Coluna do Pastor: Especial Base Tricolor

pastor

 

O São Paulo mudou o jeito de pensar na base. Demitiu funcionários e treinadores ligados a um empresário com poder e regalias dentro do famigerado Centro de Formação de Atletas de Cotia (CFA), e que, por exemplo, exigia que somente seus atletas atuassem como titulares. Além disso, o clube contratou Junior Chávare, referenciado pelo bom trabalho no Grêmio. O diretor destacou-se no Sul graças ao ‘projeto lapidar’, que ajudou a formar e aprimorar jogadores vindos de equipes menores e, com isso, aumentou significativamente o número de revelações do time gaúcho nos últimos anos.

Em meio a essa “revolução” diretiva e política, o presidente Aidar afirmou ainda que o time principal deverá disputar o Campeonato Paulista de 2015 com boa parte do elenco formado por jogadores das categorias de base, mesmo com o limite baixo de atletas inscritos por clube – 28. A medida, que causou furor entre os entusiastas do trabalho feito no CFA, deve influenciar também no planejamento dos próximos compromissos da equipe sub-20.

Antes da disputa da Copinha e da anunciada participação no Paulistão em 2015, o time disputará em dezembro o Campeonato Brasileiro Sub-20 de clubes, competição anual que não participava desde 2006 – por conta do mau relacionamento com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), organizadora do torneio.

Na ocasião, o time foi eliminado nas quartas de final para o fortíssimo Internacional, que tinha Alexandre Pato, Luiz Adriano, Muriel e Rodrigo Possebon como destaques. A eliminação coincidiu com o fim do ciclo da fraca geração 87 no Tricolor, uma vez que, no ano seguinte, o limite de idade da Copa São Paulo fora alterado.

Com esses três torneios, será cada vez mais comum ver os jogadores da base em ação pelo clube em competições de bom nível e televisionadas. Para o Brasileiro da FGF, o time poderá usar jogadores nascidos a partir de 1994. Já na Copinha e na categoria júnior do ano que vem, só poderão jogar atletas nascidos a partir de 1995 em diante.

Por conta do calendário coincidente em janeiro entre a Copa São Paulo de Juniores e o Campeonato Paulista, é bem provável que os atletas da base que o Tricolor pretende inscrever no torneio estadual, não joguem a maior competição de futebol de base do mundo, uma vez que ocorrem paralelamente. Portanto, é provável que o São Paulo tenha duas equipes diferentes nos dois próximos campeonatos da base.

 

Para completar a problemática de planejamento, a seleção brasileira sub-20 disputará o Sul-Americano da categoria entre 14 de janeiro e 7 de fevereiro, no Uruguai. Quatro jogadores do São Paulo são bem cotados para integrar o time de Alexandre Gallo: Auro, Lucão, Boschilia e Ewandro, este último com chances menores.

Além da ausência no início do Paulistão, o quarteto selecionável em potencial desfalca também o time que vai ao Sul, já que a preparação da seleção acontecerá no mês de dezembro. Participar de um torneio de alto nível, com atletas mais velhos (os quatro nasceram em 1996), os ajudaria a ganhar ritmo e sequência de jogo para o Paulistão. Reservas quase o ano inteiro com Muricy, eles precisam, mais do que isso, recuperar a confiança e a descida ao sub-20 ajudaria no processo.

Expirando a idade de jogador de base, atletas nascidos em 1994 podem aproveitar o Brasileiro do Rio Grande do Sul para não somente voltar aos holofotes de torcida, imprensa e diretoria – visando o Paulista ou até mesmo negociações. Contudo, os jogadores deste ano estão, em sua maioria, emprestados ou sem ritmo, o que dificultaria a participação de alguns com o grupo na despedida de Cotia.

Para analisar o nosso elenco em cada competição e falar um pouco mais, convoquei quatro amigos também apaixonados e especialistas em futebol de base, já conhecidos dos torcedores que acompanham o assunto nas redes sociais: André Bariotto, Caio Alves, Gabriel Fuhrmann e Jonatan Androwiki.

Acreditamos que, no Brasileiro sub-20, o São Paulo deveria usar mais jogadores nascidos no ano de 1994, e na Copinha, uma maioria de jogadores nascidos em 1995. Há também bons jogadores na categoria 97 – ainda são juvenis, é bom lembrar – que podem ser usados nas duas competições, tanto para formar o elenco quanto para serem titulares. Mesmo caso para os sub-17 de primeiro ano, 98, que, mesmo muito jovens, já poderiam ganhar essa cancha.

A mescla, portanto, não só visa o equilíbrio técnico entre os dois elencos como também planeja as chances e experiências valiosíssimas a quem tem mais potencial. Com base nessas ideias nós formamos um possível elenco de cada competição. Confira abaixo atletas por posição e um resumo do porque da escolha. Entre parênteses esta a ano de nascimento.

