Como ficam as vagas para Libertadores?

A escassez de variáveis imaginadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ao definir as vagas de classificação dos clubes brasileiros à Copa Libertadores de 2015 fará com que a entidade publique na semana que vem um comunicado no qual explicará quais serão as vagas de cada clube na competição dependendo de quais forem os vencedores da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. Na resolução, segundo apurou o UOL Esporte, estará previsto que o Atlético-MG ficará com uma vaga direta para a Copa Libertadores caso o rival Cruzeiro seja campeão do Brasileirão e da Copa do Brasil, mesmo se terminar abaixo do G-4. Até esta segunda-feira, nem os clubes envolvidos sabiam responder.

O Brasil tem cinco vagas fixas na Copa Libertadores. O Brasileirão dá quatro vagas: 1º, 2º e 3º colocados acessam a competição diretamente na fase de grupos. O 4º colocado ganha a vaga para a primeira fase da Libertadores, antes da fase de grupos. A outra vaga fixa do Brasil é proveniente da Copa do Brasil, e também é direta. Ou seja, o campeão do torneio acessa a Libertadores diretamente na fase de grupos, como os três primeiros do Brasileirão. A Copa Sul-Americana, por sua vez, rende uma vaga indireta, para a primeira fase, para o vencedor. Se um clube brasileiro for campeão, o 4º colocado do Brasileirão perde a vaga.

Mas as questões são muito mais complexas no cenário atual do futebol brasileiro. O Cruzeiro, provável campeão do Brasileirão, é também finalista da Copa do Brasil. O São Paulo, atual 2º colocado do Brasileirão, disputa a semifinal da Copa Sul-Americana. Quem herda a vaga da Copa do Brasil se o Cruzeiro for campeão? Como fica o São Paulo, se ganhar a vaga direta pelo Brasileirão e a indireta pela Sul-Americana? As diretorias de Atlético-MG, São Paulo e Corinthians foram consultadas e não souberam responder.

O departamento de competições da CBF está concluindo a resolução neste momento e afirma que as conclusões ainda não estão fechadas. No entanto, a entidade já responde sobre os principais embates e diz que publicará as definições na semana que vem. Pelo que descreve o documento atual, que não deve sofrer alterações, o vice-campeão da Copa do Brasil herdará a vaga direta do campeão caso este for o mesmo do Brasileirão. Ou seja, sendo o Cruzeiro campeão das duas competições, o Atlético-MG estará na fase de grupos da Libertadores independentemente da posição em que terminar no Brasileirão.

A CBF já adianta, também, que o São Paulo ficará com a vaga direta, e não indireta, caso termine o Brasileirão na 2ª posição e também seja campeão da Copa Sul-Americana. O curioso, caso este caso aconteça, é que a vaga premiada pelo título da competição não existiria. Só se a vaga do 4º colocado do Brasileirão desaparecesse.

Como ficaria a divisão de vagas?

Se o Cruzeiro for campeão do Brasileirão e da Copa do Brasil, e se o São Paulo for 2º colocado no Brasileirão e campeão da Copa Sul-Americana:

– Cruzeiro, campeão do Brasileirão, acessa a Libertadores na fase de grupos.
– Atlético-MG, vice-campeão da Copa do Brasil, acessa a Libertadores na fase de grupos.
– São Paulo, 2º colocado no Brasileirão, acessa a Libertadores na fase de grupos.
– 3º colocado do Brasileirão acessa a Libertadores na fase de grupos (se for o Atlético-MG, vaga passa ao 4º colocado).
– 4º colocado do Brasileirão acessa a Libertadores na primeira fase (se o Atlético-MG for 1º, 2º, 3º ou 4º colocado, vaga passa ao 5º colocado).

UOL

43 comentários

  1. vice da copa do brasil , e vice da sulamericana nao tem direito a vaga da libertadores , em caso do cruzeiro e sao paulo serem campeoes , as vagas vao para times melhores colacados no campeonato brasileiro .

  2. Tem varios jogos interessantes ainda onde nosso concorrentes irão perder pontos

    Gremio x Cruzeiro
    Inter x Atl
    Cor x Gremio
    Flu x Cor
    Cru x Flu

    • A arte de complicar o que é simples.
      Faz assim:
      Art. 1. O Brasil terá 5 vagas para a libertadores, sendo 1 para o campeão da copa do Brasil, e 4 vagas para os 4 primeiros colocados do brasileiro, sendo a última delas para a primeira fase.
      Art. 2. Se um clube, por torneios diferentes, conquistar classificação para a libertadores, prevalecerá aquela que lhe for mais benéfica, redistribuindo a vaga em duplicidade para a ordem decrescente de classificação do campeonato brasileiro.
      Art. 3. A conquista da vaga em outros torneis não poderá ultrapassar o limite de vagas nacionais, razão pela qual, eventual classificação de clube brasileiro por conquista na copa sulamericana excluirá a quarta vaga do campeonato brasileiro, caso esse clube tenha terminado o brasileiro na classificação relativa a quarta vaga ou inferior.
      Art. 4. Se o clube conquistar uma vaga na primeira fase da libertadores pela sulamericana e outra vaga para a fase principal por outro torneio nacional, ficará sem efeito a vaga sulamericana.

