Viagens ao Sub Mundo – Eu Proponho…

ronnie-mancuzo-sub

Eu proponho…

Proponho uma trégua.

Não só o apoio.

 

bandeira branca

 

Aliás, um apoio sem essa trégua é um apoio estranho. Na atual fase, o melhor é sermos muito mais unidos. Os fatores que nos trazem certas desconfianças quanto ao futebol que será apresentado pelo time são inúmeros. Incontáveis para os mais críticos.

Entretanto, já não há mais tempo para lamentos. Não há mais tempo para ficarmos a apertar a mesma tecla, a dar murros em ponta de faca, a dar cabeçadas na parede.

Agora é mudança de postura, porque o time poderá também ter isso em campo conforme houver exemplos a seguir.

Aliás, por falar nisso, vejo que há certa necessidade de blindagem do elenco. E os jogadores fariam sua parte, também.

A blindagem que digo é não expor nossos jogadores aos inúmeros ataques de uma mídia cada vez mais maliciosa, covarde, oportunista, sempre pronta para pegar o mínimo deslize e carimbar ‘CRISE’ no rodapé da foto. Agir de forma inteligente e não oferecer ‘armas’ para o inimigo.

 

Harmonia

 

Por parte dos jogadores, eles precisam tomar ciência de que não é saudável dar importância para notícias oriundas da malignidade existente nos meios. Não é saudável dar importância para comentários de torcedores rivais e comentários ruins de torcedores tricolores abaixo de cada notícia relacionada ao São Paulo e/ou aos seus atletas, diretores, técnico…

Nós, torcedores, deveríamos nos atentar ao fato de que o desânimo já alcançou seu ápice. Alguns já se afundaram no quesito felicidade por ser são-paulino. A tristeza pelo momento é evidente e precisa ser sanada, já que é algo mais que possível.

Para isso, vejo um bom caminho.

Proponho um novo tipo de visão. Um novo tipo de atitude. Uma nova maneira de enfrentar os fatos.

 

novo olhar

 

Pode ser que pareça insano. Pode ser que seja um delírio momentâneo. Afinal de contas, nem eu sei se terei capacidade suficiente para começar a ter nova postura, ou de mantê-la a todo instante. Sou conhecido pelo sangue nos olhos, veneno nas palavras, acidez no coração, morbidez nos movimentos, lamúrias nos pensamentos, tensão no ar, etc..

Nem que seja muito irônico vir de mim tal proposta, gostaria que fosse semeado tal ponto de vista naqueles que ainda não perceberam a existência da possibilidade de ser extremamente benéfica a ideia. Podem ter certeza que me empenharei ao máximo para que ela esteja sempre presente antes de eu comentar o que for. Vou me esforçar para ‘pensar duas vezes’ antes de tecer algum comentário, escrever alguma palavra.

Não há mais tempo hábil para exigir troca de algum diretor, presidente, membro da diretoria, atleta.

Não há mais tempo hábil para exigir contratações, venda de algum jogador ‘abaixo do ideal’.

Mas, há tempo para total apoio. Há tempo para tomar pra si a responsabilidade de fazer melhor a sua parte.

 

força

 

Queiramos ou não, dificilmente teremos nossos mais pessoais desejos atendidos pelos tomadores de decisão. Sem contar que não podemos ter certeza absoluta de que, por mais que seja unânime de uma maioria avassaladora, a ideia consensual disso ou daquilo será a resposta perfeita para todos os problemas. A solução maravilhosa que surgiu como um sopro divino da verdade aos ouvidos dos plebeus e pôs fim ao martírio.

Enfim, que torçamos, que nos empenhemos ao máximo no apoio ao grupo, ao São Paulo perfeito formado por imperfeitos semelhantes a mim, a você, aos nossos amigos de arquibancada, de mesa de bar, de radinho de pilha, de link da internet…

Proponho um enfraquecimento das palavras negativas. Dos desentendimentos com o time, com outros torcedores são-paulinos, com a diretoria. Mesmo sabedores das limitações existentes, mesmo que esteja muito claro o que já comentamos por inúmeras vezes, já escrevemos os mesmos discursos tantas e tantas vezes… sabemos que tem gente que não deveria estar onde está, tem gente que poderia fazer isso, ou aquilo…

Mas, acho que não há mais tempo para os ‘achismos’ diferentes dos ‘achismos’ daqueles que obedecem ao que pensam e são capazes de interferir fisicamente na estrutura e desenvolvimento em campo, podendo assim causar os resultados mais imediatos.

 

tomam decisões

 

Torçamos. É esse nosso papel de torcedor. Atentemos: Isso é bem diferente também de ‘agir bovinamente’.