 

GOLEIROS

 

Brasileiro Sub-20: Rafael Leder (95) e Thiago (95)

Rafael Leder deve ser banco na copinha para Lucas Perri, por isso deve ser titular no brasileiro. Selecionamos apenas 2 goleiros, pois na competição só podem ser inscritos 20 jogadores. Thiago é inferior a Rafael e por isso seria banco.

 

Copinha 2015: Lucas Perri (97), Rafael Leader (95) e Lucas Paes (97)

Lucas Perri é a grande aposta para o futuro, inclusive sendo cotado pra subir já em 2015. Vindo de uma controversa negociação com a Ponte Preta, conta com grande apoio de Ceni, que já ate frequentou alguns treinos do garoto para vê-lo em ação.

Para 2° e 3° goleiro, respectivamente, imaginamos que Rafael, em seu ultimo ano, e que é reserva do atual sub-20, será um dos escolhidos. Lucas Paes é atualmente o titular do sub-17 e fez um ótimo paulista e Copa do Brasil da categoria. Merece ser o terceiro goleiro do grupo pra ganhar experiência.

LATERAIS

Brasileiro Sub-20: Inácio (96) e Thaylan (96) e Lucas Farias (94)

Lucas Farias está sem atuar desde que voltou do Boa Esporte, onde já não atuava tanto, e como ainda está em seu último ano de sub-20, tem na competição a chance de mostrar o talento que já mostrou no time profissional. Como a competição é curta e ele precisa mostrar serviço, acreditamos que será o único nome na lateral direita. Potencial ele tem até pra brigar por vaga no time de cima do paulista, ou acorda agora ou vera Caramelo, também 94, tomar a sua vaga

Já na lateral esquerda a vaga de titular é merecida para Inácio. Lateral titular do sub-20, precisa apenas ser melhor preparado dentro e fora de campo. Deve subir após a competição para o paulista profissional, por isso, levaríamos ele no brasileiro e não na copinha. Chegou, inclusive, a ser artilheiro do time sub-20, prova do seu potencial ofensivo, que vem desde a época em que ainda era meio-campo ofensivo no Bahia.

Já Thaylan também tem 18 anos e fez parte da equipe campeã em 2013 da Copa do Brasil sub-17 e da boa campanha feita no paulista, sendo o líder de assistências do time, apesar disso, anda meio escondido esse ano.

Copinha 2015: Gabriel Machado (96) e Thaylan (96) ou Caíque Maria (98) e Foguete (96) e Danilo Belão (97)

Gabriel Machado é reserva de Inácio e sempre que entrou fez bons jogos no sub-20, além de ter tido ótimo ano no sub-17. É um Lateral que também tem qualidades ofensivas, e tem bom cruzamento. Para a sua reserva, poderia se manter Thaylan, pois não deve jogar quase nada no brasileiro ou até mesmo trazer uma das maiores revelações da lateral esquerda do tricolor, Caíque Maria, que apesar de ser bem jovem, tem apenas 16 anos, tem mostrado muito potencial. Ele, inclusive, jogou amistosos contra seleções da Copa do Mundo que treinaram em Cotia e foi muito bem.

Para a lateral direita, a certeza é de que Foguete será titular. A promessa que perdeu espaço para Auro, vai jogar a copinha para ganhar mais bagagem. Já na sua reserva, indicamos o nome de Danilo Belão, que fez um bom paulista sub-17 e tem tido uma crescente melhora.

ZAGUEIROS

Brasileiro Sub-20: 4 zagueiros: Kal (96), Léo Vencato (96) , Guilherme Trutys (97) e Lucas Valença (96) ou Polidoro (96)

Lucas Kal é o zagueiro que tem sido acompanhado pela comissão técnica profissional e que tem chances de subir para treinar e, talvez, até fazer parte do elenco do paulista. Léo Vencato é zagueiro de boa força física e bom na bola aérea. Já fez dupla com Kal nos treinamentos contra os profissionais e pode repetir essa dupla no brasileiro.

Para a reserva, Guilherme Trutys, destaque do sub-17 que além de ter uma saída de bola com qualidade, é um zagueiro que não brinca em serviço. Fechando o grupo, ficam dois nomes bons e do ano de 96 do tricolor, Lucas Valença levou vantagem e teve mais oportunidades tanto pra atuar quanto pra ficar no banco no paulista.

Copinha 2015: Hugo (95), Tormena (96), Silas (95) e Wellington Lucas (96)

Capitão do sub-20 e zagueiro de confiança do treinador, Hugo tem tudo pra ser novamente o capitão e o nome da zaga na copinha. Para fazer dupla com ele, acreditamos que o nome certo seja Silas, zagueiro que foi reserva nas duas últimas copinhas, chegou a hora de mostrar o por que esta sempre na lista, de honrar a camisa que veste.