      Pronto. Sem confusão. O simples.

  3. É só palpite, mas se o São Paulo ganhar as 5 partidas restantes eu acho que as chances de título seriam de uns 75%.

    Se ganharmos 4 partidas seriam de uns 10%.

    Nada mal se considerarmos que estamos brigando com um time que já foi cantado em verso e prosa como campeão.

    Na pior das hipóteses dá pra arrastar essa decisão para a última rodada onde tudo poderia acontecer, tanto contra quanto a favor.

    Independente de título colocaríamos uma pressão monstruosa em cima do Cruzeiro, não faltaria emoção.

      • Tem que saber o jogo certo para poupar, domingo passado entramos com vários reservas e ganhamos, numa dessas a gente chega junto.

        Eu não tenho expectativas em relação ao título, somos azarão, por isso mesmo estou tranquilo, mas cada jogo que ganhamos e o campeonato não termina matematicamente significa que estamos vivos.

      • Prefiro que pensem no título, pois se torna mais fácil a libertadores e, de quebra, ele ainda pode chegar.

        Confesso que não sei o que esperar desse time no mata-mata. Mas, tem que rodar o elenco.

    • Cruzeiro tem três jogos difíceis.
      Acho que perdem para grêmio e Santos (que tentará dar o troco).
      Se o fluminense precisar da vitória na última rodada, é jogo para empate ou para perderem.

      • o problema eh que jogamos contra esse mesmo Santos, que pela rivalidade em si (veja a questao Ganso), ja vai complicar. Voce acha que para o santista e melhor ganhar do Cruzeiro ou do tricolor…

  4. tricolor alagoano
    11 de novembro de 2014 às 08:48
    A arte de complicar o que é simples.
    Faz assim:
    Art. 1. O Brasil terá 5 vagas para a libertadores, sendo 1 para o campeão da copa do Brasil, e 4 vagas para os 4 primeiros colocados do brasileiro, sendo a última delas para a primeira fase.
    Art. 2. Se um clube, por torneios diferentes, conquistar classificação para a libertadores, prevalecerá aquela que lhe for mais benéfica, redistribuindo a vaga em duplicidade para a ordem decrescente de classificação do campeonato brasileiro.
    Art. 3. A conquista da vaga em outros torneis não poderá ultrapassar o limite de vagas nacionais, razão pela qual, eventual classificação de clube brasileiro por conquista na copa sulamericana excluirá a quarta vaga do campeonato brasileiro, caso esse clube tenha terminado o brasileiro na classificação relativa a quarta vaga ou inferior.
    Art. 4. Se o clube conquistar uma vaga na primeira fase da libertadores pela sulamericana e outra vaga para a fase principal por outro torneio nacional, ficará sem efeito a vaga sulamericana.

    Pronto. Sem confusão. O simples.

    ————————————————————————–

    O Pastor mandou perguntar se tem jeito de vc dar uma enxugada e resumir esta informação????

    • Kkkkk
      resumindo para o pastor.
      Art. 1: CB: Campeao classifica direto, os demais não.
      Art 2: brasileiro: 3 primeiros classificam direto. O 4° classifica para primeira fase.
      A) Se, entre os 4 primeiros, estiver clube já classificado, este ficará com a vaga mais benéfica, redistribuindo as demais em ordem decrescente de classificação.
      B) Se, fora dos 4 primeiros, estiver clube já classificado, este ficará com a vaga conquistada, excluindo-a da distribuição decrescente do campeonato brasileiro.

      Pronto. Menos que isso só desenhando. Rss

  5. tricolor alagoano
    11 de novembro de 2014 às 09:13
    Cruzeiro tem três jogos difíceis.
    Acho que perdem para grêmio e Santos (que tentará dar o troco).
    Se o fluminense precisar da vitória na última rodada, é jogo para empate ou para perderem.

    ————————————————————-

    Exatamente!

    E não é impossível perderem ou empatarem contra o chato do Chapecó fora de casa e que provavelmente poderá estar lutando contra o rebaixamento.

    O Chapecó enfiou 5 no Inter, por que não podem aprontar e empatar ou ganhar do Cruzeiro pelo placar mínimo?

