um pouco mais distantes da realidade esses mesmos senhores de mãos imundas, que acreditam serem possuidores de cérebros únicos, dotados da Grande Esperteza Universal de Gérson e, portanto, inatingíveis pelo destino trazido pelo tempo, que, como Nelson Gonçalves já dizia, nos faz todos iguais.

 

“E na parede monstruosa que cercava a evolução, aquele gigantesco espelho pendurado…”

 

Ronnie Mancuzo – Sub

 

Como foi citado um trecho seu no texto, então aqui está a bela música, na voz singular do mestre Nelson Gonçalves.

Cara a Cara.

Anúncios

60 comentários

  1. Zagueiro e atacante velocista titular. É so isso que falta para o Tricolor formar um otimo time titular para 2015:
    RC – Bruno – Toloi – ???? – Carlinhos – Souza – TM/Wesley – MB – PHG – AK – Pato/????

    e contando com jogadores de qualidade como Hudson, Denilson, LF, AP.

    Curtir

    • Faria essa troca sem pensar muito…Venderia o Luis Fabiano na primeira proposta e traria o Ricardo Oliveira, sem dúvidas; jogador mais técnico, de mais movimentação, e que pode se dar bem com o Kardec, que aí pode jogar mais na sua, perto da área; além claro da opção do Pato e com mais chances para o Ewandro.

      Curtir

      • É ele era tudo isso que vc descreveu. Como estaria hoje, com 34 anos disputando um campeonato pesado e super difícil (brasileiro), como dois jogos por semana. Seus joelhos aguentariam?

        Curtir

  2. Ricardo Oliveira tá aceitando um contrato de três meses apenas para começar. O que é que o são paulo tem a perder? Traz o cara, se não estiver bem, em três meses tá fora.
    Mas na realidade para mim se tornaria nosso centroavante titular. O tempo do LF no São Paulo acabou. Hoje ele é só um grande finalizador, coisa que o RO também, com a grande diferença de ao menos tentar se desmarcar e não ficar em empedimento 10 vezed por jogo.

    Curtir

    • “O que o SPFC tem a perder?”

      Com tantos jogadores de ataque quem sobe da base fica sem espaço. LF, RO já são velhos, além do salario relativamente alto perto de uma revelação qual o retorno em venda que oferecerão?

      Deixa espaço para o Ewandro e outros nomes. Futebol não é só paixão, é administração de recursos como uma empresa e se não tiver lucro ou o rabo preso com o governo as portas se fecharão.

      Curtir

  3. Marcos, concordo que futebol é administração também. O que vc me diz de uma economia de 380 mil por mês (LF 500 mil e RO 180 mil)? Nada mal, né?
    Sou a favor de dar chances ao ewandro, mas se é possível ganhar uma libertadores com jogadores da nossa base atualmente? Acho no mínimo pouco provável.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Vocês só estão se esquecendo de que esses 180 mil de salário do RO é por apenas três mêses, até ele mostrar que está bem fisicamente, pq depois disso o salário é outro e bem maior.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olha adoro o RO e considero mais jogador que o LF

    Mas o salario do Ewandro é muito mais em conta que dos dois e tem boa chance de retorno. Outro ponto: Como justificar a saida do LF por RO? Para torcedor é os dois e pronto.

    Curtir

  6. ainda nao vi jogar esse time da copinha, mas pela escalaçao nao oferece grande expectativa. Matheus Reis, Gustavo Hebling, Matheus Queirós, foguete, entre outros, jogaram ano passado com Joanderson, Auro, Boschillia, Ewandro. Talvez, quando a gente menos espera… Sábado começa.

    Curtido por 1 pessoa

  7. FCSãoPaulo @BlogdoSaoPaulo · 7 min Há 7 minutos
    Fluminense oferecendo Wagner para ter Rever. E o Galo quer…se o Osvaldo não fosse tão mercenário, estaria vindo pro Tricolor…#SPFC

    =============

    😮

    Curtir

  8. Não podemos nos esquecer, que quando era mais jovem, o São Paulo tentou o Ricardo Oliveira e ele preferiu o dinheiro. Não acho que depois de muitos anos num futebol de 5ªategoria ele ainda tenha alguma coisa para nos dar. É melhor ficar com o Luís Fabiano, Pato, Kardec e com o Ewandro numa eventualidade.

    Curtir

  9. Sinceramente não da pra entender a mentalidade e a postura dessa diretoria em descartar em contratar o Rever zagueiro do Atlético MG , ele é um dos melhores zagueiros do futebol brasileiro , e muito melhor que todos os zagueiros deste atual elenco do São Paulo.

    Lamentável a postura da diretoria e do senhor Ataíde que tem mandado mal demais este ano.

    Curtir

  10. Imagine uma eventual estreia de Libertadores contra o Corinthians , adversário que o São Paulo sempre tem grandes dificuldades em vencer , jogar com uma zaga com Edson Silva , Paulo Miranda , Lucão é desanimador.

    Curtir

  11. Boa Tarde Galera, blza?

    Dispensar o Réver? Sério? Meu, pega o MR e interna, o cara prefere ficar com Paulo Miranda? Pelo amor de DEUS, Tolói e Rever seria a melhor defesa depois de ,Breno Alex Silva e Miranda….Agora o Edu Dracena que a torcida santista nao quer nem ver pintado, ele quer ¬¬”

    Curtir

  12. Estava muito animado com nosso time em 2015 mais as notícias são horríveis. Falta um bom zaqueiro e um meia e um atacante de velocidade mais nossa diretoria é muito omissa e ainda fica criando picuinha com o Muricy em contratações ou VC confia do treinador ou não. Troca o Osvaldo por um bom zaqueiro . Ederson bom meia a diretoria não faz proposta o Gum de graça e a diretoria nada. Não procura um grupo de investidores para trazer um bom atacante. O Flamengo trouxe o Marcelo Cirino o nosso time nada.Tá difícil.

    Curtir

Comente aqui, Tricolor!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s