Vitor Tormena seria nosso primeiro reserva, pela qualidade mostrada no paulista quando teve chances e, fechando o grupo, Wellington Lucas, cortado na copinha de 2014 por contusão, e que como reserva do sub 20, sempre que foi preciso foi bem

 

Volantes

Brasileiro sub-20:  Gustavo Hebling (96), Matheus Reis (95) e Allan (94)

Gustavo Hebling talvez seja a grande promessa da volância são-paulina dos últimos tempos. Figura assídua nas seleções de base, Hebling era homem de confiança de Gallo no último mundial sub-17. Apesar da queda de rendimento neste segundo semestre, é o grande box-to-box são-paulino. Ao seu lado, Matheus Reis pode formar uma excelente dupla, como foi no paulista sub-20 e na Copa do Brasil da categoria. Compensa sua lentidão com muita força física.

No banco, Allan, com 20 anos, e um dos mais velhos do elenco, pode receber sua última chance no São Paulo. Tachado de preguiçoso, teve passagem discreta pelo Red Bull. Potencial ele tem de sobra, precisa ter mais vontade e mostrar trabalho

Copinha 2015: Felipe Araruna (96), Matheus Queiroz (96), Robertinho (96), Léo Coca (96) e Pedro Vitor (97)

A pródiga geração 95/96 também foi forte em formar volantes. Assim como no brasileiro sub-20, estamos muito bem servidos para a copinha, mesmo sem repetir nenhum nome. Felipe Araruna e Matheus Queiroz se conhecem há muito tempo e formam uma dupla entrosada. Araruna fica mais e Queiroz ataca com mais volúpia.

Robertinho, grande promessa também no Santos, sofreu muito com lesões desde que chegou ao São Paulo. Mesmo assim, mostrou um potencial altíssimo, principalmente quando joga mais à frente, como na Future Cup do ano passado. O coadjuvante Léo coca sempre entra bem na equipe e faria parte do elenco, assim como o ótimo Pedro Vitor, mais jovem que os outros.

Meias

Brasileiro sub-20: Mirray (94), Boschilia (96), Pedrinho (94) e Matheus Siqueira (97)

O São Paulo teria um meio-campo de alto nível no brasileiro sub-20. Mirray e Boschilia são dois dos jogadores mais criativos formados na base do São Paulo. Mirray, o Kaká da base, surgiu com grande força e não se afirmou devido às lesões. Mesmo assim, ainda demonstra um futebol de encher os olhos, assim como Valdívia, só joga quando quer, mas se quiser, é o melhor. Boschilia dispensa apresentações. Mesmo dois anos mais velho, já se afirmou no elenco principal e é, frequentemente, colocado na lista de mais promissores do planeta, como deve jogar o sul-Americano e o paulista, colocamos no brasileiro.

Pedrinho também sempre teve talento, mas nunca acordava. Terá sua última chance no brasileiro, após passagem apagada no Boa Esporte. Matheus é uma das joias da categoria 97 e formaria a equipe para ganhar experiência.

Copinha 2015: Lukas Fernandes (97), Léo Prado (96), David Neres (97), Gustavo Duarte (98), Clairton (98) e Matheus Bernadinetti (96)

Para a copinha, perderíamos experiência, mas não necessariamente qualidade. Lukas Fernandes mesmo com a pouca idade, já disputou uma edição da competição, foi camisa 10 do são Paulo no paulista sub-17 e tem prestígio com todos no clube. É muito dinâmico e pode organizar a equipe. Ao seu lado, Léo Prado poderia ser importante ao assumir papel de protagonista do time.

David Neres seria uma espécie de 12º jogador, já que pode atuar no meio e também nas pontas. Tem incrível talento e só falta a ter mais regularidade. Fez excelente paulista sub-17. Para compor elenco, Matheus Bernadineti, Gustavo Duarte e Clairton estariam. O primeiro, mais velho, receberia mais uma chance. Os outros dois têm muito potencial, principalmente Clairton, e ganharam experiência na competição.

ATACANTES

Brasileiro Sub-20: Ewandro (96), Bruno Silva (96), Pedro Bortoluzzo (96) e Joanderson (96) e Robinson (96).

Virtual dupla titular e de parceria de quatro anos no clube, Ewandro e Joanderson têm, por motivos diferentes, presença incerta no torneio. Passará por Chávare a definição dos atacantes que irão a Alvorada, onde o Tricolor disputará seus quatro jogos da primeira fase. Joanderson passa por problemas na renovação de contrato, que terminará no dia 15 de fevereiro, e Ewandro é cotado pra defender a seleção no Sul-Americano do Uruguai.