É torcer para que TODOS cumpram devidamente seu papel na posição que for, no lugar em que estiverem. Seremos os melhores torcedores! Mais torcedores que cobradores exigentes. Mais torcedores que vítimas do insucesso em campo. Mais torcedores que brutos descontentes, inimigos de todos e de tudo divergente.

Proponho só torcemos pelo melhor, apoiar ao máximo, da mesma forma que evitar insultos e palavras pesadas, ruins e menos importantes que o foco no nosso papel de torcedor.

Vamos sair dessa! Sabemos que podemos! Os jogadores sabem. Se alguns deles não sabem ainda, saberão. Se alguns torcedores não souberem disso ainda… saberão!

 

Ronnie Mancuzo – Sub

————————————————————————————————-

 

Tá todo mundo louco! Oba!

Junto ao corpo de um suicída, a polícia encontrou a seguinte carta:

“Sr. Delegado, não culpe a ninguém pela minha morte. Deixo esta vida hoje porque um dia a mais eu acabaria louco. Explico-lhe, Sr. Delegado: Tive a infelicidade de me casar com uma viúva a qual tinha uma filha (se soubesse não teria me casado). Meu pai, para maior tristeza, era viúvo, enamorou-se e casou com a filha da minha mulher. Resultou daí que minha mulher se tornou sogra de seu sogro, minha enteada ficou sendo minha mãe, meu pai era ao mesmo tempo o meu genro.

E por algum tempo minha filha trouxe ao mundo um menino, que veio a ser meu irmão. Com o decorrer do tempo minha mulher também deu a luz a um menino que, como irmão de minha mãe, era cunhado de meu pai e tio do seu filho, passando minha mulher a ser nora da sua própria filha.

Eu, Sr. Delegado, fiquei sendo pai da minha mãe, tornando-me irmão do meu pai. Minha mulher ficou sendo minha avó, já que é mãe da minha mãe e assim, acabei por ser avô de mim mesmo.”

O Delegado acabou de ler e se matou também!

———————————————————————————————————–

O amigo Jefferson Brito nos apresenta mais uma vez suas grandes habilidades na guitarra e, como homenagem para sua noiva e seus 7 anos de namoro, mandou muitíssimo bem na música “In Your Eyes”, de George Benson!

Assistam:

———————————————————————————————————-

 

“Somente um pensamento limitado limita a perfeição infinita daquilo que julgas ser infinitamente perfeito e ilimitado.”

Ronnie Mancuzo – Sub

60 comentários

  1. Puxa… anos se passaram para eu ler uma coluna inteira de terça-feira com gosto…

    Até que enfim…

    E sendo justo: Parabéns…

    ahaahahahah

  2. Probabilidade de rebaixamento faltando mais de 20 jogos pro fim do campeonato chega a ser engraçado…rs… Mas falando do que importa… O Paulo Autuori , ( e os que entendem um pouco de tática do futebol) percebeu que o time quando recompõe bem , perde qualidade e quando ganha qualidade perde em recomposição. Estamos falando da troca Lucas Evangelista por Ganso. Teoricamente o esquema funcionaria sem o Lucas se o Osvaldo e o Aloísio definissem melhor as jogadas, o que não acontece. Com os dois em campo o São Paulo ganha em posse de bola, e continua tendo uma boa recomposição. Mas sobrecarrega o Luis na função de de único definidor nato. Com este esquema a chegada de um dos laterais mais incisiva seria importante, ou um dos volantes, como o Fabrício por exemplo. Autuori entende de futebol, está fazendo as alterações de acordo com o que vê em campo, não dá pra reclamar muito dele no momento. O ideal seria ter mais um jogador de qualidade ofensiva, pra ajudar no ataque, daí o Jadson e o Ganso poderiam alternar em campo, sem que a ausência de um deles fosse sentida. Estamos no caminho certo, com a entrada do Antônio Carlos no lugar do Rodrigo Caio na zaga, acredito que estamos chegando próximo à formação ideal. Desculpem pelo texto longo, mas falar de tática é legal, e agrada para quem gosta destas variações da prancheta do “professor” =)

    • Bom dia Reggio , tranquilo? O que eu falei na outra coluna, o LF vai ter que se movimentar mais, abrir espaços e usar sua inteligencia, ganhamos em recomposição e qualidade no meio, só que perdemos em poder ofensivo( atacantes) , mas acredito que Jadson , Ganso e o proprio L.E vão conseguir suprir esse jogador na frente.

  3. Aceito e faço coro pela proposta.

    Chega de mi mi mi da torcida, é apoiar a bagunça, lotar o Morumbi e torcer sempre por um futuro melhor.

    • Fazendo nossa parte muito bem feita, pelo menos estaremos contribuindo muito mais!
      É torcer bastante para quem entrar em campo, para quem está comandando o time, trabalhando pelo melhor resultado.

