eusebiocup

Nos √ļltimos dias vimos dois dos principais clubes brasileiros irem al√©m dos dom√≠nios brasileiros em busca de expans√£o e internacionaliza√ß√£o de suas marcas e de valores astron√īmicos das cotas televisivas pela cobertura dos eventos transmitidos para muitos pa√≠ses do globo,¬† al√©m de mais canecos para a galeria de trof√©us. O que foi esquecido na verdade foi o mais b√°sico: apresentar um produto de qualidade ao mundo, ou seja, jogar futebol. √Č bem verdade que o S√£o Paulo venceu o portugu√™s Benfica, pela Eus√©bio Cup, mas √© extremamente pouco para as expectativas nacionais e, por que n√£o, as expectativas do p√ļblico internacional. E assim, √© inevit√°vel questionarmos: em determinados momentos, vale a pena excursionar mundo afora?

Primeiramente, o que é preciso ser bem entendido e consequentemente praticado é o posicionamento das marcas desses clubes aqui no Brasil: há um real entendimento de onde se está ( e onde se quer chegar) aqui no Brasil? Quem são os consumidores? Estou atingindo-os de forma eficaz? Há satisfação? O trabalho é feito de forma coesa para podermos vislumbrar voos maiores? Falando de performance, é necessário principalmente entender o momento vivido pelas equipes, se há possibilidade de, com a participação brasileira, proporcionar um grande espetáculo e assim contribuir de forma significativa.

Um problema que enfrentamos por aqui √© o calend√°rio: ora, se √© proposto enfrentarmos times da Europa, precisamos adequar nosso calend√°rio √† Europa. O que vimos no Camp Nou, por exemplo, foi sim um jogo em ritmo de treino por parte do Barcelona, mas um futebol acovardado do time santista. E √© essa caracter√≠stica que √© mais preocupante, que arranha n√£o s√≥ a imagem do clube praiano, mas de uma na√ß√£o que respira futebol. Afinal, no quesito exposi√ß√£o de marca, algu√©m acredita que o retorno tenha sido positivo? ‚ÄúEssas s√£o as fortes e estruturadas equipes do chamado pa√≠s de futebol‚ÄĚ?

A verdade √© que nosso futebol est√° muito ultrapassado, n√£o h√° espa√ßo para participa√ß√Ķes medianas como as que tivemos. Precisamos sim procurar formas de alavancar nossas receitas e mirar expans√£o de mercado ‚Äď quando chega-se √† conclus√£o estruturada que assim deve ser feito ‚Äď em tempo. E √© por isso que o t√≠tulo do post √© v√°lido.

Negócio & Esporte