O poder diplomático do novo diretor já será colocado à prova, e um contato com Gallo para sondar as chances da convocação de Ewandro se faz fundamental. A tendência, porém, é que fique de fora. Por isso, o Brasileiro Sub-20 seria fundamental para recuperasse a confiança e chegasse bem para o Paulista. Já Joanderson, sondado pelo futebol chinês, seria escalado somente se renovasse – do contrário, não deve jogar nem Brasileiro nem Copinha, pois é impensável dar tanta vitrine a um jogador que irá perder.

Presença quase certa no Sul, Bruno Silva já fora, inclusive, mais badalado que os parceiros de idade e posição. Após sofrer contusões em sequência e ter uma queda de rendimento, começou a recuperar o futebol neste segundo semestre e seu desempenho em dezembro será importante para o torcedor conhecer e avaliá-lo melhor. Completando o grupo, Pedro Bortoluzzo é centroavante ainda a ser trabalhado.

Copinha 2015: Léo Paoli (95*, machucado, é dúvida), João Paulo Hulk (96), Luiz Araújo (96), Felype Hebert (97), Murilo (97), Gustavo Duarte (98) e Robinson (96).

Uma linha de frente com mais uma, duas ou até três edições do torneio a disputar, de níveis semelhantes e potenciais distintos. Esse deverá ser o pensamento para a Copa São Paulo, visando o retorno a médio prazo. João Paulo “Hulk” e Léo Paoli serão, inicialmente, os titulares do setor. Entretanto, não será surpresa se, no decorrer da competição, as peças forem trocadas. Os nomes sub-17 são os que pedem passagem, contando, inclusive, com o talentosíssimo David Neres, que pode jogar mais à frente.

Atacante “bem apadrinhado”, Luiz Araújo deve ser o primeiro da fila a beliscar uma chance entre os 11, jogador de trejeitos e estilo de jogo idênticos aos de Osvaldo – nas virtudes e nos defeitos. Felype Hebert é pivô de força física, movimentação e com bons cacoetes pra jogar que é capaz de jogar fora da área. Mais alto, Murilo é esguio, de capacidade técnica e boa finalização. O caçula Gustavo Duarte, de 16 anos, de técnica apurada, é um dos maiores expoentes da geração 98. Fechando o grupo de atacantes temos o veloz e excelente finalizador de longe Robinson, que veio do Inter de Porto Alegre, seu problema é a timidez em campo, mas vem melhorando cada vez mais e pode ser um futuro grande atacante do tricolor. É conhecido por ser um “diabinho” em campo, por driblar muito.

Essa é a nossa sugestão e expectativa para a base tricolor, esperamos que tenham gostado, e caso exista alguma dúvida, críticas ou sugestões, podem enviar um e-mail para: romulojor@gmail.com

153 comentários

  1. Do outro Post:

    O problema é que se o São Paulo não ganhar a Sulamericana, é capaz de ainda agradecerem ao Muricy por ter classificado para a Libertadores.

    Ele tem costas quentes de boa parte da torcida e de vários dirigentes.

    Se isso acontecer, minha esperança é que o Aidar dê uma de Aidar de 84 e faça a limpeza começando por Muricy, Tata e Milton Cego Cruz.

  2. Bela coluna Romulo,

    Muito bacana todas essas informações sobre os jogadores que podem atuar no Brasileiro e na Copinha.

    Só não gostei deste atacante bem apadrinhado que você se referiu….isso mata o trabalho de base.

  3. djair
    21 de novembro de 2014 às 12:10
    alias, desculpa, quem então seria uma boa opção ao invés do muricy?

    —————————————————————-

    Não sendo Parreira, Adilson Baptista ou Ricardo Gomes, aceito qualquer 1.

    Não vou nem citar técnicos estrangeiros como Sampaoli, Simeone, ou até o Osório do Nacional da Colômbia, se vier o Narciso ou o Doriva eu já comemoraria, impossível eles serem tão teimosos e ruins em substituições, com times bem mais inexpressivos deram nó tático no Muricy, vide Paulistão 2014.

    • É por ai, quem era o Marcelo Oliveira até pouco tempo ?

      Não dá pra gente ficar venerando o Muricy que transita nesse meio a mais de vinte anos parece que não aprendeu nada até agora…

  4. japoneis
    21 de novembro de 2014 às 12:01
    Pois é Vitão,

    Tinha colocado este comentário acima, comparando um pouco do Muricy com o Marcelo Oliveira….

    O Muricy vive batendo na tecla de que o time foi montado durante o campeonato e das virtudes do Cruzeiro.

    Pesquisando na net, o técnico Marcelo Oliveira chegou no Cruzeiro no mês de fevereiro de 2013 demitido do Vasco, ganhou o campeonato mineiro e 10 meses depois levou o título do Brasileirão.