  4. Boa tarde!
    Perfeito Sub!
    Good vibrations!
    Lei da atração! Os jagadores tbem precisam parar de achar que estão azarados e tal…..Mas acho que nesse ponto o Paulo Autuori esta atuando bem!
    Vamo que vamo que agora é hora de separar os cornetas dos verdadeiros São Paulinos! Time da fé!!!

    • Lei da atração! Boas vibrações!
      E esse ponto de que os jogadores precisam se esquecer desse lance de má fase eu deveria ter citado, porque comentei sobre isso dias atrás.
      É importantíssimo eles se lembrarem que podem ser muito maiores que a ‘má fase’!
      Até porque, ELES SÃO!

  5. Estou confiante em um ótimo publico para o jogo contra o Fluminense.

    To doido para que acontece e mesmo não levando em consideração, vamos ver o que a imprensa marrom vai falar da nossa atitude.

    No mais, boa tarde a todos que é hora de trabalhar.

  6. Boa Tarde Amigos do Blog.

    Acho que agora as eleições começam pra valer no SPFC.

    Sobre a coluna, apoiado SUB, gostaria de ir ao Morumbi, mas infelizmente meus afazeres me impedem.

  7. Parabéns SUB.

    Está captando o momento atual e a melhor forma de reagir.

    o prlblema de boa parte dos jogadores é ficar tempo demais nos blogs e twiteres captando muita energia negativa que se reflete em campo.

    • Também acho que pode ser um dos ‘problemas’ mais importantes perante a atual fase. Podem estar valorizando demais o que há de pior e se esquecendo que são muito mais capazes de sair dessa do que parece.
      Sinceramente, estarei me esforçando ao máximo para não deixar a peteca cair e evitar qualquer crítica que não melhore em nada.

    • Não, ele não é oportunista, pois tem esse direito, porém, diferentemente do MAC, que saiu atirando pra todo lado, fingindo nunca ter compactuado com a situação. Além do que ele não é um franco atirador, nunca o vi servindo de bobo da corte em programas
      esportivos e, pelo que sei dele, trata—se de pessoa bastante conceituada.
      É uma chapa que vejo com carinho, com uma pessoa séria e capaz na presidência e o MAC fazendo o que gosta e sabe, como tbm alguém para fazer oposição, algo salutar neste momento.

  8. Boa Sub, juntos vamos conseguir superar essa fase brava e dar a volta por cima.
    Dia de boas notícias, o MAC sabe que sozinho não tem condições de brigar com o JJ, e sabe que é fundamental ter ao seu lado alguém que traga muitos votos da “situação”
    Acho que existe uma luz no fim do túnel.
    Não gostaria de estar perto do JJ nesse momento, o homem deve estar soltando fogo pelas narinas. Deve estar pior do que o Smaug.

  9. Informante ‏@InformanteSPFC 2 min

    Pelo que eu apurei hoje a diretoria já está se mexendo para reforçar o elenco em 2014. Vem gringo, vem goleiro, vem atacante…

  10. Um jogador do atual elenco foi na loja de um amigo, segue o que ele disse:

    “Disse que com o Autuori as coisas estão bem melhores, que com o Ney, era um desanimo total lá dentro…
    O clima é outro, apesar da má fase…o grupo ta unido”

  11. Só falta um pouco de sorte e também competencia (mais calma na hora da finalização), e se tiver penalty manda o Tolói dar uma cacetada, mesmo que erre, senta o pé sem dó, kkkkkk

  12. Sub, meu amigo, meus parabéns pela coluna e, principalmente, pela proposta!

    Espetacular!!! Era isso que eu queria “ouvir” de você… Show! Aplaudo em pé! Parabéns! Sinergia! Todos juntos apoiando, cada um fazendo a sua parte. Logo, a coisa virará.

    Agora uma constatação de nossa grandeza, do quanto os incomodamos, queiram “eles” ou não: só estão dando esse destaque ao rebaixamento com tanta antecedência, fazendo cálculos e porcentagens de queda por que o SÃO PAULO está, hoje, entre os rebaixados.

    Com todo respeito: fosse Náutico, Ponte Preta, Portuguesa e Criciúma, poucas, ou quase nenhuma linha a respeito seria escrita!

  13. Mais um coluna escrita com sinceridade de alma, parabéns SUB, deste momento em diante, temos que dar todo apoio ao nosso time, torcer e vibrar como se estivéssemos no topo da tabela , so assim sairemos do fundo do poço, e vamos sair pode crer.

  14. A partir de agora gostaria de ver esse time: RC, Paulo M., Tolói , Antonio Carlos e Reinaldo, Rodrigo Caio, Wellington, Jadson e Ganso, Evangelista e Luis Fabiano.

Deixe uma resposta