    E o jogo contra o Goiás em casa não é garantia de vitória, o Goiás é o time mais estranho que eu conheço, perde pontos impossíveis e apronta e das grandes contra os grandes, só no contra ataque e as vezes dá de 3×0, não é só naquele golzinho chorado….

    • Aquela bola na trave que o Criciúma acertou já no fim do jogo, resume a sorte que o Cruzeiro vem dando em alguns jogos neste campeonato.

  6. Na minha opinião enquanto há chances matemáticas, nada está definido. Em se tratando de futebol tudo pode acontecer, tanto para quem está lá em cima na tabela quanto lá embaixo. O Cruzeiro tem jogado bem, mas vem dando muita sorte tb… Vamos ver nesses últimos 5 jogos se a sorte ainda estará do lado deles.

    • Exato.

      É por isso que nunca pode jogar a toalha, e desta vez o São Paulo não tem o que temer, não é o São Paulo que está colocando em risco um título que já estava garantido, o que vier é lucro, psicologicamente entraremos em campo com menos peso nas costas do que eles, eles é que não podem errar, vacilar….

  7. Muito boa essa matéria / entrevista sobre o Júnior Chávare…

    http://www.lancenet.com.br/sao-paulo/chefe-Paulo-Muricy-repete-lema_0_1246075571.html

    Ele chega mostrando a que veio, comentando inclusive sobre a relação do Muricy com a Base do SP…

    Já que a diretoria tem afirmado categoricamente que o Muricy continuará como treinador, importante que eles se acertem, se ajustem, inclusive se preciso “enquadrando” o nosso manager para que todos caminhem no mesmo sentido…

    • Caso o Muricy fique, e ele provavelmente vai ficar, acho que o caminho é colocá-lo pra trabalhar mais perto da base mesmo, dar palpite na formação, participar do planejamento, etc… Assim pelo menos ele não poderá reclamar do trabalho feito e talvez se sinta mais motivado com essa busca do clube.

      • Mais o que ele vai ganhar em termos financeiro fazendo isso?

        Pq pra mim tecnicamente ele não tem mais ambição nenhuma de mudar a forma de trabalhar dele pra melhor.

        Se ele ficar do jeito que ta já vai cair todo mês o salário dele na conta, vai procurar mais trabalho pra que se lhe falta claramente a tal da ambição?

        Achei que depois daquele vareio que o Barcelona deu nele contra o Santos que ele ia querer se aprimorar, mais que nada, ele ficou foi pior.

      • É melhor deixar o Muricy trabalhar só no profissional mesmo, imagina na base os garotos sendo improvisados em posições que não estão acostumados e todos os times da base desenvolverem o Muricibol……rs

  8. Bom dia pessoal,

    Não sei ontem se consegui explicar mais era basicamente isso que eu havia entendido sobre essa zorra de G4 ou G5.. hahaha

    Acho que o grande lance pra nos é dar sequência nessa caça a raposa é cada vez mais ir se consolidando na segunda posição para garantir a vaga da LA, o que vier vai ser lucro há essa altura do campeonato!!!

    Vi o Souza ontem no Bem Amigos ele frisou que enquanto houver chances matemáticas eles vão continuar brigando podendo haver um rodizio de uma ou outra peça mais sem chance de preterir um ou outro campeonato…

  9. O São Paulo tinha que inovar e fazer diferente no ano que vem.

    Contrata mais um técnico e fica com dois técnicos.

    Um para o 1º semestre e Libertadores, para ganhar os mata-matas.

    Deixa o Muricy para o 2º semestre, só para o Brasileirão, pois ele é péssimo em mata-matas, mas ótimo em pontos corridos, além de pegar umas fériazinhas de 6 meses já que não tem o pique do Sato para trabalhar, fica 6 meses no sítio cuidando dos gatos e cachorros, só pescando e volta no 2º semestre.

    Apesar que o Brasileirão começa no 1º semestre, mas isto não é problema, o outro técnico entrega o São Paulo na 3ª ou 4ª posição e o mestre dá um jeito, pontos corridos é com ele mesmo.

    • Pelo jeito no ano que vem ainda teremos na Libertadores os times brasileiros que nos eliminaram em anos anteriores:

      Cruzeiro, Atlético-MG, Internacional, Grêmio…..

      Será que o Muricy quebra a escrita que ele mesmo colocou no Tricolor? De sermos eliminador por time brasileiro em mata mata de Libertadores?

  10. Eder – Fernandópolis
    11 de novembro de 2014 às 11:46
    Pensa nisso não japa rsrs

    Deixa pra pensar isso no ano que vem rsrs

    ______________________________________________________________

    Eder,

    O Muricy tem a chance de apagar essa pecha dele em mata mata no São Paulo agora na Sulamericana. Se conseguir já vai ser um alivio pra nós, senão haja coração pro ano que vem….rs

Deixe uma resposta