    O Marcelo Oliveira em menos de 1 ano ganhou 2 títulos, deu jeito no time do Cruzeiro que voou no campeonato do ano passado. Lembrando que o Cruzeiro montou o time durante o ano de 2013. Em 2012 brigou pra não cair…

    O Muricy está há mais de 1 ano no comando do São Paulo, grande parte do elenco é o mesmo de 2013, foi reforçado no 1º semestre, durante o Brasileiro chegaram só o Kaká e Michel Bastos. O Tolói eu nem conto pois o mesmo era do elenco até janeiro, o Muricy que não quis ele no elenco por isso foi emprestado a Roma.

    Acabamos o ano com o time se arrastando em campo, sem padrão tático definido e ainda tem gente que acha o trabalho do Muricy bom? que precisa de mais tempo?

    djair
    21 de novembro de 2014 às 12:09
    você realmente acha que o marcelo oliveira daria certo no spfc?

    djair
    21 de novembro de 2014 às 12:10
    alias, desculpa, quem então seria uma boa opção ao invés do muricy?

    __________________________________________________________________

    Vai ficar longo este comentário, mas vamos lá…rs

    Não sei se o Marcelo Oliveira daria certo no São Paulo, mas se formos analisar o trabalho dele no Cruzeiro acho que credenciaria ele a trabalhar no São Paulo sim!

    O cara está pra se tornar bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro. Fora que jogou praticamente quase todas finais das competições que disputou este ano…

    O nosso querido Muricy ganhou o que este ano????

    • Vitão,

      Acho que vai acontecer com o Muricy a mesma coisa que aconteceu com ele no time das sereias…

      No primeiro semestre de 2015 com a imposição de lapidar a molecada da base no Paulista, ele vai ser obrigado a escalar alguns, mas como o time não tem padrão tático a culpa vai cair em cima dos garotos e muitos serão queimados. Voltarão os titulares no Paulista, iremos sem padrão tático de novo para Libertadores….

      Se cairmos na Libertadores acho que grande parte do time sofrerá modificações para o Brasileirão e o Muricy se verá obrigado a escalar a molecada de novo, mas como queimou vários…o time não renderá e ele acabará demitido….

  5. acho que o muricy esta muito mais próximo de ser contratado como uma espécie de supervisor técnico, liderando a comissão técnica permanente, do que ser demitido….

    apenas minha impressão

  6. A Penalty apresentou o comprovante de pagamento ao São Paulo do valor depositado ao Ceni referente ao material de aposentadoria.

    E agora?

    Uma coisa foi anunciar sem autorização. Outra coisa é dizer que está “surpreso”.

      • Vitão,

        O Rogério está sendo um calhorda nesta questão.

        Disse o ano inteiro que vai aposentar e agora está fazendo um puta draminha.

        Ele tem direito de ficar ou sair. Mas está agindo errado com o SPFC, com os outros jogadores, com os patrocinadores e com os torcedores.

          • Vitão, se ele vai aposentar e recebeu dinheiro pelo material, por que chiou na mídia?

            Só isso que não entendo.

            E não vou meter o pau nele se ele ficar, não.

            Só se ele pedir aumento de novo como já faz há 3 anos seguidos.

    • O que acho mais curioso dessa história é que faz tempo que vejo que a diretoria e a penalty planejam essa despedida, falaram em camisas especiais, jogo de despedida, e agora vemos essa notícia do São Paulo reclamando que a Penalty está aposentando ele.
      Tem alguém muito errado nessa história.

      • Era tão fácil resolver esta história….

        Só o RC afirmar com todas as letras que para este ano e acabou!

        Depois destes últimos bons jogos dele, ficaram com essa palhaçada que ele não pode parar….daí criou-e esse diz que me diz que já encheu a paciência de muitos…

    • O Mito está protagonizando uma baita de uma lambança…

      A Penalty e o próprio SP já estão vendendo as camisas que já estão na linha de produção…

      Essa balela agora de que a camisa somente comemoraria mais de 20 anos de carreira ao invés de marcar a aposentadoria e despedida…

      É muita cara de pau e irresponsabilidade tratar os encaminhamentos de uma decisão tomada e confirmada várias vezes anteriormente…

      Cenas dos próximos capítulos ?

      Uma coletiva com todas as pompas pra informar que vai se sacrificar pelo bem do SP e prorrogar por no mínimo mais uma temporada.

    • Pelo amor de Deus, tenha santa paciência, o que tem uma coisa a ver com outra, a penalty e o Rogério tinham um contrato para novas camisas, provavelmente as ultimas da sua carreira, mas o que a empresa fez foi outra coisa que não estava no contrato, anunciar algo que só diz respeito ao jogador e ao clube.

  7. Muricy reclama muito e é ridiculo, cansativo demais… no começo do ano ele disse que ja tinha o elenco fechado e que nao precisaria contratar mais ninguem… disse que nas semis do oaulista o time estaria voando… agora fala que faltam peças e que o time esta cansado (como se os outros times nao tivessem a mesma maratona)

    Nada esta bom nunca, sempre terceiriza responsabilidades e arranja desculpas.. é cansaço, é maratona, é falta de ritmo, é jogador lesionado, é viagem, é isso e aquilo… olha que estamos falando do clube mais organizado do Brasil.. imaginem em um Figueirense da vida

    Grande parte do meu desinsteresse pelo futebol atual vem dessa mesmice de coletivas e atitudes… mudanças no time somente depois dos 20 do segundo tempo e etc

    • Se o Muricy estivesse no Real Madrid ou Bayern ele reclamaria que tem muito jogador bom e que não tem como escalar todo mundo por isso não dá pra definir o time direito….kkkkkk

  8. Ftricolor… eu sim que mereço ser imortalizado.. mas lá em Balneario Camboriu.. de tanta mulher que ja peguei naquele lugar… vou virar nome de avenida facilmente

    Reveillon estarei lá dnv.. enquanto o Sapotri estiver acordando para dar agua para seus passarinhos sem carisma nenhum, estarei voltando de alguma balada acompanhado de uma loira maravilhosa

    Queimarei algum Sentra branco como oferenda de reveillon

  9. apenas especulando:

    segundo esse link: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2014/11/21/corinthians-empata-em-publico-mas-arrecada-um-kardec-a-mais-que-sp.htm

    o corinthians arrecadou, bruto, cerca de 30 mi com o brasileirao

    e eles precisao de 100 mi até jun/2015

    com libertadores, e o preço absurdo de ingresso que eles vao cobrar, não duvido que cheguem próximo a uns 50 mi de arrecadacao….o que daria uns 80 mi…..tudo no bruto

    sem libertadores então…..o negocio ia ficar preto

    eles não tem jogadores com valor de venda pra cobrir o buraco….

    de todo jeito parece que a coisa ficará sempre no limite…..capaz de pegarem novos emprestimos para pagarem emprestimos, não?

  10. Não tem jeito. O negócio é se conformar. Muricy vai ficar em 2015. Iremos patinar. Ficaremos mais um ano sem título. Muita gente aqui pediu o Marcelo quando ele estava no Coritiba. Torcedor tem mais feeling que muitos dirigente metidos a sabichões. Depois eles dizem: torcedor é passional.

  11. Não sou de defender o Ceni em tudo e estou longe de achá-lo santo, mas a crítica à Penalty foi simples e unicamente ao convite para a coletiva no dia 25/11 e mesmo que ele tenha recebido pela camisa, que já esteja tudo certo para a aposentadoria, se não foi combinada a coletiva com ele e com o São Paulo, a Penalty errou em fazer esse convite sozinha como ela própria admitiu.

  12. Eu acho o caso bem simples de entender, o time está disputando 2 titulos, tem que focar nos jogos, nao tem nada que falar de aposentadoria, de coletiva, de porcaria nenhuma mesmo estando td certo, o foco são os jogos nao tem que mudar isso, a Penalty errou e feio, ponto final.

    • A questão é que a diretoria, o RC e a imprensa estão dando muita corda neste assunto.

      A Penalty já assumiu o erro dela e já se desculpou….o problema foi a reação da diretoria e do RC…

      Sinceramente estão fazendo uma tempestade em um copo d’água…

    • Tudo que envolve o Rogerio toma proporções gigantes. E isso é causado por ele e por parte da torcida. Tem gente que fica que nem um predador esperando a presa e numa derrapada já solta “ahá!”. Tanta coisa mais importante pra se preocupar e ficamos discutindo se a atitude de um jogador foi certa ou errada…
      Vamos jogar bola!!!! E ganhar a sulamiranda!!!!

    • boa….devem chegar, no máximo a uns 20mi até o final do ano….

      se o spfc esta com os rombos que o aidar esta falando, não entendo o corinthians que sempre esteve afundado em dividas, e agora não conta nem com a arrecadacao da bilheteria, e mesmo sem contar com ela, ainda faltará 80mi para pagar só a 1ª parcela da divida….

      sinto muito a falta de uma analise precisa que mostre com realidade o quão irreal/real são as finanças corinthianas…e qual o tamanho do buraco que estao….

      • 2… teve tantas horas para o marketing da Penalty-SPFC trabalhar durante o ano, e em duas retas finais de campeonato, vêm me falar de aposentadoria? Recebeu dinheiro, tudo bem… só que não é hora de falar de aposentadoria em véspera de jogo que pode levar a uma decisão.

    • De repente interessaria para a própria diretoria do SP que a aposentadoria fosse sacramentada de uma vez por todas…

      O Muricy fazendo lobby corporativista o tempo todo…

      O Mito indeciso e balançando mais que anu no fio…

      Seria providencial que uma falha dessas ocorresse batendo o martelo…

  13. Um time com o potencial que o nosso tem ficar se contentando com uma Sulamericana é de lascar…

    E eu pensando que disputaríamos o título palmo a palmo com o Cruzeiro depois da série de vitórias…

    Mesmo ganhando o título da Sulamericana ficarei com a sensação de que poderíamos mais este ano no Brasileirão…

  14. admin
    21 de novembro de 2014 às 12:36

    A Penalty apresentou o comprovante de pagamento ao São Paulo do valor depositado ao Ceni referente ao material de aposentadoria.

    ——————————————————————————-

    Zanca, só para tirar uma dúvida, o São Paulo não ganhou nada ($$$) com isso né? É somente um negócio entre Ceni e Penalty?
    A colocação na frase me deixou meio na dúvida, mas entendi que foi mostrado o pagamento feito ao Ceni…

  15. Essa notícia dos CIDs não me surpreende em nada. Quantas e quantas vezes foi dito aqui que isso não iria gerar receita, pois são papeis fracos e ainda tem o deságio do negócio.
    Preparem-se que por aí vem um dos maiores rombos na história da prefeitura de São Paulo.

    • o rombo não é na prefeitura….

      o corinthians/odebretch/fundo contam(contavam) com os cerca de R$400mi que arrecadariam a partir dos CIDs

      esses R$400mi seriam para pagar os custos das obras

      a prefeitura simplesmente, no momento que liberou os CIDs para corinthians/odebretch/fundo já não iria arrecadar mais esse montante de recursos….é exatamente por esse motivo que o estádio é acusado de receber subsídio público

      a prefeitura já não iria receber esse recurso….

      a treta agora é que o corinthians/odebretch/fundo não estão conseguindo vender os CIDs….então não há arrecadação esperada…..e corresponde, simplemente, a praticamente 50% dos custos investidos

  16. Que maravilha, dolar caindo com o eminente anuncio do novo ministro da fazenda, bem no momento que terei que fechar alguns cambios de produtos que vendi com o dolar alto…bela noticia..

  17. Há quem defenda o goleirão alegando que ele está focado nos campeonatos e não quer desviar desse foco para outros assuntos…

    Mas quando ele assinou algo e recebeu o dinheiro conforme está sendo divulgado, fizeram isso por ele ou ele deu uma desviadinha pra acertar esses assuntos? Mas isso nem atrapalha em nada, é uma forma de desestressar um pouco…

      • Acho que vc está querendo é forçar uma situação para defendê-lo, sendo incoerente… mas vale tudo… já que ele treina na folga, pode tudo…

        Idolatria é complicado…

        • é o mesmo que falar que um jogador nao pode fazer propaganda, nesse caso nao acho correto julgar. Problema seria ele faltar a treino para fazer isso ou se reapresentar mais tarde.

          • Mas eu não estou preocupado com a hora em que ele fez as coisas… se prestou atenção, falei sobre “FOCO” quando ele disse que não queria falar de nada para não desfocar dos campeonatos… pra mim não interessa a hora em que fez, interessa é que de certa forma teve que se preocupar com outros assuntos, o que é no mínimo incoerente… ou quando o assunto é $$$$ não dá problema, né? Fez na hora de folga… O foco continua altíssimo…

            Já disse, idolatria cega…

  18. RÔMULO

    Voltando ao assunto da base. O Palmeiras não esta tendo sucesso na renovação da promessa sub-17 deles, Gabriel Fernando. O Tricolor anda observando a questão ou descarta completamente uma intervenção em caso de insucesso dos palestrinos?

    att

  19. E tem mais, a emissão desses CIDs ainda pode ser julgada ilegal. Quem se responsabilizaria pela prefeitura ter emitido títulos ilegais? Oras bolas, só a prefeitura poderia ser responsabilizada por isso…olha o cenário ideal para um grande acordo.

    • Não existe acordo PB, se a emissao é ilegal dar dinheiro é “mais ainda”. O MP nao vai deixar sair 1 real, fora que vai levar anos na justiça…e os juros nao descansam…

    • Se o ato administrativo for considerado ilegal ele é anulado e perde os efeitos, salvo os direitos de 3ºs de boa-fé, caso fosse vendido isso pra uma empresa de boa-fé ela provavelmente receberia, mas se for declarada ilegal enquanto nas mãos da odebrecht não tem choro.

    • “A prefeitura não pode fazer isso. Se não conseguem vender o título, é problema de quem tem que vender”, contou o promotor Marcelo Milani. “Acho difícil o prefeito fazer algo neste sentido, mas, se fizer, será movido um processo criminal e por improbidade administrativa contra ele.”

      • Fabinho, parece que voce não sabe como as coisas funcionam…eu também gostaria de acreditar que tudo funciona dentro da legalidade, da legitimidade, da ética com o dinheiro público. Mas não é assim, infelizmente…e a iniciativa pode não vir do prefeito em sí, mas de uma lei aprovada no legislativo municipal. Cabe ao prefeito cumprir. E advinha qual time tem maioria na câmara? Como processar um prefeito que simplesmente fez cumprir uma lei?
        Não estou afirmando que isso acontecerá, mas o cenário é perfeito para que aconteça.
        Se as coisas funcionassem como deveriam funcionar, nem estaríamos discutindo isso, pois nem existiria CID e nem Itaquerão.

    • Legal a última parte que ele disse que pegou jogadores que não estavam sendo utilizados(refugos) e conseguiu encaixar a equipe…

      Depois o nosso treineiro que fala que aqui é trabalho….putz que diferença de trabalho!

      • E a parte que ele cita inclusive o SP que também perde jogadores com as sequências de jogos…

        Mas diferente do Muricy diz que tem substitutos a altura e que é assim mesmo…

  20. Só para lembrar… A crítica que o Rogério e o São Paulo fazem a penalty é a marcação de uma entrevista sobre a aposentadoria do Rogério, não estão questionando valores se tinha o direito de fazer a camisa ou não, tanto é que isso já vem sendo discutido um tempão. Sobre ele parar ou não isso é coisa da imprensa, até parece que vocês não conhecem ela, o Rogério em nenhuma entrevista falou que talvez não pararia, já deixou claro várias vezes que pararia. Aí um reporte pergunta para o Muricy se ele acha que o Rogério vai parar, e ele fala que do jeito que ele está jogando não deveria parar, pois é o melhor goleiro e tá jogando muito, no outro dia sai na mídia que o Rogério pode não parar.

    Se o zanca falou que viu os comprovantes do pagamento pelas camisas feitas para a aposentadoria, o cara já falou que agora vai parar, que a única coisa que ele quer é ganhar um título para terminar bem um ciclo.

    • As situações do Muricy e do Rogério são bem distintas…

      Ele diz que o Rogério tem jogado muito bem o que o deixaria com dúvidas em parar ou não…

      Como o nosso treinador já faz tempo não vem tendo um bom desempenho a decisão para ele deveria ser mais fácil…

  21. Vim aqui pra ler os comentários referente a base e não tem quase nada, falaram mais sobre o RC kkkkk
    li em cima algo referente ao Caramelo, não estou acompanhando muito a serie B mais vi que está jogando de titular quase todos os jogos, quais as chances dele de voltar pro SP?

  22. teremos perdas importantes pro ano que vem, mas serão poucas (pelo que parece)

    o papel do rogerio como lider tecnico e motivacional é indiscutivel, mas não acho que o denis comprometa

    e o kaka também é um lider, mas o michel bastos tem suprido bem as suas ausencias

    então eu acho, na minha avaliação, que manteremos a base de 2014 para 2015, com reforços pontuais e complementos ao elenco

    o que isso significa?

    bom se olharmos o calendario, o aidar já declarou que o paulistinha será uma equipe mista, provavelmente 15 titulares/reservas e o restante (13 jogadores) do sub20…..

    então o elenco principal tera uma pré-temporada adequada, visando libertadores e brasileirão

    o que eu acho que dá pra cobrar do muricy?

    que o futebol jogado na libertadores e na fase final do paulistinha seja de alto nível

    que vamos ser campeões? acho que não da pra cobrar…..mas bom futebol sim

    e ja mostramos esse ano….mas oscilamos muito tambem

    • E que ele banque os reforços que pediu. Só chorar é fácil.
      Ano passado ele pediu Luis Ricardo. Não sei se ele iria deslanchar, mas ele não deu uma sequência e bancou o cara, como fez com Douglas e faz com Paulo Miranda, por exemplo.
      Então que mire melhor nos pedidos. Mas, pelo visto, vem mais do mesmo pra baixo.
      Suéliton e Edu Dracena acho difícil serem solução.

  23. Bons nomes com contrato encerrando (livres):

    Cavalierri (gol -flu)
    Edu dracena (zag – santos)
    Carlinhos (LEsq – flu)
    Henrique (vol – cruz)
    Jean (vol – flu)
    Wesley (vol – palm)
    Wagner (meia – flu)

    Bons investimentos:
    Henrique (zag esq – ex-palm)
    Cleiton Xavier (meia)
    Dudu (atac – grêmio)

    Particularmente, investiria nos três e traria henrique, Jean e wagner

  24. Pelo amor de Deus, tenha santa paciência Zanca, o que tem uma coisa a ver com outra, a penalty e o Rogério tinham um contrato para novas camisas, provavelmente as ultimas da sua carreira, mas o que a empresa fez foi outra coisa que não estava no contrato, anunciar algo que só diz respeito ao jogador e ao clube.

Deixe uma resposta